Reprodução

Cerimônia de abertura das Olimpíadas deve ter apenas 15 líderes mundiais

23.07.21 07:29

A cerimônia de abertura das Olimpíadas de Tóquio, no Japão, ocorrerá nesta sexta, 23, com a presença de apenas 15 chefes de estado e de governo.

O número é bem menor do que o das Olimpíadas passadas, no Rio de Janeiro, que contou com a presença de 40 líderes mundiais, em 2016. O encolhimento da lista de visitantes se deve principalmente ao medo com as variantes do coronavírus.

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, não estará na cerimônia, mas será representado por sua esposa, a primeira-dama Jill Biden (foto). Ela chegou à cidade nesta quinta, 22, e se encontrou com o primeiro-ministro japonês, Yoshihide Suga.

Jill também visitará o imperador Naruhito antes de voltar aos Estados Unidos. Esta é sua primeira viagem sozinha como primeira-dama.

Quem também estará presente é o presidente da França, Emmanuel Macron. Ele aterrissou no Japão na manhã desta sexta, 23, para participar da festa que abrirá os jogos.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO