MarioSabino

A novela do PT está no ar desde 2005

17.12.21

No dia em que escrevo este artigo, meu filho caçula faz 16 anos, e desde o seu nascimento a minha vida pessoal nunca mais foi a mesma, como é natural. Há 16 anos, a revista na qual eu trabalhava destampou o escândalo do mensalão, e a minha vida profissional nunca mais foi a mesma, como é antinatural.

Filhos são sempre fonte de alegria, preocupação e alguma irritação, inclusive quando atingem a idade adulta, caso do meu primogênito, hoje com 28 anos, que vai muito bem, obrigado, na Austrália. Escândalos de corrupção governamental, para um jornalista político, deveriam significar apenas mais um trabalho marcado pela efemeridade, mesmo quando são gigantescos. E, no entanto, isso não aconteceu com o escândalo do PT.

O meu filho cresceu, está feliz porque tirou o aparelho dental e, se o seu plano permanecer firme, quer ser roteirista de séries de TV e cinema. O mocinho sonha alto: pretende conquistar um lugar ao sol nos Estados Unidos e até escreveu três episódios de uma série, em inglês. Intrépido, enviou o que escreveu para uma grande produtora americana, dizendo que tinha 15 anos, era brasileiro, mas que o problema no Brasil é que só se produzia novela, praticamente, e ele odeia novela. Como americanos respondem a todas as mensagens, o rapazinho foi informado de que a produtora só trabalhava com roteiros sob encomenda. “Recebi o meu primeiro não, pai!”, disse ele, todo orgulhoso.

Enquanto o meu filho agora com 16 anos está às voltas com roteiros e doido para sair da escola que o obriga a estudar Química e Biologia (“esse tipo de escola é uma coisa ultrapassada, pai”), eu continuo às voltas com um novelão interminável, protagonizado por atores vagabundos e com uma trama na qual os vilões têm vencido nos capítulos decisivos, fazendo do Brasil um país ultrapassado em quase todos os campos. Eu e outros jornalistas tentamos mudar o roteiro, dentro dos nossos limites, mas recebemos sucessivos nãos, e nenhum deles é motivo de orgulho nem para nós nem para ninguém que tenha o mínimo de decência.

Os escândalos protagonizados pelo PT e os seus cúmplices, inclusive aqueles que se colocaram como opositores para enganar o indistinto público, constituem uma única novela repetitiva e, portanto, enfadonha. As designações mudam — mensalão, aloprados, petrolão, mensagens roubadas —, mas o folhetim é sempre o mesmo, com idêntico final infeliz. E, além de ser protagonizada por atores vagabundos, o texto da novela tem um português péssimo.

Nesta semana, Lula tentou limpar a imundície do mensalão, afirmando que os bilhões do orçamento secreto de Jair Bolsonaro é que são corrupção de verdade — como se a compra de parlamentares pelo PT não tivesse aberto o caminho para a compra de parlamentares por Jair Bolsonaro. Relativizar os próprios crimes é um das falas constantes desse elenco de quinta categoria. Negar o que disse alto e bom som também faz parte do arsenal dos canastrões. O exemplo mais recente também data desta semana. Alvo, juntamente com o irmão Cid Gomes (aquele democrata da retroescavadeira), de uma operação da PF que investiga corrupção na construção do estádio Castelão, em Fortaleza, o pedetista Ciro Gomes disse que se tratava de uma ação política da Polícia Federal aparelhada por Jair Bolsonaro e acusou o presidente da República de ser ladrão, assim como os seus filhos. Ele já vinha acusando Lula de ladroagem, igualmente, com quem disputa a preferência dos eleitores de esquerda. Ciro Gomes afirmou, num dos seus arroubos calculados: “Vão me insultar, vão me agredir. Mas a intenção é exatamente essa: me abater para que eu seja moderado, para que eu não continue atacando aqueles ladrões e assaltantes da vida pública brasileira, como é o Bolsonaro e como foi o Lula”.

Depois que o chefão petista lhe deu uma piscadela, condenando a operação da PF, Ciro Gomes negou que tenha chamado Lula de ladrão: “Agradeço o gesto democrático do presidente Lula em denunciar isso que eu sofri. A violência que aconteceu contra mim é para me calar, e eu apenas disse que vou continuar dizendo o que penso. Eu não acho que o Lula seja um ladrão, eu nunca disse isso”. Como explicar essa mentira? É porque o chefão petista aproveitou a oportunidade para dar uma porta de saída a Ciro Gomes e faturar com isso. Como o pedetista não tem chance de fazer decolar a sua candidatura ao Palácio do Planalto, e o seu partido quer que ele desista, para não gastar dinheiro do fundo eleitoral à toa, o ainda candidato poderá aderir a Lula sem vergonha, afirmando que passará a integrar uma “frente democrática” contra um presidente autoritário que quer transformar o Brasil numa ditadura militar e do qual ele, Ciro Gomes, foi vítima com a operação da PF. Esse script da “frente democrática” já está previsto para Geraldo Alckmin, aquele que, como o pedetista, acusava Lula de ser corrupto. Trata-se de uma reviravolta na história que surpreende apenas quem não acompanha de perto o novelão insuportável que está no ar desde 2005.

Meu filho caçula tem razão: o Brasil só produz novela, e eu também odeio novela.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Mário, amigo. Ouvi sua conversa no Papo Antagonista sobre seu uso de sinvastatina. Recomendo a leitura de Conspiração Amarga publicada pela Piauí há alguns anos, refutando teses da dita Ciência Médica que você tanto menciona e admira.

  2. Coluna retroativamente relevante tendo em vista o jantarzinho dos advogados do PT e o deboche ridículo e degradante presenciado ali. Toda a sorte do mundo para o seu filho, ele merece mais do que o Brasil.

  3. É Mário, este país consegue produzir o que há de pior semeado nessa terra! São as sementes ruins que se proliferam, as boas, vão dar seus melhores frutos em outros lugares... E aqui, continuará a mediocridade instalada impedindo de que a produção local evolua para melhor, mesmo com os esforços da "Embrapa"... Continuaremos a consumir mais do FEBEAPA...

  4. filmes, séries, novelas dependem dos roteiristas que precisam dosar os heróis e vilões para criar emocção a ponto de prender nossa atenção com as surpresas do roteiro desconhecido. na época da lava jato, eu acompanhava a trama pois pela primeira vez os mocinhos estavam conseguindo dar uma reviravolta nos bandidos. atualmente o roteiro está sem graça pois os mocinhos não conseguem vencer as artimanhas dos vilões. a minha esperança agora é a eleição como a última revirada no enredo que não tem fim

  5. E onde está a surpresa. Desde o começo Ciro sabe que não tem chance. A candidatura é somente um alo para os candidatos, tipo " estou aqui e vou ajudar a quem pagar mais." E assim caminha a nossa nojenta politica.

  6. Sabino, acho que devemos focar na inépcia do PT enquanto administrador do país. Há bilhões de reais jogados fora nas refinarias do Rio de Janeiro e Pernambuco, ferrovias inacabadas, transposição do São Francisco que não andou, as obras da Copa e Olimpíadas que não saíram do papel e a manipulação das estatísticas. E a tragédia do processo educacional petista que esqueceu do ensino fundamental. É muito marketing!

  7. Sabino, seu texto maravilhoso, brilhante e, infelizmente, triste, me fez lembrar uma frase de Millôr Fernandes: "Retifico tudo o que disse, ratifico tudo o que calei". É lamentável ver como os nossos políticos "honestos" e "coerenteS" duvidam de nossa capacidade intelectual, fazendo esforços grotescos para apagar a nossa memória. #MORO2022

  8. A Inexpugnável Muralha da corrupção, duas 10 vezes mais alta que a Muralha da China da pra ver de Marte a olho nu, da Lua voce consegue ver todos os personagens dando flexada, jogando pedra e oleo quente na população ou quem ousar escalar as muralhas para invadir o paraíso nababesco da corrupção. Se prepara Sergio Moro talvez seja a ultima batalha na tentativa de derrubar esta muralha depois desta é pegar um avião e ir pra bem longe, talvez o Afeganistão não seja tão ruim assim.

  9. Diz o ditado que o Brasil não é para amadores. É verdade, pois essas terras tropicais não são para nós, reles amadores que apenas sobrevivemos com o que nos sobra depois de sermos tungados pelo governo com cinco meses do nosso trabalho. O Brasil não é para amadores; é para os políticos bandidos que infestam o Planalto compondo um mundo totalmente inacessível para nós, os reles amadores. Assim sempre foi, assim sempre será. Quem não se conformar, que providencie sua mudança para Passárgada.

  10. Quem tem um mínimo de decência vive angustiado no Brasil. Não é possível que pessoas que se consideram com consciência política votem em políticos corruptos.

  11. O mais triste é que vamos continuar assim porque a nossa educação é péssima. As pessoas votam baseadas nas mais diversas ignorâncias: religião, fanatismo, partidarismo, ou burrice pura e simples. Os brasileiros gostam de ser roubados e isto só muda com boas escolas, com o conhecimento. MS

  12. Mario, esta novela é simplesmente asquerosa. Se eu fosse mais moça caía fora deste Brasil , o país do eterno futuro . Ainda bem que meus filhos moram fora daqui e nem pretendem voltar. Um ótimo Natal para você e que em 2022 continue nos presenteando cm estes textos maravilhosos. Obrigada

  13. Quanto mais trocam acusações, mais nossos representantes políticos se assemelham ao personagem de Sartre que, chegando ao inferno, na peça "Entre Quatro Paredes", se defende afirmando que "o inferno são os outros". A frase embute metáfora sobre a tendência do ser humano de atribuir a outrem a causa de suas próprias vicissitudes. No fundo, nossos representantes refletem um traço de conduta dos próprios representados, propensos a achar que as mazelas brasileiras nunca decorrem de nós mesmos.

  14. Acho que a Imprensa devia adotar um adjetivo fixo, sempre que se referisse a determinados personagens. Por exemplo: Lulla (ladrão), Bollsonaro (mau caráter), etc ...

  15. c. O Brasil é um país de bandidos há séculos, mas piorou muito depois da "redemocratização". FHC, Lula e JMB são expressões do que há de pior no Brasil: a corrupção ilimitada.

  16. O chefe da quadrilha voltou à ativa e os quadrilheiros estão mobilizados, compete anós o sepultamento definitivo desse zumbi que tanto desgraçou o país.

  17. Nunca me senti tão velho, acho que meus 7.5 estão pesando muito na minha cacunda. O Mario me alenta com suas colunas e aparições diárias. O Diogo dá a estocada final! Viva Crusoé !!

    1. Armando, de mamando a caducando. A estrada fica longo quando só há deserto.

    2. Armando, também sou septuagenário e também faço minhas sua palavras Mario, Diogo e outros colunistas fazem da Crusoé uma leitura necessária. Mostram as tensões existentes, apresentam sugestões e, às vezes, fazem galhofa ao mostrar o ridículo da nossa gente política, certamente a classe mais degastada entre nós.

  18. Novela Bufa. O termo parece em desuso, já nossas práticas políticas novelescas permanecem as mesmas. Deram certo!!! (Ou errado, conforme o lado em que se está). Que país triste.

  19. A unica bazuca que conseguiu abater o tanque do PT, foi municiada pelo Dalagnol, com Moro no gatilho. Ambos estão fora da artilharia, e estão tentando comandar o batalhão de resgate. Só irão conseguir se unificarem a estratégia e atingirem o alvo central. Cada um atirando para um lado pode ferir, mas não vai matar a eleição. Tem que fazer uma simples pergunta a cada eleitor. "Se você ganhar a mega sena e precisar contratar um gestor para sua nova fortuna, quem dos candidatos contrataria"?

    1. o que vocês recusam a ver é que Moro e Dalagnol foram heróis nacionais mas abatidos em pleno vôo por quem? pela corte tentáculo de quem? Dalagnol busca e precisa a proteção do povo com um mandato que lhe será dado por justo mas Moro ousa mais e quer punir o ladrão hoje seu algoz nas urnas e isto seria o golpe final fatal que livraria a nação de um criminoso cínico canalha ousado capaz de tudo . tolos não enxergam que no caso Moro destrói Lula ou o ladrão destrói Moro no momento o mais provável.

  20. Me lembro de uma gravação de conversas de petistas, onde foi discutido tornar a Lava Jato uma questão política. Isso bem antes do Gilmar Mendes buscar resolver às coisas para o ex-presidiário Lula, pois segundo o Bolsonaro, GM é "aquele que resolve às coisas". Mas inevitavelmente o caso do Lula iria virar um caso político, pois o STF é uma CORTE POLÍTICA. A política nos enoja e magistrados políticos nos enojam ainda mais. Moro Presidente 🇧🇷

    1. O STF não é apenas uma Corte politica. É um balcão de negócios que vem propiciando fortunas para seus membros. Nenhum ministro do STF resiste ao COAF. Seria o meio mais rápido para defenestrar estes bandidos de toga que desmoralizam a Justiça brasileira e, por conseguinte fazem do Brasil este pântano de corrupção. Sem sombra de dúvida, é a pior corte suprema (em minúsculas a propósito) que o Brasil já teve, ao longo de toda sua História!

  21. Mario,nosso Brasilzão não tem jeito.O negócio é fazer como seu filho mais velho se mandar pra Austrália.Adoro seus escritos...

  22. Meu filho estava estudando na China e voltou em férias antes da pandemia. Não consegue mais voltar prá lá. Está em deprimido e tomando remédios. Não aguenta mais ouvir falar desta imundice que é o famigerado Bolsonaro e Lula e a sujeira que é o STF da segunda turma livrando os ladrões da cadeia.

  23. Nessa novela ruim que é o Brasil, o perigo é aparecer uma Janete Clair que faça igual a ela fez na novela Anastácia, em 1967, 68, sei lá: invente um terremoto e recomece tudo com só 6 ou 7 personagens.

    1. ei cara acorde de repente você pode ter dado a,solução para,está esculhambação .. caso a pensar sim mas quem fuzilaria as centenas de ladrões excluídos? Guevara tá morto . vamos importar um argentino macho?

  24. Mário, hoje o seu texto está ótimo. Mas já fui seu leitor. Desisto no segundo, terceiro parágrafo, quando vc não vai ao cerne do que quer dizer. Falar de amigos de Paris, de experiências familiares não conta. Vc escreve muito bem. Vá direto ao tema, por favor.

  25. Que lindo o seu filho! E que corajoso! Que realize o seu sonho!!! As novelas aki são chatas mesmo (tanto as da tv quanto as do noticiário), mas acho q elas começaram antes de 2005, começaram em 1998! Só q eu comecei a compreender um pouco melhor o enredo esse ano (porque o A+ é tão viciante qto alguns jogos de celular (😬), minha opinião é irrelevante e baseada + na aflição dos meus pais naquela época do que em fatos. Em 2005 tornou-se uma chanchada ridícula, grotesca q, tomara, esteja acabando!

  26. Impressionante como o corruPTo LuLadrão tem instinto , sente o cheiro de sangue...mas ele tem forca com a "velha politica"... Moro representa uma nova geração que tem muitos anos pela frente, eh o que vai fazer a diferença !!! Moro 2022

  27. Parece novela da Gloria Magadan, em que os personagens mudavam de comportamento de um capítulo para outro. O PT - aquele partido contrário à corrupção; Lula, que criticava compra de votos antes de usar o Bolsa Família para o mesmo fim; Alckmin que era acusado de "leviano" pelo futuro parceiro de chapa; Ciro Gomes, que "nunca" acusou Lula de ser corrupto; Bolsonaro, eleito defendendo a Lava Jato e acusando o Centrão de só ter ladrão... Realmente um enredo inverossímil..

  28. Mário, estou cansada, desanimada. Está filme de quinta categoria, que não tem fim que é o Brasil, me estressa muito. Acompanho O antagonista, mas às vezes é duro ler e saber o que há de podre nessa novela sem fim. Parabéns aos seus filhos. Ah, odeio novela e filmes brasileiros. Mal feitos, repetitivos, debiloide e sem graça.

  29. uma voz digna no deserto de tanta esquizofrenia fanatismo ódio e insensatez . como entender que um povo sofrido vítima de um ladrão acusado de torturar e assassinar companheiros se deixem enganar de forma tão estúpida a suicidar de dois em dois anos em urnas questionadas . deixamos de ser BRASILEIROS para ser BrasiliÂNUS ridículos já tutelados por uma ditadura togada a estuprar uma nação indolente omissa submissa acovardada à sanha de seus déspotas de cinquenta longos anos . viva a Nova Cuba !!!

  30. A Orcrim se reorganiza, divide cargos para obter ganhos maiores. O problema do bananão é que a bandidagem ganha em número dos honestos. Aqui, a maioria é vaghabundo e bandido. Não tem ser honesto que dê conta. Na Itália a máfia venceu, pq todo mundo 'beija' a mão dos mafiosos. Beiçola que o diga! Sobre o ciro, deveriam investigar a transposição do rio São Francisco, pois ele foi o mentor e executor da 'obra'.

  31. Em 2022 SÉRGIO MORO “PRESIDENTE LAVA JATO PURO SANGUE!” O Brasil finalmente terá Um Governo Fundado no “IMPÉRIO DA LEI!” Não seremos LUDIBRIADOS com o “Velho Truque de MELHORAS na ECONOMIA!” Triunfaremos! Sir Claiton

  32. Eu estou com um ódio de tudo isso. Desde criança eu escuto falar no Lula, que encosto. Ver gente que sabe ler e escrever falar que vota no Lula por causa do Alckmin, dá vontade de dar o troféu “orelha de burro” para pessoa. Espero que um milagre mude o rumo dessa eleição, nemLula nem Bolsonaro, o país não aguenta mais.

  33. Dependendo da produção e do elenco, até novela pode ser boa (não que eu goste). O Brasil tá longe disso. É uma chanchada bem fuleira e revoltante.

  34. Não assisto a nada do gênero há mais de vinte anos, quando, finalmente, entendi que estava desperdiçando um tempo precioso. A sensação é de liberdade.

  35. Não suporto nenhuma das novelas... mas a de Lula é interminável... boa sorte e uma boa dose de persistência e paciência ao seu roteirista, Sabino!

  36. O Brasil é para os embrutecidos, para os que têm casca de barata. O país retornou ao tempo das cavernas, de tão estúpidos e sem escrúpulos que os políticos são, e ainda contando com o apoio dos dito cujos "defensores" da justiça e da democracia. Isso não é novela, é um enredo arbitrário e cruel do qual o povo honesto está refém, e permanece submisso, há décadas. Essa malha de "atores" canalhas se estende até o Brasil mais profundo, e não há personagem capaz de tirar o país desse lixo.

  37. Ainda fico com o Astrólogo que disse que Lula não iria concorrer porque ficaria muito doente antes das eleições!!! Não que deseje o mau de alguém. Longe de mim. Mas pelo menos é uma esperança de um mal menor para o Brasil!! A se ver e a se esperar!! E Mário, boa sorte para o seu filho!!!

    1. Desejo sempre o mal a quem não presta. O problema é que nem o capiroto quer o energúmeno para não lhe fazer concorrência no inferno. 👹

  38. Parabéns pela coluna, Mário. Excelente como sempre. Confesso que ao ver o resultado da pesquisa datafolha divulgada esta semana perdi todas as esperanças. Aonde iremos parar?

    1. Bom dia! Cuidado com pesquisas eleitorais; o objetivo principal delas é criar o desânimo em candidatos e seu defensores prematuramente e limpar o caminho dos protegidos. Devem ser olhadas e avaliadas com muito cuidado.

Mais notícias
Assine 50% off
TOPO