RuyGoiaba

200 milhões de tudólogos

15.03.19

Tenho saudade da época em que se dizia que o Brasil tinha 200 milhões de técnicos de futebol. Hoje, com a ajuda dos palanques que as redes sociais oferecem, o brasileiro não limita a sua expertise ao esporte, não, senhor. Qualquer acontecimento rumoroso desperta uma multidão de “tudólogos” – aquele pessoal que tem palpites e soluções infalíveis para absolutamente TUDO.

A terrível tragédia de Suzano trouxe consigo uma legião de psiquiatras e especialistas em comportamento humano, legislação criminal e porte de armas – muitas vezes, tudo na mesma pessoa, como naqueles antigos aparelhos de som 3 em 1. Antes, o desastre de Brumadinho já revelara ao país outra legião: a dos experts em barragens de rejeitos de minério. E o longo esquete dos Trapalhões que tem sido a política brasileira produziu 200 milhões de “analistas políticos”.

Alguns palpiteiros até ganham o pão com o suor dos seus chutes: tenho um conhecido que não sabia quem era Davi Alcolumbre até, literalmente, a véspera da eleição do presidente do Senado. Apesar disso, ganhou de um jornal – é verdade que o sobrenome ilustre ajudou – uma coluna de política, na qual se dedica à difícil arte de pensar o já pensado e escrever obviedades com o tom solene de quem vê como missão informar aos leitores que a Terra é redonda.

A grande maioria dos tudólogos brasileiros não tem essa sorte. Mas tem uma importante característica em comum: eles só aparecem depois das tragédias. Os 200 milhões de engenheiros de obra feita têm opiniões contundentes sobre por que a ponte caiu, mas nenhum deles estava lá para evitar que a ponte caísse. E, se você mora no Brasil, nem mesmo os profissionais pagos para evitar fazem isso – como os sujeitos que atestaram a “segurança” da barragem da Vale.

No fundo, não há saída senão se conformar com um mundo em que todo idiota com acesso à internet ganha de brinde o direito a seu megafone particular – é inevitável que aconteçam coisas como o tuiteiro que manda o papa ler a Bíblia. Enquanto os palpiteiros não se aventurarem em áreas como a neurocirurgia, talvez ainda tenhamos salvação. Mas um dia eles chegam lá, vocês vão ver.

***

A GOIABICE DA SEMANA

Marcia Tiburi deu a um site da velha esgotosfera petista uma comovente entrevista em que narra como seu medo da “violência fascista” a obrigou a deixar o país – sem em nenhum momento citar o marido, juiz que obteve do TJ do Rio dois anos de licença remunerada em Paris. Embora os franceses historicamente não sejam muito bons nesse negócio de resistir ao fascismo, eu também adoraria uma resistência com passeios pelo Jardim de Luxemburgo e degustação do amargo caviar do autoexílio. Quem mandou nascer sem pedigree, né?

Tomaz Silva/Agência BrasilTomaz Silva/Agência BrasilMarcia Tiburi viverá plenamente o charme do exílio (Tomaz Silva/Agência Brasil)

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Márcia Tiburi, especializada em cus. Marilena Chauí, ganha muitíssimo bem para "ensinar" asneiras aos estudantes da USP. E muitos idiotas "fuzilam" o Professor Olavo de Carvalho! Condenado ao "paredón" por dizer verdades e palavrões.

  2. Vcs com certeza estão mordidos. Pra vcs, tempos bons , eram aqueles onde vcs falavam o que queriam , sem ninguém pra contestar . Podiam escrever a merda que quisessem e se alguem discordava , e , quisesse refutar, ou só responder, tinha q escrever um acarta, que nem se quer seria lida . ACABOU!! para o bem , ou para o mal , vcs nao são mais os DONOS DA INFORMAÇÃO, sao desmascarados a todo momento . Sendo assim , se preocupem mais em INFORMAR , do que INFLUENCIAR . A-CA-BOU !!!!

    1. Absolutamente verdadeiro!!! Acabou a era dos jornalistas e repórteres donos da verdade!!! O indivíduo que ficava atrás de uma Olivette, ou um PC, ou mais recentemente um notebook escrevendo seus achismos e hipóque teses, ou teses pagas, isso virou passado! Simples assim!!! Guela abaixo qualquer porcaria não!!! Vão sobreviver aqueles respeitam o leitor e estão comprometidos com qualidade e verdade!

  3. Mr Guava, lembre-se que jornais, revistas, televisão, rádio e demais mídias tradicionais não têm autoridade alguma em qualquer assunto do conhecimento humano. Nem as sessões de Ciência escapam disso, dependendo do veículo. Assim, as opiniões de jornalistas estão no mesmo nível das dos "tudólogos". Aliás, acho que nem jornalismo se faz hoje em dia. As mídias sociais, dependendo da escolha e do filtro, são atualmente mais confiáveis.

  4. Eu sou diplomado na academia Netflix, com pós em House of Cards. Então, quanto às minhas opiniões, exijo no mínimo, respeito.

  5. Exílio em Paris? Piada de salão. Cara de pau é pouco. Não conheço outro termo que se possa exprimir o caráter dos petistas e aliados. No fundo, acho que são gozadores. Fazem da gente pastel. Joga em nossa cara, justificativas cheias de falsos altruísmos. De tanta irritação, me faz morder a os lábios.

    1. Exílio em Paris não é para todos, só para os nossos esquerdistas, pois para um americano sobra Moscou, Snowden adoraria a França para seria deportado rapidamente, restou Moscou.

  6. Essa "senhora" é louca e esta se retirando talvez para tratar da saúde mental na terra do Charcot... JA VAI TARDE!!! So falta agora darem a ela, como fizeram o Willys coluna no jornal para descolar uma grana, como alias, fazem com o OLAVO DO CARALHO, desculpe Carvalho. SE ELE PODE FALAR PALAVRÕES NA IMPRENSA ACHO QUE TAMBÉM POSSO.

  7. Licença remunerada não é para nós, "homem comum", é para a pajés, caciques e membros da zelite, que constroem ativamente o labirinto onde o brasileiro vive.

  8. Infelizmente, é preciso informar as pessoas de que a terra é redonda. Os terraplanistas estão em voga. Não existe mais nada que seja óbvio demais.

  9. Sr. Goiaba: Antes de publicar este texto infeliz, pelo menos deveria tê-lo submetido a um revisor. Sem esforçar-me encontrei nele nada menos que 9 erros gramaticais: Excesso de vírgulas, falta de ponto e vírgula, falta de parênteses, conjunção aditiva em início de frase; para não falar nos demais. Para um jornalista isto é condenável e lhe tira a autoridade.

  10. Essa Márcia é muito cara de pau. E os petistas saíram distribuindo essa notícia por todos os lados: coitada dela. Isso par mim é ser mau caráter.

  11. O ponto focal da notícia é que a "senhora" em questão alegou insegurança no país, para justificar seu auto-exílio em Paris. Ela "simplesmente" omitiu que iria acompanhar o maridão, pago pelo Estado brasileiro, invertendo a "verdade". Coisa de petralhas. E o "nosso" Jean Wyllys já aprontou uma na ONU, denegrindo o país, a ponta da nossa embaixadora se retirar da sala. Esquerdopatas = Walking Dead.

  12. a terra é plana. pelo menos é isso que se vê e se sabe. o modelo cosmogônico da pseudociência da bola molhada giratória supersônica perdida no espaço e criada milagrosa e misteriosamente pela onipotente gravidade, não passa de uma hipótese, uma invenção da cabeça de algum cientista bem criativo. só isso.

  13. A propósito são esses palpiteiros que, muitas vezes, trazem a lume assuntos dos quais a mídia se aproveita para fazer os seus editoriais. Melhor escrever alguma coisa, ainda que seja para distração, do que se omitir e aceitar tudo aquilo que um jornalista escreveu como se fosse a única verdade. Se há liberdade de imprensa, deve haver liberdade para todos escreverem o que bem entenderem, assumindo os riscos inerentes, porque muita coisa boa já surgiu com base nos escritos de palpiteiros.

    1. Boa, esses jornalistas se acham superiores, são em sua maioria tão idiotas quanto os palpiteiros!

  14. Melhor sair que ser saída, diria seu parceiro ideológico Jean Wyllys que já fugiu ao “exilio”, virou pirotécnica celebridade europeia e anda dando pitaco até no atual Jaboticabal da ONU.

  15. Sr. Goiaba! qual a diferença em o senhor e nós? Ja sei o senhor ganha para falar e nós falamos de graça. Os jornalistas são militantes partidários e ideológicos, basta que o senhor veja as matérias.Todas defendem a corrupção e a uma esquerda deformada no mundo. Viva a internet e as mídias sociais. Adoro GOIABA. A fruta! vou critica-lo,suas matérias são como as do MACACO SIMÃO idiotas,estapafúrdias e estúpidas. Não seremos MASSA de manobra sua de BOLSONARO.Como diz Janaina,falta democracia.

  16. O tanto de gente “preparada” há anos fazendo merda no Brasil, que só piora, dá o direito a qualquer brasileiro propor e palpitar. Análise ruim, por análise ruim, prefiro a minha do que a da leitão, ou a sua....arrogante!

    1. Arrogante? Só em um universo pessoal de recalques e melindres a inteligência e perspicácia alheias agridem pela crítica abstrata. Com todo o respeito, obviamente.

  17. O tribunal de justiça dá salário de dois anos para viver em Paris? O delegado do caso Marielle vai para a Itália e devem ter tantos outros que recebem para ficar fora. O serviço público deveria ser econômico e pensar em tantos brasileiros sem trabalho. Se aqui fosse um país Europeu com bons índices de IDH poderia até ser mas num país falido e faminto é errado.

  18. kkk. A Tiburi e o Willys na mesma vibe. Muito sintomático! "Adoro" análises de especialistas. Já perdi muito dinheiro com eles! Agora confio mais na minha intuição. Essa quase nunca falhou.

  19. Eu já vi tudológo de todo o tipo mas os piores são os comentários sobre ciência . Sabe aquela disciplina que vc não aprendeu porque não precisaria dela para ser jornalista ? Pois é, tem gente que estudou e é expertise.

  20. Os "tudólogos" existem há muito tempo, porém somente alguns deles tinham acesso aos meios de comunicação. Antes, só quem nos indignava com sua opinião sem fundamento, sobre assuntos diversos, eram ALGUNS jornalistas e "profissionais" da televisão, especialmente apresentadores, atrizes e atores. Basta alguém interpretar um papel onde o(a) personagem exerça determinada profissão, pronto, já é um especialista para discutir o assunto.

  21. Embora eu deva concordar que brasileiro seja acima de tudo UM CHATO, devo também dizer que são os jornalistas os maiores “tudólogos” do mundo, são os piores engenheiros de obras prontas porque simplesmente não conhecem a fundo assunto nenhum, e, não suficiente, sempre é deles a última palavra, por mais estapafúrdia que seja a opinião (?), pelo simples fato de que estão na mão deles a caneta e o microfone. Esta carapuça não me serviu.

    1. Sobre essa senhora Tiburi, o que dizer? As declarações públicas dela são de arrepiar cabelo de careca; parecem uma ode à imbecilidade, mas na verdade é puro histrionismo. Ora, é público e notório que a senhora Tiburi não se dava com uma ex-colega de tv, talvez porque a aparência exuberante de uma perturbasse demais a outra, de aparência mais... “modesta”; então, não podendo combater o “inimigo” no terreno dele, parte-se para a comédia, para a pornochanchada. Narcisismo? Recalque? Freud explica.

  22. Com tanto especialista e não temos Nobel em nada! USA tem uma população de mais ou menos 300 milhões e possui 368 prêmios Nobel. Até a Reública Checa tem cinco, e a Argentina (morram de inveja, brasucas), também tem CINCO! Qual a solução, querido Goyaba?

  23. Inteligente, bem humorada e pertinente. Não por acaso, o escritor italiano Umberto Eco disse que " a internet deu voz a uma legião de imbecis " Nas áreas de comentários há sujeitos especialistas em assuntos tão diversos quanto atracação de navios e construção de mundé. E a pior classe desses " especialistas " é a dos replicadores de fakes, sem ao menos analisarem um mínimo do conteúdo. Mesmo O Antagonista, dia desses replicou uma notinha da Andréa Sadi e deu chabu. Bem feito!

  24. Rindo aqui dos comentaristas que vestiram a touca e já se armaram com pedras nas mãos, me remeteu a ótima crônica do Mario, o homem é um animal mau...e sem vergonha como esta Tibursi.

  25. Os tudólogos estão machucando a velha e ultrapassada mídia tradicional. Como escreveu o colunista , tem que aceitar os novos tempos!

  26. Os esquerdistas sempre e em todo lugar desde seu fundador sempre viveram da miséria do povo e das mentiras Liquidam o tecido democrático e acabam com a igualdade de direitos Quem realmente sem interferência e lavagem cerebral avalia o dito regime sabe que sua base é eliminar a família e a ordem social Brasil Limpa Tudo

  27. Márcia Tiburi é patética...auto-exílio em Paris com o marido recebendo salário de magistrado? Porque não vai se auto-exilar em Cuba?

  28. Nunca a coluna esteve tão bem existencial e politicamente. Na mosca, sem perder a habitual verve irônica que acidamente dissolve todo lugar comum.

  29. Incrível como as pessoas ficam ofendidinhas com a definição dos "tudólogos" e correm chorar e gritar "é você" pro colunista, como fazem as crianças mimadas.

  30. essa é aquela que fugiu como rato de esgoto, de um debate com o Kim Kataguiri , se não me engano na Japan ou Bandnews. É o exemplo típico de uma grande enganadora.

    1. Pelo seu comentário é exatamente o contrário. Você está mais desinformada.

    2. Os “tudólogos” existem porque atualmente os profissionais de imprensa são superficiais e tendenciosos. Não são profissionais como não eram os técnicos de futebol. Assim fica fácil para nós, mortais, mostrarmos ao mundo nossa pequena sapiência. Agradeço aos tudólogos estar mais informada atualmente.

    1. É a filosofa do ânus. Procure no youtube e verá.

  31. Vejo na minha esfera cristalina um futuro nada ´promissor para os sites e revistas eletrônicas se houver ausência total dos "tudólogos", tanto no espaço dos comentários quanto no espaço das colunas. Ou será que o colunista em questão não consegue ser ver encaixado na sua própria definição de "tudólogo"?

  32. Foi se o tempo em que jornalistas especialistas e palpiteiros como vc falava e todo mundo aceitava, aproveitando da falta de cultura política do cidadão. Hoje, depois de ser enganado por especialistas da mídia, o cidadão está se politizando aos poucos e vendo que muitos de vcs são embusteiros e palpiteiros corporativistas. Não são independentes e tem interesses pessoais por poder como qualquer humano, é fazem de tudo para conquistar, inclusive manipular e mentir.

    1. Hoje em dia os cidadãos estão "se politizando" por lavagem cerebral praticada por embusteiros e perderam toda a humildade de conviver com uma opinião divergente, seja certa ou errada. O problema não são os jornalistas, pois os mesmos sempre existiram com os mais determinados vieses; o problema são as pessoas que hoje em dia só aceitam uma opinião que concorde com a delas.

  33. Não sei quem você é, pois só descobri você depois da Crusoe, então deixa de ser babaca, e não critica os leitores da revista com essa "pecha", você é insiguinifacante, para nos leitores, só comento o fato aqui descrito pela sua posição de querer desqualificar os leitores e opinadores de fatos politicos,..Só como exemplo os fatos aqui narrado na reportagem do caso da prisão do Lessaxbomba no carro dos PM, ataque a bomba ao bicheiro na barra, não é novidade para quem vive aqui no Rio de Janeiro.

Mais notícias
Assine 50% off
TOPO