MarioSabino

Eu amo Alice

24.12.21

Este é o meu último artigo para a Crusoé em 2021, visto que a próxima edição da revista será a que reúne artigos sobre as perspectivas para o ano que vem, em diversas áreas. Espero que os autores que gentilmente aceitaram o convite do Rodrigo Rangel, diretor da Crusoé, tenham uma visão mais otimista sobre o país do que a minha. Espero que eles contrariem aquela máxima tcheca, da época do comunismo, segundo a qual o pessimista é apenas um otimista bem informado.

Pela minha lente pessimista, tudo piorou bastante no Brasil, em 2021, e não vejo motivos para acreditar que sairemos do atoleiro em 2022, a julgar pelos ineptos que nos governarão até o final do próximo ano e pelos nomes que encabeçam as pesquisas de intenção de voto. O favorito é Lula e o segundo colocado, até o momento, é Jair Bolsonaro. O cenário que ambos deixaram, como presidentes, é de devastação.

Aboletado no Palácio do Planalto, Lula apoiou-se no assistencialismo e no endividamento dos mais pobres, para criar a ilusão de que estava criando uma “nova classe C”. Depois, elegeu Dilma Rousseff, que fez o Brasil pedalar econômica e fiscalmente para trás — uma herança maldita que o chefão petista tenta varrer para o esquecimento. Tudo emoldurado por esquemas de corrupção jamais vistos na história nacional, que o STF cancelou por meio de manobras jurídicas que agora servem para que a facção jurídica do PT, o tal Grupo Prerrogativas, tente reescrever a história revelada pela Lava Jato, tarefa que conta com a participação de platelmintos morais instalados na imprensa.

O presidente da República do qual padecemos desde 2019 serviu de pretexto para que corruptos voltassem a ficar impunes e para que a nação fosse espoliada em bilhões de reais, por esse maldito Centrão, em troca de apoio político a um inquilino do Planalto sociopata, golpista, incompetente e também corrupto, como provam as rachadinhas. Ele também tem servido para escambos no Judiciário, que o mantém acuado tanto devida como indevidamente. Jair Bolsonaro é um culpado útil para todos.

Nesse quadro, quem tenta se colocar como real Terceira Via na próxima eleição presidencial é vilipendiado dia sim, outro também, e não está dito que os eleitores abrirão os olhos para escolher um candidato que tente quebrar o círculo vicioso a que fomos condenados nas instâncias superiores. A esperança de boa parte dos brasileiros limita-se a poder fazer churrasco na laje, beber cerveja barata e ter um Chevette a ser ainda mais usado nos fins de semana. O Brasil não é apenas o cemitério das ideias. É também onde as utopias vestem calças apertadas.

Nada do que escrevi é original, porque não há nada de original na imoralidade brasileira. Mas a nossa falta de originalidade, em 2021, chegou às raias do ficcional. Da má ficção. Alice no País não das Maravilhas, mas no País dos Horrores, num eterno julgamento em que as sentenças vêm antes dos veredictos e sem a possibilidade de acordarmos de um sonho que se tornou pesadelo.

O que desejo a vocês, em 2022, num esforço para ultrapassar o meu pessimismo essencial, é que esse pesadelo termine. Que as rainhas de Copas voltem a ser apenas cartas de baralhos descartáveis de um sonho curioso e finito, tal como no clássico de Lewis Carroll. Que, assim como Alice, possamos conservar, em nossos anos maduros, o coração simples e amoroso de nossa infância.

Eu quero ser Alice. Eu amo Alice. Eu tenho Alice no meu coração arrítmico.

PS: a editora Topbooks lançou Me Odeie pelos Motivos Certos, em versão impressa. Quem quiser adquirir o livro, com desconto, pode clicar neste link. Obrigado aos que já compraram e agradeço antecipadamente aos que vierem a comprar.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Seus textos me lavam a alma.Tem tanta clareza de fatos, sinceridade e desalento, que o meu alento, é saber que muitos o lêem e acabam por enxergar a política como ela é, de forma nua e crua, exatamente como você a descreve, com precisão. Nietzsche disse que existem muitas verdades, e por isso mesmo não existe verdade alguma.Fica difícil concordar com isso quando a realidade não é subjetiva, e sim factual. Você tem a lucidez para descrevê-la de forma poética Mário, essa nossa triste realidade .

  2. Hoje é 7 de janeiro, vim babando aqui pra ler a nova coluna do ano e dei com os burros n'agua! Não faça mais isso com essa pobre brasileira que não aguenta mais o sofrimento.

  3. Que artigo magnífico ! Adorei ! Descreveu exatamente como é e como se encontra o Brasil. Parabéns Mário ! Também sou pessimista, mas desejo que 2022 seja mais leve para todos nós !

  4. Também aumento a lista dos pessimistas. Sem perspectivas para o futuro. O que nos leva a pedir que a Divina providencia resolva esse problema para nós. Já estou pagando promessa pra ver se meu pedido é atendido.

  5. Excelente pessimismo! Um verdadeiro alerta. Eu também desejo que em 2022 acirdemos desse pesadelo do qual “padecemos 2019”. Um pesadelo que tem nome e lugar na cadeira. O botão ejetor estará à nossa frente, em 11 meses, disponível e alvissareiro. Bastará um clique!

  6. Otimismo é a regra quando não tem exceção! O que aconteceu com o turbilhão de corpos que se insurgiram debaixo da Terra, e tomaram frente do país? Essa é a carta na manga, o coringa, a força “descontrolada” das multidões, que não é possível deixar o barco andar de ré, muito menos ir em frente a uma onda estatal de controle e corrupção que já sabemos onde termina. A única opção, Moro mudar o rumo dos caminhos, e abrir nova trilha nessa mata selvagem de políticos canibais! Mas ele precisa do povo!

  7. O cenário ñ é dos melhores e parece que o Brasil está fadado ao fracasso econômico, social, cultural e moral.

  8. Boa tarde Mário! Que seu 2022 seja surpreendentemente positivo. Estou otimista igual o vidente que disse que o Brasil vai tomar um rumo bem melhor do que esse a partir de 2022. Viva a astrologia. Mário, o Brasil vai acordar 🙏 você vai ver. FELIZ ANO NOVO.

  9. Ainda não me conformo com esse BozoXLula. Bozo só existe porque PT lançou Haddad, sabendo que iria perder. Seria o único a perder de Bozo. Pq não apoiaram Ciro Gomes? E Bozo continua a existir pq a esquerda não se uniu para o impeachment. Óbvio! “Deixa sangrar” e ganamos de 7X1. Difícil até ser Poliana ou Alice.😢

  10. A 3A VIA tem a obrigatoriedade de trabalhar profundamente neste cemitério das idéias para conseguir ressuscitar este país chamado Brasil.

  11. A frase é atribuída a Tom Jobim , mas não há certeza sobre isso:" A única saída do Brasil é o aeroporto internacional". Não há esperança alguma. Nem com terceira, nem com quarta ou quinta via com esse Congresso medíocre que temos e que insistimos em votar. Sinto muito sobre os que pensam em esperança ou expectativas interessantes. Até o churrasco na Laje será com carcaça e pescoço de frango, mas continuará existindo. Somos passivos e os políticos sabem disso.

  12. Alguns estão tristes, outros doentes ; muitos famintos, sem esperança. Mas é indispensável reforçar a luta, para que a esperança se renove para todos que precisam de dias melhores. Feliz Natal,Brasil ! Acorde, para um Feliz Ano Novo.

  13. O Brasil, desde a República nunca teve um presidente competente e digno do cargo. O mais próximo, evidentemente com erros, foi FHC. O resto, lixos! No dia em que houver educação básica de qualidade e jornalismo independente a situação talvez mude, mas o conhecimento não interessa nem aos 3 Poderes, nem ao MP, nem ao funcionalismo de elite, nem aquela parte da iniciativa privada de porte que se vende a qualquer um, sindicalistas idem, e por aí vai. Brasileiro quando pensa, pensa apenas em si.

  14. Pessoal, especialmente Sabino, o articulista. Não façam o jogo da petralhada. Essas pesquisas que dão a Lula o fugaz sonho de voltar a reinar nesse Pindorama mal-acabado, são fruto da sacanagem, da bandalheira e do jogo fétido dos lulo-petistas tupiniquins. Elas foram “inventadas” com o estrito objetivo de desmoralizar os fatos. Lula nem tem coragem de sair às ruas, tamanho o ódio do povo contra sua pérfida presença. Bolsonaro está circunscrito à sua bolha internética. É isso..o resto virádepois

  15. Ainda há resquícios de esperança, de moralidade e de credibilidade: MORO, DELTAN, SANTOS CRUZ, EDUARDO LEITE, SIMONE TEBET, ALESSANDRO, MANDETTA. FELIZ NATAL E UM ANO NOVO COM SAÚDE!

  16. Estou iniciando meu processo de conformação. De que o brasileiro merece o que tem, já que seus representantes são espelho da sociedade. Pensa no curto prazo e condena o futuro de seus filhos e netos a ser eternamente um país alijado do mundo desenvolvido. Triste, mas não sei se deveria sentir pena.

  17. Neste país não se prevê nem o passado, o presente é duvidoso, como se pode prever o futuro? Só sustos são previstos, como as pirotecnias do presidente Bolsonaro. O retorno de Lula presidente, é um pesadelo. Jamais pensei nessa hipóteses. Hoje, me causa desgosto. Nem Bolsonaro e nem Lula seria um belo sonho.

  18. Viver 2022 com a esperança de que em 2023 retomaremos um país para reconstruirmos com Sergio Moro, Deltan, Santos Cruz e outros decentes.

  19. A esperança deve prevalecer para que o desespero não tome conta dos nossos corações! Pelo menos 2021 será o último do obscurantismo e da ignorância! Feliz Ano Novo para o Brasil!

  20. Parabéns pelo seus textos, sempre refletindo de forma clara e objetiva a realidade nua e crua a que estão submetidos os brasileiros. Disso tudo, que vivenciamos na podridão política e nos vermes morais em 2021, fica o jornalismo integro de Crusoé: um oásis em um deserto de altruísmo em que se tornou a grande mídia brasileira.

  21. Mário, boas festas! Compartilho com você o pessimismo. Votarei e farei campanha por Sérgio Moro, mesmo sabendo da improbabilidade de sua eleição. E se for eleito, há oo maldito centrao, STF, tiros de ambos os lados, e covenhamos, um povo passivo, omisso e incapaz. Já comprei seu livro! Estou adorando!

  22. (... e não está dito que os eleitores abrirão os olhos para escolher um candidato que tente quebrar o círculo vicioso a que fomos condenados nas instâncias superiores. A esperança de boa parte dos brasileiros limita-se a poder fazer churrasco na laje, beber cerveja barata e ter um Chevette a ser ainda mais usado nos fins de semana.) Mario, é neste trecho do seu texto, reproduzido acima, que está o cerne da questão. Precisamos entender que o Eleitor Brasileiro não é algo unitário, (continua)

    1. (continuação) Precisamos entender que o Eleitor Brasileiro não é algo unitário, monolítico como é tratado por quase todos e até pela legislação eleitoral. Uma parte destes pode responder positivamente à dúvida do primeiro parágrafo do trecho. Mas outra parte, que é descrita no segundo parágrafo, não esta nem aí para as eleições. E a solução, me parece que está no voto Não Obrigatório, ou seja: Enquanto uns votam outros fazem churrasco na laje ou na Área Gourmet.

  23. Mario, foi um prazer ler suas colunas e ouvir seus comentários no Papo Antagonista ao longo do ano! Foi uma descoberta encantadora embalada no pacote A+! Q o próximo ano, apesar do seu otimismo bem informado, seja muito melhor, + saudável e humano do q esse q, desde q me entendo como pessoa, foi o + difícil de todos! Obrigada por, tb, ajudar a ampliar meus horizontes, ver coisas triviais de outra forma e conhecer detalhes de lugares q ñ visitei! Feliz Natal e ano novo p o sr e todos os seus!

  24. Mário, fomos colegas de berçário… Eu nasci no dia 07/04/1962. Você não mudou muito, era careca, com carinha de intelectual e resmungão. A enfermeira do berçário lia Alice no País das Maravilhas para os recém-nascidos todas as noites. Você era o bebê mais atento e fazia a enfermeira reler, reler e reler até você adormecer. Mário, eu acredito que a Rainha de ♥️voltará a ser o que sempre foi. Nosso sonho se tornará realidade. Feliz 2022!!!

  25. Comentário simples, certeiro e sem edulcorar uma visão de um País que parece que ainda não acordou. Parabéns meu caro MÁRIO pelos vigorosos artigos que sem sombra de dúvida, elevam-no ao panteão dos grandes jornalistas brasileiros que forçosamente nos fazem refletir e muito! José Roberto R. Fully.

  26. Mário, entendo seu desalento! Todos estamos um assim, mas vou tentar renovar minha fé e esperança de dias menos sombrios! Descanse e volte com as forças, no mínimo, equilibradas, vamos necessitar muita resiliência, o próximo ano será ainda mais difícil do que este, que felizmente, está terminando! Não há mal que dure 100 anos.. #moro2022 será nossa Alice.. sonhar não custa nada! Feliz Natal e próspero ano novo!

  27. corretíssimo Mário o pais jaz em lama e lixo acumulado desde 1988 quando promulgaram uma constituição louca pôdre que só enpoderou criminosos e submeteu a nação .. com este aborto temos um rumo sim .. o lixo onde nações fortes rucas exequilibradas como Argentina e Venuzuela já chegaram e onde temos todas as chances de chegar em 2023 . uma nação ignorante omissa e submissa será algoz de si mesma . e nada mais pode ser feito . rezem por si mesmos.

  28. Suas palavras representam bem o que muitos brasileiros pensam. O sentimento de impotência é grande. Me pergunto como ajudar a mudar tudo isso? No curto prazo não vejo saída. Espero que Moro tenha a força e a Inteligência necessárias para enfrentar esse momento tão dramático que vivemos. Terra arrasada. Feliz Natal e obrigada por lutarem ai no Antagonista

  29. Enquanto houver vida há esperança. É mais um clichê que podemos usar pra manter a esperança de dias melhores, sem Lula nem Bolsonaro. Força Moro!!

  30. Anos difíceis foram sobrepujados por anos ruins, que podem ser sobrepujados por anos péssimos adiante, pois se Lula for eleito, nem mais o direito de criticar teremos, pois só sobrarão veículos e instituições a serviço dos criminosos da outra facção, sai o governo do miliciano e entrará o governo dos Ortegas. Que Deus nos ajude! Feliz Natal!

  31. Mario, A minha Alice dorme com as impossibilidades de seu mundo, sonha com a maluca realidade que deseja e teima em acordar com o coração esperançoso. Obrigada por mais um ano e que o próximo termine com otimismo e amor. Nunca deixe de amar Alice.

  32. Vontade de chorar... temos que acreditar (mesmo sem motivos) que algo bom possa acontecer no próximo ano, se não deixa de valer a pena estar vivo. Feliz Natal e um ótimo ano novo Mário, para você e seus leitores!

  33. Sou grata a pessoas q ñ desistem. Com ou sem doses de otimismo, vcs fazem um trabalho fantástico e necessário. Obrigada por seus textos e que as coisas melhorem, se ñ por juizo, q parece improvável, que seja por sorte.

  34. Muito obrigado pelos textos maravilhosos deste ano. Muito obrigado por ter recebido nosso candidato Moro ontem. Como Diogo, sou um otimista incorrigível e 2022 será o ano de nossa redenção. Feliz Natal!

  35. Mário Sabino tem o dom de escrever e nos inspirar mesmo descrevendo com perfeição a nossa triste realidade neste país do futuro inatingível.

    1. Parabéns Mário! Você é certeiro. Vamos continuar lutando contra esses hipocritas e bandidos do colarinho branco

  36. Feliz Natal Mário...não consigo ser otimista...não consigo acreditar que os brasileiros irão melhorar...#OFuturoDoBrasilDependeDeNós e milhões estão dispostos a não fazerem a coisa certa...a escolherem bandidos para governar o país.

    1. O horizonte de um brasileiro é mesmo aquele que ele vê da laje, com churrasco frio (de gato) e cerveja quente. E o Chevette parado, a gasolina tá muito cara. Aí ele olha o Lula, e esperançoso como é, lá vai o brasileiro atrás da mentirada dele. Não tem jeito isso aqui. Já é tarde, é tarde, é-tarde-é-muito-tarde!

Mais notícias
Assine 50% off
TOPO