Geraldo Magela/Agência SenadoCandidato à reeleição, o senador Eunício Oliveira encabeça o ranking de políticos investigados e multimilionários

Os 285 milhões de reais da turma da Lava Jato

Os investigados da maior operação da história do país seguem ricos e, com o beneplácito da Justiça Eleitoral, nem precisaram detalhar o patrimônio declarado para a campanha deste ano
24.08.18

Eles estão mais ricos e em poucos dias surgirão na televisão e no rádio pedindo humildemente o seu voto. Apesar do terremoto político causado pela Lava Jato, os investigados pela maior operação de combate à corrupção no país seguem bem, obrigado. Crusoé levantou os patrimônios declarados à Justiça Eleitoral por 60 políticos investigados pela Lava Jato, nesta campanha e na anterior. Resultado: a turma enriqueceu 50,8 milhões de reais desde 2014 e acumula hoje 285,4 milhões de reais em bens. Dá uma média de 4,75 milhões de reais para cada candidato investigado pela operação.

Esta corrida eleitoral tem ainda um novo fator, graças ao Tribunal Superior Eleitoral, o TSE. As declarações de patrimônio de candidatos estão mais genéricas e, por tabela, mais obscuras. É impossível saber mais detalhes financeiros da turma da Lava Jato, bem como dos outros 27 mil candidatos em todo o país. A Justiça Eleitoral dificultou acesso a informações básicas sobre os bens. Uma Ferrari que antes tinha de ser declarada como tal agora pode ser listada simplesmente como “veículo automotor”, assim como uma bicicleta elétrica.

Entre os que mais enriqueceram de uma eleição para outra, o líder é Ciro Nogueira, presidente do PP e candidato à reeleição no Senado pelo Piauí. Quando foi eleito pela primeira vez, em 2010, ele tinha 1,9 milhão de reais em bens. A carreira de senador foi próspera: houve um salto de 1.226% no patrimônio que chegando atualmente a 23,3 milhões. Declarados. Ele, por exemplo, tem carros de 100 mil reais e de 200 mil reais. Não é possível saber nada mais sobre os tais “veículos automotores” Em 2010, ele tinha declarado apenas uma Mercedes 97. O emedebista Jader Barbalho, que tenta ser reeleito senador pelo Pará, tem 13,1 milhões de reais em patrimônio. Trata-se de um crescimento de 8,6 milhões desde 2010, quando disputou a última eleição e conseguiu mandato de oito anos no Senado. Em terceiro lugar entre os que enriqueceram, está a principal estrela da Lava Jato: o ex-presidente Lula, preso em Curitiba e que tenta, a todo custo, embolar a eleição como candidato, para então emplacar o petista Fernando Haddad.

A última declaração de bens de Lula ao TSE data de 2006, quando foi reeleito ao Palácio do Planalto. Ele declarou ter 839 mil reais. Em 2018, ao registrar a candidatura mesmo preso e condenado em segunda instância, inelegível pela Ficha Limpa, a cifra saltou para perto de 8 milhões de reais — um acréscimo de 7,1 milhões. A principal diferença foi a inclusão de 6,3 milhões de reais de um plano de previdência privada. As aplicações financeiras do petista no Banco do Brasil cresceram nove vezes: saltaram de 27 mil para 244 mil reais. Ele declarou ter seis imóveis em São Bernardo do Campo, dois a mais do que na última eleição em que concorreu.

No ranking dos investigados, o mais rico é o senador Eunício Oliveira, do MDB do Ceará. Ele é presidente do Senado e quer mais oito anos de parlamento. O patrimônio declarado é de 89,2 milhões de reais. O número é robusto, mas a descrição não poderia ser mais genérica. “Terra nua” é um dos itens do que ele declarou, sem entrar em detalhes. Pode significar uma modesta horta ou um massivo latifúndio. Ninguém sabe. Ele informou ter 103 “terras nuas”. Também não descreveu os automóveis que possui: tascou 320 mil reais para “veículo automotor terrestre: caminhão, automóvel, moto, etc”.

O patrimônio de Eunício é exemplar de como existem brechas nas declarações. Muitos políticos usam pessoas jurídicas para comprar bens. A manobra encontra amparo na lei, traz até benefícios fiscais, mas cria mais uma camada para dificultar o mapeamento de patrimônio. Como Crusoé revelou, Eunício tem, sob o registro de uma de suas empresas, um apartamento de 13 milhões de reais em Miami. Agora, com o modelo genérico do TSE, não é possível nem identificar o nome da pessoa jurídica que ele criou.

Depois de Eunício, os mais abastados são Ciro Nogueira, com os já citados 23,3 milhões de reais, e o ex-presidente Fernando Collor, com 20,6 milhões de reais. Eunício é investigado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. É acusado de receber 2 milhões de reais da Odebrecht, para beneficiar a empreiteira no Congresso, e de ganhar 5 milhões de reais da Hypermarcas em contratos de fachada. Ciro Nogueira foi denunciado por obstrução de Justiça, sob acusação de ter ordenado uma ameaça de morte a uma testemunha da Lava Jato. Já Collor, que busca voltar a ser governador de Alagoas, é réu por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e organização criminosa, acusado de receber 30 milhões de reais em negócios da BR Distribuidora.

A decisão de ocultar detalhes e permitir as “103 terras nuas” de Eunício e classificações que tais veio no apagar das luzes da presidência de Luiz Fux no TSE. Um grupo técnico, envolvendo o tribunal e instâncias regionais, estabeleceu as regras para este ano, acatando sugestões de políticos, que fizeram chegar a reclamação de que se sentiam expostos. Sim, expostos, veja só. O resultado é um retrocesso sem precedentes.

Para evitar “exposição”, o endereço dos bens e detalhes de operações financeiras também ficaram de fora. A nova presidente do TSE, ministra Rosa Weber, reviu a medida. Mas tudo segue como está: a corte apenas sugeriu que os postulantes especifiquem seus bens — ficou longe de ser obrigação. É claro que os alvos da Justiça declinarão da sugestão. E, assim, está livre a avenida para os investigados pedirem seu voto sem prestar maiores satisfações. A turma da Lava Jato agradece a vista grossa do TSE.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Assim caminha o Brasil imoral! Lastimável o aparelhamento institucional, contra os interesses coletivos. A continuar nunca chegaremos ao Brasil sonhado. O sonho de "Ordem e Progresso" permanecerá adormecido na tarja branca da nossa flâmula

  2. O TSE inexiste. É somente uma confraria entre togados com bandeiras partidárias e políticos imundos de colarinhos brancos. O TSE é coerente em seus princípios, já que deixou de tê-los, a partir do momento que não cassou a chapa Dilma-Temer por "excesso de provas". Não me surpreende mais.

  3. A turma do TSE só nos decepciona, a cada fato esclarecido. Muito triste!! Será que em algum momento vamos ver isto mudar?? Será que o Bolsonaro consegue alterar isto??

  4. A roubalheira está abaixo dos nossos olhos. A única esperança para o Brasil é o voto certeiro. Temos que trucidar esses vagabundos do poder e só votando em quem apoia a Lava Jato teremos mais chances de realizar.

  5. é por essas e outras que todo e qualquer projeto de aumento de salários, penduricalhos, mordomias e prebendas de nossos impolutos magistrados singra de vento em popa os turbulentos mares do legislativo como se fossem plácidos laguinhos...

  6. Para resolver estes problemas é só não votar neles. É só não ser cego,ou mudo. Os jornais, as revistas, a TV, os rádios e a Crusoé estão aí para nós informar. Quem votar neles será responsável pelo futuro da nossa nação.

  7. É muito complicado deixar algum comentário nesta revista, ou não sei como confirmar e enviar os comentarios que faço. Qual o campo que devemos clicar para enviar.

  8. Como um corrupto sem vergonha tão claro como esse senador do Ceará continua sendo reeleito assim a cada eleição? Povinho do inferno essa raça de brasileiro, hein... É de dar vergonha, pois esse povo ou é corrupto igual ou é imbecil mesmo...

  9. Essa corja de corruptos deveriam estar apodrecendo na cadeia a muito tempo. Infelizmente eles tem o Gilmar Mendes e cia no STF para defender seus interesses pessoais (criminosos). O povo está acordando de um sono profundo.

  10. Esses manés fazem isso porque as instituições são coniventes com a corja de corruptos! As instituições nesse país não funcionam! Isso aqui não é democracia!

  11. Esses canalhas que se autodenominam de "Políticos" planejam tudo antes das votações das leis para que, no futuro as leis que criaram sirvam direitinho para se beneficiarem, e, não bastante todos nós os cidadãos ainda arcam com o custo absurdo deles.

    1. Verdade. E isso é só o que sabemos, deve ter muito mais escondido debaixo do tapete.

  12. Esse é o principal motivo pra ser político no Brasil....enriquecer. Trabalhar eles não querem. Com pena de morte pra corrupção, não teríamos nem 100 loucos pra se candidatar

  13. Isso significa uma coisa: o TSE parece estar totalmente aparelhado pela quadrilha. Isso explica os resultados das pesquisas eleitorais que mostram a quadrilha com expressividade muito além da percebida nas ruas que servirão novamente para esquentar o resultado das urnas de tecnologia venezuelana. Tudo aparentemente protegido pelas togas do TSE. Só que não viraremos Venezuela, não. O povo vai reagir!

  14. Fica difícil desse jeito. Qualquer cidadão tem que se submeter à uma infinidade burocrática para provar a própria existência e posses. No planeta Brasília isso não existe, TS, STF e outros tantos no meio. Lamentável.

  15. Só uma lava jato no judiciário para mudar isto , é muito difícil lutar contra este poder com tantos befeciarios da corrupção , incluindo o judiciário .

  16. Chego a conclusão que o povo brasileiro é muito pequeno para a lava jato. Ela está mostrando os canalhas eleitos cujo povo elegerá novamente. Somos uns bostas!

    1. somos quase, mas se nos unirmos, aos poucos vamos informar os bostas a não jogarem fora seus votos......

  17. é muita estupidez para um pais como o nosso em que a maioria vive com 1.600,00 reais por mes, deixar politicos a maioria corrupto, milionarios, parece maldição

  18. Partindo-se da boa fé do Min. Fix, isso está no manual de como ponderações técnicas, quando não analisadas no conjunto, podem instrumentalizar enormes anacronismos e retrocessos. A dita ‘pressão política’ é sempre uma dica de que segundas intenções, menos nobres, pairam ‘holisticamente’ sobre a miopia bem intencionado. Por essas e outras da Justiça é que o quadro de renovação política não é dos mais alvissareiros para as eleições. E a cultura da leniência entra em seu círculo vicioso.

    1. De todo o modo, isso acaba não sendo relevante. O reajuste do Supremo está garantido.

  19. Somos um povo idiota, simples assim, esses sujeitos tem foro privilegiado e aparelhagem todo judiciário e nos "povão ignorante" que são a maioria, tratamos essa escumalha como incelencias!!!

  20. Graças a lava jato temos conhecimente podemos votar com esse critério e deixar que esses façam um acerto com a justiça perdendo o forum , infelizmente existem os analfabetos políticos é onde reina o eleitorado petista e os que não são justificam a bandidagem por ideologia a esquerda é corrupta em suas origens.PT Acabou com a oposição qdo comprou Políticos, empresários, imprensa...o resultado o crescimento do patrimônio de Muitos Bolsonaro deveria criar a lei do confisco, automático

  21. TSE, STF, Congresso, Executivo... são todos parte do problema: não adianta esperar que alguma dessas raposas vá tomar conta do galinheiro em nosso favor. Portanto, a limpa deve partir do voto: não reelejam ninguém desses velhacos. Renovação total!

  22. As manobras são aviltantes e descaradas. Usam os modelos empresariais na política. O que é pessoa física e jurídica (multijurídica por vezes) deveria compor com as rendas do núcleo familiar o céu abrrto a ser exposto. Quem se sentir mal com a exposição mude de profissão.

  23. Para essa gente ( se pode se chamar assim esses lixos) para esses corruptos comunistas miseráveis só digo uma coisa: lá adiante haverá " choro e ranger de dentes ".

    1. O choro e ranger de dentes e para a população, porque esses salafrários estarão bem obrigado. Vamos votar em Jair Bolsonaro para Presidente do Brasil. Os demais candidatos são farinha do mesmo saco podre dos ptralhas.

  24. A receita federal no Brasil só investiga classe média. Justiça eleitoral só investiga candidato desconhecido a vereador.

  25. Justiça Eleitoral e outras cortes ABSOLUTAMENTE LENIENTE COM OS CRIMINOSOS porque praticam crimes também , vendendo suas sentenças. Um país de ladrões !!! Por isso NÃO VOTAREI EM NENHUM CANDIDATO QUE JÁ TENHA MANDATO.

  26. Não há nenhuma dúvida de que todos fazem parte de uma grande confraria, organizada com dinheiro público e com dinheiro ilícito, quando não com ambos, que muitas vezes se confundem. Teremos, ainda, muito trabalho para desbaratar é apenar essa quadrilha

  27. O baluarte da ORCRIM e do lulopetismo fica intacto. Afora as relações espúrias e contratos duvidosos de terceirização com todos os poderes.O tesouro nacional é a grande teta onde todos mamam. Desde o governo Sarney, desde a tal constituição cidadã o Brasil não andou mais nenhum passo. Se tornou um país onde a minoria dirigente escraviza a maioria. Um país terceirizado. Trabalhamos para pagar impostos e ser roubado pelo sistema financeiro predador e espúrio.

    1. Falou por mim👏🏼👏🏼Felizmente deixei de viver no Brasil 😢 há 30 anos atrás. E inimaginável o que esses canalhas raposas fazem com o nosso País. O povo precisa de Educação, vejo um povo doutrinada por migalhas. 😢😢

  28. Diz-se que Alcapone só pôde ser pego por sonegação fiscal.... Por que a receita federal não autua por estas variações patrimoniais imensas? Por muito menos variação, o cidadão comum é autuado.

Mais notícias
Assine 50% off
TOPO

Notice: Undefined index: query in /var/www/crusoe/wp-content/themes/crusoe/functions.php on line 1469

Notice: Undefined index: query in /var/www/crusoe/wp-content/themes/crusoe/functions.php on line 1479

Notice: Undefined index: query in /var/www/crusoe/wp-content/themes/crusoe/functions.php on line 1469

Notice: Undefined index: query in /var/www/crusoe/wp-content/themes/crusoe/functions.php on line 1479