Pedro França/Agência Senado

Com avanço da Ômicron, Anvisa e governo discutem restrições nas fronteiras

06.12.21 15:21

Diante da identificação de casos da variante Ômicron no Brasil, Alex Machado Campos (foto), diretor da Agência de Vigilância Sanitária, vai conversar com integrantes do governo federal nesta segunda-feira, 6, sobre a adoção de novas restrições nas fronteiras para evitar o avanço da nova cepa do coronavírus no país.

Embora o encontro esteja agendado para acontecer no Palácio do Planalto, não há a previsão de participação do presidente Jair Bolsonaro, tampouco de ministros. A conversa acontecerá entre membros do segundo escalão da Esplanada dos Ministérios.

Um dos temas à mesa será a implementação da exigência do comprovante de vacinação contra o novo coronavírus para a entrada de viajantes no Brasil. A recomendação foi feita a Bolsonaro tanto pela Anvisa quanto pelo Tribunal de Contas da União, mas o presidente tem resistido à medida.

Estão escalados para o debate os secretários executivos da Casa Civil, Jônathas Assunção de Castro; e dos ministérios da Justiça, Márcio Nunes de Oliveira; da Infraestrutura, Marcelo Sampaio; e da Saúde, Rodrigo Cruz.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
Mais notícias
Assine 50% off
TOPO