Reprodução/redes sociaisAs manifestações no Chile já deixaram mais de mil feridos e 23 mortos

Barril de pólvora

A turma do Foro de São Paulo tenta espalhar pela América Latina o clima de desordem e terror instalado no Chile
29.11.19

A América Latina é um barril de pólvora prestes a explodir. Desde que o Chile ficou prostrado diante de manifestações sem fim, governantes de diversos países colocaram-se de prontidão para apagar qualquer faísca dentro de suas fronteiras. Além da possibilidade de protestos surgirem do nada, políticos de oposição têm instigado o ódio ou tentado tirar proveito das ruas, na esperança de serem reconduzidos ao poder. Todos participam do Foro de São Paulo, o organismo que reúne grupos e movimentos de esquerda. Entre os que tentam acender o pavio estão o equatoriano Rafael Correa, o boliviano Evo Morales, o colombiano Gustavo Petro e, mais recentemente, Lula.

“Se a gente souber trabalhar direitinho, em 2022 a esquerda que o Bolsonaro tanto tem medo vai derrotar a ultradireita. A gente tem que seguir o exemplo do povo do Chile, do povo da Bolívia, e resistir”, disse o petista na semana passada. “Um pouco de radicalismo faz bem à alma”, emendou. Em entrevista ao jornal espanhol El Pais, ele comentou: “Certamente teremos manifestações no Brasil.”

Para os chilenos que há mais de quarenta dias vivem em meio à desordem, os eventos recentes não deveriam ser emulados por ninguém. Mais de mil pessoas ficaram feridas, 23 morreram e nenhuma das medidas anunciadas pelo presidente Sebastián Piñera ou pelo Congresso parecem capazes de conter os distúrbios e saques. “Entendo que Lula possa estar eufórico porque acabou de sair da prisão, mas um protesto como o do Chile pode facilmente se transformar em matança, em perdas de vidas humanas”, diz o sociólogo chileno Aldo Mascareño, do Centro de Estudos Públicos, em Santiago. “Qualquer político experiente precisa evitar o radicalismo porque as coisas podem sair do controle.”

Os políticos chilenos têm sido muito cautelosos em lidar com os protestos. Quando dizem que as demandas da população merecem ser ouvidas, também condenam a violência. Eles sabem que, em primeiro lugar, os manifestantes saíram para as ruas porque estão insatisfeitos com eles. O sucesso econômico do país também fez surgir expectativas na população que não foram atendidas. A insatisfação é difusa e devidamente manipulada. E todos foram chamuscados pela confusão nas ruas, que continua com os semáforos apagados e protestos diários.

Petro propôs organizar colombianos, equatorianos, bolivianos e chilenos
Nos demais países da região, políticos que tentaram tirar proveito das labaredas dos protestos acabaram sendo rechaçados. Na Colômbia, que teve uma greve geral na quinta-feira, 21, e desde então vem registrando protestos menores, quem acendeu o pavio foi Gustavo Petro. Ex-guerrilheiro e candidato derrotado nas eleições presidenciais do ano passado, ele postou diversas mensagens no Twitter. Malandramente, tentou vincular sua derrota eleitoral aos protestos. Deu orientações sobre como as decisões deveriam ser tomadas pelo comitê que convocou a greve e sugeriu uma organização conjunta com equatorianos, bolivianos e chilenos.

Petro foi escorraçado nas redes sociais e outros senadores pediram sua cabeça no Congresso. “Mesmo políticos de centro passaram a ficar totalmente contra Petro”, diz o cientista político colombiano Andrés Dávila, da Pontifícia Universidade Javeriana, em Bogotá. Enquanto o ex-guerrilheiro seguia ativo nas redes, as passeatas nas ruas perderam força. “A Colômbia é uma sociedade organizada e pacífica que não gosta muito de manifestações e, menos ainda, de ações violentas”, diz Dávila.

No Equador, o bolivariano Rafael Correa gravou um vídeo pedindo a renúncia do presidente Lenín Moreno durante as manifestações de outubro. “Com o final dos protestos, o movimento indígena ocupou o espaço da esquerda e assumiu a oposição ao governo”, diz o cientista social equatoriano Oswaldo Moreno, de Guayaquil. “A cada dia, surge uma nova sentença de prisão contra Rafael Correa. Além disso, as pessoas que poderiam executar suas ordens no Equador estão presas. Não há muito o que ele possa fazer”, explica. Foragido da Justiça de seu país, Correa vive hoje na Bélgica.

O boliviano Evo Morales, que segue como chefe de sindicalistas e narcotraficantes, perdeu influência. A presidente interina, Jeanine Añez, aprovou um projeto de lei no Congresso para convocar eleições, apesar de membros do Movimento ao Socialismo (MAS), o partido de Morales, terem a maioria na Câmara e no Senado. Morales não poderá se candidatar. Jeanine também negociou com centrais sindicais e organizações sociais que estavam promovendo distúrbios. O cerco a La Paz, ordenado por Morales, já começou a arrefecer. Gasolina e botijões de gás já entram na cidade. Os alimentos ingressam aos poucos. Se Morales voltar ao país, poderá ser preso por incitação ao terrorismo, mas segue tentando insuflar as ruas.

Reprodução/redes sociaisReprodução/redes sociaisA greve dos petroleiros, que seria palco para Lula, foi um fiasco
Os brasileiros já provaram um pouco do radicalismo das redondezas. Na madrugada de 13 de novembro, um grupo ligado ao presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó, entrou na embaixada da Venezuela em Brasília. Em poucas horas, integrantes do PT, PSOL, PCO, MST e MTST e diplomatas cubanos acorreram ao edifício para enxotar os aliados de Guaidó. Os venezuelanos a favor da democracia foram xingados e ameaçados. A confusão acabou por aí, mas o episódio ficou como uma demonstração da eficiência e organização dos grupos dispostos a atos violentos. Atualmente, integrantes do MST fazem a segurança da embaixada.

Não é certo que Lula conseguirá importar a confusão dos vizinhos em seu próprio benefício. A Federação Única dos Petroleiros, a FUP, cujos dirigentes faziam vigília no prédio da Polícia Federal em Curitiba onde o petista estava preso, marcaram uma greve para a segunda, 25. A paralisação deveria durar cinco dias. Caminhoneiros cogitaram se unir aos colegas e Lula preparou sua reestreia na cena sindical. Antes do início da greve, porém, o ministro Ives Gandra Martins Filho, do Tribunal Superior do Trabalho, decidiu, em liminar, que a greve era ilegal e determinou que, em caso de desobediência, fosse paga uma multa de dois milhões de reais por dia. Mesmo assim, os petroleiros mantiveram a convocação. Doze sindicatos tiveram dinheiro bloqueado pelo ministro e a  greve foi um fiasco. Na quarta, 27, foi suspensa. Mas é bom ficar de olho em Lula e sua turma, sempre dentro dos marcos da democracia, claro. Eles não estão sozinhos na tentativa de explodir o barril de pólvora. A verdade é que a esquerda latino-americana não admite perder o poder, como acaba de ocorrer no Uruguai. O candidato de centro-direita foi confirmado como o novo presidente do país, depois de quinze anos de predomínio esquerdista. Não se exclui a possibilidade de os uruguaios terem entrado também no barril.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Duda, sugiro ler a história de José Carlos Graça Wagner e as atas do Foro de São Paulo. O resultado pode ser um livro. Seria um Tributo à História da América Latina.

  2. A esquerda na A.L. está como que encurralada, cada vez mais desacreditada e confinada em seus nichos mercenários e por isso raivosa como cão hidrófobo.

  3. Porque não detalham informações sobre o tão poderoso Foro de São Paulo? Vocês sabem quem são as personagens. Ou temem retalhiações e ameaças como os membros do STF que agiram em prol dos bandidos?

  4. Mui raramente concordo com algo que o ex palestrante analfabeto vomita mas dessa vez estou cem por cento com ele: um pouco de radicalização da esquerda seria bem vinda, teria um efeito profilático.

    1. Muito simples, em radicalizando a esquerda perde o apoio da população e acaba. Isto é profilaxia. E por isto o ladr4o-mor não se elegeu antes de 2002.

    2. Não entende absolutamente nada. É mais um imbecil que escolheu a esquerda por incapacidade mental, para se igualar com os demais admiradores do cachaceiro ladrão.

  5. A associação entre o que ocorreu no Brasil em junho de 2013 e o que vem acontecendo no Chile não pode escapar a uma análise mais aprofundada sobre o tema. Independentemente de quem esteja no poder - direita ou esquerda - a insatisfação e a pauta difusas se assemelham por demais, para passarem despercebidas.

    1. São diferentes. O controle político está saindo da mão das esquerdas na América Latina. O Chile é prova disto. O Socialismo internacional DETERMINOU que a bola da vez é a A.L.

  6. Quando o desentendimento político acelera a violência, o caos não está longe. Avaliem todos sobre a ascensão de Hitler ao poder. A instigação à violência contra o povo semita, o convencimento dos jovens na Alemanha, as retaliações comerciais com a Polônia, Hungria e Áustria, foram pontos entusiastas para formar um País único e com uma só raça. Isso foi o acendimento do estopim da 2ª guerra. Os Países sul americanos estão revivendo esta tragédia, o Comunismo não forma nações, eles formam blocos.

  7. Acompanho, com muito medo, a continuidade da guerra civil no CHILE. Teclo no Youtube o nome "Chile" e estou apavorado com as imagens e com os comentários dos especialistas. Como é possível que o Chile, o país das Américas Latinas após 40 anos de capitalismo e liberdade, que logrou levar a Nação aos melhores indicadores econômicos e sociais da região, encontra-se acuada e forçada a fazer uma Constituinte bolivariana pelo terror comunista? O Brasil precisa estudar e compreender os fatos.

  8. Esses vagabundos criaram um ciclo vicioso de tomar o poder para saquear o Estado, garantindo, assim, sua perpetuação no poder para não pararem de roubar. Mas quando perdem o poder - geralmente quando quebram o país - reagem violentamente, esses terroristas. Sugiro que façam reportagem sobre o grupo de Puebla.

  9. Nem a máfia italiana deu certo aqui..não vai ser o foro de SP...somos um país único! O que serve para outros não serve para nós.

  10. Na minha opinião, o governo não pode deixar estas manifestações radicais começarem. Seria bom o governo já emitir um aviso a estas organizações e instituições humanitárias que o governo vai agir com energia contra qualquer indício de vandalismo. No Chile o governo sequer pode atirar com balas de borracha... Vai parar aquela violência dos agitadores como, com beijinhos?

    1. Concordo. Estava em Santiago quando as manifestações começaram. No início grupo se juntaram. Protestavam e batiam panelas. Aí surgiram os blackblocs e quebravam tudo. Saqueavam supermercados e incendiavam tudo. Se a polícia e o exército tivessem agido com a mesma violência tinham contido muita coisa.

  11. Receita/estratégia para conter essas manifestações...borracha e bala!!! Não precisa instalar o AI5, ainda que ache acertado... bandido, vagabundo, anarquista se controla com borracha no lombo e bala no peito. Ponto!

    1. / isso ai e tem a Lei de Segurança Nacional com certeza

  12. A Ursal já tem até imprensa instalada, a rede GLOBOLIXO. Tem 2 bancos Bradesco e Itaú. Frigorífico JBS e empreiteiras como a Odebrecht. Não queremos nada disto. Não queremos instituições aparelhadas e já identificamos quem é quem!!!. Continua a nossa luta pelas pautas alinhadas desde 2.013, anticorrupção, prisão em 2a instância e fim do foro privilegiado, tendo como escudo a LAVAJATO. Aqui temos homens de valores e as FORÇAS ARMADAS alertas nos poderes infiltrados. Estamos caminhando!

  13. Que venha o foro de São Paulo. Aqui temos um governo de mão cheia e o exercito ao seu lado. Consertar um país destruído pelo PT e associados não é tarefa para um ou dois anos, mas o governo está conseguindo bater de frente. Se tiver uma pequena chance de instalar a velha baderna da esquerda como no Chile a solução é colocar o exercito contra os baderneiros. Se o sapo barbudo continuar agindo como um verdadeiro guerrilheiro é meter a lei de Segurança Nacional nos caras e deixá-los sem marmitex..

  14. Tudo isso corrobora o fato de que essa corja maldita só entende uma única linguagem. A mesma que utilizaram quando tiveram o poder absoluto. Milhões morreram de fome, foram torturados até a morte ou simplesmente fuzilados na extinta URSS, China, Coréia do Norte, Cuba, Camboja, Vietnã do Norte e outros. A solução é simples: Pra picada de cobra, veneno de cobra!

  15. O lullaladrao e seus comparsas estão doidinhos para pegar carona em qq distúrbio , segurança nacional neles e voltar o meliante para o seu devido lugar .... a cadeia

  16. Os canhotos usam palavras e expressões como democracia, progressismo, direitos humanos, etc. que estão abissalmente contra o que praticam...

  17. Quando Olavo denunciou o foro de São Paulo, como uma organização que tinha por objetivo instalar na América latina uma ursal, a grande imprensa veio com deboche, o tempo está provando que nisto msis uma vez Olavo tinha razão.

    1. Cuidado, pessoal! Tem gente do PT falando besteiras por aqui!

  18. É direito de todo cidadão ir às ruas protestar, de forma pacifica, quando se sente insatisfeito com os rumos de seu governo. Essa ligação do Foro de São Paulo com as manifestações em outros países precisa ficar bem demonstrada.

    1. Gigi, o que temo é uma narrativa de que toda manifestação contra governos de direita seja tachada de obra do Foro de São Paulo. O descontentamento popular é o combustível desses protestos, que a esquerda tenta manipular.

    2. Pelo que foi divulgado de falas dos próprios integrantes do Foro de São Paulo, os violentos protestos no Chile, em nada pacíficos, não são do povo, mas sim de infiltrados pelo Foro. Na verdade, o povo nunca destruiria seus bens públicos de sua própria utilização e conforto, isso é óbvio.

  19. Excelente e lúcido artigo ! A esquerda latino americana deseja manter-se no poder para sempre e não sabe perder, continua burra, incompetente e corrupta.

    1. Marcia, a esquerda quer o poder a qualquer preço, pouco importando o povo. Isso esta comprovado com acontecimentos do passado e atuais como na Venezuela, Coreia do Norte, e paises do oriente medio e africanos, seja em nome de Deus ou humanitário, este, ultimo, com o discurso da exclusao da miseria.

  20. Excelente análise de conjunto. Lula hoje só tem militância, sindical, artística e intelectual, não tem povo. Acho difícil se repetir aqui o que ocorre nos demais países sulamericanos.

  21. Paulo Guedes deu o recado certo, na medida certa, na hora certa: se #LULADRÃO convocar MST MTST PCB CUT BLACK BLOKS para a Guerra Revolucionária do Proletariado contra a burguesia, a resposta será AI - 5, Exército nas Ruas e no STF e no Congresso.

    1. Tomara. Desejo isso desde q o Bolsonaro foi empossado. Só assim pras reformas avançarem, fora a economia q teremos, pois esses canalhas só nos dao gastos.

  22. Quando a esquerda perde a eleição, tenta destruir o país. Quando ganha, consegue. (Li isto em algum lugar e não lembro quem escreveu). Verdade.

  23. Fica parecendo que o ex-presidente quer provocar a instauração de Ato Institucional para deixar de ser prisioneiro da justiça para ser preso político e assim ganhar a simpatia internacional.

  24. O congressinho de botafogo e caboré deve apressar a votação do excludente de ilicitude para que as tropas federais possam garantir a lei e a ordem em todo o território nacional. Ou não???

    1. Mais um texto que prima pela clareza. Excelente, caro Duda.

    1. Compartilho contigo, esse pensamento. 👏👏👏👏👏👏

  25. Não entendo o espaço dado a essa matéria, dá visibilidade q esse pessoal precisa e acho q o Brasil está mto longe desse risco.

  26. Este político condenado, se estivesse preso - junto com José Dirceu e a corja do PT - não conseguiria mobilizar movimento nenhum. Mas o Gilmar Mendes e os outros 5 proporcionaram essa situação. É na conta DELES que tem de pesar esse ônus! Sugiro Prisão Preventiva para os dois, Lula e JD, principalmente, rs brecar maiores estragos no Brasil.

  27. Estamos testemunhando uma organização armada e com muito dinheiro lutando por desestabilizar América do Sul, encoberta na pele da luta pelos pobres e pela fome, quando na verdade o único que lhes interessa é poder traficando livremente a suas drogas e lavando dinheiro sujo. Isto é simular a quando Hitler se armou e os países da Europa não estavam prontos para combate-lo. Acorda gente de BEM trabalhadora para o que está acontecendo.

    1. Não só existe como tenta derrubar governos, que segundo o Papa pedófilo são Fracos. Acredite se quiser. Até o Papa pedófilo faz parte do Fórum de São Paulo

    1. É pior que canalha, é um LADRÃO e embusterovque engana uma população que ele mesmo e a Dilma se encarregaram de não serem capazes de os questionar, dada a sua baixa e paupérrima educação oferecida nós últimos 12 anos

  28. A nossa sorte é que não falamos espanhol. Assim, a corja venezuelana/cubana infiltrada nas manifestações chilenas/bolivianas/colombianas será facilmente descoberta aqui. E se houver manifestação e alguém estiver instigando em espanhol/portunhol -> borracha, cadeia e extradição neles.

    1. Concordo plenamente contigo. A língua portuguesa nos salvou!

  29. "Se a gente souber trabalhar direitinho..." kkkk. Se vocês soubessem trabalhar direitinho o Brasil seria um lugar bem melhor para se viver. Tomem vergonha nessa cara!

  30. A narrativa que qualquer manifestação violenta na América é em prol da esquerda não cola mais, senhores. Cada caso é um caso. A violência pode ser usada em qualquer circunstância por qualquer lado. Nos brasileiros não podemos olhar para os conflitos americanos hoje sem uma análise histórica dos fatos que o causaram, sob pena de agir de forma errada ou, no mínimo, cometer injustiças.

  31. A esquerda foi rechaçada porque não entregou o que prometeu, apenas beneficiou os seus em detrimento da população pagadora de impostos.

    1. É bizarra e assustadora a histeria coletiva no povo de esquerda!!! Isso me remete ao nazismo e aos fanáticos a Hitler e sua “seita”.....

  32. Cúmplice a lei, se necessário emite-se um ato inconstitucional. Chega de sustos neste país, precisamos ter calma pra trabalhar

  33. Por favor que o Brasil não permita que aconteça o que hoje ocorre no Chile. Moro no Chile desde 1985 e é horroroso o que está acontecendo desde o dia 18 de outubro.

    1. Todo o movimento terrorista que está em prática na América Latina Está sendo orquestrado por cubanos. Tenham certeza

  34. Essa Esquerdalha radicalizada deve ser estrangulada financeiramente e extirpada da vida pública, dentro da Lei e da Ordem! Essa gente não presta e torce para o caos, pois na bagunça que Eles crescem. #ForaComunas

  35. Deus do céu; Foro de SP por trás dos protestos do Chile? “Foro de sp” instigando o ódio na AL? Achei que quem começou a raficalização foi a família bolsonaro. Ano passado..

    1. Putz, como vc é burro cara!! Vai estudar pra sair dessa ignorância. Fanatismo cega viu?

    2. Te liga Rafael, em que planeta tu vive. Te prometo pão com mortadela por um mês, mas fica quieto.

  36. Ótima análise. Estávamos carentes d informações sólidas e isentas sobre as recentes sublevações da esquerda no continente

  37. So colocar o Luladrao , Dirceu e Stédile na cadeia. E cortar p dinheiro desses militontos. E enquadrar esses canalhas na lei de segurança nacional. Ai quero ver.

  38. O MST como substituto da Brigada Rio Branco na vigilância diplomática seria um sinal de distensão, uma espécie de entente cordiale bolsonarista???

  39. O pessoal da esquerda fazendo o que tem feito num país onde o congresso e a suprema corte estão literalmente na lama , chego a conclusão que estamos muito mal.

  40. Incrível, só por suas declarações e por ser o mentor do Foro de São Paulo, Lula deveria ser condenado à 30 anos de cadeia, multa de R$1.000.000.000,00 e julgado imediatamente e preso! Bolsonaro é um incompetente, fraco e covarde e não faz nada!

  41. Realmente, essa verdadeira milícia do MST precisa ser desfeita, nem que para isso precisemos usar a força. É inadmissível uma coisa dessas em terras brasileiras, muito menos na capital do país ......

  42. Fecha a torneira, faz o que o Gandra fez. Sem dinheiro eles murcham, como murchou o MST. E se inventarem de incendiar as ruas, põe fogo no rabo deles. Atenção Heleno: GSI neles.

  43. Do jeito que Bolsonaro está ficando molenga, daqui a pouco conseguem mesmo criar o caos no Brasil. Só um molenga deixaria o MST criar um grupo paramilitar em uma embaixada de um país inimigo, nas fuças dele. Acorde, Bolsonaro, e faça seu trabalho!

    1. Solto é terrorista de M... q se cria num País de analfas !!!

Mais notícias
Assine 50% off
TOPO