Carlos Fernandodos santos lima

Bolsolão e a prostituição política

14.05.21

Mensalão, petrolão e agora o bolsolão. Seja o governo, a orientação ideológica, o que se constata é que a governabilidade no Brasil só existe mediante pagamento. Como caríssimas prostitutas – e quero pedir desculpas a essa antiga profissão por usá-las nessa metáfora –, boa parte da classe política permite o seu desfrute por quem governa ou precisa de seus favores, desde que haja régia retribuição. Como Ronald Reagan dizia, a política, segunda profissão mais antiga, guarda muita semelhança com a primeira.

Esse novo escândalo, sobre os 3 bilhões de reais em orçamento secreto para compras superfaturadas a fim de atender interesses de políticos da base governista e garantir apoio parlamentar, a manchar o suposto “bom nome” do governo Bolsonaro, só revela algo que quem participou da operação Lava Jato já dizia havia tempo: vivemos em um sistema político intrinsecamente corrupto, em que maiorias no Congresso Nacional – e isso se repete nos legislativos estaduais e municipais – são simplesmente compradas. Vale a pena relembrar a emblemática delação de Pedro Corrêa, relatando a compra de parlamentares para a reeleição de Fernando Henrique Cardoso.

Entretanto, com a ascensão do Partido dos Trabalhadores ao poder houve a “bordelização” definitiva da nossa política. Aquilo que era feito às escuras, caso a caso, em becos de estatais e órgãos públicos, passou ao feérico e ostentoso show de striptease coletivo em que os políticos do chamado Centrão e seus periféricos não estão mais apenas interessados em vender uma noite, mas sim de encontrar um “sugar daddy”, um patrocinador que lhes garanta uma troca de favores mais estável.

Assim, a maioria dos partidos políticos transformou-se em casas da luz vermelha dessas relações monetário-carnais entre governo, empresários e parlamentares. Aquela idealização da política como o espaço sagrado da busca do interesse público virou na realidade um ambiente sórdido e vicioso, comandado por alguns proxenetas donos desses estabelecimentos, conhecidos na política como “caciques”, que se apropriam de boa parte dos pagamentos de suas protegidas para a manutenção do poder.

Em troca desse agrado, assim como no sexo, 1.001 desejos são oferecidos. Conhecedores de todas as posições do Kama Sutra político, parlamentares se contorcem para satisfazer a lascívia de empresários poderosos e dos governantes de plantão. Prometendo-lhes amor eterno, entregam-se com os olhos no relógio, esperando o próximo cliente. Tudo aquilo que podem é vendido: emendas parlamentares, medidas provisórias, projetos megalomaníacos, emendas constitucionais, entregando-se sem pudor ao amante de plantão.

De tempos em tempos, contudo, esses relacionamentos vêm à tona e chocam a sociedade, uma senhora puritana que prefere sentar-se confortavelmente na frente de sua TV para amortecer sua consciência, pedindo para a polícia e o Ministério Público acabarem com essa “pouca vergonha”. Até mesmo alguns parlamentares de partidos de oposição vão à imprensa divulgar que pretendem pedir ao Ministério Público a investigação desses fatos, como se todos não soubessem que se trata apenas de uma guerra de cafetinas para ver quem destrói antes o bordel da outra.

Nessa hora aparecem também os falsos moralistas a fazer campanha a favor do bordel que lhes é mais simpático, onde às vezes, num final de noite, conseguem um pequeno favor gratuito. Gratos pelas sobras da festa, escrevem furiosamente uns contra os outros, levantando-se contra a podridão moral do governo atual, preferindo esquecer completamente que seus padrinhos no passado pagaram pelos mesmos serviços que hoje chamam de obscenos.

Mas há pessoas que ainda ruborizam diante de tudo que acontece? Será que toda democracia está fadada a se corromper? A corrupção dos ideais democráticos e republicanos precede a corrupção política. Naquele momento em que a classe política trai seus eleitores, a corrupção se instalou, sendo apenas questão de tempo para que todo pudor desapareça.

Bolsonaro é só mais um desses hipócritas despudorados. Antes de chegar à Presidência, incapaz de ser aceito nos prostíbulos mais finos, acostumou-se com a pequena prostituição da rachadinha nos gabinetes da família. Agora poderoso, é pego nu em meio a uma conjunção sexo-monetária ilícita, em uma orgia multitudinária de interesses privados e dinheiro público, tudo para garantir o seu poder até o fim de 2022. Apesar da nudez repugnante dos participantes desse bacanal, Bolsonaro vai fazer como Lula, seu espelho, pego duas vezes na mesma libertinagem coletiva, e colocar nossos olhos e ouvidos em dúvida. Afinal, tudo hoje não passa de uma guerra de versões em que a verdade é o que menos importa.

De qualquer modo, todos vão garantir que a ética não prevaleça, que as leis não sejam aplicadas e que a Constituição seja letra morta. É melhor garantir que aquela velha senhora não saia de seu torpor e perceba o que acontece, levantando-se do seu conforto para manifestar sua indignação. Para que temperança, pensam nossos políticos, se podemos nos entregar à devassidão dos poderosos? Lutamos muito para chegar aqui, dizem. Pudor é coisa de pequeno-burguês: nosso roubo é santo porque fazemos o bem. Acabemos com o Ministério Público, com a polícia e com juízes independentes, esses empatam-foda, esses estragam-prazeres.

Acordemos enquanto há tempo! Esses políticos nada mais são do que devassos velhacos que deveríamos enxotar da vida pública, dessa despudorada festa, dessa libertinagem a que chamamos de política. Precisamos substituí-los por homens e mulheres íntegros, mesmo que não santos, capazes de um diálogo desinteressado e de buscarem a composição dos diversos interesses em favor da população. Para isso, pelo menos, é necessária uma reforma política urgente, capaz de trazer democracia e transparência para os partidos e ideias e proposições para campanhas políticas espartanas.

Infelizmente essa reforma somente acontecerá se a sociedade constranger os donos de bordel, pois são eles que controlam o parlamento, a aceitar que o sistema atual deve acabar e de que novos tempos chegaram. Nenhuma democracia sobrevive a esse alto meretrício político. Alguns hão de rir dessa ideia, dizendo que falar de honestidade para políticos é como pedir virgindade para prostitutas, mas o dia em que acreditar na mudança e na existência de honestidade e probidade realmente for motivo de riso será o dia em que nossa democracia e vergonha deixaram de existir.

P.S. Apesar da metáfora, há uma diferença muito grande entre as prostitutas e esses políticos. As primeiras são muitas vezes levadas pelas circunstâncias da vida para essa profissão e, de qualquer modo, entregam livre e legalmente apenas o que é delas. Já os segundos…

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Espero quinzenalmente pela crônica do Dr. Carlos Fernando e, sempre, ela supera minhas expectativas. Parabéns por mais essa dissecação desse sistema nojento que nos repugna diariamente.

  2. Excelente. Agora não consigo imaginar o povo brasileiro indo à rua pedir reforma política. Não somos assim tão amadurecidos politicamente. E se depender deles, só voto impresso.

  3. Muito bom. Precisamos que gente como vc se candidate ao senado. Vc, Deltan e outros. Por enquanto vamos deixar Moro "correr por fora".

    1. Também merece trabalhar na Globo, na Folha e no Estadão. Está de parabéns!

  4. Vocês acham que temos mais do que 5% de brasileiros que se manteriam honestos depois de eleitos para um cargo político ou indicado para um cargo do judiciário?

  5. Parabéns pelo artigo! Retrata a nossa política atual. Precisamos acreditar que a mudança é possível. Depende de todos. A ferramenta é o voto e cobrança daqueles que representam a população. Acorda povo!!!!

  6. Compartilhe esse conteúdo utilizando as ferramentas de compartilhamento oferecidas na página ou pelo link: https://crusoe.com.br/edicoes/159/bolsolao-e-a-prostituicao-politica/. Nossos textos, fotos, artes e vídeos são protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo da revista em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização da Mare Clausum Publicações Ltda.

  7. Grande Dr Carlos. É Exatamente isso que ocorre em nossa politica. Desde os vereadores das cidadezinhas mais pequenas até Brasilia. E o Sr. fala com a propriedade de quem viu de perto os personagens chafurdarem nessa lama da corrupção e libertinagens.Sao ratos de esgoto.Precisamos mudar. Tirar de cena esses canalhas. Dar vez a gente nova. Para respirar outros ares...

  8. # Reforma Politica # Reforma Eleitoral # Parlamentarismo # Voto Distrital # Voto Não Obrigatório # Carlos Fernando no Senado

    1. Lenir é uma serva do cafetino de ocasião. Só isso pode explicar a vassalagem despudorada de seu comentário.

    2. ... O que você, Lenir, tem pra vender? ... Respeite a exposição do Nosso Bordel. ... Ou você é um proxeneta de terceira?

  9. Assim como eu acho importante e ao mesmo tempo triste conhecer os horrores perpetrados pelos seres humanos ao longo da história, o mesmo se aplica aos textos brilhantes do ex-procurador que mostra os horrores da política nacional. Como já disse antes, por favor procurador, candidate-se a um cargo eletivo e terá mais voz para denunciar tudo isso aí. Agora não pode ser como um que recentemente se indignava com "tudo isso aí" e agora mudou de lado.

  10. Falou e disse tudo sobre o grande e lastimável bordéu que nos tornamos. Pelo visto, jamais sairemos dessa putaria hereditária, seja porque estamos anestesiados na sala ou porque brotam “putas” de todos os lados.

  11. Artigo de uma precisão cirúrgica: perfeito! Infelizmente, a realidade da política brasileira está estampada aí, com poucas e honrosas exceções, vale lembrar, haja vista os parlamentares do Partido Novo, que vêm fazendo um excelente trabalho nas casas legislativas a custo mínimo, diga-se de passagem, já que todos abriram mão dos privilégios e dos gabinetes lotados de assessores, além de terem a honestidade como princípio e valor inegociável!

  12. Esse Carlos Fernando dos Santos Lima é gay? Esse biquinho dele não me engana e me lembras coisas, .... Misturado com os ANTAS não tem o meu respeito. BOLSONARO 2022 reeleito já no primeiro turno. Aceitem, submetam-se, subordinem-se, reverenciem, rendam-se ao MITO., ... kkk!!!

    1. O Nyco, é na verdade a Nikita. Serva devassa e submissa do cafetino de plantão. Papai bozo usa a Nikita para destilar seu ódio e estupidez no povo trabalhador que banca o seu cabaré de luxo. Daí os comentários bestiais dessa aberração chamada Nyco/Nikita. Verdadeiro tapa na cara do povo de bem.

  13. Este artigo é um verdadeiro diagnóstico da degradação a que esta infelicitada Nação- "Familia Amplifucado - está submersa, sem perspectiva de saneamento, pois o déficit moral é gigantesco, em todos os extremos!!

  14. É isso mesmo. Como dói. Uma imensa prostituiçao q não conseguimos minorar pelo menos. Esperança q me acabou. Valeu, excelente, deveria ser o monólogo teatral interpretado por uma sociedade totalmente aviltada.

  15. Parabéns, dr Carlos Fernando, pela coragem de dizer aquilo que todos os brasileiros de bem gostaríamos de dizer a esses trabalhadores da segunda profissão mais antiga! Tomando a liberdade de fazer uma outra analogia, eles são sabedores de que, se pegos, não cumprirão pena, pois, tal qual a prática da outra profissão, a corrupção que praticam é tida aqui como mera contravenção penal, e que serão julgados por pares nas altas instâncias.

  16. Caro Carlos Fernando, seu artigo devia ser emoldurado e exposto em todas as escolas do país e, como isso não é possível, a Crusoé devia encontrar um meio de abri-lo à leitura para os não assinantes. Empresários honestos, associações de classe e sindicatos, deviam imprimi-lo e distribuir ao povo pelas ruas do país. Como bem descrito, nossa República está corrompida de cabo a rabo e só a conscientização da população poderá mudar o status quo. Carlos Fernando para o Senado em 2022. Moro Presidente!

    1. Queria imprimir e enviar a quem possa ler. Magnífico. Crusoe não permite imprimir. Mas, enviei p Twitter e face. Alguma coisa divulguei.

  17. Infelizmente o excelente artigo do Dr. Carlos reflete fielmente a atuação dos políticos brasileiros, fica difícil acreditar que existam homens e mulheres de bem nesse meio. O custo/benefício da política é extremamente ruim pra nós, os que pagamos essa conta, eles se preocupam apenas com seus interesses, sobra pra nós, apenas o que cai do coxo. Políticos deveriam servir à nação, não o contrário.

  18. Cada vez que leio um artigo do Dr. Carlos penso que ele atingiu a perfeição, mas o seguinte é sempre melhor!!! Parabéns está perfeito. Pena que somente nós os leitores da Cruzoé possamos ler.

  19. Lamentavelmente, entendo ser este o retrato fiel da politica e dos politicos desta atual conjuntura em nosso Brasil. Abramos nossos olhos povo, nao reeleja estes vagabundos. REFORMA POLITICA JA, e com voto distrital, ou continuaremos a pagar a conta dos bordeis para sempre. Acooorda meu povo.

  20. Perfeito, Dr. Carlos Fernando. Nada a acrescentar. Lamentavelmente a única instituição que poderia dar cobro a isto, as forças armadas, não estão nem aí pro país.

  21. Parabens Dr Carlos Fernando,pela precisão,assertividade e transparencia do sistema politico vigente,com sua intestina e anal(metafora de ofertas de desejos sexuais) ação,dominou tudo ,leis,constituição,stf,PF,policia,OAB,AGU,PGR

  22. Não canso de afirmar que Carlos Fernando é um gênio, mesmo que simplifique a abordagem. Ele é do G11, das pessoas mais dignas para nosso país, do nosso STF, o STF paralelo, para cumprir Constituição.

  23. Faço parte da sociedade, Mas quando vejo que isso aí está aí há mais de 1500 anos me dá um desânimo. Depois de tudo que foi feito no Brasil para desmascarar esse prostíbulo, trocaram a cafetina que tinha promessas e intensão de eliminar toda sujeira mas que não sabe administrar nem um galinheiro, além de não fazer nada, ainda acabou com o que tinha sido feito. Perdi as esperanças.

  24. Partes desse texto (como sempre, primoroso) dariam excelente letra para um rock'n'roll dos bons, fez-me lembrar da SIMPATHY FOR THE DEVIL.

  25. Parabéns por colocar a política brasileira no seu devido lugar - um bordel. Infelizmente poucos brasileiros lerão esse artigo tão explícito da nossa realidade. Esse artigo deveria ser discutido e exposto em praças públicas, escolas e universidades por todo o Brasil, para que haja alguma possibilidade de acabar com essa podridão que campeia em todos os altos escalões.

  26. -sequencia- Assim sendo, nós, o populacho só cabe incensar os falsos heróis, pseudo salvadores-da-pátria, e ficar diante da tv, espumando de raiva, socando as paredes, e gritando ao vento nossas decepções. Este é o perfil do brasileiro médio: covarde, aculturado, votante em troca de telhas e camisetas, e pelos auxílios-qqer coisa, as esmolas atiradas aos porcos como já bem disse o mestre-dos-mestres Nove dedos. Esse sim o real macunaíma brazuka. apscosta/df

  27. Pois então Carlos Fernando. É isso aí. Sem tergiversar nem um milímetro. Mataste a cobra e mostrastes o porrete. A democracia" brasileira é essa mesmo. Ressalvando uns poucos "illuminatis" o que falta aqui nesse torrão é exatamente isso: vergonha e decência. Essa nação aqui é despudoradamente um mal sem solução. Desde o "inquisição católica romana" e a democracia greco/ateniense, o que vale mesmo é o puro e fétido interesse individual e os grupos que detém o Poder manobrarem pra manter-se nele

  28. O Brasil virou uma zona de baixo meretrício. Jorram proxenetas e prostitutas de todas suas fontes. Cansei. Acho que não tem mais jeito, não.

  29. 👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏 Artigo excepcionalmente bem escrito! O retrato em preto e branco da miséria ética e moral do nosso país! Mas, resistir é preciso! Para isso temos pessoas dignas como o senhor, Dr. Carlos Fernando e a equipe do Antagonista! Não desistam de lutar por nós!!!

    1. Nós não merecemos, minha senhora. Somos bestiais e até adoramos ídolos de barro. apscosta/df

  30. Perfeitos o texto, a metáfora e os personagens. Sonhamos com a eleição de parlamentares com a sua qualificação nas eleições de 2022. O Brasil precisa mudar de verdade e se tornar terra de gente bem sucedida e mais feliz...

  31. Perfeito, incisivo! Mas é desalentador que a maioria dos eleitores não tenham esta consciência e se deixam levar por migalhas.

  32. Excelente , lúcido , verdadeiro ! Este é o artigo que eu gostaria de ter escrito “se para tanto me ajudassem engenho e arte”... O P.S foi magistral ! Parabéns Dr.Carlos Fernando ! Vossa Excelência nos dá orgulho !!

  33. A beleza e elegancia do texto me remeteu aos nossos mais famosos escritores! E a descrição (mais do que comparação) da nossa politica é irretocável. Também me lembrou Cazuza " transformam o Brasil inteiro num puteiro pq assim se ganha mais dinheiro" Obrigado Carlos Fernando.

  34. Nossa, Carlos Fernando é demais, seus textos são perfeitos, precisamos de mais pessoas assim, temos tão poucas que escreve tão bem e com clareza. Sabemos que Moro não será mais candidato, mas confesso que cheguei a pensar, nele como presidente, o senhor, e Deltan também lá, mas é sonhar alto, muita honestidade num pais com tanta corrupção, agora se fala MENSALÃO DO BOLSONARO, por isso nãoquis Sergio Moro por perto. ESSE É O PAIS DA ROUBALHEIRA MESMO!

  35. Este artigo vem ao encontro do que penso, digno de se replicar, para que mtos acordem e raciocinem pela e para a população e não em defesa desses proxenetas que estão aí !

    1. Com esse sistema nunca mudará, esses velhacos continuarão no poder, os demais são somente adereços. Olha Bolsonaro ficou 27 anos no serviço público, eleições em todas as esferas não poderiam ter mais de uma reeleição e depois fora...

  36. Brilhante texto...já as verdades nele contidas são repugnantes como baratas pisadas...infelizmente não vejo luz no fim do túnel...ops vejo! é um trem descarrilado!! Salve-se quem puder!

  37. Já o critiquei em diversas oportunidades, mas este texto está sublime. Perfeita descrição da nossa realidade. Ri muito... No mais, VOTO DISTRITAL PURO.

  38. Excelente artigo por isso assino a crusoe. Você e Moro fizeram um trabalho. Mostraram as entranhas da política brasileira. O próximo passo depende do povo. Devemos derrotar o Bozo no primeiro turno e Lula no segundo. A 3a via tem chance sim. Mas também temos que mudar o congresso.

  39. Maravilhoso texto! Deveria ser material para discussão nas salas de aula das nossas escolas de Ensino Médio e Universidades! Infelizmente essa realidade é difícil de ser mudada, mas acredito na força da juventude, no seu espírito de luta, no seu ideal de justiça e desejo de habitar uma pátria digna, magnânima, próspera e igualitária! Acho que a pandemia mexeu com a cabeça e o ânimo de todos! Grandes mudanças podem advir da adversidade e a hora é agora.

  40. Na mesma linha de comparação do articulista, usa-se a terminologia "meritíssimo" (poucos, o maior deles Moro) e meritíssimo (muitos, sendo que os mais graúdos frequentam a revista Crusoé).

    1. Ou seria "meretríssimo" (de "meretrício": prostituição) ?

  41. Não acredito em democracia com regime presidencialista. Mesmo nos USA um louco ou insano pode incomodar muito e ser de difícil remoção. No "parlamentarismo" ao menos a responsabilidade do parlamento é clara e formal, ao contrário do presidencialismo, fazendo com que o eleitor aprenda gradativamente a votar melhor. É só olhar para as melhores democracias do mundo ! Messianismo não funciona! Nem com Sérgio Moro seria diferente, pois seria um presidente isolado e emparedado.

    1. Nessas “melhores democracias” (países, ricos, pequenos e homogêneos), o parlamento cai a cada 1,5 ano (com respectiva eleições gerais) em tempos “normais” (em tempos de crise, os governos duram 6 a 8 meses... muitas vezes o governo eleito sequer consegue compor a base).

  42. Perfeito,Dr.Carlos Fernando! Pena que com a deformação social e política que temos, não vejo saída.Nosso povo não sabe ser uma nação,tem a elite e o rebanho.

  43. Legal, muito bom, muito bom.. Texto bem inspirado. Há ética entre as prostitutas. Respeitam valores humanos. Já os politicos...Esse sistema de governo apodreceu na origem.Hoje secou. Se mantém em pé sem raízes.Às vezes, penso que talvez, o pais tenha acabado e ainda não tenhamos dado conta disso. O Castelo dos Horrores, STF serve somente para alimentar os vampiros que lá habitam, com carniça da corrupção.Reforma do galinheiro com os lobos dentro, será mais um faz de contas.

  44. Não, você está equivocado! Somente os Filhos da Puta é que comandam a nação, pois como diz o colunista, suas mães só oferecem aquilo que é delas e são portanto, diferentemente deles, íntegras!

  45. A única esperança possível seria o povo. Mas o povo ..... é tão miserável que nem pensa em moralidade. Os políticos de plantão são os primeiros a fazer de conta que querem combater essa miséria, mas no entanto o que querem realmente é manter tudo assim, está bom para eles. É fácil manter a fidelidade de miseráveis que nem sequer tem dinheiro para comprar um jornal (ainda mais uma revista) e, se tivessem, não o leriam, e se lessem não entenderiam o que estivesse escrito.

  46. Como sempre, o nosso PROCURADOR dá um show de crítica realista, análise isenta e minuciosa e hoje, de fina e metafórica ironia, estilo que tanto aprecio. A figura da sociedade se indignando tal qual uma matrona frente à televisão mostrando uma cena mais escandalosa, vem de encontro à minha concepção do maior problema do país, uma sociedade inerte que não consegue se unir e coordenar para tomar a iniciativa de mudar tudo, o que é possível com vontade e estratégia.

  47. Brilhante! Analogia perfeita em todos os detalhes. Ironia na dose certa. Pena que é o caso de rir para não chorar e se desesperar. Até quando, Catilina?

  48. Este autor dono de um belo texto sozinho justifica a assinatura. Não que os demais autores não justifiquem. Mas sou fã desse cara.

  49. É uma felicidade ler um artigo como esse, como falei a primeira vez que li, disse que via o surgimento de um grande escritor, maior ainda por criar histórias dentro de uma honestidade, de um caráter e de uma verdade, que nos remete a um mundo de homens que parecem não mais existir. Nós precisamos de homens como você, para junto com a Crusoé lutar com a gente. É um dia de esperança ler tal artigo numa sexta/ Cruzou.

  50. Pelo modo ético, via constituição, etc., não chegaremos a lugar nenhum...nada mudará...precisamos de uma Revolução Francesa..guilhotinar muita gente...queimar o Rei e alguns da Nobreza...sem quebrar os ovos não se faz omelete...

  51. Prezado Sr. isso o povo brasileiro(aqueles que não estão nos partidos e não dependem dos partidos e não vestem a camisa dos partidos) estão carecas de saber, ou fizemos uma ruptura geral nesse país e quem vencer faça uma limpeza ética nessa gente ou democraticamente aonde vamos levar décadas para conseguir gente do bem para fazer reformas estruturais doa a quem doer(politica, administrativa, ...etc )

  52. Para ficar na comparação, veja os exemplos das cidades que acabaram com as zonas do meretrício. Elas existem. Para acabarmos com a”zona” da política o processo é o mesmo: A população ( classe média) vai à luta e exige mudanças. À medida que dificultarmos o exercício da profissão as “meninas” migrarão para outros lugares ou mudarão de profissão

  53. Belo artigo. Que possamos votar nos melhores entre as porcarias que nos oferecem. Alguns se destacam, por o senador Alessandro Vieira e uns poucos, que venham mais homens de bem na política e menos genocidas e ladrões.

    1. Este senador dá orgulho. Pena que são poucos....😰😰

  54. Em 2022 SÉRGIO MORO “PRESIDENTE LAVA JATO PURO SANGUE!” O Brasil finalmente terá Um Governo Fundado no “IMPÉRIO DA LEI!” Não seremos LUDIBRIADOS com o “Velho Plano de MELHORAS na ECONOMIA!” Triunfaremos! Sir Claiton

    1. E assim, com esta decisão "brilhante", continuamos com o BORDEL. Pense nisto!

  55. Sensacional!! A analogia com a prostituição é perfeita. Só faltou deixar claro quem são os pagadores dos bordeis...embora o final....

  56. Faltou dizer que para que a rede dos bordéis parlamentares não interrompa os seus serviços é indispensável pagar o seguro coletivo para as supremas prostitutas garantistas dos tribunais superiores. Elas garantem a manutenção dos serviços essenciais dos bordéis para a felicidade e o desfrute dos seus clientes vip e a rentabilidade do seu capital.

    1. Cláudio, concordo inteiramente com você. Sempre achei que o cerne do problema do país, nos últimos tempos, reside exatamente no STF. O que aconteceu no julgamento da Lava Jato e do Dr.Sérgio Moro foi um verdadeiro escândalo, algo impensável em qualquer democracia com tribunal superior sério. VERGONHA TOTAL !!!!!

  57. Sobre o "bolsolão", sugiro a leitura de matéria (vem com vídeo-entrevista) do jornalista Fernando Rodrigues no site Poder360: "Rogério Marinho promete mais transparência para emendas do Orçamento".

    1. Esses sites ideológicos são todos uma "josta"..destinados a seguidores fanatizados.. inválidos e atrofiados moral e politicamente. apscosta/df

  58. c. Excelente. Muito obrigado. RESTA NOS REVOLTARMOS NAS RUAS CONTRA ESSA DEVASSIDÃO. Pressão total nesses LADRÕES e seus PROTETORES.

  59. Melhor metáfora elucidativa escrita para trazer a tona o despudor com que se tornou nossa política! Parabéns Dr Luiz Fernando, pelo seu tirocínio sempre lúcido, que a cada artigo, joga um pouco de luz no lamaçal em que se transformou o parlamento nacional. Sim, somente uma reforma política corajosa, reduzindo drasticamente o número destas cinicas siglas de aluguel, trará esperança de uma restauração deste verdadeiro bordel que estes pederastas políticos perpetram - ad eternamente - no poder.

    1. Parabéns Dr. Fernando, o triste é que: Nada podemos fazer, e o que podemos nada pode. Ainda bem que podemos filosofar, e só. De qualquer forma ainda temos no Brasil homens da estirpe do Dr. Fernando.

  60. Infelizmente a sua preocupacao, externada no ultimo paragrafo, parece estar destinada a se concretizar. A letargia esta se espalhando pela sociedade.

  61. Que texto maravilhoso. É isso: ñ há mais nada de política e foi justamente a permissividade das últimas décadas q permitiu chegar a esse ponto. Ainda q as relações espúrias venham de mais longa data...

Mais notícias
Assine 50% off
TOPO