Reprodução/Facebook

CPI aprova convocação de Ana Cristina Valle, ex-mulher de Bolsonaro e mãe de Jair Renan

15.09.21 15:51

A CPI da Covid aprovou nesta quarta-feira, 15, a convocação de Ana Cristina Siqueira Valle, ex-mulher de Jair Bolsonaro e mãe de Jair Renan, filho 04 do presidente da República. O requerimento para a oitiva de Ana Cristina havia sido apresentado no dia 3 de setembro pelo senador Alessandro Vieira, do Cidadania, mas só houve mobilização efetiva para convocá-la após o tumultuado depoimento de Marconny Albernaz, lobista da Precisa Medicamentos.

Nesta quarta-feira, ele reconheceu sua proximidade com Jair Renan e com Ana Cristina. Marconny ajudou o filho do presidente a abrir uma empresa e indicou um advogado. Diálogos encaminhados à CPI pelo Ministério Público no Pará indicam que Ana Cristina Valle atuou também para emplacar uma indicação no Instituto Evandro Chagas, ligado ao Ministério da Saúde, a pedido do lobista.

A convocação de Ana Cristina preocupa o Planalto e a base governista tentou, sem sucesso, brecar a aprovação do requerimento. A ex-mulher de Jair Bolsonaro trabalha hoje no gabinete da deputada federal Celina Leão, do Progressistas, que apoia o governo.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Queiroz era operador da rachadinha do 01. Foi pego falando da quantidade de cargos que podia intermediar no governo. A mulher 02, mãe do 04, é apontada como operadora do 02, e negociou cargos no governo, segundo o pilantra da matéria, que hoje depôs a CPI. Só falta fechar esse imbróglio com a expertise dos Bolsonaros, RACHADINHA. Vislumbro que esse esquema corrupto, ganhou escala com o Bolsonaro na presidência. Se procurarem vão achar. Moro 🇧🇷

    1. Este país é uma piada , quem se dá bem ?? Queiroz, 04, 01,está vagabunda que está de Mansão nova em nome de laranja em Brasília!!!!Me esqueci e o BOMBEIRO!!E a Gadolandia achando que vai tudo bem , deixar o Bozobosta governar para o Brasil continuar crescendo!!! Kkkkkkk

    2. Carlos, não investiga muito nessa ar porque senão vão sobrar para a competidora da Ana Cristina, cujas atividades liberais eram bem conhecidas por todo mundo na Câmara de Deputeiros.

    3. Ela fazia agia também como cafetina. Nas festas que ela promovia em Brasília eram contratadas prostitutas de luxo. A Danada atira para todos os lados da sacanagem.

  2. Opa!!! vai contar detalhes do processo chifratório do pangaré. Não dá para perder, precisamos saber qual foi o motivo, será que ele é? desde qdo? Qual o tamanho da galhada? Quem mais sabia? Foi só o bombeiro ou tem PM, encanador, lixeiro ou pintor? Os filhinhos lindos e educados já sabiam? Colaboraram com a conspiração? Muitas perguntas, vou comprar pipoca para assistir. Essa famiglia é um circo, e não é o de Soleil

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO