Divulgacao/Youtube

CPI da Covid: Flávia Arruda entra em campo para evitar ‘opositor’ na presidência

13.04.21 13:28

A ministra da Secretaria de Governo, Flávia Arruda, foi escalada na manhã desta terça-feira, 13, pelo presidente Jair Bolsonaro para evitar que um opositor ao governo assuma a presidência ou a relatoria da CPI da Covid.

O maior temor do Planalto é de que Renan Calheiros comande a comissão parlamentar de inquérito – o presidente da CPI é o grande responsável por dar norte ao colegiado. Nos últimos tempos, o senador alagoano tem se posicionado na trincheira oposta a de Bolsonaro e disparado críticas em relação à condução da pandemia pelo governo. Em recente entrevista, chamou o presidente de “charlatão” por ter defendido o uso de medicamentos sem eficácia comprovada para combater o coronavírus.

O MDB, maior bancada da casa e partido de Renan, já manifestou o interesse de assumir um dos dois postos estratégicos da CPI. Se ficar com a presidência, Renan será o nome indicado. Já para a relatoria a legenda aposta no senador Eduardo Braga.

Orientada por Bolsonaro, Flávia Arruda entrou firme na articulação para frear o ímpeto do MDB. A ministra, como se sabe, é a nova dona da chave do cofre do governo: é ela quem cuida da liberação das emendas parlamentares.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

Só R$ 1,90* no primeiro mês

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

*depois, 11 x R$ 14,90

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Será possível que tudo que se faz nesse governo é evitar a transparência!! Bolsonaro é mesmo uma decepção, uma desgraça para o país.

  2. A ministra tem um rosto inocente, mas atrás dele tem um velho político que já foi preso, José Roberto Arruda. Infelizmente as moscas são as mesmas.

    1. Além de Arruda, tem também Valdemar Costa Neto infinitamente mais poderoso é influente que o marido.

  3. Já era pro papai Bozo. Ele nem conseguiu pagar a fatura de ter elegido Lira e Pacheco, pois para pagar essa conta ele provavelmente terá de incorrer em crime de responsabilidade. Não tem como a Flavia oferecer mais nada, o osso já está completamente roído e os congressistas sabem disso. A CPI vai arrebentar a boca do balão e o genocida será impichado para ser menos um adversário em 2022.

  4. JÁ QUEBRARAM A PORQUINHA E O DINHEIRO DO COFRE FOI DIVIDIDO ENTRE A ORCRIM, ENTÃO ESSE ARGUMENTO É FALHO. CUIDADO ARRUDA A FLAVINHA É AQUELE TIPO BONITINHA ORDINÁRIA E MUITA AREIA PARA TUA JABIRACA. O DESESPERO JÁ BATEU NO BOZO FAZ ALGUM TEMPO E O IMBECIL TENTA DESCONVERSAR MAS NO FUNDO TÁ SE CAGANDO PQ SABE QUE ESTÁ COM OS DIAS CONTADOS. MORO VEM AÍ PARA TIRAR O BRASIL DESSA SITUAÇÃO E O CONGRESSO RENOVADO SERÁ A PÁ DE CAL PARA ESSA BANDIDAGEM. 🤜🤛🚔⚔🔪☠

  5. A ministra, que dispõe tão somente de beleza parlamentar, provavelmente, não sabe nem onde fica o cofre do Bolsanaro, imagina se sabe onde fica os esconderijos das sutilezas do Senado.

    1. Hummmm... 'Muito a oferecer!' Entendi, meu caro Watson! Rsrsrs...

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO