Adriano Machado/Crusoé

Cada vez mais acuado

Como o presidente tenta conter o ímpeto da CPI da Covid. O objetivo agora é evitar que o tiroteio entre o Centrão e a ala militar, que inclui até a produção de dossiês, imploda o governo
09.07.21

Há um traço marcante na personalidade do presidente. Toda vez que se sente acuado, Jair Bolsonaro ataca. Seja ameaçando as instituições, fustigando a imprensa, repetindo a ladainha de que o “meu Exército” estará com ele para o que der e vier, seja lá o que isso signifique, ou mesmo produzindo factoides. O objetivo é sempre o mesmo: o de tentar demonstrar força, apesar das evidências em contrário. Agora, novamente, o presidente está em um daqueles momentos em que se vê encurralado. Não só em razão da velocidade com que sua popularidade derrete, mas porque entende que perdeu o controle sobre os escândalos que se sucedem e já bateram no gabinete presidencial. Só que ao contrário do que ocorreu em outras crises, desta vez, ele escolheu a tática do silêncio. Não o silêncio absoluto – suas bravatas continuam sendo lançadas, dia sim, outro também. Mas Bolsonaro permanece silente sobre aquilo que pode custar o que lhe é mais caro: o mandato de presidente da República.

Nesta sexta-feira, 9, completam-se 14 dias que o mandatário do país não desmente o deputado Luis Miranda. Em entrevista a O Antagonista há duas semanas, Miranda o emparedou, ao revelar que, em encontro no dia 20 de março no Palácio da Alvorada, ao lado do irmão, Luis Ricardo, funcionário do Ministério da Saúde, quando levou a Bolsonaro as suspeitas de corrupção na negociação de compra da vacina indiana Covaxin, o presidente não só disse que já sabia da tramoia como afirmou se tratar de um esquema do líder do governo Ricardo Barros. Mas que se mexesse “nisso aí já viu a m… que vai dar”.

Como Bolsonaro prometeu acionar a Polícia Federal e nada fez, no mínimo, ele prevaricou. O presidente não contradiz Miranda porque teme ser atropelado por um áudio que o deputado insinua ter. Se isso acontecer, o governo implode. Não haverá mais o dia seguinte para Bolsonaro. Por isso, nas duas últimas semanas, o presidente se dedicou quase que exclusivamente a tentar desarmar a bomba-relógio que segue depositada no gabinete presidencial.

Adriano Machado/CrusoéAdriano Machado/CrusoéLuis Miranda disse que alertou Bolsonaro sobre a corrupção na Saúde. Duas semanas depois, o presidente ainda não desmentiu o deputado

A tática para segurar Miranda e acalmar Barros

Orientado por Bolsonaro, o Planalto tenta conter danos. O primeiro passo foi escalar emissários para tentar amansar o deputado Luis Miranda. A interlocutores, Miranda jura que não negocia com o Planalto. Se for verdade, que se deixe convencer pela CPI da Covid a entregar o áudio da conversa, uma prova mais do que cabal do crime de prevaricação do presidente da República. Com Ricardo Barros, outro que pode encurtar a permanência de Bolsonaro na cadeira de presidente, caso resolva contar tudo o que sabe, quem trata é o próprio Bolsonaro. Os dois tiveram ao menos três conversas nas últimas semanas. Para proteger o governo, Ricardo Barros admite até deixar a liderança na Câmara. Mas disse para o presidente que ainda reúne condições de virar o jogo e pediu para, pelo menos, ter o benefício, em nome dos serviços prestados ao governo, de tentar se defender na CPI. Por isso, passou as últimas horas tentando antecipar seu depoimento, marcado para o dia 20. Quem acompanha de perto as tratativas, diz que a relação de Ricardo Barros com o presidente é de altos e baixos, mas, por enquanto, sob certo controle – o que, é claro, pode mudar a qualquer momento. “É um casamento em crise, mas ainda é um casamento. Até que uma denúncia os separe de vez”, afirma um parlamentar ligado a Ricardo Barros.

Centrão, militares e o dossiê

Nos últimos dias, outros bombeiros entraram em cena para evitar um novo estrago. Há uma guerra aberta nos bastidores do poder entre o Centrão e a ala militar do governo, os dois grupos que dividem o butim na Saúde e hoje estão na mira da CPI da Covid. Antes de prestar depoimento na quarta-feira, 7, o ex-diretor de Logística do Ministério da Saúde Roberto Dias procurou a cúpula da comissão de inquérito dizendo ter informações bombásticas para detonar na CPI. As revelações, segundo ele, haviam sido reunidas em um dossiê cujas cópias foram enviadas a seu primo, o empresário Ronaldo Dias, ex-diretor do laboratório Bahia Farma, que mora hoje em Madrid, na Espanha. O papelório, de acordo com o ex-diretor de Logística, conteria provas de que os ministros Braga Netto, ex-Casa Civil e atual titular da Defesa, e Luiz Eduardo Ramos, ex-Secretaria de Governo e atual Casa Civil, pressionavam os integrantes do Ministério da Saúde a receber os intermediários das vendas de vacinas, num processo já reconhecidamente para lá de sujo. Quem teve acesso aos documentos diz que os militares palacianos teriam afirmado algo na linha “vamos agilizar isso”, deixando claro que a negociação era do interesse da casa. Ou seja, do Planalto. Os mesmos papéis responsabilizariam o coronel Elcio Franco, número dois da gestão de Eduardo Pazuello no Ministério da Saúde, pelas irregularidades nos contratos da pasta.

Na madrugada anterior ao dia do depoimento de Roberto Dias, no entanto, enviados especiais do governo entraram em cena para evitar que o material – ou ao menos as informações nele contidas – viesse à tona. Entre eles, o senador Ciro Nogueira, expoente do Centrão que ajudou, ao lado de Ricardo Barros, a chancelar Roberto Dias na Saúde, e o próprio general Ramos, um dos alvos do dossiê. Na negociação da madrugada, os emissários do Planalto se comprometeram a destacar a tropa de choque do governo na CPI para protegê-lo durante o depoimento – ao menos foram esses os termos mais republicanos da negociação que atravessou a madrugada. Foi o suficiente para fazer Roberto Dias recuar.

Antonio Cruz/Agência BrasilAntonio Cruz/Agência BrasilUm dos alvos do dossiê de Roberto Dias, o general Luiz Eduardo Ramos atuou para conter a crise
A missão de selar o armistício foi determinada pelo próprio Bolsonaro, em pânico com a hipótese de ser aberta uma rachadura irremediável entre os dois grupos num momento político já extremamente delicado para o Planalto e pessoalmente para ele. Por ora, a bandeira branca está estendida. Resta saber até quando. Durante a audiência na CPI, o ex-diretor de Logística da Saúde até tentou atribuir a Elcio Franco a responsabilidade pela negociação das vacinas, o que levou o relator Renan Calheiros a propor uma acareação entre os dois. Mas não chegou nem próximo do que ele se propôs a revelar. O problema, neste caso para Roberto Dias, é que o presidente da CPI, Omar Aziz, sabia do arsenal em poder do ex-diretor da Saúde e ficou enfurecido com o recuo do depoente.  A mentira sobre as circunstâncias de um encontro para articular uma suposta venda de vacinas, atestada por um áudio, foi apenas um pretexto arrumado por Aziz para determinar a prisão de Dias, que acabou detido por cinco horas pela Polícia Legislativa do Senado até pagar fiança e ser liberado.

Os bastidores do episódio ajudam a explicar a nota emitida pelo Ministério da Defesa e comandantes das Forças Armadas repudiando as declarações do presidente da CPI. Ao mandar prender Dias, Aziz disse que “os bons das Forças Armadas devem estar muito envergonhados com algumas pessoas que hoje estão na mídia”. Na nota, as Forças Armadas acusam o senador de “irresponsável” e “leviano”, além de afirmar que o congressista desrespeitou os militares e generalizou esquemas de corrupção. A questão é que quem ajudou a confeccionar o documento sabia que Aziz, ao mandar prender Dias, tentava na verdade era melar o acordão da madrugada selado entre militares e a quintessência do Centrão.

Bolsonaro entende que precisa blindar o Centrão para proteger o governo. E que o chumbo trocado pelos deputados de sua base fisiológica com os militares poderia atingir ele próprio e deputados como Ciro Nogueira e, principalmente, o presidente da Câmara, Arthur Lira, dono da caneta que tem o poder hoje de detonar o início do impeachment. Durante a semana, Lira voltou a dizer que não há justificativas para abertura de processo. Qualquer passo em falso do governo, porém, pode alterar o humor do Centrão. Durante a semana, Bolsonaro chegou a retirar o nome de Paulo Roberto Vanderlei Rebello Filho para o cargo de diretor-presidente da Agência Nacional de Saúde, mas, para não gerar ruídos, voltou atrás na quarta-feira, 7 – o Senado acabou aprovando seu nome no mesmo dia. Vanderlei Rebello Filho é ex-chefe de gabinete de Ricardo Barros no Ministério da Saúde e foi indicado para a vaga ainda em 2020. No esforço para mostrar exatamente o que o governo não faz, ou seja, agir ao primeiro sinal de corrupção, Bolsonaro ainda mandou o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, demitir Laurício Monteiro Cruz do cargo de diretor do Departamento de Imunização e Doenças Transmissíveis da pasta. Perto dos peixes grandes do escândalo das vacinas, Monteiro é o que pode se chamar de bagrinho e, por isso, apenas por isso, acabou sacrificado.

Pablo Valadares/Câmara dos DeputadosPablo Valadares/Câmara dos DeputadosRicardo Barros pediu tempo a Bolsonaro e pretende permanecer na liderança do governo pelo menos até seu depoimento à CPI da Covid

A crise ganha dinâmica própria

 O problema do gerenciamento da crise que engolfa Bolsonaro é justamente os novos fios desencapados que vão surgindo pelo caminho. O presidente amarga hoje os efeitos da clássica lógica que costuma guiar os escândalos brasileiros. Quando a crise atinge determinado ponto, ela ganha uma dinâmica própria. Se tenta segurar de um lado, ela escapa de outro. Foi o que aconteceu durante a semana. Enquanto o presidente se ocupava de tentar serenar os ânimos de Luis Miranda, Ricardo Barros e companhia limitada, surgiram as trocas de mensagens do PM Luiz Paulo Dominguetti, a partir da quebra do sigilo telemático pela CPI.

O improvável Dominguetti surgiu no noticiário como um mero atravessador bolsonarista que tentou vender o que não podia entregar, no caso, as vacinas AstraZeneca ao Ministério da Saúde, na condição de intermediário da empresa Davati. Aparentemente, ele havia sido escalado para jogar uma cortina de fumaça sobre o escândalo da compra da Covaxin durante seu depoimento à CPI, quando tentou desqualificar Miranda –  depois, ao perceber que poderia ser preso, voltou atrás. Ao fim e ao cabo, sem trocadilho com a patente de Dominguetti, o feitiço virou contra o feiticeiro.

No conjunto de mensagens em poder da CPI, há uma em particular quase tão grave quanto o relato de Miranda de que o presidente sabia de tudo e nada fez. Nela, Luiz Paulo Dominguetti afirma a Cristiano Carvalho, tido como um dos representantes da Davati no Brasil, que recebeu um “posicionamento”. “Amanhã até 12h passam o e-mail a ele. Só a quantidade que não tem ainda”, disse ele. Cristiano Carvalho pergunta se a informação veio de um ex-assessor da Saúde. Dominguetti responde: “Gabinete da Presidência da República. Melhor que ele”. Em outro grupo, o cabo da PM afirma que o contrato com o governo federal, no caso de ser assinado, chegaria a render 200 milhões de reais em comissões aos intermediários. E diz a um dos seus interlocutores: “Bora reservar o Jaguar e uma casa em Brasília”.

Com essa revelação, passam a ser dois os casos que conectariam o escândalo diretamente ao presidente: a denúncia de Miranda, até agora não desmentida, e a mensagem no celular de Dominguetti. Ou seja, se o cabo da PM foi “plantado” na CPI para tentar desviar a atenção das denúncias de Luis Miranda, a tática constituiu um tirambaço no pé, porque acabou envolvendo pessoalmente Bolsonaro em duas histórias escabrosas, e não apenas em uma. Em Brasília, já se comenta – e a sério – que seria irônico o presidente eleito em grande parte pelas fake news disseminadas pelo WhatsApp vir a sofrer o impeachment graças às conversas pelo aplicativo.

Adriano Machado/CrusoéAdriano Machado/CrusoéO policial militar Luiz Paulo Dominguetti pode ligar o presidente da República diretamente ao escândalo da Covaxin
Mensagens em poder da CPI, a partir da quebra do sigilo do PM , às quais O Antagonista e Crusoé tiveram acesso, mostram que Dominguetti realmente contava com o apoio de Bolsonaro durante as negociações de imunizantes. Em conversa de 16 de março, com um contato identificado no celular de Dominguetti como “Maria Helena Embaixada”, o cabo da PM fala da dificuldade em “segurar as vacinas e nossa parceira Davati”. Maria Helena, então, afirma estar “clamando muito” pela situação e cita um possível encontro entre Bolsonaro e um reverendo. O reverendo seria Amilton Gomes de Paula, um líder religioso ligado à Igreja Batista e apontado como o responsável por abrir as portas do Ministério da Saúde para Dominguetti. “Ontem o reverendo esteve com o presidente”, escreveu Maria Helena na noite daquele dia 16. Em resposta, Dominguetti afirma: “Sim. O problema não é o presidente. Mas o Ministério (da Saúde). Lá é complicado”.

Blanco, um dos homens de Bolsonaro

No mesmo pacote de mensagens extraídas do celular de Dominguetti, aparece mais uma vez um personagem que tem potencial para complicar o presidente: o do tenente-coronel Marcelo Blanco, ex-assessor da Saúde. Em conversa entre ele e o PM, na qual se discutia a venda de vacinas para a rede privada, os dois falam sobre um depósito de “1 milhão de dólares”. A CPI tem indícios de que Blanco pode ser um dos homens de Bolsonaro no Ministério da Saúde. O cara escalado para prestar pequenos favores ao presidente. A CPI suspeita de que o militar seria o fiador da indicação de 10 nomes para hospitais federais no Rio, conforme revelou o ex-governador do Rio Wilson Witzel em tom de denúncia à CPI.

Em seu depoimento, Roberto Dias disse que Blanco foi quem o apresentou a Dominguetti durante um “chope casual” no restaurante Vasto, em um shopping de Brasília. O relato sobre a tal conversa, na qual o PM teria oferecido 400 milhões de doses de vacina, foi o que motivou a prisão de Dias, logo após um áudio deixar claro que o encontro não tinha sido fortuito, como o ex-diretor quis deixar transparecer à CPI.

Para completar, durante a semana, o escândalo da rachadinha voltou a atormentar o Planalto. Uma sequência de áudios atribuídos a Andrea Siqueira Valle, ex-cunhada de Bolsonaro, indica que o presidente da República teria se envolvido diretamente em esquemas de confisco, por parlamentares, de parte dos salários de assessores de gabinete.

Reprodução/FacebookReprodução/FacebookAna Cristina Valle: a família da ex-mulher de Bolsonaro complicou o presidente
Na gravação atribuída a Andrea, a fisiculturista afirma que o irmão André Siqueira Valle foi demitido do cargo de assessor do então deputado federal Jair Bolsonaro porque se recusou a repassar o valor definido. “Tinha que devolver R$ 6 mil, ele devolvia R$ 2 mil, R$ 3 mil. Foi um tempão assim, até que o Jair pegou e falou: ‘Chega. Pode tirar ele porque ele nunca me devolve o dinheiro certo'”, diz Andrea.

A carta da CPI

Como no caso do deputado Luis Miranda, Bolsonaro não tocou no assunto.  A postura do presidente em relação às graves acusações do parlamentar do DEM fez a CPI cobrá-lo formalmente na tarde desta quinta-feira, 8. Em carta encaminhada a Bolsonaro, a cúpula da comissão de inquérito afirmou que o silêncio do presidente da República em relação às acusações de Miranda cria uma “situação perturbadora”. A intenção dos integrantes da comissão de inquérito é que o presidente se pronuncie, oficialmente, sobre as denúncias feitas pelo deputado.

“Solicitamos, em caráter de urgência, diante da gravidade das imputações feitas a uma figura central desta administração, que Vossa Excelência desminta ou confirme o teor das declarações do deputado Luis Miranda”, diz a cúpula da CPI na carta.“Somente Vossa Excelência pode retirar o peso terrível desta suspeição tão grave dos ombros deste experimentado político, o deputado Ricardo Barros, o qual serve seu governo em uma função proeminente”, prosseguem os parlamentares.

Em live na noite desta quinta-feira, 8, Bolsonaro reagiu à ofensiva da CPI ao seu estilo peculiar. “Não vou responder nada para esse tipo de gente. Entregaram um documento para eu responder perguntas da CPI. Sabe qual é minha resposta, pessoal? Caguei. Caguei para a CPI”. O mandatário do país, de fato, “cagou” para pandemia, para a CPI e para a morte de mais de 530 mil brasileiros. Hoje, a única coisa com a qual ele realmente se importa é manter-se no poder.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. aonde estão as provas do suposto crime de JB, além de palavras e mais palavras vazias, fantasiosas? Investiguem RC, Aziz, que inclusive teve seu passaporte retido pela PF, não foi isso?!?! Crusoé, tendenciosa, alienadora e desinformante. Ignóbil!

    1. Que tal as palavras q ele mesmo pronunciou: NÃO POSSO INVESTIGAR TUDO QUE CHEGA.. kkkkkkkkkkkkkk PREVARICÃO.. PRAVARICÃOZÃO.. PREVARICATIVO.. PREVARICAMOSO... PREVARIQUENTO.. kkkkkkkkkkk ah... alguns neologismos.. eu góstio.. kkkkkk E se interna pra ficar inatingível... Mas.. tempo passa. Quem não se extingue.. tem q voltar à rotina, né mesmo? A gente espera. A gente tem paciência.. A gente tem tempo.. e as pesquisas NÃO VÃO MELHORAR.. rindoaki..

  2. Ignóbil! A Crusoé se tornou totalmente tendenciosa. Quando assinei a revista, ela se julgava-se imparcial. Vejo alienação, desinformação e perseguição. Aonde estão as provas

  3. Adorei a reportagem, menos a parte final . Joga toda responsabilidade das mortes, você não foi parcial no final , deixou se levar pela sua emoção . Abraços.

  4. Não adianta esperar até 2022, a maioria do povo brasileiro não sabe votar. POVO NA RUA‼️, solicitando 1° ajuda das FFAA do bem - 2° Impeachment de JB - 3° fechamento dos STF e senado - 4° reconduzir Sérgio Moro à PJS. Sem aval do PR, envolvido com os seus filhos na Justiça, Moro ficou a mercê dos corumptos.

    1. Resolve sim, existe um enorme abismo entre a incompetência bozista e a competência do Mourão.

    1. William é um delinquente. A ficha corrida do Bozo era enorme. De lá para cá, foram adicionados 540 mil crimes. Você quer mais bozista?

    2. Will, rachadinha é peculato, é corrupção. Ele está usando o poder transitório de seu cargo para se proteger em relação a isso. É incrível a cara de pau desses bozistas bovinos mortadelas para defender seus corruptos de estimação.

    3. Nao havia denúncia porque era um pária no congresso, isolado e sem capacidade de articulação de qualquer grupo em torno de um projeto sequer. Ou seja, não era alvo para grandes corruptores como é no cargo ora ocupado - daí restou a rachadinha como a única possiblidade de ataque ao butim do orçamento público. Como PR, o butim é bem maior, como se está descobrindo...

  5. Bolsonaro é uma fraude, está superando os desmandos Morais e éticos dos governos passados, arrastando as Forças Armadas para o lodaçal das denúncias de corrupção devido a sua incompetência como líder de uma Nação. Tem diarreias cerebrais constantes e agora ,em resposta a carta da CPI da Covid, mostra que também tem diarreia intestinal, talvez o cérebro esteja se esvaindo por outra via !

  6. o presimente sociopata excrementíssimo, só poderia ter essa resposta, e acredito que é o que sempre ele faz (c...g...r em tudo) e quando é no vaso sanitário, é o mais limpo de suas atitudes; o Brasil virou privada de bol$onaro.

  7. O problema é que Bolsonaro tem muitos fios desencapados à sua volta e poucas respostas críveis a dar. É fácil chamar os membros da CPI de bandidos, difícil é afastar a mesma pecha de si, de sua família e de alguns apoiadores - militares ou civis.

  8. Sr Pedro Vassalo, Se tivesse procurado um psiquiatra e um psicanalista, teria compreendido que todo condutopata, quando acuado, ataca. Bolsonaro é tão condutopata quanto o Lula. As ações e reações são idênticas quando estão irritados. As táticas evasivas, e os apelos populistas perante a claque, também são traços comuns. E o congresso nacional é também o pior fé todos os tempos, na cumplicidade com presidente bandido. Presidente pilantra, no Brasil, já está virando pleonasmo.

  9. Não há nada mais deprimente do que um pai ensinar malandragem aos próprios filhos. Isto nos remete ao caso das rachadinhas ...

  10. O PR da república, segundo pesquisas de opinião pública não tem mais condições de liderar o país: fracassou como militar e como PR, infelizmente. É hora de impeachment como quer a maioria do sofrido povo brasileiro.

    1. O Mourão não tem como ser pior que ele. Quero dizer, nada tem como ser pior que ele. Que meus filhos me perdoam: nem Lula consegue ser pior que ele.

    2. Apoiado, meu caro Franco. Estou contigo. #impeachmentbolsonarojá

  11. Hoje é possível entender porque membros das forças armadas não podem expressar publicamente suas visões políticas. Numa discussão quando o mais forte escolhe um lado, ele desequilibra o pleito e numa República Montesquiana, as FFAA têm a força, a hierarquia e disciplina e a impossibilidade de contestação de ordens, e se elas entram na discussão política, elas quebram o equilíbrio dos três poderes e o pêndulo da força bélica tende para o executivo. O final disso já conhecemos, despotismo.

  12. Desde que os cheques pra Michelle foram identificados, definindo o telhado de vidro do presidente, vemos nessa descendente moral com o Bolsonaro radicalizando o discurso e fragilizando ainda mais nossas instituições, mesmo tendo como aliados o Centrão e parte do Stf

    1. 🐄🐄🐄🐄🐄🐄🐄🐄🐄🐄🐄🐄🐄🐄🐄🐄🐄🐄🐄🤡🤡🤡

  13. O PR se complicou: falou demais e ao incentivar uma minoria de direita raivosa perdeu muitos votos. Outras causas: péssima condução do combate à Pandemia de COVID-19. Consequência: para cada morte existe 1 família que não votará no PR em 2022, cerca de 10 milhões de votos. As pesquisas já demonstram que 15 milhões de eleitores de centro que votaram nele em 2018, não mais votarão em 2022. Dos votos obtidos em 2018 no nordeste, terá cerca de 10 milhões a menos. Conclusão: derrota no 1o. Turno.

    1. Complicado! O tipo de pessoas que o criticam, só fortalece o presidente, eu votei no Hadad, agora sou Bolsonaro, isso e que e presidente vergonha, o Brasil o adotou como seu represente legitimo, pede pra algun presidenciavel andar pelas ruas.

    2. Que os anjos tenham dito amém quando você postou esta mensagem.🙏

  14. E , apesar de tudo isso ainda dizem que não há motivos para convidar o presidente a retirar-se do Planalto. Para onde irá nosso país??

  15. Da rede social vieste a rede social voltarás. Messias 1:1 Se a Bíblia fosse escrita hoje este seria um versículo atribuído ao livro do profeta Jair Messias Bobolsonaro

  16. A popularidade derretendo? Porra, por onde ele passa a população aplaudindo e o grito da galera MITO MITO MITO MITO.. é vontade sua, viu... Kkk

    1. Maria, estamos num país q elege Collor senador. Malu, prefeito, governador, deputado e ate pra presidente. Idem Lula. Vc é uma pessoa esclarecida e tem q escolher ficar com eles ou não. Pra mim, nem Lula nem Bolsonaro. Fomos traídos. 3a via já- MORO22.

    2. Maria, ele já era. O som das panelas batendo para ele já deixou claro q não tem voto nem para síndico de seu condomínio de milicianos no RJ.

  17. O gado raivoso e cego não vê que o melhor para o país seria a destituição do pangaré sociopata e que seja devidamente investigado, processado, julgado e punido por tribunal nacional e internacional.

  18. Sergio Moro tinha razão! Sempre teve razão! Os defensores de Bolsonaro não tem mais argumentos, pois o que se vê agora é um Presidente envolvido com as piores figuras, tal qual o molusco de 9 dedos. São exatamente iguais. Nem Lula e nem Bolsonaro em 2022. Que o povo brasileiro acorde desse pesadelo e mande os dois pro quinto dos infernos!

    1. E que o povo brasileiro acorde: salvadores da pátria extremistas são o caminho certo para afundar de vez o país.

    1. Izelia, seu pensamento reflete pura e simplesmente o verdadeiro cocô q é uma mente bozista.

    2. Os leitores da Crusoe acreditam. Você vai plantar batatas que dá mais certo. ForaBolsonaro. Fora Izelia

    3. Izelia, fale por você e ateste sua ignorância com seu rebanho. Eu estou fora.

    4. Izelia fala somente na primeira pessoa, porque o antagonista é a crusue tem profissionais excelentes, até o momento, nada desqualifica as matérias aqui postadas, mas o contrário. Infelizmente muitos, confiaram nessa pessoa, mas ele está traindo, da mesma maneira, como, muitos acreditaram em lula e se decepcionaram. Creio que esses dois casos principalmente, nos ensina a não ter políticos de estimação, e, sim, votar com a razão e sem emoção.

    5. Izelia pior cego é aquele que não quer ver. Abra seus olhos para os fatos. Também votei no Bolsonaro. Mas de tanta esperteza, ele acabou se enrolando nas próprias pernas. Nem Lula nem Bolsonaro! Chega! Nós brasileiros de bem, precisamos de gente melhor na presidência!

    6. Nossa Senhora. O presidente da República Federativa do Brasil e seus seguidores usam esses termos chulos para se defender. O destempero de um mandatário absolutamente desqualificado, inclusive moralmente. Ele mostra quem sempre foi. Votei nessa desgraça porque tenho ódio ao PT. Ai deste país, que só oscila entre os EXCREMENTOS morais da direita e da esquerda. Estamos salpicados de fezes. Bem, do Centrão já é fisiologicamente esperado...🙄

  19. o triste é que essa história só envolve o que tem de pior na política de todos os lados e o maior benefíciario de toda essa lama é os ex presidiário Lula , e o maior perdedor em todo esse esgoto é o povo brasileiro que infelizmente nunca aprende a votar e nem cobrar , e Moro que foi execrado por parte do povo depois de começar a mudar esse país , acabou desistindo pois além dos marginais tem uma parte da nação com políticos de estimação que adora isso tudo infelizmente.

    1. Pois é Luiz, o Moro fora do país e Lula como principal candidato para 22. Nem em pesadelos imaginei que chegaríamos a isso.

  20. Coloca o Dr! Sérgio Moro na parada que essa mulambada vai tudo em cana. Tai um dos motivos da extinção da Lavajato. Cambada de fdp

  21. Quaquaqua.. todo mundo "ta" crente e certo de que o pt, psol estãotorcendo pelo empichamento do Bolsonaro. Olha aí cambada: o Zé (daniel) dirceu já "decretou e juramentou". A estratégia é fazer o cara sangrar até não restar mais uma gotinha, pra ser derrotado no voto mesmo. Se for empichado, vai ressurgir o Mourão na parada. E daí pessoal vão calibrar a chamada 3ª via com o "baixinho" na cabeça. O baixinho é ele mesmo: Mourão. Vai dar trabalho.

  22. A grande chance do Brasil, a Lava Jato, foi destruída pelo bolsopetismo. Isto que temos agora é uma amostra do nosso futuro.

  23. O embusteiro nos enganou com mentiras para se eleger, quando rasgou as promessas de campanha e aliou-se aos ratos da nossa politica comecou a dar tiros no próprio pé e hoje é refém dos aliados de baixa moral e fanfarrão e covarde não é capaz de tomar qualquer atitude contra os ladrões do ministério da saúde, ou prevaricação por omissão ou é cúmplice.

  24. A HORA QUE AS FORÇAS ARMADAS DECIDIRAM FICAR SOB O COMANDO DO CAPETAO ,MOSTRARAM QUE HONRA PODE SIM SER COMPRADA .DEPLORAVEL

    1. Exatamente, deveria ter continuado como despachante de militares e policiais e, falando suas bravatas.

    1. nemLulanem Bolso, e porque tanta porcaria de Partidos, de Deputados e Senadores encastelados na Ilha Brasília jogando quirela para esse imenso país???

  25. Economia com tendência a crescer 6% este ano e 5% no próximo. Investimento privado em infraestrutrua bombando. Juros dos imóveis mais baixos da história . É hora de derrubar o cara.. Ano que vem ninguém derruba.. Nem nosso herói, o injustiçado, ilibado e traído por nossas elites Luis Inácio Lula (condenado em terceira instância) conseguirá derrotá-lo ..

    1. Alexandre, essa alfafa bozista parece dar um barato bem louco hein?..rs... Isso que dá viver numa bolha de idiotização.

    2. o roto e o rasgado .Precisamos tira,r estes excrementos da vida pública do Brasil,O lugar de ambos é na Papuda,

    3. Alexandre, avisa quando tu acordares, ok? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  26. Deus me Livre! Parei de ler na metade. É tanta merda neste desgoverno Bostanaro que dá nojo.Custo à acreditar que ainda tem imbecís que defendem este energúmeno!

    1. Como dizia Roberto Campos: A burrice no Brasil tem um passado glorioso e, um futuro promissor.

  27. N gostei da expressão usada pelo Presidente Bolsonaro! Deveria ter dito aos bandidos da cúpula da CPI q bandidos n perguntam, respondem. A quadrilha Omar, RENAN e o senador saltitante deveria estar respondendo seus processos d corrupção passiva e lavagem de dinheiro! Crise artificial ! Politicagem p derrubar o governo. Abstinência! #FechadoComBolsonaro2022

  28. O governo Bolsonaro procura implantar no Brasil, o Capitalismo de Milícia. O q a milícia faz. Ela primeiro se posiona contra os algozes do povo, no caso do bolsonarismo miliciano, os petistas corruptos. Depois ela busca impor seu poder pela força, como vemos hoje a contaminação das instituições, que tem o monopólio da força. Com isso conseguem o controle absoluto e começam o achaque em cima de produtos essenciais. A milícia carioca controla a venda de gás de cozinha. A bolsonarista, às vacinas.

    1. Vc tá enganado quanto a D. Pedro ll, foi um dos maiores estadistas que tivemos. Intelectual falava vários idiomas, naquela época já preocupava com o meio ambiente. sofreu um golpe de estado na implantação da República. Será que não estaríamos melhor com a monarquia?

  29. Está ficando cada vez mais claro que aquele papo de que "nossos militares são patriotas muito qualificados" era pura balela. Pelo menos os que ousam se meter na política, não são diferentes em nada dos políticos de ofício: desqualificados, ambiciosos e inescrupulosos.

  30. FAMÍLIA BOLSONARO = os EXEMPLOS EXCECRÁVEIS que uma SOCIEDADE tão CORRUPTA é capaz de produzir! São DEGENERADOS MORAIS que IMPEDEM o BRASIL de AVANÇAR! Em 2022 SÉRGIO MORO “PRESIDENTE LAVA JATO PURO SANGUE!” Triunfaremos! Sir Claiton

  31. Que nojo deste Presidente uma pessoa baixa ,com conversa de miliciano ,escumalha ,junto com as Forças Armadas que alias tem que ser reformatada depois por apoio a este desastre que deixa até hoje 528 mil mortos ,exercito não tem que ficar em Brasília ,no Rio,etc. Exercito marinha e aeronáutica tem que ficar na amazonia,e nas fronteiras defendendo o Brasil e não apoiando este ou qualquer outro governo .Voltem aos quartéis passou de hora. Quanto ao presidente, impeachment já chega.

  32. Porque voces mudaram de rumo? de uma imprensa isenta e informativa passaram a fazer uma imprensa suja, cheia de ódio e que só prejudica o país.

  33. Parabéns por mais uma ótima reportagem! Consegui compreender o que está acontecendo, pois essa semana perdi o fio da meada....

  34. Quanta conversinha fiada. Quanta ânsia da bandidalha voltar ao poder. Quanta informação tendenciosa. Quanta besteira... O Vassalo, seu nome não é esse a toa, né???

    1. o gado é assim...para não reconhecer as "cagadas" do psicopata miliciano rachadinha, culpam sempre à esquerda, os comunistas, STF, imprensa etc. Bolsoidiotas, se informem, chacoalhem o ranço, abram os olhos e as mentes, se é que vcs se considerem racionais.

    2. Vocês são piores que Ptistas, virou uma seita, tem muitas reportagens e artigos dessa revista chamando Lula de ex presidiário, então esse mimimi de vocês não tem cabimento mais. Admitam ele é corrupto sim, e incompetente para o cargo. Talvez ele consiga entrar num elevador de um prédio e aperte o botão do andar desejado. Será que ele saberia o que é o P de um elevador? Ele é um lixo de ser humano.

    3. Boi, boi, boi, boi da cara preta, pega esse gadinho que tem medo de careta.

  35. Quanta conversinha fiada. Quanta ânsia da bandidalha voltar ao poder. Quanta informação tendenciosa. Quanta besteira... O Vassalo, seu nome não é esse a toa, né???

    1. Gildo tomara q surja uma nova chapa honesta e justa para q possamos votar. NÃO DÁ PRA VITAR NEM NO PT LULA BEM NO BOZO.

  36. ENFIM MAIS FOFOCA, QUERO VER O DOSSIÊ, ENQUANTO NÃO APARECER FICAMOS NA LINHA, DO SONHO, DESEJOS E DELÍRIOS DA CAMBADA DO QTO PIOR MELHOR

    1. Viver em um mundo paralelo é bom? Conta para nós.

    2. Como sempre digo, Petistas e Bolsonaristas são irmãos siameses. Os petistas juravam que não haviam provas contra seu mestre, os Bolsominios não percebem ou não querem ver os fatos nada republicano como cheques em conta, rachadinhas, Aras para PGR, um ex assessor de Toffoli indicado ao STF, fim da Lava Jato , o silêncio das denúncias do Deputado Miranda.Enquanto elegermos um LIRA, BARROS, RENAN, CIRO NOGUEIRA, BEZERRA, COLLOR, HUMBERTO COSTA E FAMILICIA BOLSONARO, o Brasil não muda nunca.

    3. Teu mito já era, independentemente de dossier. Acorda bozomerda inútil.

  37. A única preocupação do Capetão não é atual, mas desde que se candidatou e se elegeu ainda não desceu do palanque. Até mesmo a pandemia, a vacina, a equivocada imunidade de rebanho e os falsos tratamentos, tudo lhe serviu de discurso. Resta ao povo brasileiro, para o governo meros eleitores, fazerem ressonar nas urnas os ecos de suas falácias.

  38. Parabéns pela reportagem! Pelo andar da carruagem, o mandatário da nação logo se esvairá em desinteria crônica, desembocando direto numa cloaca, seu habitat natural.

    1. A alternativa era o fantoche do presidiário. Muito difícil.

  39. Antagonistas se aliou a impresa esgoto e de graça não foi e serão os primeiros a ir pro paredão quando Lula voltar. Preparem o pescoço

    1. Nao é possivel alguém ser assim idiota....tem que estar fingindo

  40. Parabéns a toda equipe de Crusoé/Antagonista+/O Antagonista!!! Precisamos de vocês que não passam pano para governo corrupto!! #NemLulaBemBolsonaro #Dia12/09EuVou

  41. Nós eleitores somos um caso a ser estudado. Recusamos a ler/ouvir verdades, inclusive cancelando a assinatura de um veículo sério e independente como a Crusoé que nos mostra as falcatruas de um presidente traídor, mentiroso, genocida e agora com graves suspeitas de corrupção no governo, do que perceber o grande erro que cometemos quando votamos neste presidente!!!! Pobre Brasil!!! Acorda!! #NemLulaNemBolsonaro

    1. Ô Mary.. quem somos nós colega? Que história é essa? Me tira dessa aí.. eu sou eu.. tu és tu.. nós é quem? quaqua..

    2. Ôpa, fale em seu nome Mary. Não me inclua neste "nós eleitores" pq não me encaixo em nada do que disse. O acéfalo boca su.ja sempre foi assim e quem votou nele é pq é ot.ário mesmo. Acharam q vaca com um lacinho no pescoço poderia voar. Agora assumam sua responsabilidade. Ninguém foi enganado não.

  42. O Jair, em meio ao desgoverno no executivo federal e às suas bravatas e ameaças, segue se enrolando e se desgastando moral e politicamente, rodeado de “urubus”, até o limite do insustentável. A escalada morro abaixo é do tipo que precisa cada vez menos de ajuda para virar pó. Está caindo por si só. Bem apropriado para um ex deputado oportunista de anexo que acreditou que poderia ser um mito no desafiador Poder da República.

    1. O Brasil só vai mudar qdo os brasileiros mudarem, Marcia! EDUCAÇÃO é o remédio!...

  43. O governo e seus comparsas,Bolsonaro e sua família são uma latrina de pocilga, temos que dar esta descarga antes que transborde. Também me vem a mente que seus filhos estão calados né?O único que aparece é o miliciano 01.O que fazem Bananinha e Carluxa?

    1. Ô Angel.. como assim? Teu comentário tá mais que publicado, mana..

  44. Vergonha esse desgoverno,CORRUPTO,INCOMPETENTE,GENOCIDA,etc,etc…ainda estar seguro,pelo Centrão e Militares safados!!! IMPEACHMENT JÁ!!!

    1. Ô Terê, quem te disse que o Oto é quem manda na CPI? "Tás" por fora, mana..

  45. Mesmo seguindo.todos estes fatos durante a semana, um compilado tão preciso e com mais revelações importantes de bastidores, nos ajuda a entender melhor, e com precisão todo o assunto e torcer para que Otto Alencar tenha êxito no comando da CPI, sem sair de seu foco principal para nós: impeachment do sociopata.

  46. Quero cancelar a assinatura e vocês não dão opção. O telefone não atende e aqui não tem a opção de cancelar. Já mandei e-mail e nada! Já começou a cobrar nova assinatura e não tenho nenhum interesse em continuar. Peço aqui o cancelamento pois vou registrar cada pedido meu pra vocês pararem de cobrar por algo que NÃO QUERO MAIS. Sejam mais transparentes pra ter coerência e facilitem a vida de quem não tem mais interesse nisso aqui.

    1. Ô Merê.. tu tÁ enganada.. procura no menú aí em cima, à esquerda, que tu vai encontrar como cancelar a tua assinatura. Só que tem um detalhe: tu deveria ter feito isso antes, pois a renovação é "tomática". Agora só tem um jeito: cancela a renovação da renovação senão tu vai "dançar" de novo. É assim que funciona.

  47. Que vergonha, um presidente externar argumentos "CHULOS" por falta de conhecer adjetivos apropriados para o posicionamento de um chefe de Estado, esses arroubos e impropérios só o levam a vala da incompetência, e da arrogância, não poupando ataques sexistas, misóginos, e todo tipo de insultos a quem tenta lhe contradizer, estou literalmente envergonhado de haver lhe sufragado meu voto para a presidência.

    1. Parar o país , transtornado já pela pandemia pelas tais rachadinhas de dois, três e seis mil reais , e uma compra de vacinas que não se realizou , tenha do meus senhores , está CPI está mais cara que a investigação . Ninguém aguenta mais a patética defesa do Aziz e a cara do Calheiros e o Senador Randollf parece estar em êxtase masculino. Tudo isso só tem interesse para políticos és esquerda . Em tempo não sou Bolsonaro e não voto noPT esperando terceira via.

Mais notícias
Assine 50% off
TOPO