Celso de Mello e Augusto Aras são os personagens cruciais da investigação sobre o presidente

Os senhores do inquérito

O papel e a influência que Celso de Mello e Augusto Aras terão na investigação em curso no Supremo para apurar as denúncias de Moro contra Bolsonaro
08.05.20

O depoimento do ex-ministro da Justiça Sergio Moro foi apenas o ponto de partida, o tiro para o alto que precede a largada, do inquérito em curso no Supremo Tribunal Federal que pode selar o destino do presidente Jair Bolsonaro. Nos meios político e jurídico, é consenso que uma investigação dessa natureza, capaz de implicar o mandatário do país e até, ao fim e ao cabo, apeá-lo do cargo, ainda depende de uma série de nuances e condicionantes para deslanchar. Por isso, a atuação de personagens centrais do inquérito será crucial para determinar o seu desenlace. Uma dessas figuras é o relator do caso, o ministro Celso de Mello. A cinco meses de deixar o tribunal, depois de 31 anos de casa, o decano entende que o epílogo de sua carreira pode ser marcado por um processo crucial para o futuro político do Brasil. Por encarar a tarefa como sua última grande missão, o ministro tem atuado com indisfarçável presteza desde a abertura da investigação, em 27 de abril.

Tomado no último sábado, em Curitiba, o depoimento de Moro deixou uma série de caminhos para que os investigadores possam apurar as acusações de interferência na Polícia Federal que pesam sobre o presidente da República. As trilhas são classificadas no depoimento como “elementos de provas”. Coube a Celso de Mello iluminá-los. Nos últimos dias, o decano lançou luz, em especial, sobre o quinto elemento elencado pelo ex-ministro: o vídeo da reunião ministerial do dia 22 de abril durante a qual, segundo Sergio Moro, Bolsonaro teria ameaçado trocar o comando da PF no Rio de Janeiro, o diretor-geral e até demitir ele próprio, caso não tivesse acesso a relatórios de inteligência. A determinação de Celso para que o governo enviasse em 72 horas a “cópia dos registros audiovisuais” do encontro é o que mais tem preocupado o Planalto nos últimos dias.

Desde a decisão de Celso de Mello na terça-feira, 5, o staff presidencial se move para tentar não entregar o vídeo. A Secretaria de Comunicação da Presidência se negava a responder se tinha ou não o vídeo da reunião que, num primeiro momento, seria divulgado pelo presidente – ele chegou a dizer até que havia mandado legendar o material para depois torná-lo público como evidência de que estava certo na queda de braço com Moro. Recuou, no entanto, depois de ser alertado por ministros militares de que a gravação, ao ser exposta, poderia lhe causar sérios problemas. Bolsonaro não só puxou o freio de mão como acionou duas vezes e por dois dias consecutivos a Advocacia-Geral da União para que tentasse demover Celso de Mello da decisão de requerer as cópias. Internamente, chegou a haver um jogo de empurra sobre quem estaria com o cartão de memória da gravação: se Célio Faria Júnior, assessor-chefe da Presidência, ou Fabio Wajngarten, o chefe da Secom. Cartão que teria sido formatado, segundo O Antagonista.

Ao recorrer a Celso pela segunda vez na tarde desta quinta-feira, 7, a AGU pediu autorização para entregar trechos da gravação relativos “tão somente ao objeto do inquérito”. A alegação é de que as demais partes conteriam “assuntos sensíveis de estado”. No país da jabuticaba estaria inventada a “meia-prova”. Se levada adiante, a recusa em ceder ao STF os registros audiovisuais caracterizará obstrução de justiça. A situação pode se agravar para o governo se confirmadas as informações de que o Planalto não disporia de todo o teor do material porque parte da gravação teria sido apagada ou mesmo editada. “Configuraria o crime de fraude processual”, afirmou o jurista Miguel Reale Jr, um dos autores do pedido de impeachment de Dilma Rousseff, à CNN Brasil.

Reale Jr: apagar ou deletar vídeo requerido pelo STF é fraude processual
Não será fácil dobrar Celso de Mello. E o ministro tem pressa. Nos últimos dias, ele deixou claro seu estado de ânimo em relação à investigação. Além de dar 72 horas para a entrega do vídeo que atormenta o Planalto, foi ele quem determinou o prazo de cinco dias para a PF tomar o depoimento de Moro e autorizou de maneira célere os depoimentos de dez pessoas citadas ou relacionadas à acusação feita pelo ex-juiz ao deixar o Ministério da Justiça, entre eles delegados da PF, o atual diretor da ABIN, Alexandre Ramagem, nome do coração de Bolsonaro para assumir a direção da PF, e ministros como os da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos, do GSI, Augusto Heleno, da Casa Civil, Braga Netto, além da deputada Carla Zambelli, do PSL de São Paulo. Os depoimentos terão de ser tomados em no máximo 20 dias – sob risco de condução coercitiva de quem faltar.

O ritmo imposto pelo decano se justifica. Celso de Mello, um dos maiores críticos de Bolsonaro dentro da corte – em março, por exemplo, ele declarou que o presidente da República não estava “à altura do cargo” por ter divulgado e avalizado protestos contra o Congresso e o Supremo –, já revelou a interlocutores a intenção de encerrar sua passagem pelo STF em novembro conduzindo o caso até o fim. “Não me parece um inquérito complexo, os fatos são determinados, acredito que será possível, sim, terminar a investigação em no máximo 90 dias”, aposta o ministro aposentado do Supremo Carlos Velloso, que atuou ao lado do decano durante os 15 anos de sua permanência no Supremo. Se porventura não houver tempo, uma vez que os desdobramentos do inquérito também dependem de diretivas da PF e da PGR – o Supremo já trabalha com planos A, B e C para evitar que a investigação vá parar nas mãos de um ministro indicado por Bolsonaro. Por isso, conforme apurou Crusoé, as chances de um ministro alinhado com o presidente assumir o caso são praticamente nulas. Na avaliação de magistrados, seria o pior dos mundos para a corte. Abriria um imenso portal para toda a sorte de interferência do Palácio do Planalto e fatalmente contaminaria o processo, condenando-o ao irremediável arquivamento. “Seria péssimo se o procedimento ficasse aguardando o indicado pelo presidente para ter sequência normal. Teria-se sob suspeição o próprio relator, o novo ministro indicado pelo presidente. Aposentado o ministro, o inquérito estará tramitando com diligências sendo implementadas”, reconheceu o ministro Marco Aurélio nesta semana, em entrevista ao blog do jornalista Josias de Souza.

O antídoto mais eficaz contra a ingerência do Palácio do Planalto, no entender de integrantes da corte, é a manutenção de Celso de Mello como relator do inquérito. Se não for possível, entrariam em ação os planos alternativos. Um deles é transferir o processo de Celso para um integrante que já atua no tribunal e não para um neófito. Isso ocorreu, por exemplo, quando o então ministro Joaquim Barbosa anunciou sua aposentadoria e todo o seu acervo processual ficou sob a caneta do ministro Luís Roberto Barroso, em vez de Edson Fachin, que havia entrado em seu lugar. Outra possibilidade já aventada internamente seria simplesmente promover a substituição de relatores a partir da mudança na presidência da corte, que ocorrerá em setembro deste ano. Em vez de herdar os processos de Luiz Fux, futuro presidente do tribunal, Dias Toffoli assumiria, dois meses depois, tudo o que hoje se encontra sob o guarda-chuva de Celso, incluindo o inquérito destinado a apurar as acusações de Moro contra Bolsonaro. Também há jurisprudência no tribunal para decisões dessa natureza.

A terceira hipótese – e a mais palatável – é definir um eventual substituto de Celso de Mello por sorteio, como aconteceu após a morte do então relator da Lava Jato Teori Zavascki, num acidente aéreo em janeiro de 2017. Na ocasião, para evitar que o seu substituto imediato tivesse de assumir a vaga já com essa batata quente na mão, o STF sorteou Edson Fachin como novo relator da operação. “Que o computador me poupe de ser relator desse inquérito”, brincou Marco Aurélio, um dos ministros favoráveis ao sistema de sorteio para definir um eventual sucessor de Celso de Mello no inquérito contra Bolsonaro.

STFSTFMarco Aurélio não quer que indicado por Bolsonaro ao STF herde inquérito
O ministro Marco Aurélio ecoa o sentimento de uma ala do STF que, apesar de não admitir que um ministro escolhido por Bolsonaro assuma o caso, também não quer avocar para si a responsabilidade de eventualmente ter de tocar a investigação. Por duas razões: primeiro porque a corte vive mais um momento de dissensão. Alguns togados, por exemplo, consideraram que o ministro Alexandre de Moraes transpôs a linha vermelha ao suspender a nomeação de Alexandre Ramagem, amigo da família Bolsonaro e atual todo-poderoso da Abin, para a direção-geral da PF. Um dos que demonstraram insatisfação com a decisão de Moraes foi o próprio presidente Dias Toffoli. Outra corrente do STF, porém, abraçou Moraes quando ele virou alvo dos petardos do presidente e achou que Toffoli, ao se opor a ele no caso Ramagem, contribuiu para dividir ainda mais o tribunal. Outro motivo para não querer herdar o inquérito contra Bolsonaro é o fato de os ministros já apostarem de antemão que o procurador-geral da República, Augusto Aras, não estará “jogando junto”, o que seria um complicador.

Aras é outro personagem fundamental para o desenrolar do inquérito. É atribuição do procurador-geral da República pedir diligências, como oitiva de testemunhas, depoimento de réus, quebras de sigilo ou mesmo perícias. Aras, portanto, poderá tentar estender a apuração pelo tempo que achar necessário para o deslinde dos fatos, sem nenhum compromisso com a conclusão do inquérito até novembro, ou seja, até a aposentadoria do ministro relator. “O dono do inquérito é o procurador-geral da República”, diz o criminalista Davi Tangerino, professor de direito penal da Fundação Getúlio Vargas em São Paulo.

Em um caso de tamanha repercussão e relevância, Aras, no entanto, pode ser cobrado se ficarem claras eventuais omissões ou uma lentidão deliberada. Essa, portanto, é uma novela cujos próximos capítulos já podem ser imaginados: de todos os lados interessados, haverá polêmica em torno das decisões tanto do ministro-relator quanto do procurador-geral. Há no Ministério Público Federal quem diga que Aras pode até não parecer inclinado a levar Bolsonaro ao banco dos réus – caberá a ele decidir se denuncia o presidente ou se arquiva as investigações, com base nas apurações feitas pela Polícia Federal –, mas por outro lado ele dá sinais de que não está disposto a incinerar sua biografia para proteger o presidente. O pedido de abertura de inquérito teria sido uma das demonstrações nesse sentido – apesar de, para não desagradar tanto o presidente, ter incluído Moro no pacote ao elencar no bojo do inquérito delitos claramente destinados a tentar enquadrar o ex-juiz, como prevaricação, denunciação caluniosa e crime contra a honra. Por ora, o PGR diz ser prematuro tirar qualquer conclusão sobre o inquérito. Se, no entanto, os depoimentos de testemunhas, perícias e outras provas produzidas pela Polícia Federal apontarem de forma explícita e inequívoca a ingerência de Bolsonaro na corporação, Aras pode se ver obrigado a denunciá-lo.

Ainda que, ao fim da apuração, não venha uma denúncia por parte do procurador-geral da República, o inquérito tende a virar um embaraço para Bolsonaro do ponto de vista político, com potencial repercussão no Congresso, que é onde o jogo do impeachment é jogado. Cada nova revelação no curso da investigação tende a se transformar em um novo desgaste para o presidente. Daí a importância também de Moro. Não se espera, por exemplo, que o ex-juiz vá submergir depois de ter prestado depoimento por quase oito horas no sábado, 2, à Polícia Federal. Além do caminho das provas e das dinamites deixadas para explodir mais adiante – por exemplo, as mensagens ainda inéditas enviadas a Moro por Bolsonaro que tratariam de um inquérito em curso no Supremo Tribunal Federal –, o ex-ministro não costuma jogar parado. É figura pública, dono de grande popularidade, conhece de perto o Código Penal e sempre terá canais para além do inquérito se quiser fustigar o presidente, seja com novas revelações ou mesmo anexando novas provas. Uma amostra disso é que, na tarde de quinta-feira 7, enquanto o governo tentava, com seus advogados oficiais, pressionar para que Celso de Mello desistisse de requerer o inteiro teor das gravações da reunião ministerial de 22 de abril, Moro foi ligeiro e pediu ao decano que mantivesse a ordem para que a Presidência entregasse ao STF a íntegra do vídeo. A peleja só está começando.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

Só R$ 1,90* no primeiro mês

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

*depois, 11 x R$ 14,90

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Um juiz que declara que "o presidente não está á altura do cargo", estaria á altura de julgá-lo. Este será sem dúvidas o stf mais "inesquecível" da história 1

  2. O José e a Odete6 trabalham para Crusoé... Apear Bolsonaro do poder... esse STF e esse Congresso... Combinaram conosco os brasileiros? Não? Melhor nem tentar! Deixa o homem trabalhar!

    1. Qual homem? Aquele q nos prometeu governar com os melhores, combater a corrupção, implantar nova politica, q era um cara sincero e honesto? Ele não é nada disso. Ele nos traiu. Fez parceria com Toffoli, traindo Moro votando contra as 10 medidas contra a corrupção e td q ele propôs? Q defende seus filhos inescrupulosos e demitiu dois ministros competentes da saúde crendo q a cloroquina é a panaceia q o mundo td não viu e ainda fazendo acordo com o centrão? Acorde, a máscara caiu.

  3. Somente boas notícias para BOLSONARO: 1-todos os depoimentos mostram que BOLSONARO não mandou a PF fazer absolutamente nada; 2-Marco Aurélio brigou publicamente com o careca Alexandre de Morais, e isso é ótimo, pois que o MELLO é bom de briga e não deixa um briga jamais. 3-A imprensa comunista já afirma que o o vídeo não trouxe novidades..... Pelo exposto, determino o arquivamento do Inquérito. Publique-se. Cumpra-se.

    1. A verdade não interessa aos bozistas. Somente alguém com problemas congênito os sérios não consegue enxergar a realidade.

    2. Jairo Cabral DF, a verdade não interessa a essa revista.

  4. O PGR de tudo fará para retardar o andamento do processo, e com certeza jamais denunciará o PR, que por seu turno irá nomeá-lo ao STF. Resta-nos a certeza de contar com o destempero, ignorância e incontinência verbal de nosso PR, que por meios próprios tornará inviável a sua continuidade à frente da Presidência da República. Pobre Brasil!

    1. Carlos — Se a população brasileira quiser, o ser bestial seria jogado definitivamente de volta ao esgoto. Basta querer. Infelizmente, parece que há muita gente que se contenta em ser gado de líderes decrépitos e irracionais.

  5. Todas as reportagens desta revistas falando mal do Presidente da República. Se isso não é criminoso a censura também deveria ser aceita. Eita revistinha tendenciosa essa CrusoeLixo.

    1. Ainda bem que minha assinatura está acabando, quem não acompanha noticiários sérios acreditaria nessa revista.

    2. Miguel, muda o nome mas o copia e cola não muda. 🐄🐄🐄🐄

  6. É tanta informação e contrainformação, que esse jogo se tornou indecifrável para o público que continua torcendo contra ou a favor. O STF continua sendo o palco onde os ministros perderam a credibilidade... São togados à serviço do senhor que os colocou lá...As decisões que tomam são sempre tendenciosas... ora votam a favor ora contra... foi assim com a prisão em segunda instância e com a condução coercitiva... Percebe-se nas entrelinhas dos discursos o ódio devotado ao presidente.

    1. Amiga, não existem santos no cabaré chamado brasil e o MINTO não é uma exceção. Enquanto ficarem se engalfinhando, com um querendo devorar o outro, tudo bem. Mas o melhor para o Brasil seria o genocida entregar o cargo para Mourão, mas é ruim do profissional político querer largar o osso.

  7. Infelizmente, brasileiro não tem estatura moral para cargo vitalício ! Qual a esperança de justiça que poderemos ter nas próximas décadas com a composição divina(sic) deste stf ?

  8. Acho trágico os serviços prestados pelo STF. Uma eficiência ímpar em julgar Bolsonaro, e uma total falta de compromisso com seus deveres em julgar tantos outros políticos, notoriamente corruptos como Rodrigo Maia, Renan Calheiros, Alcolumbre e outros. Não vi nenhuma manifestação da imprensa em relação a isso, Incluindo a Crusoé. Gostaria de salientar que nunca fui radical, porém neste momento temos que ficar do lado do Brasil, e gostaria que me apontassem algum alternativa para a Presidência.

  9. Todos nós estamos sujeitos a erros, maior erro do Bolsonaro foi ter levado para seu governo o espião Sérgio Moro, colocado lá pelos amigos do Foro de São Paulo ( Sérgio Moro =🐴 CAVALO DE TRÓIA)

    1. É, Palhaço Bozo, esse aí deve estar "empanado" no pó!...rsrsrsrsrs....

  10. Celso de Mello foi chamado de Juiz de merda pelo grande advogado Saulo Ramos, que foi chefe do Ministro em Brasília. o resultado está aí

  11. O Dr. Celso deveria se julgar impedido, diante suas críticas e posição diante do PR, o processo já começou viciado e parcial.

  12. E lá vem os bolsonaristas cegos defender um b.o.s.t.a cujo único favor que nos fez foi tirar o PT do poder. Cambada de imbecis. Votei neste louco e cansei de tanta incompetência. Seus apoiadores parecem estar num culto onde o bispo faz as mais estapafúrdias promessas e a platéia aplaude. Bando de atrasados. Não enxerga que c/bolsonaro o Brasil não anda mais

    1. Sério cara... Por que você classifica o governo dele ruim?

  13. Helena Mader, como jornalista você é uma grande torcedora de futebol.Transmitir notícia deixou de ser papel fundamental do jornalista brasileiro.Tem de escrever adjetivando tudo e todos. Fica clara a torcida para que Aras e Melo façam de tudo para abreviar a permanência de JB na PR. A Moro, "conhecedor" do Direito Penal, detentor de "canais" para além do inquérito, autorizado a fazer "pressão" com seus advogados junto ao Ministro do Supremo para tomar tais e quais ações, vale tudo.

    1. Mas o Bozo já cansou, já deu o que tinha que dar, já mostrou a que veio, enfim é um m.e.r.d.a, (tá bom este adjetivo pra vc). Espero que caia e vá pra lata do lixo da história, que é onde ele e seus filhos merecem passar a eternidade

  14. Façam uma pesquisa sobre a vida pregressa desse ilibado juíz do STF e à partir daí, talvez, os senhores criem vergonha e façam um jornalismo um pouco mais isento. Vou facilitar a vida de vocês...Perguntem ao Saulo Ramos ex-ministro da justiça.

  15. Tudo conversa fiada. O decrépito ministro procura avidamente uma maneira de se promover. Perto da porta da rua e do ostracismo, busca uma glória a ser alcançada com evidente abuso de poder. Embora eu não morra de amores pelo Bolsonaro, muito pelo contrário, enxergo que o Ministro joga apenas para a mídia e a esquerda radical. Nessa história envolvendo a PF, não percebi, até agora, nenhum delito praticado pelo presidente. Ele nomeia, remove e demite quando quiser. São cargos de confiança.

  16. Minha assinatura está renovada em pagamento automático e não consigo acessar as matérias, aparecendo mensagem “assinatura atrasada”. Resolvam, por favor.

    1. O atendimento ao assinante é péssimo, aconteceu o mesmo comigo, foram semanas até consertar! **Nunca** recebi resposta às minhas inúmeras mensagens sobre o problema. Nenhum ressarcimento ( uma extensão da assinatura pelo período que fiquei indevidamente sem acesso, por exemplo) foi-me concedido! Um total descaso!

  17. A Crusoé exaltando a biografia desse velho decrépito. Talvez, eu disse talvez quem terá uma biografia nessa atual suprema corte para ser exaltada será o ministro Fachin, isso se não ele não mudar, pois é o único, ainda que não gosta dos holofotes dessa mídia corrupta.

  18. Vocês sabem em que vai dá esta investigação no STF: Porra Nenhuma! O STF está mais sujo do que pau de galinheiro. Não existe clima para impeachment do Presidente Bolsonaro que conta com o apoio popular e das forças armadas. Portanto, continuem com suas FOFOCAS!

  19. O presidente errou em convidar o ex-ministro para compor o referido ministério. Tomara que o presidente termine seu atual mandato e ainda seja reeleito...

  20. LATIN NO FÚRDUNCIO Data maxima venia , mas o annus bolsonariumm neste modus operandi ,quit pro quo tem fumus boni iuris, e pergunto quo vadis bolsonariumm? volte aqui.

  21. É uma bandidagem dos infernos. Querem fazer o diabo para impedir que o indicado pelo presidente assuma dentro de uma institucionalidade normal, querem até alterar as regras no meio do jogo. Será que se for por sorteio vão excluir o ministro indicado por Bolsonaro, ou incluindo-o vão cruzar os dedos, esperando que não seja sorteado? Barbosa conduziu o mensalão, Tófole julga ações da Lava Jato. Será que não acham que a sordidez está escrachada demais? Tá parecendo uma careta de doido.

    1. Verdade amigo gadinho. Acho tudo isso uma porcaria de rocambole jurídico q cansa e não se resolve nada. O certo seria impichar o genocida e acabar de vez com esse circo dos horrores em meio a uma pandemia.

  22. Esse "juiz de merda", o CM, pode estar aprontando uma saída barulhenta. Quem o definiu assim, "juiz de merda!" foi quem o conheceu bem, Saulo Ramos, no livro, Código da Vida, pag. 170. Quero ver qual vai ser o final. Por outro lado, quero dizer que já cancelei as renovações automáticas, da Crusoé e do Antagonista. Estão muito parciais.

    1. É bem isso. Só para refrescar a memória, o CM foi indicado por, nada mais tenebroso, Zé Sarney.

  23. A verdade é que os tiros no pé que o Jair e sua trupe colecionaram e continuam disparando ao longo dos 17 meses de governo assombrado mais o desprezo à máscara eleitoreira do "BR ACIMA DE TUDO" começam a cobrar a conta. Um político com apoio de quase 58 milhões de votos vê seu futuro no Planalto balançar nas canetas Bic de delegados de polícia e Montblanc de alguns togados das altas cortes da República. Não foram os eleitores que erraram. Essa é a única certeza.

  24. A grande questão de tudo isso é que a população não conhece os meandros da desavença entre Bolsonaro e Moro e, sem conhecer a verdade, o fanatismo, que já está abraçado nos seus seguidores, vai aos caminhos da loucura, de tal forma que as piores acusações são infligidas ao ex juiz e até a sua honorável esposa.

    1. Alguns dos nossos presidentes podem até ter saído pela força mas pelo visto, Bolsonaro, em quem votei, vai sair pela camisa de força.

    2. Exatamente. Moro só fez mostrar a verdade. Mas a verdade é pesada demais para os idolatras, para os fanáticos. Enquanto isso Bolsonaro está distribuindo cargos ao centrão com seus condenados na Lava Jato. Nem esperou o cadaver esfriar.

    3. Calma aí, companheiro. Os não fanáticos sabem que Bolsonaro não vale nada, mas Moro também não é toda essa santidade, não. Infelizmente só a história é que nos dirá quem é quem nesse imbróglio.

  25. JB revelou-se uma fraude. Para chegar ao poder, oportunisticamente hasteou a bandeira da ética e da moralidade na política, como outras fraudes que o antecederam (Collor - 'Caçador de Marajás', Lula - 'A Ética na Política'). Acho até que JB chegou a acreditar na própria mentira, mas sua natureza foi mais forte. Até a bandeira do patriotismo é falsa! O que esse 'patriota' sacrificou pela pátria, na sua longa carreira política?

    1. a maior bandeira do Brasil já é VERMELHA! e preta!!! É o manto sagrado! MENGO!!!

    2. Ao contrário, serviu-se da função pública para amealhar patrimônio e arrumar a situação da família. Já Moro, sacrificou uma sólida carreira de magistrado, para servir ao Brasil e pediu para sair, assim que percebeu a verdadeira índole de JB. Moro é, de fato, o honesto, o patriota, o íntegro, aquele que serviu ao país e não SE SERVIU da função pública, como JB.

  26. É uma pena que também o STF está sem crédito. Tudo pode acontecer, principalmente quando povo foi traído pelos políticos que tomaram o poder nas últimas décadas.

    1. Takaiuki precisa de internação psiquiátrica urgente!

    2. Takaiuki, vc tomou seus remedinhos hoje? Acho que esqueceu, não é?

    3. Será que vc metido, não tem ideia quero Moro foi comprado por políticos de má reputação e parte do STF. E pode ter certeza que não vou ver os seus comentários medíocres

    4. Pelo menos o Bolsonaro continua tentando arrumar este país, e não como muitos esquerdista querendo que fiquemos a mercê de corruptos, antipatriotas e cafajestes como muitos como vc osasquense

    1. Pq os generais não são malucos! Já vc é totalmemte!!!

    2. olha dona Malu mais uma vez vcs escrevem DEMAIS!.. agente já não quer ouvir GloboLixo agora terá que ler as babaquices da Crusoé o tal Alexandre de Moraes fofocava tudo com Temer. e o prêmio,? Haja Papa. hoje ministro enxertado não se enxerga. Ah meu BRASIL Quem nos dera vários BOLSONAROS UM NA PRESIDÊNCIA PELO MENOS 7 NO STF UNS 40 NO SENADO E A TURMA QUASE TODA DA CÂMARA. NÓS SERÍAMOS AQUILO QUE VC BOLSONARO 01 PENSOU QUE IRIA CONSEGUIR. MAS AINDA TEM JOGO!.. ESTAMOS JUNTOS

  27. Excelente matéria Helena!!!! Vc. fez um passeio em todo o processo com extrema clareza e precisão; deixando tudo muito explícito, pena que muitos só enxergam o que querem. Continuam achando que o BOZO pode tudo pelo simples fato de ser presidente e não entendem o que e DEMOCRACIA. Minha visão pessoal: Bolsonaro não só parece culpado, como está desesperado parece mesmo um NAPOLEÃO DO HOSPÍCIO e Moro agiu certo : falou certo, não se comprometeu caso o inquérito não dê em nada, sabemos porquê....

  28. Eu já cancelei a renovação, da crusoé e do antagonista. Estão sendo parciais Comentem sobre o ativismo político do Judiciário. O Saulo Ramos cunhou esse Celso de Melo de um "juiz de merda" e nesses anos ele piorou. Deve estar doente.

  29. Parabéns Helena Mader pela excelente matéria. A revista Crusoé voltou às origens, fiel aos fatos doa a quem doer. É bom o bolsochavismo Jair se acostumando.

  30. Devemos exultar um verdadeiro jornalismo sem bandeiras, não vejo parcialidade nessa notícia é um relato claro dos acontecimentos, ser contra uma notícia séria é demonstrar uma paixão mórbida pela idolatria, sejamos coerentes nos informamos dos fatos sem pré julgamento isso é ser sensato

  31. A máscara caiu, vocês só tem compromisso com o Moro, podem ir preparando o Mi Mi Mi contra o procurador pois o seu protegido vai se enrolar pois não provou nada...

  32. M Aurélio não quer que o sucessor de Celso herde o inquérito, porém aceita que um inimigo declarado de JB (Celso) toque o inquérito sem se dar por impedido. Esta farra vai acabar.

  33. É muita canalhice dessa revista esquerdista fazer uma matéria tendenciosa com a finalidade de detonar o Presidente Bolsonaro. vocês são tão canalhas quanto os ministros militantes do STF.

    1. Será que não são vcs que estão cegos? Por favor , não fiquem como os PTralhas, para o bem do Brasil!! Vamos acordar!!

    2. Gilberto a ordem vem de cima. A partir do momento que o Sr. Diogo Mainardi mudou de opinião sobre o Governo Bolsonaro os jornalistas também mudaram.

    3. Estou perplexo com a direção que esta revista está tomando. Estou percebendo que alguns jornalistas antes "isentos", estão se transformando em relação a honradez profissional.

  34. Assinei a Crusoé por seu estilo arrojado e imparcial. Infelizmente hoje vejo na sua linha de articulistas pessoas tendenciosas e parciais. Com certeza, muito frustrado com essa transformação, não renovarei minha assinatura

    1. Sigo também sua linha de análise da forma que estão se transformando. Pretendo anular assinatura.

  35. ESTA ARTICULISTA DEVERIA TER UM MÍNIMO DE RESPEITO AOS LEITORES DA CRUSOÉ. DESCARADAMENTE ANTI GOVERNO, SEQUER RECONHECE QUE O MAIS PARCIAL DOS JULGADORES DE BOLSONARO É, CONFESSADAMENTE, SEU DESAFETO. CELSO DE MELO JÁ PREJULGOU ESSE IMBRÓGLIO. SUAS DECLAÇÕES ANTERIORES, COMO A JÁ CITADA PELA PRÓPRIA JORNALISTA, JÁ O INCAPACITAM PARA TRATAR COM ISENÇÃO ESTE CASO. NÃO SOU BOLSONARISTA, MAS ABSOLUTAMENTE NÃO GOSTO DE SER TRATADO COMO UM BEÓCIO, QUE É COMO ME FAZ SENTIR A PREZADA ARTICULISTA,

  36. Voces são tão ridiculos nessa matéria, porque voces não criticam quanto a corte é PETISTA.Me dar nojo de ler a matéria até o fim, pois quando virarmos uma venezuela rapidinho vcs desaparecer.

    1. Maria, lembra do é bom Jair se acostumando? Pois é, chegou a vez dos sensatos brincar com o trocadilho, é bom vc Jair se acostumando com o fato do seu “mito” ser desmascarado. JB se elegeu graças à facção do Adélio que o transformou em vítima não dando chance de sua ficha corrida vir à tona. Chegou a hora da verdade.

  37. É só ler o livro (código da vida ) livro “Código da Vida”, de Saulo Ramos, ex-ministro da Justiça responsável pela nomeação de Celso de Mello para o STF no governo Sarney.Ele diz ( Entendi, que você é um juiz de Merda ) Ele que falou, não eu

    1. Saulo Ramos devia saber o que tava falando. Se o Mmo. nada fez de útil em sua longa carreira, parece querer encerra-la fazendo uma grande cagada. Deveria ser considerado suspeito por já ter se declarado publicamente avesso ao Sr. Presidente e substituído por sorteio.

  38. O fato é que MORO, embora responsável por livrar o Brasil para sempre do comunismo politicamente correto de PT #LULADRÃO, é um covarde - sentimento unânime no Brasil hoje - pois simplesmente assinou no depoimento que BOLSONARO NÃO COMETEU NENHUM CRIME!!!!! Face ao exposto, determino o arquivamento do inquérito. Arquive-se, publique-se e cumpra-se.

    1. Moro quis sair com dignidade, ética, da mesma forma que entrou, deixou sua carreira como juiz e até mesmo um futuro no STF. Se tivesse aceitado a mudança no Rio, estaria caindo na desgraça da política. Simples assim!!

  39. Eu não sou da área, mas penso que intenção não chega a ser de fato um crime, pois por várias vezes quis fazer algo que poderia ser caracterizado como um crime, como a tentativa não se concretizou, portanto o crime não aconteceu.

    1. É exatamente esse o PONTO: é evidente que BOLSONARO está preocupado com os filhos com a acusação de que mandou matar MARIELLE, uma pretinha insignificante para o Brasil, e que também tem todo o direito de saber QUEM DO PSOL mandou matá-lo, pois sabemos todos que o BISPO assassino é comunista filiado ao PSOL. O Toffoli não libera o sigilo dos celulares por que? e a CC do Bispo?????? MORO JÁ DECLAROU QUE BOLSONARO NÃO COMETEU CRIME!!!!! Arquive-se o inquérito.

  40. Pessoal todos os comentários passam pelo nosso crivo. Erramos na hora do voto, então basta! Não podemos repetir o erro, portanto não devemos reeleger absolutamente ninguém. Um dia acertaremos, mas por hoje NÃO A REELEIÇÃO.

  41. ... minha assinatura não será renovada ... vcs perderam o equilíbrio ... querem um garotinho birrento e cínico como presidente para o manipularem ... Moro nada provou ... e agora fica claro como agia em conluio com os procuradores da lava jato ... não apoio o PT mas como juiz é mau caráter mesmo

  42. Uma pergunta para a Crusoé ou O Antagonista: Vocês já pensaram em pedir uma auditoria no sistema de “sorteio” do STF? Quem acredita neste sorteio tbm deve acreditar em Saci Pererê, na Cuca, na Mula-sem-cabeça e em especial no Papai Noel entrando em casa pela chaminé (mesmo que não exista uma). Entendo que uma auditoria é um direito público e descoberta a falcatrua nos daria poderia de impedir membros do STF, mas mais que isto, parar de uma vez por todas com a má fé na corte máxima.

  43. Não tem lógica entregar o vídeo do jeito que o gabinete do ódio quer. Tem que entregar completo. O relator tira o que interessa e exclui o restante. Isso sim é o certo!

    1. Com certeza José,o vídeo teve ser entregue sem cortes.... Quem não deve não teme.

  44. Alguém pode me explicar. Os “ministros do stf “ não podem sofrer nenhuma investigação e o Presidente eleito pelo povo tem que entregar exame médico para provar que não tem covids, tem que entregar vídeo de um reunião com seus Ministros para provar que o “moro” está mentindo. Que país é esse ? Além disso ele já fez o que queria no RJ e qual o problema?

    1. Ainda não somos uma Venezuela.Somos um país em que a democracia prevista na constituição ainda prevalece, apesar dos vários ataques.

    2. O STF é um dos grandes que querem destituir o PR!! Juntem-se a eles, os partidos todos, o congresso, os traíras, os governadores a imprensa, O Antagonista e a Crusoé e teremos de volta tudo como era antes, todos mamando e roubando!!!!!!

    3. Parece que o único vilão nesse história e o presidente quando os verdadeiros vilões são todos os que desejam cassa-los,estes sim configurando um verdadeiro golpe conquistado nas urnas.

  45. O site “O Antagonista” e sua revista “Cuzoé” esquerdaram tão radicalmente que penso que foram comprados pela #FolhaLixo ou #VejaLixo ou ainda #EstadãoLixo. Credo, que gente à toa! Minha assinatura já foi cancelada, chega de lixo!

    1. Deixei de pagar a assinatura, a postura da revista não é mais isenta, tem o viés político.

  46. Vcs mudaram a linha editorial portanto não me interessa mais assinar a Crusoé. Tenho ojeriza a trairas. Não me contatem mais! Viva Bolsonaro o 1º Presidente honesto que tivemos.

    1. Eu também vou cancelar a minha assinatura, como eu faço ?

    2. pedi o cancelamento da assinatura, decepcionado com as materias tendenciosas da Crusoé, está ficando pior que a Globo, sempre do lado dos bandidos que dizem proteger a democracia

  47. Todo vez que a turma do Carluxo posta (ops, quase deu merda) alguma sandice aqui eu me lembro do que o seu criador disse recentemente: ‘Eu sou a Constituição!’. E isto, logo após o já internacional ‘E DAÍ?’, devidamente dissecado, ridicularizado e condenado em editoriais da mídia mundial. E daí?, Daí que ao ver, estarrecido, pessoas com medo; famílias chorando sem poder ‘velar’ seus entes queridos amontoados em ‘valas’; me assusto mais com a indiferença dos canalhas que não estão nem ‘aí’...

    1. Pior são os canalhas que não estão nem aí para quem morre de subnutrição e pela falta de saneamento básico. Os canalhas que estão confortavelmente de quarentena tendo milhares de menos favorecidos trabalhando e se expondo para lhes Carandiru o conforto da quarentena.

    1. Rodolfo deixe de ser boizinho ruminante em defesa de doido. Estou achando que tu tambem é do Sanatório Geral, pra não dizer outra coisa.

  48. 🦅 Nada a ver com a matéria, MAS, tudo a ver com a Saúde de todos 🤝 https://saude.estadao.com.br/noticias/geral,pesquisadores-japoneses-dizem-ter-criado-anticorpo-capaz-de-eliminar-o-coronavirus,70003296452

  49. A melhor forma para se fazer um titular de investigação agilizar o que é seu dever é a cobrança constante da imprensa. Parabéns pela matéria!!!

    1. Que tal a 3ª instância começar a trabalhar, porque pelo jeito a bandidagem vai morrer de velhice sem sair da 2ª instância.

  50. O STF extrapola totalmente sua competência em interferir em assuntos que não são de sua alçada. A mídia porca que a meses atrás sofreu com as ingerências desse mesmo STF, sendo censurada num inquérito completamente esdrúxulo (Antas) agora aplaude ou torce contra o governo que está a mercê das mesmas sandices desses ministros de nada.

    1. e agora vc descobriu tudo! É pq não contavam com sua astúcia!!!

  51. Até a presente data o presidente está transformando a presidência da república em um jardim de infância, com criancinhas birrentas, teimosas e malcriadas. Governe ou renuncie. O resto é debate de bêbados. Uma vergonha mundial

    1. O congresso que você elegeu, e a suprema corte que seus ex- presidentes montaram, enquanto você acha que o presidente está brincando eles estão arrombando o seu ___ e você não está nem percebendo, ou talvez até gostando.

  52. Que se triplique a segurança do Ministro Celso de Melo, o vídeo foi editado e prepotentepresidente a toda hora confessa suas trapaças, truculências, está certo q não vai dar em nada?

  53. Apeá-lo do poder! Tá! Mas, e a corja de bandidos aninhados no legislativo? Os mais interessados nisso? Ninguém mexe, né? Celso de Mello, o dito decano, agora objeto de toda sorte de reverências? Gente, é o mesmo que apoiou a derrubada da prisão em segunda instância! Sim, JB decepcionou! E muito! Mas antes de aplaudir o que está em curso, lembremos sempre de quem são os maiores interessados na queda do JB. Acho que uma faxina no STF supera em importância a eventual queda de JB! De longe!!!

    1. Parabéns Saulo, a única forma é renovar o congresso nacional, mas a mentalidade do povo ainda está longe do ideal.

    2. Por diversas vezes o STF rasgou a constituição que deveriam garantir. Um e exemplo:Lewandowski não permitiu que cassarem os direitos políticos de Dilma . Color de Mello perdeu o mandato e os direitos políticos. Dois pesos e duas medidas.

    3. É impressionante o distanciamento da realidade de uma parte desses comentaristas. Pregar "faxina" no STF, é de uma ignorância tamanha que nem merece réplica. É certo que o STF é uma colcha de retalhos díspares, mas, será que esses que "advogam" faxina do STF sabem o que isso significa? Tenho convicção que não fazem a menor idéia do que falam. Apscosta

    4. Os membros do STF tem cargo vitalício, segundo a constituição, até os 75 anos de idade. Pra mudar, só com um golpe de estado. Os congressistas e o presidente da República, da mesma forma tem respaldo constitucional. Só com impeachment pra tira-los e isso é tarefa do congresso. A estrutura das instituições é boa mas os detentores dos cargos não. Temos que eleger melhores quadros e pra isso dar educação à massa ignorante. Do contrário, será sempre assim e país nunca correrá o risco de dar certo.

  54. Quem não deve, não teme. Sérgio Moro falou a verdade. O aloprado do Planalto mentiu. Agora, isso aqui é Brasil e bolsopetista Aras não vai cumprir o seu dever de investigar. Vai sentar em cima do inquérito.

  55. O maior problema que a maioria da Imprensa enfrenta é o exagero em comentários e hipóteses. Até parece que ninguém usa raciocínio próprio. Mais informação: menos bla bla bla...

  56. A Lei da Bengala produz isto, Celso de Melo, já deveria estar de pijama há muito tempo, realmente é um Juiz de M...., Saulo Ramos tinha razão.

  57. Excelente matéria! Narra em detalhes várias possibilidades do andamento desse inquérito. Torço, apesar de pessimista, que a verdade prevaleça! Povo calejado de tanta pizza!!!

    1. A Crusoé e o Antagonista suas informações sendo usadas como matérias de provas nas investigações a serem realizadas pela PF, que é constitucionalmente a instituição de Estado para averiguações das acusações feitas pelo ex Ministro Moro. Espere o julgamento mas não desconsiderem a revista, pessoalmente é um bom órgão de informação.

    2. Este jornal está ficando mais do mesmo canalhas como a Globo e a CNN me a rependo de ter assinado.

    3. Este jornal está se tornando maís do mesmo, que nem a Globo e a CNN.

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO