Raphael Ribeiro/BCB

Bolsonaro sanciona lei da autonomia do Banco Central

24.02.21 19:52

Jair Bolsonaro sancionou na noite desta quarta-feira, 24, o projeto que institui a autonomia do Banco Central. A proposta era tratada como item prioritário pela equipe chefiada por Paulo Guedes, a qual argumenta que o texto livra a autarquia de ingerências político-partidárias. O presidente do BC, Roberto Campos Neto, participou da solenidade, realizada no Palácio do Planalto.

A autonomia do Banco Central veio lá de trás”, comentou Bolsonaro. “Só não aprovamos há mais tempo, porque outras pautas mais importantes apareceram, bem como a questão do vírus, que atrapalhou não só o Brasil, mas o mundo todo”, disse.

Bolsonaro acrescentou que sancionou a proposta por confiar na “capacidade” e “honestidade” de Campos Neto. “Se o Banco Central nasceu com Castelo Branco, ele agora se imortalizou com Jair Bolsonaro“, completou, referindo-se à criação da autarquia em 1964, durante a gestão de Humberto de Alencar Castelo Branco, primeiro presidente da ditadura militar.

Campos Neto, por sua vez, afirmou que este é um grande dia para o banco e para o Brasil. “Hoje vai ficar para a história como um marco do desenvolvimento institucional do nosso país“, declarou.

A lei da autonomia do BC estabelece que o presidente e os oito diretores da autarquia terão mandatos fixos de quatro anos, com uma recondução permitida.

O projeto determina que a posse do presidente do BC ocorra sempre no terceiro ano do mandato do chefe do Planalto. Além disso, diz que dirigentes poderão ser exonerados somente em caso de “desempenho insuficiente”, com critérios estabelecidos pelo Conselho Monetário Nacional e aval da maioria absoluta do Senado.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

Só R$ 1,90* no primeiro mês

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

*depois, 11 x R$ 14,90

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Felipe Moura Brasil, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. E daí ? Bolsonaro também está errado ? As pessoas deveriam limitar -se a opinar. Não há necessidade de apelação nem xingamentos a quem quer que seja. A educação deve acompanhar a fala !

    1. Nivaldo, esquerda e direita são as duas pontas de uma mesma ferradura. Se juntar essas duas turmas ficará difícil separar depois. Por sinal, é o que estamos presenciando agora com essa onda de bozolulistas (petistas e bozistas) que se uniram para acabar com a Lava Jato e o combate a corrupção.

    2. Bom dia! Você ainda não se acostumou com o estilo da esquerda? É isso mesmo! ofensas xingamentos... É a especialidade deles.

    3. Desde quando bozista possui educação? Se tivesse, não apoiaria um genocida, racista, que passou a vida toda xingando os outros.

    1. kkkk como os bozolulistas são patéticos. Esse atual governo anda a passos de tartaruga. Tudo por causa de um filho senador com rabo preso na justiça e uma aliança nefasta e odienta com a mentalidade neandertal dos olavistas da terra plana.

    2. Kkkkkkkkk. Bozistas são bestiais mesmo. Este projeto de lei é da oposição, pois Bozistas não apresentam nada que presta!

    3. O cara fez em dois anos o que a esquerda passou 16 anos empurrando com a barriga.

    4. Não fez mais que a obrigação e demorou. O Congresso, especialmente a Câmara sob a presidência do Maia, não ajudou. Enquanto faz algo de bom, vai colocando titica na sobremesa ao promover a PEC da impunidade, que, com certeza, Bolsonaro deve estar aplaudindo.

    5. A vergonha de ser acusado de faz nada tempo todo por todo mundo.. kkkkk pq não tem como não notar.. mas, qto quer apostar de q cansa rápido? Na verdd.. é q não tinha cartãozinho de vacina pra mostrá.. não pode mais dar cloroquina pra ema.. não tem coragem de mandar POVO INVADIR HOSPITAL.. então pra chamar atenção hoje.. só o q tem pra fazer mesmo.. Cê vai ver, vai durar pouco. 22 tá mto longe.. em seguida para.

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO