RuyGoiaba

Sr. Lula e Seus Dois Estepes

10.08.18

Nesta semana, o petismo nos brindou com uma adaptação de “Dona Flor e Seus Dois Maridos” (com muita sacanagem, mas num sentido diverso do de Jorge Amado). O partido que um dia achou Michel Temer um nome bacana para vice — não uma, mas duas vezes — agora escolheu um poste e um vice-poste para fingir que Lula é candidato, enquanto o TSE não acaba com a palhaçadinha.

Ainda não sabemos se a “chapa triplex” com Fernando Haddad e Manuela D’Ávila também será bancada ilegalmente por alguma empreiteira, mas é certo que seria eleita por aclamação se só o Beco do Batman e a praça Roosevelt votassem. Como o Brasil é um pouco maior, as redes sociais já inventaram outros nomes para o consórcio, como “chapa Luís 16” (perdeu a cabeça faz tempo), “chapa Vasco” (é vice na cabeça) e outros impublicáveis nesta revista de família.

“Sr. Lula e Seus Dois Estepes”, o filme, já nos rendeu momentos hilariantes, como Gleisi Hoffmann advertindo que Haddad está em “estágio probatório” –sugiro fazer um quiz sobre a vida e os milagres de São Lula e aplicar ao Prefeitão– e o próprio Haddad dizendo que Temer era um vice decorativo de Dilma Rousseff, apenas para desconversar quando indagado se Manuela também é decorativa.

Manuela, aliás, é o elemento de drama nessa história. Uma mulher tão empoderada, tão certa de que o risco desistir de sua candidatura era zero (disse isso no “Roda Viva”) e que lutou tanto “como uma garota” para acabar sendo vice-poste dos dois machos-adultos-brancos. A julgar pela foto que publicou no Twitter olhando embevecida para o Painho, Manuela fez as pazes com o patriarcado. Mas quem sabe estejamos enganados: Lula é mulher, negra e trans.

Bruno Rocha /Fotoarena/FolhapressNa Vila Madalena, os postes de Lula já estão eleitos (Bruno Rocha/Folhapress)

***

A GOIABICE DA SEMANA

Hoje o prêmio vai para o glorioso general Mourão, vice de Jair Bolsonaro, que está ligadaço nas últimas tendências da sociologia dos anos 20 — do século passado — e aludiu à “indolência” dos índios e à “malandragem” dos africanos. Mandou até um “nada contra índio, tenho até antepassados que são”. Alguém deveria perguntar se, caso eleito, o general passará o dia na rede do Jaburu.

Menção honrosa para jornalistas e colunistas que ouviram o general falar em “cadinho cultural”, no mesmo discurso, e entenderam CALDINHO. Claro: os alquimistas daquela música de Jorge Ben trazem consigo “caldinhos”. Deve ser para dar aquela sustança na incansável busca pela pedra filosofal.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

Só R$ 1,90* no primeiro mês

Edição nova toda Sexta-Feira. Leia com Exclusividade!

Assine a Crusoé

*depois, 11 x R$ 14,90

Deixar para mais tarde

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Quanto mal fizeram a política e principalmente o PT ao Brasil. As pessoas que se auto intitulam cultas desaprenderam ouvir o que é sério e que foge do velho jargão político... por exemplo, esse Sr Goiaba zomba do General Mourão por ele falar totalmente fora do famigerado "politicamente correto"...meus parabéns ao General Mourão e ao Paulo Guedes que falam o que é necessário. Como eu disse, a política brasileira está tão podre que falar coisas sérias é motivo de chacota.

  2. o cadinho cultural que formou a maioria dos jornalistas pós guerra fria, fundiu seus cérebros a tal ponto que não conseguem se libertar da alienação esquerdista. Perderam o time na década de 80 quando o imbusteiro mor da esquerda os capturou de vez com sua lorota do fome zero e bolsa familia. Agora são zumbís procurando sangue antes da morte. Não há cura.

    1. Perfeito !!! Perderam o bonde .... estão esperando até hj no ponto. Kkkkkkk

  3. Voces podem relativizar ou disvirtuar a fala do General Mourao, mas vao ter que se ajoelhar À NOSSA (da populaçao) decisao. Bolsonaro e Mourao É O QUE QUEREMOS! Fim.

  4. Seu Rui, o senhor até foi bem na materia mas a sua goiabice foi a maior goiabice da semana. Ôrra meu... somos todos ildio-luso-negroides, e essa fala do Gal Mourão não é de sua autoria, ele citou o Campos, que ja citou outros historiadores, escritores e filosofos ao longo da nossa história. Informe-se mais seu bicho-de-goiaba!!!

    1. Pois é, goiabão perdeu sua chance de se informar antes...

  5. O General não disse nada de mais além da verdade. Lulla é MACUNAÍMA ENCARNADO. Tivesse dito que os malemolentes brasucas "não tinham o grelo duro", aí sim seria um POBREMA.

  6. Nao vejo ninguem da imprensaa preocupada com a volta da censura ao Brasil, implantado pelas redes sociais.A censura so e ruim qdo aplicada em nos, nos outros e refresco.

  7. Tá difícil!!! Os aludidos jornalistas podiam aproveitar a onda de Reformas que tantos prometem e reformar o jornalismo brasileiro, que está de baixíssimo nível.

  8. Genial, seu Goiaba, genial!!! Essa "Santíssima Trindade" da esquerda populista é, de fato, ridícula. Mais ridículo ainda é que tenha milhões de seguidores, uma prova evidente do nosso atraso institucional. Mas o tempo deles está com os dias contados, Tic-tac, tic-tac.

  9. O jornalista esqueceu de citar que a citação do General Mourão é da lavra de Roberto Campos. E com ela eu concordo, devo acrescentar.

  10. Manuela é ridícula. E se a Praça Roosevel pudesse votar Zé Celso seria o presidente e a putaria seria seria um pouco diferente. E muito mais savana.

  11. ...enquanto o TSE não acaba com a palhaçadinha... Mas como o TSE não existe na prática, a pantomima vai nos encher o saco por mais tempo. Mas tem prazo de validade. A não ser que uma tragédia aconteça, a esquerda está fadada à irrelevância como opção política. Os sindicatos já perderam a bocada. Agora é só livrar as universidades e escolas e enquadrar os terroristas travestidos de "movimentos sociais". A igreja...desistam. Essa não tem conserto.

  12. Tais jornalistas foram forjados no cadinho marxista cultural onde devem ter aprendido, tal como a presidentA, que "... o meio ambiente tem conteúdo positivo, caldo de cultura não. O caldo de cultura se cultiva doença"

    1. Verdade não pega bem!! Não é corretamente político! Já a hipocrisia é sempre admirada e aplaudida!! Pelos hipócritas que imperam nesse meio!

  13. Cursei o fundamental nos anos 70 e anualmente éramos visitamos em classe por alunos dos últimos anos candidatos ao Centro Cívico. As propostas eram estapafúrdias como construir piscina (com que $?). Estas eleições lembram muito aquelas situações e propostas. Por mais que os professores nos faziam enxergar a realidade é perceber a importância do voto em tempos sem eleições e no auge da ditadura, mas de nada adiantava, sempre acabava em algazarra tanto dos alunos eleitores como dos candidatos que

  14. .Amei!Coitado do índio indolente , até queria um apito pra ver se apitava alguma coisa por aqui, mas nem isso, só ganhou espelhinho! Negro malandro! ? Hum...Fugia dos castigos nas fazendas , né seu malandrinho?

    1. Malandro mesmo é o bicho-da-GOIABA que são aparece quando ela está madura...

  15. A cada dia que passa esta seção torna-se a mais séria e compenetrada deste digno periódico. O resto, que tenta fazer sentido, virou palhaçada. Parabéns Ruy Goiaba, jogral do absurdo.

  16. Nunca antes na história desse pobre país, foi visto panorama tão aterrador quanto os atuais tempos da pobre terra chamada Brasil. Acho que nem Deus salva...

Mais notícias
Assine
TOPO