Jefferson Rudy/Agência Senado

Alcolumbre nomeia ex-prefeito de Macapá em seu gabinete

06.04.21 15:14

O senador Davi Alcolumbre, do DEM do Amapá, nomeou o ex-prefeito de Macapá e seu aliado político Clécio Luís Vilhena como assessor parlamentar em seu gabinete.

Pelo cargo, Clécio vai receber um salário bruto de 17,3 mil reais. Até 29 de março, o ex-prefeito tinha vencimentos bem mais modestos como professor da rede pública de ensino do Amapá. Um docente que cumpre carga horária de 40 horas, no estado, recebe no máximo 4,5 mil reais por mês.

A cessão para o político e professor trabalhar no Senado foi autorizada por portaria assinada em 29 de março pelo governador Antônio Valdez. Já o decreto de nomeação no Senado foi publicado pela diretoria da casa em 31 de março.

Segundo funcionários do Senado, no entanto, o novo assessor de Alcolumbre ainda não se apresentou para o trabalho. A assessoria do senador alega que o ex-prefeito vai desempenhar “atividades políticas” no próprio reduto eleitoral de Alcolumbre, sem necessidade de estar presencialmente no Senado. Diz ainda que Clécio não começou a trabalhar nem mesmo no estado porque não tomou posse oficialmente. A previsão é de que isso aconteça nesta semana. Procurado, o Senado não se manifestou.

O gabinete de Alcolumbre conta com outros 14 funcionários comissionados. O ex-presidente do Senado afirmou que a nomeação de um aliado político não guarda relação com o contexto político do Amapá. Além de prefeito, Clécio Luís Vilhena Vieira foi vereador em Macapá por dois mandatos, em 2004 e 2008. Em 2013, então filiado ao PSOL, foi eleito prefeito da capital do estado.

É um privilégio poder contar com a capacidade e a experiência política do ex-vereador de Macapá, ex-prefeito da capital por 8 anos e que, com certeza, engrandecerá a atividade parlamentar do senador. Clécio tem muito valor a agregar ao mandato”, disse Alcolumbre, por meio de sua assessoria.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

Só R$ 1,90* no primeiro mês

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

*depois, 11 x R$ 14,90

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Felipe Moura Brasil, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Quais são os senadores lobistas da china a revista CRUSOÉ tem investigar para eleitores ficarem sabendo se denúncia do ex- ministro relações exteriores são verdadeira? Desta forma nos melhoramos a qualidade da nossa democracia.

  2. Enquanto não terminar com a FARRA DA GRANA no SENADO, CÂMARA DO REINO, ou REPÚBLICA, como é chamada por apelido carinhoso, nada vai ter conserto. Essa farra de contratar ASSESSOR, AUXILIAR.. e tantas outras coisas/pessoas pra ajudar a fazer campanha eleitoral.. tem q acabar. Tem q acabar com a grana.. q jorra pra dentro dessas duas instituições.. independente do q devolvam de trabalho ou não : É GRANA DEMAIS.

  3. Claaaaro, claro, muito valor a agregar "ao seu mandato"....17,3.... ainda que haja rachid, já será o dobro... claaaaaro, claro...

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO