Reprodução/RuptlyAssange é retirado da embaixada do Equador, em Londres: dezoito acusações o esperam nos Estados Unidos

Crime e castigo

O que o destino de Julian Assange e Edward Snowden, conhecidos parceiros do fundador do Intercept, pode indicar sobre o futuro do hacker que invadiu os celulares de autoridades da Lava Jato
12.07.19

Desde que supostas conversas entre os procuradores da Lava Jato e o ex-juiz Sergio Moro começaram a ser publicadas no site The Intercept e em veículos parceiros do site, comparações com os hackers Julian Assange, Edward Snowden e Chelsea Manning foram ventiladas para tentar legitimar ou dignificar os atos criminosos cometidos no Brasil. A ideia subjacente é a de que, ao roubar mensagens privadas e publicá-las, os envolvidos na ação brasileira estariam seguindo a trilha dos que revelaram dados secretos do governo americano em nome da transparência e do combate ao abuso de autoridade. Se este é o caso, então o destino dos hackers estrangeiros deveria servir de aviso. Após desafiar o sistema de Justiça dos Estados Unidos e da Inglaterra, Assange, Chelsea e Snowden levaram a pior. Os dois primeiros estão presos. Snowden só não teve a mesma sorte porque se exilou na Rússia.

Snowden é, dos três, o que mais se aproximou do americano Glenn Greenwald, o chefe do Intercept que mora no Rio de Janeiro. No final de 2012, ele procurou Greenwald, que escrevia colunas para o jornal The Guardian, em busca de ajuda para divulgar documentos da Agência Nacional de Segurança, NSA na sigla em inglês, do Departamento de Defesa americano e da sede de comunicações do governo britânico, entre outras entidades. Snowden fugiu dos Estados Unidos, passou por Hong Kong e foi parar na Rússia, onde ganhou asilo temporário. Por ter exposto dados sigilosos, ele pegaria, pelo menos, 30 anos de prisão. No início do ano passado, o governo de Vladimir Putin esticou seu asilo por mais alguns anos. Como Snowden já completou cinco anos no país, ele já poderia até solicitar cidadania russa.

Não que esse fosse o seu plano inicial. Em janeiro de 2017, Snowden alimentou a esperança de que o então presidente americano, Barack Obama, em seus últimos dias de mandato, o perdoaria para que ele pudesse retornar aos Estados Unidos. O gesto de misericórdia não aconteceu. Quem Obama perdoou foi Chelsea Manning, que tinha cumprido sete anos de prisão.

Em 2011, então com 29 anos, Chelsea, antes Bradley, foi condenada a 35 anos de cárcere. Ex-analista de inteligência do Exército americano no Iraque, ela foi acusada, entre outras coisas, de ajudar o inimigo por meios indiretos. Ao entregar dados secretos para o site Wikileaks, de Julian Assange, Chelsea permitiu que grupos terroristas, como a Al Qaeda, tivessem acesso ao material. A ex-analista também foi condenada por desobedecer a ordens superiores, modificar e instalar softwares não autorizados nos computadores do governo e driblar sistemas de segurança.

Reprodução/redes sociaisReprodução/redes sociaisEdward Snowden segue exilado na Rússia: sua esperança de ser perdoado por Barack Obama não se concretizou
Entre os motivos alegados por Obama para libertá-la, em 2017, estava o de que Chelsea tinha aceitado a responsabilidade por seus atos e demonstrado remorso. Este ano, ela foi intimada a prestar esclarecimentos no processo contra Julian Assange, do Wikileaks. Como se negou a fazê-lo, foi detida. Em seguida, foi libertada e presa pela terceira vez. Chelsea ficará em um centro de detenção na Virgínia até aceitar ser testemunha ou concluir 18 meses de prisão, o que deve acontecer no final do ano que vem. A partir de meados deste mês, ela terá de arcar com uma multa de 1.000 dólares para cada dia sob custódia.

Quanto a Julian Assange, ele foi preso na Inglaterra por ter desrespeitado uma ordem de prisão ao se exilar na embaixada do Equador, em Londres, em 2012. Em fevereiro do ano que vem, a Justiça britânica julgará um pedido de extradição feito pelos Estados Unidos.

A primeira acusação feita pelo Departamento de Justiça americano contra Assange foi a de que ele teria ajudado Chelsea a quebrar uma senha para entrar no sistema de computadores. A lei citada é a que versa sobre fraudes computacionais. Passa longe, portanto, da Primeira Emenda da Constituição americana, o pilar da liberdade de imprensa no país.

Em maio deste ano, uma segunda acusação, mais ampla, foi formulada pelos procuradores federais americanos, desta vez com base na Lei de Espionagem. O processo não anula o primeiro, mas o inclui. Nele, o Departamento de Justiça afirma que o australiano foi muito além da mera publicação de arquivos secretos. Assange teria sido cúmplice de Chelsea Manning ao incitá-la e ajudá-la a obter informações secretas de forma ilegal com o objetivo de prejudicar os Estados Unidos ou favorecer uma nação estrangeira. “Um jornalista não está automaticamente isento da Lei de Espionagem. Se ele tiver pedido para alguém fornecer informações secretas ou ajudado ativamente um hacker a invadir um sistema, então tais atitudes teriam de ser defendidas na Justiça, o que seria mais difícil”, diz Jane Kirtley, professora de ética e comunicação da Universidade de Minnesota, nos Estados Unidos.

A acusação sustenta que Assange e o Wikileaks solicitaram publicamente informações secretas no final de 2009. O site chegou até mesmo a publicar uma lista de “vazamentos mais desejados”. “Manning respondeu ao pedido de Assange ao usar seu acesso como analista de inteligência para buscar documentos secretos”, diz o texto do Departamento de Justiça.

Reprodução/redes sociaisReprodução/redes sociaisChelsea Manning, ainda em liberdade: por se negar a depor contra Julian Assange, ela foi presa novamente
Enquanto Assange não é extraditado, os procuradores adiantam o trabalho. “Eles acreditam claramente que têm fortes evidências de que Assange não se limitou a receber informações de Manning, mas a incentivou e a treinou antes e possivelmente durante o roubo de dados dos servidores militares”, diz Jason Ross Arnold, professor da Universidade Virginia Commonwealth e autor do livro Whistleblowers, leakers, and their networks, que será lançado em setembro. “O fato de que Chelsea recebeu e desafiou várias intimações para depor sobre o assunto sugere que o corpo de jurados precisa dela para corroborar algumas evidências que eles já possuem.”

Além disso, Assange também é acusado de ter publicado no Wikileaks nomes de pessoas que forneciam informações para os diplomatas americanos no Iraque e no Afeganistão. Entre eles estavam jornalistas, líderes religiosos, ativistas de direitos humanos e dissidentes políticos. Com a divulgação de seus nomes, eles ficaram sujeitos a prisões arbitrárias e ataques físicos. Se for provado que Assange conspirou para invadir computadores, ele pode pegar até cinco anos de cárcere. Para cada uma das demais dezessete acusações, a pena máxima é de dez anos.

Os vazamentos divulgados pelo Intercept no Brasil aparentemente não entram em questões de segurança nacional, como os casos que afetaram os Estados Unidos e seus colaboradores pelo mundo. Ainda assim, o Código Penal brasileiro inclui previsões para vários delitos que podem ter ocorrido por aqui. “Se os dados foram obtidos ilegalmente e adulterados antes de serem retransmitidos, então podemos ter crimes como falsidade ideológica, falsidade de documento particular, comunicação falsa de crime, calúnia ou associação criminosa”, diz o advogado Dorival Guimarães Pereira Júnior, professor de relações internacionais do Ibmec, em Belo Horizonte. “A intenção de informar o público é essencial a um estado democrático, mas se o material foi obtido de maneira fraudulenta e adulterado, isso poderia complicar a vida dos que se envolveram nessa ação.”

Se a sina de Assange, Snowden e Chelsea são um prenúncio do que pode acontecer com os hackers que roubaram dados de autoridades brasileiras, então há motivos de sobra para eles ficarem bastante preocupados.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Esse GLEN GREENWALD já deveria estar em cana há muito tempo. Não sei porque a Polícia federal e o MPF ainda não Marambaia a iniciativa

  2. A matéria é frustrante. A chamada diz que o hacker vai ser preso e a matéria faz referência a casos estrangeiros em que o hacker (na verdade a comparação nem cabe) já foi preso. A revista não foi bem...

  3. Acredito que não vai demorar muito para que haja uma resposta da PF nas investigações em andamento. Já tá na hora dessa farra acabar.

  4. Há motivos de sobra para brasileiros que aceitam e apoiam que se cruze a fronteira da legalidade em nome do justiçamento ficarem bastante preocupados com suas saúdes mentais, morais e éticas.

  5. Ótima matéria, mas cabe ressaltar que se houver "indícios" de participação ou qualquer tipo de apoio fornecido ao "ato criminoso", por qualquer governo estrangeiro, tal fato afeta sim a Segurança Nacional e se constitui "Intervenção Ilícita", "Violação de Soberania" e, até mesmo, "Agressão". A Operação Lava-Jato é considerada como pertencente à "reserva de domínio" do Estado brasileiro, sendo uma atribuição "inerente e exclusiva" do Estado, atentar contra ela pode sujeitar o Estado apoiador...

  6. Como seus antecessores, snowden e Assange esses criminosos do Intercept, deveriam estar presos e com boas condenações! Fraudar documentos e defender notórios ladroes ja seria motivo pra uma grande punição!

  7. Verdevaldo, tão corajoso, destemido e justiceiro, por que não vai aprontar das suas lá na China ou países árabes... Eu iria aplaudi-lo, já que reclama que o brasileiro só te maltrata.

  8. Espero que a PGR e o STF se manifestem a favor da investigação do Verdevaldo é Jean Willis na questão da venda do mandato !

  9. Estamos ansiosos pelo desfecho que encerre esta carreira de Verdevaldo, enquadrando ele nas leis do Brasil, via Juiz Bretas; com todo orgulho pelas investigações que correrrem na Polícia e na Câmara, a níveis federais; e com imediata extradição, para evitar Gilmar Mendes na causa.

  10. Verdevaldo e seu site Fake, comprado, só tem um objetivo ao tentar desmoralizar Moro e a Lava Jato: soltar o criminoso chefe da quadrilha petralha! Basta!!!

  11. Espero ver breve a notícia da prisão desses bandidos. E também a solução do atentado ao presidente Bolsonaro. Parece que tudo está muito ligado ao PSOL e a esse ridículo Jean Willis. Gostaria de ver isso tudo ter um fim.

  12. Esse elemento tem que ser preso e condenado, ou no mínimo, deportado, por rackear espionar dados de autoridades responsáveis por uma operação que investiga atos de corrupção EXTREMAMENTE GRAVES. Portanto, o caso tem que ser tratado com o rigor da lei.

  13. Tenho um denuncia a fazer - boa parte dos procurdores da lava jato, nao torcem pro Atletico paranaense. Sinceramente acho isso muito mais importante q procurar pelo em ovo na troca de mensagens entre moro e procuradores.

  14. qual é o nome do Jean Willys? Esse nome é um apelido do politico ou nome registrado no nascimento? E Verdevaldo pode ter pedido ajuda a Snowden e hackers russos para conseguir entrar nos sistemas dos telefones.

  15. Reportagem feta com clareza de dados e redação, facilitando assim a compreensão e interpretação aos leitores. Parabéns e obrigada.

  16. Infelizmente o Brasil,ainda carece, de seriedade e responsabilidade civil.Marcas profundas deixadas por longos anos de "País do "Carnaval",do "jeitinho" e de uma "Classe Média" que não "assumia" a sua responsabilidade cidadã, deixando a "escória civil" livre,leve e solta.

  17. Gente, deve ser muito, principalmente no Brasil, um deputado federal, renunciar ao mandato. E agora descobre -se que o Jean está metido nessa operação internacional para o desmonte da operação lava jato. Cada vez fica mais flagrante a necessidade de uma investigação no STF, pois como se justifica tamanha complacência, inclusive da PGR, aos personagens operadores do rackeamento do ministro da justiça e procurador da República.

  18. Espero acordar com a notícia da prisão de todos os envolvidos nessa trama toda, não me entra na cabeça que alguém pode violar o sigilo de autoridades e ficar impunes,onde vamos parar, isto tem que ter um basta.

  19. Para violar sigilo de autoridades americanas os hackers tiveram que deixar o país antes, senão seriam presos e pegariam até prisão perpétua. Aqui não. Roubam e divulgam mensagens de autoridades brasileiras, vão à câmara dos deputados para depor, fazem palestras e nada acontece. Onde estão vocês, autoridades? Por que estão permitindo isso? Desse jeito, a segurança jurídica aqui vai a zero.

    1. violação de correspondência privada é crime e ponto. Não sei porque os meios de comunicação dão tanto ibope para esses bandidos da intercept, referindo a imagem de um homem honrado como o Moro. Deveriam estar respondendo por seus atos criminosos à justiça, só que no Brasil de hoje a justiça tarda mas falha. Absurdo ver a ginástica que o juiz GM faz, para acomodar os interesses da bandidagem. Pobre deste nosso grande e generoso Brasil..., os brasileiros não merecem.

  20. Se Gilmar Mendes continua Ministro da Suprema Corte depois de tudo que já aprontou e Davi Alcolumbre continua Presidente do Senado apesar de rejeitar os pedidos de impeachment do Gilmar, realmente o sistema judiciário brasileiro não tem o que fazer com esse misto de hacker-rato a não ser pedir desculpas a eles pelo incômodo de ter sido chamado para depor. O movimento "Vem pra Rua" está mirando o alvo errado. Não é a Câmara o problema, mas sim o Senado e especialmente o seu Presidente.

  21. Os vazamentos divulgados pela intercept no Brasil NÃO ENTRAM EM QUESTAO5 DE SEGURANCA5 NACIONAL?????????????? NAO5 DÁ PRA ENTENDER MAIS NADA!!!!!!!!!

  22. Acusar a cúpula da lava-jato com um áudio adulterado e não periciado, passa longe do direito de quem vazou o material ao sigilo da fonte como prevê a lei. É crime de falsidade ideológica , calunia e associação criminosa. Se houver um minimo de justiça, Verdevaldo terá dias sombrios pela frente.

  23. Está mais do que claro o objetivo desses criminosos internacionais aliados aos criminosos domésticos. Temos que ficar atentos, agosto está próximo, ações pontuais e urgentes se fazem necessário. Alguém duvida da ousadia de um Gilmar Mendes e quadrilha???

  24. Muito Bom, Crusoé! Espero que o destino dos Hackers criminosos brasileiros seja o mesmo de Assange, Snowden e Chelsea. Esses criminosos que tentam desmoralizar a lava jato quebraram a cara. O Brasil sairá ainda mais fortalecido dessa.

  25. Aos poucos a verdade vai aparecer... Aqui no Grande Circo Brasil há um ENORME show de horrores, agora financiado com os tais BILHOE$$$ roubados do povo, com um juiz do STF, o Gilmar, fazendo o papel de palhaço sem graça e um amigo dos Amigos do AMIGO, a tal Greenwald, uma pseudo jornalista esposa de um Deputado, subindo na mesa, chutando o balde e rodando a baiana. Todos já com a bunda de fora. Daí, a imperiosa necessidade de se ampliar o número de presídios, porque a demanda será ENORME também.

  26. Existem mais elementos que vocês ainda não descobriram e não analisaram. Um ponto, dos muitos que estão invisíveis: quantas horas de supostos vídeos eles roubaram?

  27. O que o Judiciário e as Autoridades brasileiras estão repassando de ideia ao cidadão " O crime compensa no Brasil?" Vamos acabar com esta palhaçada e apurar os crimes que colocam em risco a Segurança Nacional. Colocar na cadeia dando exemplo! Chega do discurso de esquerdistas neste País. Eles que se explodam.

    1. E a segurança jurídica, de que tanto dependemos para fazer o pais avançar, também está seriamente ameaçada...Tem que apurar e castigar!!!

  28. Nosso país ainda está a anos luz, em termos de punir seus criminosos. Por aqui ainda é mais fácil acusar e denegrir um juiz que lutou contra um notório esquema de corrupção, do que punir os responsáveis por esse mesmo esquema. Vide os julgamentos de políticos pelo STF, que nunca sai. No Brasil pune-se a vítima em favor do criminoso.

  29. Para uma conduta que é usual entre as partes envolvidas, Procurador e Juiz, deformam-se fatos para obter uma conotação excusa. Com isto, encobrir atitudes que serviam a um propósito, condenar meliantes fortíssimos.

  30. Sei que o processo tem suas dificuldades tecnica, acho, entretanto, que tá demorando demais uma resposta da Polícia e dos procuradores, vamos acelerar pessoal.

  31. Aquele que se utiliza de bens roubados,sejam eles tangíveis ou intangíveis, é tão ladrão quanto aquele que perpetrou o roubo. Portanto os meliantes envolvidos tem que ser processados, julgados e condenados.

  32. Duda: Já deixei comentário sôbre o artigo do Diogo Mainardi; agora, sobre o seu artigo, gostaria que vocês aprofundassem essa questão da liberdade de imprensa que é a base defendida pelo Greenwald : ele, o Snowden, o Assange e a Chelsea, têm todo o direito de fazer essas revelações, ainda que de interesse público? as nossas leis brasileiras, como tratam dessa questão? parece que as leis americanas são mais severas, não sei se justas. Leyre Ponti

  33. Essa corja é tratada com deferência no Brasil, indo falar no congresso nacional sobre suas ações criminosas, gastando tempo de parlamentares pagos pelo povo e a serviço do público pagante! Gentinha asquerosa, que precisa responder civil e criminalmente por seus atos.

  34. Prendam logo esse criminoso!Se preciso for,que a PF peça auxílio ao FBI,a CIA e ao Mossad para descobrir essa armação toda!Expulsem esses vermes do Brasil,e se forem para o PY..,bala neles!

  35. O que me choca é ver as instituições prejudicadas por esses vazamentos acorrentadas pela tão alegada "liberdade de imprensa" (ART. 5o, Inc. XIV CF). Mas e quanto ao inciso XII do mesmo artigo? Cadê a famosa "ponderação" quando há colisão entre princípios constitucionais??? Afinal, estamos falando não somente de simples invasões de escutas telefônicas, mas de hackeamento de escutas em instituições da República Federativa do Brasil!

  36. Parabéns Crusoé ! Mostrando a diferença de tratamento de Glenn Greenwald no Brasil , e do tratamento de Assange , Snowden e Chelsea nos Estados Unidos . Aqui o bandido é tratado como mocinho , lá o bandido é tratado como bandido . Espionagem é crime e não liberdade de imprensa .

    1. Antônio Cedraz O problema do Brasil é que nós temos políticos comprometidos com essa sujeira e não só políticos como ministros do STF dando guarida para esse criminoso, continuamos com complexo de vira lata ou será que rola dinheiro grande por baixo do pano? Aqui tudo é possível.

  37. Ao abusar de uma liberdade concedida pelos mecanismos democráticos, Greenwald e sua turma atacaram o Estado e o interesse público, violando assim o princípio da soberania nacional, já que o que assegura o sistema democrático brasileiro é exatamente a cláusula que estabelece que ninguém está acima do Estado, ou seja, o interesse privado não se sobrepõe ao público. Não só Greenwald, mas qq outro envolvido no episódio poderia ser acusado de ter violado o princípio da soberania nacional internamente

  38. Se não foi reportado crime ou conduta de autoridades públicas que violavam a Constituição e o arcabouço jurídico, então não há que se falar em interesse público e liberdade de imprensa, trata-se de crime puro e simples como objetivos escusos e privados. Pode-se até não entrar em questões de segurança nacional, mas entra em questões de soberania interna e talvez até externa, já que se tratou de um ataque diretamente ao Estado, violando o princípio da soberania.

  39. Inclusive, há que se checar quem da imprensa deu proteção e cobertura ao atentado contra Bolsonaro, o perfil de Greenwald demonstra que ele não teria qq pudor ou problema em se envolver em trama tão sórdida, pelo contrário, se encaixa perfeitamente dentro da visão de mundo deturpada que ele tem, certamente vê até como ato de heroismo. Se já não tiver sido investigado, é praticamente impossível que não haja gente da imprensa associada ao atentado, caso ele não tenha sido um mero ato de "loucura".

  40. Greenwald e os envolvidos devem ser presos, a liberdade de imprensa não pode servir para que se ataque o sistema democrático e os agentes de Estado e públicos que estão a serviço dele, não só cometeram crimes, como também contrariaram o interesse público em nome de interesses privados. Mas eles não devem ser atingidos sozinhos, todos os que estão por trás deles devem ser atingidos tb, para que a ladainha de que estão atacando a imprensa não se sustente.

  41. Não basta expor o hacker, é necessário que também se exponha a imprensa suja que abusa da liberdade que lhe é concedida exatamente para levar adiante suas agendas ideológicas e objetivos criminosos. Se não foi demonstrado crime na atuação de Sérgio Moro e dos procuradoes, onde estava o interesse público na invasão dos aparelhos celulares deles? O caso Intercept não tem nada a ver com imprensa ou democracia, trata-se exatamente de criminosos que querem driblar a democracia e suas leis.

  42. Guarda relação com a necessidade de se compatibilizar interesses nacionais com um elemento que não respeita fronteiras: a internet. A imprensa brasileira e mundo afora foi utilizada com objetivos claramente de se aviltar os mecanismos democráticos em prol de um grupo de corruptos e depravados que desejavam não só manter seu domínio e controle, mas ampliá-lo. Inclusive, indivíduos que nem jornalistas são passaram a se escudar na liberdade de imprensa para atingir seus objetivos escusos.

  43. Dentro de sua própria perspectiva deturpada do mundo se consideram seres superiores e tentam moldar o mundo à sua visão, nasce daí o desrespeito destes indivíduos em relação aos demais, são incapazes de perceber a própria corrupção, pois corrupto não é quem quebra as leis, mas quem a segue, são a essência máxima do egoísmo, pois em última instância a única lei que vale é aquela que atende aos interesses abjetos deles. A prisão do hacker se encaixa em um contexto muito mais amplo e complexo.

  44. Afinal, quem é que define até onde vai o interesse público e o privado? São os cidadãos e a sociedade, mas os megalomaníacos (é megalomaníaco, não mitomaníaco, apesar de que eles tb o são) que se julgam acima das leis e dos indivíduos, simplesmente se consideram no direito de determinar o que é certo ou errado, em suas cabeças o mundo não é resultado de uma pluralidade intrínseca, mas de uma diversidade artificial que se encaixa exatamente na visão deturpada que eles têm.

  45. Sobretudo a internet trouxe a sensação de invulnerabilidade e aguçou a mitomania de alguns indivíduos que se acham acima dos demais. Diante deste novo cenário, a democracia está sendo testada, pois as liberdades que ela oferece estão sendo usadas para miná-la e para que interesses particulares se sobreponham ao interesse público. A caso Watergate é talvez o maior exemplo de paradigma para a importância do direito à proteção da fonte, mas mesmo que ele seja a regra, deveria haver exceções.

  46. Espionagem tem que ser separada do direito à proteção da fonte ou do roubo de informações. Snowden, Greenwald, Assange e o Wikileaks tem todos uma coisa em comum: a ideologia. Dentro de suas cabeças não deveria haver fronteiras, portanto não há que se falar em nações e muito menos suas leis. É a velha estória de se construir uma nova Ordem Mundial, quando na verdade o que eles acham é que estão acima das leis mundanas e dos simples mortais ignorantes e patéticos.

  47. Me desculpe, mas ele pode ser enquadrado sim na Lei de Segurança Nacional. É Clara a atitude dele em tentar desestabilizar o Governo.

  48. Interessante, muito recentemente, "O Antagonista" / "Crusoé", foram penalizados por publicarem algo que incomodou uma autoridade sob a alegação de ser notícia falsa e não era. Por que agora se titubeia tanto, sendo que há previsão do crime cometido em lei?

  49. Gleen alega que e multipremiado internacional como jornalista investigativo hackeador! Qual governo premiou este cidadão? Talvez ,apenas amigos jornalistas tenham dado premios ao travestido jornalista.

  50. Confio que aqui no Brasil, a justiça seja aplicada de forma severa a estes hachers que roubaram dados das autoridades brasileiras.

  51. É CRISTALINO o intuito da covarde quadrilha que se esconde atraz da “jornalista” Greenwald, tentando DESMORALIZAR o Judiciário e reverter a ação da Justiça. Está ‘em andamento’ UM CRIME CONTRA A SOBERANIA NACIONAL! Seus sócios brasileiros, na conspiração infame, estejam na Imprensa, em Tribunal Superior, no Congresso ou NA CADEIA, tentando desestabilizar a nação e torcendo a verdade para aporcalhar a justiça, somam a isto o CRIME DE LESA PÁTRIA!!! Mas 🤔por QUÊ? 😇... (Foram BILHÕE$$$ PÔ!!!).

  52. Fez bem o retrospecto dos fatos ocorridos do período de Assange, Snowden , Bradley , até chegar no crime cometido por hackers aqui no Brasil. O Sodomita Búlgaro com certeza cometeu crime...

  53. É CRISTALINO o intuito da covarde quadrilha que se esconde atraz da “jornalista” Greenwald, tentando DESMORALIZAR o Judiciário e reverter a ação da Justiça. Está ‘em andamento’ UM CRIME CONTRA A SOBERANIA NACIONAL! Seus sócios brasileiros, na conspiração infame, estejam na Imprensa, em Tribunal Superior, no Congresso ou NA CADEIA, tentando desestabilizar a nação e torcendo a verdade para aporcalhar a justiça, somam a isto o CRIME DE LESA PÁTRIA!!! Mas, por QUÊ, pô?!... (Foram BILHÕE$, né?...).

  54. A mídia tradicional não dá destaque a esta similaridade com os vazamentos do marido, ou será esposa, já nem sei mais; do deputado David Miranda; porque mostraria a inocuidade destes vazamentos e não teriam a importância que está dando para vender jornal. Ainda bem que existe Cruzoé e outras mídias alternativas que esclarecem o público sobre a verdade. Parabéns!

  55. Acho que vale a seguinte pergunta: fosse apenas um mero hacker, qual seria o interesse dele monitorar, por LONGO PRAZO, as comunicações da Lava Jato? Qual seria sua motivação financeira para fazer isto? Isto demonstra que houve intenção clara de algo politicamente motivado. Uma operação sofisticada requer recursos. Recursos igual poder. Agora cumpre se perguntar quem seriam tais atores poderosos? Quais grupos poderiam ter interesse? Claramente, a teoria do “hacker solitário” é ilógica.

    1. Depois disso tudo, alguém ainda tem dúvidas de que a Rússia está por trás desses partidos ditos de esquerda??

    2. Elementar, meu caro!!! Por isso Verdevaldo não abre a fonte nem para a perícia: primeiro porque, dentro do contexto em nada maculavam o trabalho da lava-jato, segundo: por isso as mensagens sofreram alterações de conteúdo em busca de comprometimento dos envolvidos, e terceiro e mais importante, tem gente graúda que promoveu essas escutas.

  56. GG tem duas instâncias de envolvimento indireto com alguma ação cujas pistas levam à Rússia: Snowden e o vazamento do hacker-despistagem “Guccifer 2.0” (depois estabelecido com sendo oriundo de uma unidade da GRU russa que executava ataques do tipo APTs - Advanced Persistent Threats - ataques de longo prazo, sofisticados e vastos recursos). Ver, também, a Doutrina Gerasimov.

  57. Está claro que Greenwald é a ponta de um iceberg composto pela bandidagem instituída no Brasil durante os desgovernos de Lula e Dilma. Que seja investigado até ficar comprovado esse ativismo, que passa por atividades criminosas, eseja acusado e julgado!

    1. Diria mais, que Verdevaldo é a ponta do iceberg de uma estratégia da esquerda globalista que considera o Brasil importante demais para o seu projeto de dominação, ao ponto de perde-lo para uma reação popular desorganizada e desarmada que aos poucos está colocando os corruptos globalistas para correr.

  58. ELES QUEM??? GLENN?? INTERCEPT??? ABRA O JOGO??? APRENDAM A FAZER JORNALISMO DE VERDADE!!! A MATÉRIA É DE INTERESSE PÚBLICO...O CONTEÚDO É O QUE IMPORTA COMO DIRIA O DR MORO

    1. A oposição reacionária só consegue se comunicar sem demonstrar educação, sinal latente da falta de razão e argumentos. Vide a bancada histérica da chupeta na Câmara.

  59. Duda, belo artigo. Longe de defender Verdevaldo, vejo Assange diferentemente de GG. O site é o Wikileaks, ou seja, insiders (sob penas) vazaram (leak) informações governamentais, e não roubaram/hack de fora as informações. Se Assange ajudou Manning a quebrar códigos de segurança e roubar informações, está para ser provado. Assange também publicou os famosos emails do DNC e da campanha da HIllary, de um insider do partido Democrata, e mostraram as entranhas corruptas do partido e seu entorno.

  60. O nosso direito está torto. A única forma de consertar neste caso é a “neutralização” do dr. green e da marida dele.

  61. Não sei porque o Estado brasileiro, através dos seus representantes judiciais, ainda não deu um pé na bunda desse gringo. Sai dos EUA para vir sujar a água no nosso país.

    1. lEMBRE-SE ELE MESMO DISSE: HACKEAR POR AQUI É MUITO MAIS FÁCIL. "EXISTE PECADO SIM,ABAIXO DO EQUADOR. JORNALISTA TBM NÃO É: ESCREVE ARTIGO,INFORMA,DÁ SUA OPINIÃO? NÃO...FOFOCA EXISTE E ESTAVA DESESTABILIZANDO ATÉ APARECER O PAVÃO E DAR O CONTRAPONTO..SIGO COMO UMA NOVELA! MAS A SÉRIO,LOUCA PRÁ TURMA TODA IR PRESA-NA MESMA CELA!!

  62. Difícil acreditar que Verdevaldo não tenha encomendado o material. Ele esperava, no entanto, que o conteúdo fosse mais apimentado. Se deu mal. Está tentando transformar o "nada" que tem em mãos em algo relevante, porém está começando a entender que no Brasil nem todos são intelectualmente medíocres como seu companheiro parlamentar.

  63. 🇧🇷 A First look firma de Gleen foi criada três meses antes da tentativa de assassinato de bolsonaro essa mesma firma paga os advogados de ADÉLIO. Gleen tem muitos crimes graves a responder.

    1. Como já disse antes Verdevaldo está cada vez se enrolando mais. Daqui há pouco a esquerda vai tentar e ou conseguir matar este pústula e ainda vai culpar a direita. Pavão publicou as conversas sobre a edição das conversas de Dalagnol antes que eles publicassem. São burros pois isto mostra que os prints eram verdadeiros. Vai-nos ver os próximos capítulos. Quem viver verá.

  64. Na minha opinião, eles fariam e farão qualquer coisa, inclusive matar, para soltar o prisioneiro. A população do bem é refém de uma jurisprudência leniente com criminosos.

  65. Não há Racker nenhum nessa merda toda. Todas essas fake News são invenção desse viado. GUANTANAMO é o lugar desse fio de uma egua...

  66. Em sendo jornalista, chego nos Estados Unidos, contrato um hacker camarada com dinheiro vindo da corrupção, roubo e passo a editar e publicar mensagens de autoridades, como Procuradores e Juízes que punem corruptos. O que me aconteceria? Seria paparicado, e defendido pelos mesmos criminosos condenados e seus cúmplices soltos e flanaria impunemente posando de justiceiro? Certamente, não! O Brasil que presta, a maioria honesta vai tolerar a bandalheira do PT, seus puxadinhos e Verdevaldo?

    1. O problema é que os cúmplices dos bandidos que vêm destruindo qualquer futuro para o Brasil estão em postos-chave das instituições, da mídia. Dois caminhos são possíveis para punir esses bandidos: 1) o Exército arregaçar com todos eles logo; 2) esperar que a assepsia das instituições seja feita pela lentíssima via democrática. O problema é a democracia brasileira é só uma fachada, ela não existe, se fato.

  67. Gente, ando perdida. Pensem comigo e me ajudem. Eu roubo 1 carro. Saio feliz, passeando com ele pela cidade. A polícia me persegue e me detém. Diz q o carro é roubado e vão levá-lo à delegacia e a mim também. Digo aos policiais q eles ñ podem fazer isso pq estão ferindo minha liberdade de ir e vir. Isso não vale? Parece q ñ vale pra carros e substantivos concretos. Só vale pra abstratos roubados, como informações, por exemplo — e se chama liberdade de imprensa. Eu a apóio, mas ñ fruto de roubo.

  68. Coisas que não entendo muito: Se Verdevaldo, esposa ou marido do tal deputado conseguiu visto de permanência no Brasil em plena era PT, e se ele atenta contra a ordem, espalhando "boatos" sem nenhuma comprovação contra os pilares da maior operação contra corrupção do mundo, esse bandido não poderia ser expulso? Creio que se tudo isso estivesse acontecendo nos USA com um viado brasileiro, ele já não teria sido enquadrado como ameaça a segurança nacional??? Então, o que falta???

    1. mas imagina o chororô e a vitimizacao que vão fazer a petezada e a cambada que nao quer ser investigada pela Lava Jato. Semanas de notícia de perseguição. É um jogo de xadrez e o Moro é o mais intigente!

    2. Acredito que pra começar, uma limpeza (despetizacão) na política e judiciário.

  69. No Senado para uma platéia de beneficiários e cúmplices do presidiário de Curitiba, Greenwald só acrescentou o mais do mesmo. Sensível, pela sua própria natureza, deixou claro que sua mágoa é pelo fato de Moro e Deltan não terem lhe mandado um zap, um bilhetinho, enfim, qualquer mimo que reconhece sua existência. A autoridade moral com que tratou Renan, Humberto Costa et caterva, demonstrou porque esses petistas gostam tanto da liberdade de imprensa e por isso compram jornalistas no varejo.

  70. Punição para Greenwald é o que o povo brasileiro espera! Até agora, nada. Continua por aí destilando seu veneno. Inclusive foi convidado a participar da FLIP, numa mesa de debates!! Como um hacker pode ser convidado para um evento público que fomenta a Cultura se suas práticas são consideradas ilegais? Que raio de país é esse?? Inversão total de valores! Omissão da PF!

    1. Tem que investigar a invasão dos celulares das autoridades, mas também precisa investigar o conteúdo das mensagens. O coluio de Moro, Deltan e cia. tampouco é correto e admissível no nosso sistema jurídico. O fim não justifica os meios

    2. Márcio, as instituições públicas estão todas assim. Mas enquanto as pessoas decentes agem individualmente, a esquerdalha atua articuladamente. É uma organização criminosa, uma metástase no corpo do Estado. E não pensem que é diferente nas FA.

    3. Segundo o Nêumanne a PF que a gente idolatra é toda dividida: tem gente do PT, do FHC e do Bolsonaro. Não esquecendo que num papo vazado pelo pavão é citado um X9, isto é tem pelo menos um lá dentro trabalhando para o Verdevaldo.

  71. O Brasil deveria ter leis mais severas para crimes de espionagem. É um absurdo está blindagem q está sendo feita a favor destes CANALHAS, liderados pelo Verdevaldo. Eles e a oportunista e suja oposição estão pisando no nosso orgulho nacional.

    1. Embora, seja ainda bem ruim esse apoio que está sendo dado à esse sujeito, o mais importante nisso é que as máscaras caíram!

  72. O mau jornalista faz un trabalho sujo tipo esse e se abriga na liberdade de imprensa, assim como o mau político e o famigerado foro privilegiado.

  73. Todo herói é solitário e se conceitua pelo sacrifício, enquanto os medíocres e corajosos de internet atiram pedras escondidinhos no seu conforto.

    1. Isso mesmo, é uma covardia o que as redações de certo veículos esta fazendo com o Herói Sérgio Moro.

  74. Estou muito decepcionada com a PF. Primeiro no caso Adelio, que nada aconteceu, e é impossível não reconhecer que tem gente grande envolvida, e agora este caso do GG e cia.

    1. Tenho esperança de que, na breve ausência do Ministro Moro, na próxima semana, a PF vá agir. Não é crível que o Ministro vá tratar de assuntos pessoais, estando no "olho do furacão". Força, Moro!

    2. Concordo com voçê Ana. A PF precisa dar uma resposta a esse bandido Verdevaldo.

  75. O tratamento que diversas instituições de estado e a imprensa tem dado ao Greenwald, protagonista desta crivosa pantomina, descortina de uma vez por todas que a corrupção endêmica está torrente enraizada em nosso país.Esta claro q foi Greenvald quem produziu tudo.Deveria, o MPF apresentar a denúncia deste crime para que a justiça agisse pondo fim a este lamentável episódio , em que um juiz federal e um procurador são execrados por bandidos.Algo ainda pode ser feito.

  76. Hje os dados roubados são do MPF, amanhã será do STF e depois de quem Mais interessar, para libertar alguém que lhes interessa. Imagina um Brasileiro fazendo isso em outro País. Deporta esse homem!!! Está botando dedo na nossa cara e rindo por trás com apoio de bandidos travestidos de autoridades.Fora! Fora!

    1. O STF atual jamais será alvo, pois está sendo pautado, em parte, por mais uma Orcrim que está se revelando em conluio com imprensa nacional. As conversas reveladas (ilegais) pela guerra de hackers, em sendo verdade, tornam o IntercePT um braço da mais devastadora organização criminosa que já se formou neste país com tentáculos em várias instituições nacionais.

  77. Como não é ataque a soberania nacional? O theintercept é de propriedade de um iraniano islamico naturalizado americano bilionário que usa do seu dinheiro para obter poder POLÍTICO. O Sr Viadovaldo que nem brasileiro é e sua equipe, manipula dados ROUBADOS de ministro de estado e de servidores da justiça brasileira. Se isso não for um ataque estrangeiro contra a soberania nacional nada mais é. Extradição para o Verdevaldo e sua família. Pra Cuba de preferência, já que é um comunista.

  78. Estao pouco se importando com os cidadaos de seus paises. Sao terroristas e vigaristas, pois receberam dinheiro pelos servicos criminosos. O pavão esta no mesmo caminho dos seus camaradas.

    1. Continuo SEM entender porque meus COMENTÁRIOS não aparecem?

    2. Eu acho que o país tem muita gente boa, inteligente e capaz . A única coisa que não tem é VERGONHA. Deixar um viado americano emporcalhar a vida de BRASILEIROS HONESTOS isso chega às RAIAS da LOUCURA . O cara de pau desmontou a ESTRUTURA do PAÍS. É tem MARIA vai com AS OUTRAS. É de MAIS. Eu não sei CONTAR, mas o prejuízo é GRANDE.

    3. Jean Willys tem que abrir o olho. saiu daqui dizendo que estava sendo ameaçado de morte e, se bobear, corre risco de ter o seu "arquivo fechado" por lá.

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO