Tony Winston/MS

Carteirada na vacinação: as investigações sobre quem fura a fila

23.01.21 08:05

Nos onze estados em que casos de “fura-fila” na vacinação contra a Covid-19 foram registrados, o Ministério Público identificou as mais diversas formas de privilegiar quem não está no primeiro grupo de prioridades. Neste momento, apenas profissionais da saúde da linha de frente do combate à pandemia, indígenas, idosos em asilos e pessoas com deficiência internadas  deveriam estar recebendo a vacina, mas, como é tradição no Brasil, houve quem arrumasse um “jeitinho” para tomar a dianteira na fila.

Os casos envolvem desde políticos a parentes de autoridades e empresários influentes. Até o momento, além do Distrito Federal, foram registradas situações de “fura-fila” nos estados da Bahia, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Sergipe, Paraíba, Pará, Amazonas, Pernambuco e Amapá.

O episódio mais emblemático ocorreu em Manaus. A principal denúncia que está sendo investigada pelo Ministério Público envolve as filhas de um empresário dono de uma grande faculdade privada da capital amazonense. As irmãs gêmeas, que são médicas, tomaram a vacina contra a Covid-19 dias após serem nomeadas para trabalhar na área administrativa de uma Unidade Básica de Saúde batizada com o nome do pai. Elas ainda registraram o momento da vacinação em seus perfis no Instagram. Para piorar, a primeira medida do prefeito da capital amazonense, David Almeida, não foi coibir o fura-fila, mas proibir que servidores divulgassem em suas redes sociais fotos do momento em que eram vacinados.

No Distrito Federal, o governo elaborou um inusitado plano de vacinação para o principal hospital público de Brasília: incluiu entre os grupos prioritários gestores administrativos, profissionais que atuam em ambulatório e servidores das enfermarias que não atendem pacientes com Covid-19. Em um ofício ao órgão, o Ministério Público local afirma que o ato atenta contra os “deveres de honestidade, imparcialidade e lealdade”.

Em Sergipe, a cidade de Itabi, que tem 5 mil habitantes e recebeu apenas 31 doses da vacina, teve o próprio prefeito na primeira lista dos imunizados. Em sua defesa, Junior de Amynthas, do DEM, disse que tomou a vacina para “encorajar” a população a fazer o mesmo. A Procuradoria-Geral do Estado pediu ao Ministério Público que apure o caso.

Em Pires do Rio, no interior de Goiás, o secretário de Saúde do município, Assis Silva, vacinou a própria mulher, que não faz parte do grupo prioritário. Depois, fez uma live para pedir desculpas à população e deu uma explicação inusitada. “Foi com intuito apenas de resguardar e preservar a saúde e a vida da mulher da minha vida. Sou capaz de dar a minha própria vida por ela”, disse. Ainda nesta sexta-feira, 22, o MP local conseguiu uma liminar na Justiça para afastá-lo do cargo.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

Só R$ 1,90* no primeiro mês

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

*depois, 11 x R$ 14,90

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Felipe Moura Brasil, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Não quero justificar erro de ninguém, inclusive acredito que deveria haver punição para essas situações, sem a qual, a impunidade prosperará. Mas, eu me pergunto, o que fariam essas pessoas se tivessem "poder" para furar uma dessas filas?

    1. Verdade, mas a densidade de tais criaturas é infinitamente maior nos redutos bozolulistas.

  2. Temos muito que avançar como sociedade. Com o PT, tivemos o capitalismo tupiniquim, onde o público e o privado se misturaram em benefício de políticos e empresários, deixando a conta para o povo pagar. Agora com Bolsonaro, um corporativista, temos em plena crise de saúde e econômica, aumento absurdo dos gastos com as Forças Armadas. E essas atitudes reverberam em tudo. Alguns agem com egoísmo, encontrando justificativa em atitudes deploráveis. A moralidade começa em cada um.

    1. Por favor acreditem em mim e no que digo, palavra do mais inteligente deste país, não cometam a burrice de não confiar na minha inteligência e nos meus cursos de saber universal. Não se atrevam a duelar comigo, minha inteligência vai acabar com vocês. Escrevo para vocês e para as futuras gerações pois dificilmente haverá outra inteligência como a minha neste país em séculos ou milênios.

  3. Dos 7 estados do Norte, 3 (42,86%), têm "espertinhos"; dos 9 estados do Nordeste, 7 (77,78%) são chegados ao jeitinho.Na reportagem outros estados ñ foram mencionados, mas, parece, q o Nordeste tem outra compreensão de moral e ética do q o resto do país. Seria interessante fazer-se um estudo p/ saber o % de pré-disposição à corrupção tem o povo de cada região brasileira. Ou isso seria politicamente incorreto c/ gde abertura ao preconceito? Pelo menos os parlamentares deveriam ser "pesquisados".

  4. Vocês esqueceram de São Paulo e o vergonhoso caso do Hospital das Clínicas de privilegiar estudantes de Fisioterapia que se encontravam em casa! Isso ficará assim?

    1. Seu comentário é negacionista quanto ao bom desempenho do nosso governador que teve a genialidade de trazer a vacina. Eu com cursos na FGV, Harvard, Yale, Oxford e tantas outras e sendo uma das pessoas mais inteligentes deste país, posso afirmar a todos os demais brasileiros menos inteligentes que seu comentário foi pouco inteligente. Se vocês soubessem quem eu sou me dariam razão antes de piscar os olhos. Inteligência é a que eu tenho, aliada a meu saber universal sou invencível.

  5. Este é o país dos espertos. Aqui o crime compensa. Com esse congresso, com esse executivo e com esse judiciário jamais teremos um país justo.

  6. Tem gente que se acha especial, supra sumo da humanidade, esquecem que qdo morrerem serão comidos pelos vermes como qq outro semelhante. Este tipo de brasileiro é o mesmo que elege os escroques da politica já que são identicos, corruptos, canalhas e lixos humanos.

  7. Normal né!!Eu não fico absolutamente surpresa, ficaria se o fura fila não acontecesse. E sabem o que vai acontecer com esses espertos?NADA COMO SEMPRE. A IMPUNIDADE E UM CÂNCER FATAL MO BRASIL.NADA VAI MUDAR. E A REALIDADE.

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO