Adriano Machado/Crusoé

Anvisa: estudos com cloroquina e azitromicina não demonstram eficácia contra Covid

08.05.21 14:02

Quando foi provocada a se manifestar sobre o protocolo de uso da cloroquina e hidroxicloroquina, adotado pelo governo em maio do ano passado, a Anvisa informou ao Ministério Público Federal que acompanhava, naquele momento, oito estudos que testavam a eficácia de substâncias farmacêuticas no tratamento da Covid. Três deles eram sobre o uso da cloroquina.

Depois de quase um ano, dois estudos foram concluídos: os referentes ao uso de hidroxicloroquina e azitromicina. Como já era esperado, não houve qualquer evidência de eficácia dos medicamentos no tratamento da Covid. Crusoé teve acesso aos resultados, publicados em forma de artigo científico.

No caso da cloroquina, 667 pacientes foram submetidos ao estudo, dos quais 504 testaram positivo para Covid. Segundo a Anvisa, em comparação com o tratamento padrão, “as chances proporcionais” de as pessoas infectadas terem uma melhora significativa em 15 dias não foi afetada pelo uso de hidroxicloroquina, sozinho, ou mesmo associado à azitromicina.

No estudo específico da azitromicina, do total de 447 pacientes inscritos na pesquisa, 397 contraíram coronavírus. Os contaminados foram separados em dois grupos: o primeiro composto por 214 pessoas, para as quais foram ministradas a azitromicina, e o segundo com 183 pacientes, que receberam placebo, chamado “grupo controle”. “O desfecho não foi significativamente diferente entre a azitromicina e o grupo de controle”, atesta o estudo.

Já é assinante?
Assine a Crusoé ou nosso combo e ganhe o novo eBook de Mario sabino

Assine a Crusoé

*válido até 30/06/2021

Assine a Crusoé ou nosso combo e ganhe o novo eBook de Mario sabino

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
    1. Como disse o Bozo ele e os filhos vão se dar bem nesse governo. Aí está a prova de que ele mandou fabricar esses medicamentos e ganhar em cima.uita cloroquina sendo vendida e o bolso do Bozo tufando de dinheiro. Nosso dinheiro. Canalhas safado.

    1. Está se referindo ao Dr. Paulo Porto de melo, propagador de fake news?

  1. Tá bao. Agora expliquem como é que a Anvisa aprovou o Remdesivir. O OMS não aprovou sob alegação de que o cust/benefício é insignificante. Cientificamente comprovado. E levem o caso para a CPI (Comissão Parlamentar de Investigados) e para o STF ( Sistema Tradicional de Franquia para Bandidos.

    1. A anvisa não aprovou por conta do preço/benefício do medicamento não ser acessível no Brasil... depois pesquisa o valor... 😂

  2. Nenhum desses fármacos cura covid. Mas muitos médicos is usam para aliviar efeitos da doença. Muito espaço para jogos com as palavras e deturpar estudos e declarações.

  3. A CPI deveria usar esses estudos para comprovar a ineficácia desses medicamentos. O melhor tratamento para a COVID-19 é a prevenção que se adquire com vacinação em massa.

  4. Ah, deixa os bolsobestas tomarem as ""cloroquinas"" ""receitadas"" pelo 💀broncocloroquildo💀 àààà vontade!!! Eles merecem e isso fará um enoooorrrrme bem ao país!!!!.... 😁😁😁😁😁😁

  5. A pergunta que se faz: quando o Bolsonaro tomou conhecimento disso? Sabendo que cerca de 85% das pessoas que contraem covid tem sintomas leves, a insistência, mesmo com a ANVISA reconhecendo a ineficácia, na divulgação desses medicamentos, não seria um crime contra a saúde pública? A Anvisa é paga para isso. Então o Bolsonaro abre mão de uma instituição de estado e toma decisões que afetam todos os brasileiros, recorrendo a conselhos de um bosta do quilate do Osmar Terra? Isso é muito grave.

    1. Casos leves e moderados como já foi dito muitas vezes, cada cadinham caso, pode tomar até aspirina ou água que vai melhorar, por isso que os Bozo cloroquina dizem que foi por causa do tratamento precoce, e o gado acredita. Nos casos graves os que fizeram-nos do kit, se agravou ainda mais o estado de saúde.

    1. Analisar? Com base em qual formação ? De zap zap ou twitter?

    2. Diana, você pediu as referências bibliográficas que recomendam a Cloroquina, ou acredita cegamente no Dr. Bozonero?

    3. E precisa de referência bibliográfica? Dr. Bolsonero prescreveu...exceto os canalhas, tomem cloroquina, se a hemorróida piorar...

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO