Isac Nóbrega/PR

Bolsonaro nega racismo, mas comissão da Presidência faz campanha contra preconceito

23.11.20 12:34

No Dia da Consciência Negra, celebrado na sexta-feira, 20, o presidente Jair Bolsonaro usou as redes sociais para minimizar o racismo no Brasil. O chefe do Planalto disse que é “daltônico” e argumentou que “todos têm a mesma cor”. Ainda pregou contra aqueles que, segundo ele, “instigam o povo à discórdia, fabricando e promovendo conflitos”. “Seu lugar é no lixo”, escreveu o presidente. O vice Hamilton Mourão já havia polemizado ao afirmar que “não existe racismo no Brasil”. Apesar das declarações negacionistas das duas maiores autoridades do Executivo, a Comissão de Ética Pública da Presidência da República colocou o combate ao racismo entre as prioridades do colegiado.

Vinculada ao presidente da República, a comissão é uma instância consultiva do chefe do Planalto. Na semana passada, o órgão celebrou o Dia da Consciência Negra com a publicação de um boletim especial contra o racismo. No documento, a advogada Roberta Muniz Codignoto, nomeada por Bolsonaro para o colegiado em setembro, defendeu a necessidade de “rechaçar o racismo e o preconceito: confrontando comportamentos preconceituosos; denunciando condutas imorais; e tomando decisões que deem espaço e visibilidade à nossa diversidade”.

Ainda segundo a advogada, “o servidor público deve ser exemplo de integridade em todas as esferas de sua vida e combater o racismo em suas mais variadas formas é demonstração de seu compromisso inegociável com a sociedade”. Ela lembrou que, além de crime, o racismo representa uma falta ética do servidor.

O boletim temático da Comissão de Ética Pública da Presidência trouxe ainda um depoimento do servidor da Anvisa Luiz Augusto da Cruz, atual presidente da Comissão de Ética do órgão. Ele criticou a ausência de negros em cargos da cúpula da agência reguladora. “No microcosmos da Anvisa, por exemplo, com pouco mais de 20 anos, na Diretoria Colegiada que tem cinco cadeiras, nunca houve um diretor negro. É fácil contar nos dedos os demais cargos de gestão ocupados por negros. Essa participação é inexpressiva”, criticou Luiz Augusto.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

Só R$ 1,90* no primeiro mês

Edição nova toda Sexta-Feira. Leia com Exclusividade!

Assine a Crusoé

*depois, 11 x R$ 14,90

Deixar para mais tarde

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Ah, mas é porque ele de fato nega tudo!!!! Pandemia incluída!!! Esse traste broncossauro peter pan é a própria negação!!!!

    1. Nega inclusive o desgoverno e que as crias sejam marginais, o que é o caminho mais curto pra eles irem direto pra cadeia e para a sarjeta!!!!

  2. Sou contra qualquer tipo de racismo, acho que o racismo no Brasil existe mas não proporção que alguns interesses querem fazer crer. O racismo tem que ser punido em todas as suas cores e direções. Ofender qualquer pessoa se referindo à raça deve caracterizar-se crime de racismo, aí sim as leis antirracistas espelharão justiça. Num conflito é preciso ver quem provocou, e não atribuir a culpa apenas pela cor da pele, valendo para todas as cores!!!!!

    1. Igualdade pra mim é isso, igual tratamento e iguais condições a todos, justiça sem distinção nem privilégios , quando você prejudica ou privilegia alguém pela cor ou pela raça, está cometendo racismo .

  3. Bolsonaro é tão burro que não sabe nem o que é ser daltônico, e fica espalhando sua burrice crônica. Ele não enxergada nada, não são só as cores. É um zumbi fascinado com o próprio nome, que é tão superficial que sua megalomania se sustenta ao ser carregado por suas mulas ainda mais cegas. Nem Narciso era tão idiota e raso!

  4. Sou branco. Não posso ver o mundo sob a perspectiva de um negro. Existe racismo No Brasil na minha opinião é acho que isso é ponto pacífico na nossa sociedade. Um sociopata, como é o caso de certa pessoa, tem uma visão doentia do mundo. Para quem já disse para uma mulher que não a estrupava por ela não merecer. Baba ovo de torturador. Ser homofóbico Nossa, vou mudar o raciocínio. Como um lixo desse chegou onde chegou?

    1. PAULO MUITOS LIXOS COMO ELE QUE O LEVARAM A PRESIDÊNCIA. COMO O NOSSO PAÍS É UMA COIZINHA.

  5. Quantos redatores e jornalistas negros a cruzoé tem? Porque a manchete é "nega" e o texto é "minimiza"? E se eu for negro, não posso ser racista?

    1. JOSE DL ESTÁ QUERENDO JUSTIFICAR ATACANDO A REVISTA. NÃO ECISTEM BRSNCOS NO BRASIL MEU CARO.

  6. Além de racista, o Bozo trouxe um mar de azar para o Brasil, coisa que nunca tínhamos visto antes. Ele é o Midas invertido: tudo o que ele toca vira lixo. Vou dar um exemplo recente. Ele foi a Macapá ligar a energia novamente. Descumpriu a lei de trânsito para passear fora do carro e com um segurança agarradinho na costa dele :). Depois ele ligou a energia. Pois bem, logo depois houve um novo apagão. Para piorar, um dilúvio caiu e inundou a cidade. Se livra do Bozo, Brasil!

    1. Verdade Nádia. O Bozinho foi encoxado em pena via pública. Amor explícito param todos verem. E ainda chamam o bozinho de conservador, kkkkkkkkkk!

    2. Sr Jose, você evitou usar a palavra "encoxado".. kkk e usou agarradinho. Li texto de outra pessoa com a primeira palavra.. O seu tá melhor.. kkkkkk (mas vamo combiná que pra aquele caso são sinônimas.. kkkkkkkkkkkkkkkkk)

Mais notícias
Assine
TOPO