Reprodução/Facebook/Guilherme Boulos

Candidato à Prefeitura de SP, Boulos testa positivo para Covid-19

27.11.20 16:39

Na reta final da corrida pela Prefeitura de São Paulo, Guilherme Boulos (foto), do PSOL, testou positivo para o novo coronavírus. A assessoria do candidato divulgou a informação na tarde desta sexta-feira, 27.

Devido ao diagnóstico, Boulos, que está assintomático, não poderá votar em si mesmo no segundo turno das eleições municipais, marcado para este domingo, 29, quando enfrentará nas urnas o prefeito de São Paulo e candidato à reeleição, Bruno Covas, do PSDB.

De acordo com a recomendação do Tribunal Superior Eleitoral, eleitores com sintomas ou quadro confirmado de Covid-19 não devem comparecer à votação. Quem apresentar febre no dia de votar ou tiver sido diagnosticado com o vírus nos 14 dias antes não deve participar do pleito.

Em nota, a assessoria de Boulos destacou que, desde segunda-feira, quando recebeu a notificação sobre o diagnóstico positivo para Covid-19 da correligionária Sâmia Bonfim, o candidato suspendeu atividades de rua e “dedicou-se a agendas em locais reservados e com público restrito, sempre resguardando as recomendações sanitárias”.

“Diante do resultado positivo, Guilherme Boulos irá cumprir o protocolo de quarentena pelo período necessário. Toda a equipe que trabalha na campanha e que tem contato próximo com o candidato será testado a partir de agora”, completou.

Em princípio, Boulos participaria do debate da Globo na noite desta sexta-feira ao lado de Covas. Pelas regras acordadas com os dois candidatos, a emissora cancelou o debate.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

Só R$ 1,90* no primeiro mês

Edição nova toda Sexta-Feira. Leia com Exclusividade!

Assine a Crusoé

*depois, 11 x R$ 14,90

Deixar para mais tarde

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
    1. O Brasil é um país sui generis: aqui o vírus foi introduzido pelo seu presidente e não pelo chinês, e infecta também jumentos.🐴😎😄😄😄

  1. Coitado do vírus! Assim não dá, um vírus não pode mais nem andar sossegado neste país sem o risco de ser contaminado por bozolulistas! É um absurdo!

    1. Falta de empatia. Ele sabia do contato com pessoa contaminada e não ficou em casa para não contaminar os outros. Fez encontros fechados, para não perder voto. Prestem atenção paulistanos!!!!

    2. Pois é Marcelo. E o virus está desprotegido, pois não criaram vacina ainda contra bozolulistas!

Mais notícias
Assine
TOPO