Adriano Machado/Crusoé

O equilíbrio se impõe

A ala mais moderada do governo se move para que as recomendações das autoridades sanitárias prevaleçam sobre o ímpeto de Jair Bolsonaro na condução da crise do coronavírus
03.04.20

A semana que começou à base de nitroglicerina pura parecia terminar bem menos inflamável. Até que o presidente Jair Bolsonaro voltou a ensaiar riscar o fósforo. Em entrevista na noite desta quinta-feira, 2, o mandatário do país expôs publicamente suas divergências com o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. Reconheceu as escaramuças entre os dois e disse que, em alguns momentos, faltava humildade ao titular da Saúde para ouvir mais o presidente da República. Ao menos admitiu que não pretende apeá-lo do cargo “no meio da guerra”.

De fato, há uma guerra – e ela é travada dentro e fora dos prédios da Praça dos Três Poderes e da Esplanada dos Ministérios. Existe o combate ao avanço do novo coronavírus no país e a disputa pelo protagonismo na crise entre duas alas do governo: a que defende que nenhuma medida restritiva é pouca na tentativa de evitar a disseminação do vírus e a que prega o relaxamento do isolamento social a fim de impedir a catástrofe econômica. Hoje, apesar dos altos e baixos do presidente, existe um processo de distensionamento em curso, cujo alcance dependerá da dose de calmante a ser administrada pelos principais atores do governo na luta contra a pandemia. A dose utilizada por Bolsonaro em pronunciamento à TV pode até ter destoado daquela que ele administrara no fim da semana, mas pelo menos o remédio foi encontrado. Todos concordam que o melhor caminho é o meio termo entre a necessidade de o presidente fazer política e a atuação sem amarras do corpo técnico do governo que se ocupa hoje de impedir a propagação do vírus. Há, enfim, em meio a um aparente desequilíbrio, um ponto de equilíbrio.

Se até a noite desta quinta o presidente ainda garantia Mandetta no cargo, a despeito de tê-lo admoestado publicamente, é porque ambos, nos últimos dias, ajustaram o discurso. Durante a semana, o presidente conversou com o próprio ministro da Saúde e recebeu recados eloquentes da área militar, do Supremo Tribunal Federal e do Congresso de que, se esticasse a corda e editasse o tal decreto relaxando o isolamento social poderia vir a enfrentar problemas de ordem institucional. Um ministro do STF chegou a dizer que não havia, no ordenamento jurídico brasileiro, “nada que autorizasse um presidente a colocar em risco a vida dos cidadãos”. Coube a Jorge Oliveira, amigo de Bolsonaro e chefe da Secretaria-Geral da Presidência, a tarefa de fazer a ponte com os demais poderes. Além dos alarmes emanados da cúpula do Judiciário, do Legislativo e da caserna, a voz das ruas – ou o rufar das panelas nas sacadas – ecoou de forma determinante para mudar o léxico presidencial na crise. Bolsonaro percebeu que o tom mais radical não tinha sido bem digerido nem mesmo pela base bolsonarista mais fiel e entendeu que a tragédia na saúde pública poderia dinamitar a popularidade de seu governo. Sentiu a pressão.

Alan Santos/PRAlan Santos/PREm pronunciamento, o presidente moderou o tom e levou alívio ao governo
Temendo ser escanteado, sossegou os que o instigavam a remar na direção contrária – leia-se Carlos Bolsonaro, agora dono de um gabinete no terceiro andar do Palácio do Planalto – e buscou uma dose de remédio mais próxima do ideal para acalmar os ânimos. No pronunciamento em que falou em “pacto nacional” para o enfrentamento à pandemia, no “maior desafio da nossa geração” e na preocupação de sempre “em salvar vidas”, o presidente experimentou um lance de empatia com a população até então inexistente.

Conforme apurou Crusoé, Bolsonaro escreveu o discurso sozinho. De próprio punho, em folhas de papel ofício, antes de auxiliares transferirem o texto para o teleprompter, aquele aparelho usado por apresentadores diante das câmeras. O presidente manteve o teor do pronunciamento em sigilo até o momento da gravação, o que causou apreensão entre alguns aliados. “Todo mundo vai gostar”, limitava-se a dizer Bolsonaro a quem o perguntava. Suas declarações, ao fim e ao cabo, produziram em todos os setores do país uma rara sensação de alívio – um princípio ativo revigorante na inglória batalha contra um vírus que tem assolado nações inteiras. Se um “ufa” – quase que em uníssono – não foi pronunciado, é certo que esse sentimento povoou a mente de todos, tão logo o presidente encerrou o pronunciamento de oito minutos.

As articulações de bastidores que levaram à mudança de tom de Bolsonaro começaram ainda no sábado, 28. Acompanhado de outros ministros das alas militar e jurídica, Mandetta dirigiu-se até o Palácio da Alvorada, residência oficial do presidente, para pedir carta branca para continuar pautando a atuação da pasta com base na ciência. A conversa teve momentos de tensão. O ministro defendeu que o presidente modulasse o discurso. Bolsonaro, por fim, aquiesceu. Mas no dia seguinte emitiu sinais dúbios. Saiu para dar uma volta pelo comércio de Brasília e de cidades-satélites, quando conversou com comerciantes e populares, contrariando as recomendações da Organização Mundial da Saúde e do próprio Ministério da Saúde. Na volta, em entrevista à imprensa, pela primeira vez cogitou baixar o tal decreto liberando todas as profissões legalmente regulamentadas a voltarem ao trabalho, desde que aquele trabalho fosse essencial para o sustento da família.

Pedro Ladeira/FolhapressPedro Ladeira/FolhapressVillas Boas: militares aconselham Bolsonaro a não esticar a corda
A turma do “deixa disso” teve de entrar em cena mais uma vez para evitar o pior. Nas horas seguintes, os ministros da Casa Civil, general Walter Braga Netto, e da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos, redobraram os conselhos ao presidente para que ele suavizasse o discurso. Durante o processo de persuasão, os auxiliares tiveram a seu favor a ausência do vereador Carlos Bolsonaro, o filho que mais tem despertado os instintos primitivos do presidente. Para a felicidade geral da nação, o 02 havia voltado para o Rio de Janeiro na segunda-feira, 30, portanto, um dia antes do pronunciamento.

Nesse mesmo dia de manhã, em vez dar ouvidos a Carluxo, Bolsonaro preferiu ir até a casa do general Eduardo Villas Boas, ex-comandante do Exército e uma das vozes mais respeitadas da instituição. Do general, já com sérias dificuldades de comunicação em razão de uma doença degenerativa em estado avançado, o presidente captou apelos insistentes em favor da moderação. E concordou. Em contrapartida, Villas Boas acertou que o defenderia publicamente. “Conheço o presidente e sei que ele não tem outra motivação que não o bem estar do povo e o futuro do país. Pode-se discordar do presidente, mas sua postura revela coragem e perseverança nas próprias convicções”, dizia uma mensagem publicada na sequência no perfil do general do Twitter.

Do lado de Mandetta, os bombeiros foram seus próprios aliados políticos. O pedido foi para que o ministro da Saúde se mantivesse firme na defesa técnica das ações de combate ao coronavírus, mas evitasse criticar diretamente o presidente. No entorno do ministro, a avaliação é a de que Bolsonaro não reúne hoje condições políticas para demiti-lo. “Bolsonaro não possui nenhum nome com as qualidades do Mandetta para o lugar”, argumentou um aliado do ministro no DEM. A avaliação é compartilhada até mesmo por aliados de Bolsonaro, que veem Mandetta como o “novo Moro” do governo. Assessores do ministro ponderaram, porém, que ele precisava parar de se deixar enervar pelo embate político. Assim o ministro fez e, a exemplo do presidente, também modulou o discurso, que passou a incluir também a preocupação com a economia.

Adriano Machado/CrusoéAdriano Machado/CrusoéCarlos viajou para o Rio e sua ausência foi comemorada pelos moderados
O titular da Saúde ainda atuou para baixar a temperatura política no seio do governo. “Ele quer sair das páginas de política dos jornais e voltar a ficar só nas de Saúde”, afirmou uma pessoa próxima ao ministro. Ainda na segunda-feira, 30, instado a comentar a caminhada de Bolsonaro pelo comércio de Brasília, Mandetta disse apenas que não era recomendável, mas evitou entrar em bola dividida. O chefe da Saúde exibia ali, ante os olhares de todos, a mensagem de que, no que dependesse dele, a bandeira branca estava mais do que desfraldada. Mas, vez ou outra, deixava escapar uma farpa.

Em mais um sinal da disputa por protagonismo na condução da crise, o presidente ordenou que as entrevistas diárias saíssem da sede da Saúde e passassem a ocorrer no palácio, com participação de outros ministros. Na primeira delas, Mandetta tratou de ironizar uma intervenção do chefe da Casa Civil que, ante a pergunta de um repórter sobre a possibilidade de demissão do ministro, correu para negar. “Deixar claro para vocês: não existe essa ideia de demissão do ministro Mandetta. Isso aí está fora de cogitação. No momento. Não existe”, disse Braga Netto. Com um sorriso de canto de lábio, Mandetta emendou: “Em política, quando a gente diz que não existe, a pessoa fala existe”.

A interlocutores, o ministro garante não se importar com o que Bolsonaro fala e pensa, desde que ele tenha carta branca para gerir a crise e manifestar suas opiniões. Quer dizer, desde que sua pasta não perca a autonomia para trabalhar, Bolsonaro, na condição de presidente da República, pode dizer o que lhe der na telha – até fazer política, se assim entender mais conveniente. Ao longo da semana, Mandetta verbalizou esse entendimento letra por letra em ao menos duas ocasiões. Disse, por exemplo, que não o ofendia em nada não ter sido convidado para uma reunião destinada a avaliar a eficácia da cloroquina na tarde de quarta-feira, 1º.

O ministro Jorge Oliveira atuou como ponte com os demais poderes
De novo, nas entrelinhas, ele demarcou a diferença. “Só trabalho com critérios técnicos e científicos. Só trabalho com academia. Só trabalho com o que é ciência. Agora, existem as pessoas que trabalham com critérios políticos, que são importantes também. Deixe que eles trabalhem”, disse o ministro. Na noite de quinta-feira, 2, procurado para comentar o teor da entrevista em que Bolsonaro disse que lhe faltava humildade em alguns momentos, Mandetta voltou a colocar panos quentes. “Não comento o que o presidente da República fala. Ele tem mandato popular, e quem tem mandato popular fala, e quem não tem, como eu, trabalha.”

Até segunda ordem, o ministro tem mesmo sinal verde para atuar. Ao longo dos últimos dias, ele preparou uma portaria que cria uma espécie de QG da crise do coronavírus na pasta que comanda. Segundo auxiliares, trata-se de um organograma definindo como se dará a gestão interna das medidas de combate à pandemia, dividindo tarefas e estabelecendo cadeias de comando. O ministério vem atuando na luta contra o avanço do vírus há semanas, como se sabe, mas até então não havia definido oficialmente essas questões. Hoje já funciona um gabinete de crise no Planalto, coordenado por Braga Netto. Mandetta, no entanto, foi autorizado pelo presidente a montar a sua própria sala de situação.

É a partir de lá que ele pretende montar o que no governo vem sendo chamado de “Plano de Ação Oficial” contra o coronavírus. A ideia é estabelecer parâmetros de estrutura para lidar com a pandemia. Segundo auxiliares do ministro, são pelo menos 10 pontos gerais, envolvendo número mínimo de leitos, equipamentos e profissionais de saúde. O plano também deve trazer por escrito recomendações sobre isolamento e maneiras de avaliação dos números da doença. O objetivo do Ministério da Saúde é que o material seja usado para balizar as futuras decisões de governadores e prefeitos.

Ninguém tem dúvidas no Planalto de que Bolsonaro jamais deixará de expor sua contrariedade em relação a medidas as quais considera demasiadamente restritivas. A estratégia adotada há quase um mês é óbvia: ele teme que a derrocada econômica imploda o seu mandato ou o projeto de reeleição. Logo, sempre que possível, irá marcar diferenças em relação aos governadores para, mais adiante, não perder a narrativa pró-economia na linha do “eu avisei”, como ocorreu quando divulgou ao longo da semana dois vídeos recheados de críticas ao isolamento, na esteira do pronunciamento de timbre apaziguador. Esse comportamento não irá mudar – e isso é algo que já está precificado dentro do governo. O que mudou, depois do pilates retórico em cadeia nacional de rádio e TV, é que ele passou a demonstrar o mínimo de sensibilidade e zelo com a saúde da população, e a considerar a importância do isolamento social, o que não havia ocorrido desde a eclosão da pandemia do coronavírus.

Se algo não sair do prumo nos próximos dias, e há sempre esse risco, a julgar pelos personagens envolvidos, pode-se dizer que, apesar das manifestações mais radicais do presidente aqui e acolá, a máquina do governo encontrou um ponto de convergência na crise. As alas pró-ciência e pró-economia estão cientes do seu papel e sabem até onde podem e devem avançar para não provocar melindres desnecessários. Por ora, no entanto, as medidas de contenção do vírus permanecem orientadas pelas decisões técnicas. Durante a semana, um dos parlamentares governistas brincou que o país, em meio à pandemia do coronavírus, é como o Jardim das Aflições de Olavo de Carvalho, numa alusão ao livro lançado pelo guru de Bolsonaro em 1995 e que, mais recentemente, virou filme. Estão todos aflitos, por óbvio. Mas o mais importante é que o presidente, contrariado ou não, continue deixando o jardim com quem sabe cuidar. Por enquanto, pode-se dizer que, como jardineiro-chefe, Mandetta tem se saído um exímio equilibrista.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

Só R$ 1,90* no primeiro mês

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

*depois, 11 x R$ 14,90

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Estou preocupado. Parece-me, que um dos últimos refúgios da Imprensa com credibilidade(menos parcial)está "balançando". Sucumbiu a "pressão" Globalista?Seria mais útil a Sociedade que preza pela "Civilidade" que valorizasse o "fato em si".Quase uma fotografia.A confiança, competência e profissionalismo, estaria, salvo outro juízo, na capacidade de trazer a público, a mais nítida possível imagem do evento.Será que estou sonhando?Embalado pela onda cívica e moral?Estou velho?

  2. Duas coisas são certas: 1) A economia mundial já "foi para o saco", assim como a brasileira, com ou sem coronavirus; 2) As mortes virão, em maior ou menor número, com este coronavírus. Então, cabe as autoridades gerir estes problemas dentro das suas competências, buscando atenuar os efeitos imediatos e futuros da crise econômica (irreversível), assim como a tentativa de mitigar a superlotação dos hospitais e cemitérios.

  3. Os comunistas estão derrotados! Em comparação com o comunista EQUADOR, que não tem dinheiro para enterrar os mortos que estão apodrecendo nas ruas da Nação, o Brasil vai derrotar a pandemia com dignidade. O espetacular hospital do Pacaembu está pronto, e um melhor ainda está disponível no DF. A preocupação de BOLSONARO poderá começar ser realidade nas Capitais selecionadas com cuidados científicos e gradativamente. O número de mortes é ainda tolerável.

  4. Ao final desta tragédia, as famílias com mortos e todo o país, iremos, claro, responsabilizar a Covid-19 e seu virus SARS-COV-2. MAS, se houver forte indício de autoridade pública, ter agido por interesse vil e torpe, ao arrepio da Ciência e do resto do mundo, provocando um número maior de vitimas, o Brasil terá que discutir a PENA DE MORTE. O pico da Covid assassina, fará par a outros milhares de mortes de nossos miseráveis, até por inanição e fome, por vírus humanos protegidos pela IMPUNIDADE.

  5. Prezados Senhores da Crosue, GOstaria de escrever uma carta sobre a minha insatisfacao com a revista, mas nao consegui achar aqui no site essa possibilidade. Alguém pode me ajudar? Existe um email ? Atenciosamente, Marianna Meireles

  6. “O Equilíbrio “ só irá se impor quando essa revista fizer uma material explicando o porquê de no Japão e na Coreia do Sul, não se impôs o lockdown para população, o número de contaminados e mortos são baixíssimos. Existe uma uma corrente contra o fechamento total do comércio e das pessoas que explicam o porquê dessa posição e a mídia entrevista pouquíssimo essas pessoas.

    1. Por isso é que digo que a mídia tem que informar melhor a população. Eu sei que a Coreia do Sul fez testes em grande parte da população, o que só isso não explica a baixa contaminação pois existem outros fatores a considerar. Por favor ouça a entrevista do ex-Ministro da Saúde, Osmar Terra na Rádio Band News e do médico Anthony Wong, diretor do Instituto Brasileiro de Estudos Toxicológicos e Farmacológicos, acho que eles entendem mais do assunto do que nós.

    2. Amiga, você precisa se informar melhor. Nesses países não houve isolamento devido à abundância de testes que foram aplicados a grande parte da população, com o isolamento dos contaminados. Teste, teste, teste, já foi dito várias vezes. No Brasil, até há poucos dias, a entrada no país pelos aeroportos era totalmente aberta, sem aferição sequer da temperatura dos passageiros desembarcados.

    1. Excelente pergunta!!! O Witzel queria pagar R$10.000.000,00 por um aplicativo. Voltou atrás porque O Antagonista denunciou.

  7. Pq o RESPEITO AO PRÓXIMO e o AMOR PELA VIDA só vão até onde o BOLSO DÓI. Depois disto, é Deus por TODOS e eu por mim. Se o MAL SEMPRE FLUI NA MESMA DIREÇÃO, DEFENDER a INVIOLABILIDADE DA VIDA não é FÁCIL, pq quem PREGA o BEM, mas não FAZ este só pode estar FAZENDO o MAL. Não é esta a ALTERNATIVA que resta? Dizer que o RIO corre para a NASCENTE vai MUDAR o FATO de que ele CORRE para o MAR?

  8. DESEMPREGO não é MENOS RECEITA e LUCRO, ou seja, MENOS COFINS e CSLL, ou seja, MENOS SAÚDE? Falar é MAIS FÁCIL do que FAZER, PREGAR o BEM é MAIS FÁCIL do que FAZER o BEM. Uma coisa é DEFENDER a INVIOLABILIDADE DA VIDA, outra é GARANTIR ela. E se a INVIOLABILIDADE DA VIDA é TÃO IMPORTANTE, pq ela não se SOBREPÕE ao FUNDÃO ELEITORAL? Pq ela não se SOBREPÕE à LIBERDADE de PREDADORES DE RECURSOS PÚBLICOS da SAÚDE? Pq a VIDA não é MAIS IMPORTANTE que a LIBERDADE deles?

  9. Pois se há uma CARACTERÍSTICA DISTINTIVA dos PARASITAS, PREDADORES e CORRUPTOS é a BONDADE INFINITA deles. Nunca fazem o MAL, nem quando TENTAM com TODAS as FORÇAS. Portanto, quem MELHOR do que o Gen. Villas Boas para EXPLICAR esta NUANCE TÃO SUTIL e explicá-la RACIONALMENTE, já que Bolsonaro é um CAVALÃO? DEFENDER a ECONOMIA não é DEFENDER a SAÚDE PÚBLICA? De onde BROTAM a COFINS e a CSLL? Sem RECEITA e LUCRO de onde vem os RECURSOS para a SAÚDE PÚBLICA?

  10. É assim que os PARASITAS, PREDADORES e CORRUPTOS, em NOME DO BEM, MINAM a FONTE DE RECURSOS enquanto SAQUEIAM os COFRES PÚBLICOS, fazem o MAL em DOBRO, pois NÃO SATISFEITOS em SOLAPAR as FONTES DE RECURSOS, eles ainda se acham no DIREITO de METER a MÃO no que SOBRA. Mas como eles são PESSOAS MUITO BOAS, não só lhes é LÍCITO, como eles ainda são VÍTIMAS da SOCIEDADE OPRESSORA e do MERCADO MALVADO que não lhes REMUNERA a BONDADE conforme a IMENSURABILIDADE dela.

  11. Se a RECEITA CAI e o LUCRO BRUTO se REDUZ, não é MENOS RECURSOS para a SAÚDE PÚBLICA? Se o DESEMPREGO AUMENTA e o CONSUMO DIMINUI, não é MENOS RECEITA e LUCRO? O MAL SEMPRE FLUI NA MESMA DIREÇÃO? Quem vai DEFENDER a INVIOLABILIDADE DA VIDA são os MESMOS que DEFENDERÃO os OPRIMIDOS contra o MERCADO MALVADO e os PREDADORES DE RECURSOS PÚBLICOS contra a "BRUTALIDADE" do ESTADO que OUSA QUESTIONAR e PUNIR quem desvia DINHEIRO PÚBLICO, sobretudo da SAÚDE.

  12. Se a BONDADE e o BEM pudessem ser AVALIADOS somente através das PALAVRAS, não haveria MAL, pois quem é que PREGA a MALDADE? E se alguém OUSASSE fazer isto, ele não estaria AUTOMATICAMENTE se REVELANDO, isto é, PINTANDO um ALVO em sua CABEÇA? De onde é que vem os RECURSOS para a SAÚDE? Não é do MERCADO MALVADO? Não é CURIOSO, pois a "BONDADE" da GENTE "BOA" e "CARIDOSA" do país é BANCADA pela "MALDADE" do MERCADO MALVADO e GANANCIOSO que só pensa no LUCRO e na EFICIÊNCIA ASSASSINA.

  13. Como o MAL FLUI SEMPRE na MESMA DIREÇÃO, qual é o PRÓXIMO PASSO? Diante da HECATOMBE ECONÔMICA, FIXAR o ORÇAMENTO DA SAÚDE, mesmo que isto ACARRETE CUSTO ECONÔMICO. É assim que a "BONDADE" estranhamente PRODUZ uma SÉRIE DE EFEITOS ADVERSOS e vai no SENTIDO CONTRÁRIO da "BOA" INTENÇÃO que estava por trás dela. O MAL SEMPRE FLU NA MESMA DIREÇÃO? Portanto é RAZOÁVEL esperar que quem DEFENDE ORÇAMENTO FIXO para a SAÚDE DEFENDA a INVIOLABILIDADE DA VIDA e o DIREITO PÉTREO à LIBERDADE DE CORRUPTOS.

  14. É FÁCIL RECONHECER o MAL, pois ele SEMPRE FLUI na MESMA DIREÇÃO, quem PROTEGE PREDADOR DE RECURSOs DA SAÚDE PÚBLICA é quem tb ADORA PREGAR a INVIOLABILIDADE DA VIDA, mesmo que sob PENA de CUSTO ECONÔMICO. O MAL não está FLUINDO na mesma DIREÇÃO? Os PREDADORES não TIRAM RECURSOS DA SAÚDE? O PREÇO da INVIOLABILIDADE DA VIDA não é o CUSTO ECONÔMICO que por VIAS BEM DIRETAS (ARRECADAÇÃO) retirará RECURSOS DA SAÚDE? O RESULTADO PRÁTICO não é o MESMO?

  15. A INGERÊNCIA NOCIVA do ESTADO na ECONOMIA não AFETA A SAÚDE PÚBLICA? Se a RECEITA e o LUCRO das EMPRESAS cai, isto não implica MENOS RECURSOS para a SAÚDE PÚBLICA? DESEMPREGO não é MENOS RECEITA e LUCRO, ou seja, MENOS DINHEIRO para a SAÚDE? No entanto, aqueles INDIVÍDUOS cujos OLHOS até MAREJAM quando eles FALAM DA INVIOLABILIDADE DA VIDA, são os MESMOS que fazem DISCURSOS APAIXONADOS para DEFENDER O DIREITO PÉTREO de PREDADORES DE RECURSOS PÚBLICOS GOZAREM de LIBERDADE IRRESTRITA.

  16. Não é FÁCIL RECONHECER o MAL, pois ele SEMPRE FLUI na MESMA DIREÇÃO? De onde vem os RECURSOS para a SAÚDE PÚBLICA? As PRINCIPAIS FONTES não são a COFINS e a CSLL (https://www12.senado.leg.br/emdiscussao/edicoes/saude/realidade-brasileira/saude-carece-de-fonte-fixa-de-verbas)? Portanto, como é que é possível se DISSOCIAR ECONOMIA de SAÚDE PÚBLICA? De onde é que vem o DINHEIRO para a SAÚDE? São só os PREDADORES DE RECURSOS PÚBLICOS da SAÚDE PÚBLICA que deveriam ir PRESOS?

  17. Se a VIDA é INVIOLÁVEL, como é CONCEBÍVEL que se ACEITE sem INDIGNAÇÃO e REVOLTA que PREDADORES DE RECURSOS DA SAÚDE PÚBLICA DESVIEM DINHEIRO que TEORICAMENTE deveria ir para SALVAR VIDAS e fiquem LIVRES? O que VALE MAIS: as VIDAS que eles ROUBAM ou a LIBERDADE deles? Não é ADMISSÍVEL que INDIVÍDUOS que não dão um PIO diante da INDIGNIDADE que é a LIBERDADE de GENTE cujos ATOS CORRUPTOS e DEVASSOS SACRIFICAM VIDAS, ousem PREGAR sobre a INVIOLABILIDADE DA VIDA.

  18. Seja por PUSILANIMIDADE, COOPTAÇÃO, CUMPLICIDADE se CALAM diante do MAL e se CURVAM diante de INTERESSES ESCUSOS e CORRUPTOS por PURO OPORTUNISMO. A MORAL e a HUMANIDADE desta GENTE termina onde a DOR NO BOLSO começa, os GRITOS e ESPERNEIO só duram enquanto o STATUS QUO não é AMEAÇADO, após isto REINA o SILÊNCIO SEPULCRAL e IMORAL. O PREÇO DA MORALIDADE está no CUSTO que esta me ACARRETA, pois ninguém está disposto a ABRIR MÃO da sua POSIÇÃO e das VANTAGENS advindas desta.

  19. Ninguém pode negar a boa intenção do ministro Mandetta. Mas ele não é o dono da verdade. Existem diversos médicos sejam epidemiologistas, infectologistas , virologistas, todos muito conceituados, que divergem da posição da OMS, cujo diretor não passa de um marxista, ou seja, vagabundo, O papel do Presidente é ouvir tanto o seu ministro como os demais e aí tomar a sua decisão. Cabe ao ministro acatar a decisão do chefe ou tirar o time de campo.

  20. Embora o CORPO esteja PROSTRADO em decorrência da ENFERMIDADE que o AFLIGE, isto é EMPECILHO para que o Gen. Villas Boas se indigne perante os ABUSOS cometidos pelos PRIMEIROS CONTRA os ÚLTIMOS? Por mais que a POSIÇÃO de Bolsonaro pareça DESCONECTADA DA REALIDADE, ela EXPÕE uma PSICOPATIA daqueles que dela DISCORDAM. Esta GENTE que GRITA aos QUATROS VENTOS a PRIMAZIA da INVULNERABILIDADE DA VIDA são aqueles que NÃO ESBOÇAM INDIGNAÇÃO ou REVOLTA com os BILHÕES DESVIADOS da SAÚDE PÚBLICA.

  21. Desperdiçam esta em toda sorte de ABUSOS e DEVANEIOS, mas NÃO SATISFEITOS, ainda se valem da BOA HERANÇA para SUBMETER e EXPLORAR aqueles que DIFERENTEMENTE deles não tiveram a MESMA SORTE (os ÚLTIMOS). Sendo assim, para que houvesse JUSTIÇA, quando se MEDISSE os INDIVÍDUOS, os ÚLTIMOS não deveria ser os PRIMEIROS e dos PRIMEIROS não deveria ser DESCONTADO aquilo que eles RECEBERAM A MAIS, só que PREFERIRAM JOGAR FORA?

  22. O que vale mais: uma MENTE DOENTE em um CORPO SÃO ou uma MENTE LÚCIDA em um CORPO DÉBIL? Quem MELHOR do que o Gen. Villas Boas para reconhecer a importância de um SISTEMA DE SAÚDE ROBUSTO e ABRANGENTE para a POPULAÇÃO? A VIDA não é JUSTA, uns nascem com MAIS, outros nascem com MENOS, material e geneticamente. Apesar disto, não raramente aqueles que foram DOTADOS com todos os ATRIBUTOS para se SOBRESSAÍREM e FAZER O BEM (os PRIMEIROS) preferem o OPOSTO: FAZER MAL USO da DÁDIVA recebida.

    1. Isso! Cancela a Crusoé e continua a bater palma pra maluco!

  23. Sempre me esforço para conseguir digerir os texto do Gadelha. Mas seu estilo caipira, independente do tema denigre a importância da informação. O Gadelha consegue "fofocalizar" e politizar toda e qualquer ação sobre qualquer fato. É incrível. É rasteiro. É primário.

  24. JB O nosso presidente Chapolin colorado-capitao cueca-zero zero-Recruta zero-johnny English-Bufao Histrionico-O bananão-O Janio quadros 2,0-O Pai dos tres Patetas-E PRINCIPALMENTE O TRAIDOR DE NOS LAVAJATISTAS

  25. Que vergonha é a Crusoé. Comprei gato por lebre. Vocês têm uma agenda política bancada por interesses inconfessáveis.e que determina a sua linha editorial alarmista. Vou cancelar a minha assinatura e fazer campanha para que outros façam o mesmo.

    1. É isso mesmo! Tudo que nosso mestre mandar, mesmo sendo maluquice, faremos todos! E toma de bater palma pra maluco... acorda galera! Fez imbecilidade tem que criticar sim! E mais, esse despreparado está trabalhando pra volta da esquerda nojenta e parasita!

    2. Isso! Cancela a Crusoé e continua a bater palma pra maluco!

  26. Ao assinar a Crusoé comprei gato por lebre. Idem para O Antagonista. Vocês têm uma agenda política que conduz a sua linha editorial alarmista e anti-Bolsonaro. Na segunda-feira não só vou cancelar minha assinatura desta publicação nefasta e contrária aos interesses da maioria dos brasileiros, mas vou divulgar esse cancelamento. Tomara vocês da Crusoé tenham uma queda vertiginosa de assinantes, que percam as suas fontes de receita, que devem incluir interesses inconfessáveis. Shame on you!

  27. Vejo isso como um jogo político. O mandetta e do DEM, mesmo partido do Rodrigo Maia. E ambos são do CENTRÃO, estão jogando e o Bolsonaro caindo como um patinho. O Mandetta paga de herói e o presidente de vilão da vez. Abra.o olho Bolsonaro, cadê aquela malandragem carioca?

  28. Este vírus é estranho. A gente pode ir na lotérica, no banco, no supermercado, na farmácia, no posto, que não pega. Só pega se for trabalhar. E o NOSSO Presidente Bolsonaro é que é maluco.

    1. Miguel acaba de desmascarar o jogo político e a narrativa do Gadelha.

    1. Só bastidores de fofoca. Eu tenho pedido para afastarem esse Gadelha. Ele não tem gabarito para este tipo de assunto.

  29. Mandetta tem ser afastado. Ele está cercado por matemáticos ao invés de especialistas em saúde. É mais políticos de palavras e efeito do que médico. A segunda onda, não poupará nem a Crusoe... Revista virará artigo de luxo em alguns dias, pelo menos pra mim. Meus pais estão em casa e isolados. O resto da família sem trabalho e ajudando os pais... Essa é a realidade na minha cidade. Agora pergunto: até quando vc ficará protegido com sua conta bancária dente de casa? FORA MANDETTA!

  30. Armadilha da falsa segurança. A quarentena praticada cria uma falsa sensação de segurança para as pessoas do grupo de risco, as quais tendem a não se proteger nos contatos domésticos. Uma ida de alguém ao supermercado pode trazer o vírus para dentro de casa, vitimando-as facilmente! Portanto, o mais seguro para esse grupo é assumir que os demais estão infectados e adotar medidas protetivas radicais. Assim, para essas pessoas será indiferente que os demais estejam ou não infectados.

  31. É mesmo Gadelha? Já viu o Datafolha hoje ? Deu 59% para JB ficar e 37% para sair e 4% indiferentes. Agora vamos aos números reais : 65% a favor do Bolsonaro 30% contra Bolsonaro 05% Indiferente. Ou seja...teremos na proxima semana, os ilustres jornalistas, partidários do "quanto pior melhor" , bem pianinhos !!! A verdade sempre prevalece. Será uma semana saudável, polìticamente. Veremos Grupo Globo, Folha, Estadão, Crusoé, Isto é, e outras similares, atônitas com o resultado da pesquisa !!

    1. Concordo! É só olhar os dados. Países com altíssimos número de óbitos são os que estão mantendo as pessoas em casa, tristes, sem ir à praia, confinadas e com medo. Veja o Japão, a Coreia do Sul, vejam a Suíça? MANDETTA TEM QUE SER AFASTADO... ou temos que nossos índices de óbitos serão maiores... bem maiores... Temos um ministro da saúde que se cerca de matemáticos e computadores ao invés de especialistas e de gestores que já enfrentaram a epidemias antes. Lamentável

  32. A questão é que não existe guerra sem baixas. E esse confinamento não acabará com a proliferação do vírus enquanto não houver vacina. Apenas postergará a propagação e o colapso ainda maior da saúde. O aumento da crise econômica matará mais com o aumento da violência. Política estão fazendo o Mandetta, e os governantes que fecharam tudo esperando que o Governo Federal assuma sozinho prejuízo, o que não é possível. Sou da opinião de que o isolamento seja vertical, com medidas de cautela.

  33. Mesmo com a declaração de "estado de calamidade" declarado, o Governo pode ser cobrado por tudo de péssimo na economia, depois que a pandemia abaixar? Todos nós sabemos, que a conta virá para os contribuintes, então vamos nos preparar para mais meses de aperto financeiro, alguns setores mais que outros. Ministro Mandetta é um equilibrista e tanto!

  34. Jair Messias Bolsonaro honesto sincero leal servidor da Pátria e dos brasileiros batalhador pelo bem estar de sua gente . Colocou fartos recursos nas mãos dos governadores e distribuiu toda a reserva monetária do país para os mais necessitados durante três meses. Contamos com a retomada da nossa economia para que o país nao seja lançado no caos. Deus tenha piedade do nosso querido país

  35. Reportagem pertinente e necessária. Contudo, espero que os líderes políticos sejam sensatos e saibam gerenciar com responsabilidade as verbas públicas destinadas ao combate dessa pandemia. Eles não podem prestar desserviço à nação.

    1. infelizmente não temos líderes políticos. TEMOS sim uma corja maldita preparada para roubar. Todos canalhas de unindo contra o país.

  36. É nas crises que se conhece as temperas de lideres e governantes. Cada vez mais admiro a coragem, lealdade e inteligência deste estadista: JAIR MESSIAS BOLSONARO.

  37. Eu Quero que ele siga em frente e termine o seu governo com a pior avaliação que um presidente possa ter para ver se pelo menos uns 25 milhões deste 57 milhões, tomem vergonha e votem direito. Os outros 32 não tem jeito. É a insignificância do PAÍS. E olha que tem muita gente fina no meio hein!

    1. Votar direito é votar no teu Ladrão de estimação de nove dedos ou em qualquer poste apontado por ele idolatra petista? Desencana, a quadrilha nunca mais volta ao poder

  38. O presidente, quando descobriu que era insignificante perante as decisões da ciência, quiz fazer do MANDETTA o que ele fez com o MORO. Não conseguiu. O MANDETTA é o CARA. Este BOZÓ foi treinado para trincheira. Bucha de canhão . Cabeça de ponte. Sempre os primeiros a tomar os tiros. Podem até se gabarem de dar uma de heróis. Mas o Brasil não precisa de HERÓI . Pelo amor do capeta. Nos precisamos de um LÍDER , Um ESTADISTA. Modelo JK, caramba. Como 57 milhões puderam nos dar isto. Quero que siga

    1. "Nós precisamos de um líder" Concordo. Mas é bom lembrar que no frigir dos ovos ou era ele, ou era o poste de Lula, cuja gestão a frente da prefeitura de São Paulo foi reprovada. Frases de efeito quando não consideram as coisas como elas são, não passam de laços de fita cuja serventia é apenas enfeitar.

    2. Nos países onde tem havido melhor resultado no combate a esta epidemia, as medidas adotadas não são as preconizadas pelo Ministro da Saúde do Brasil. Confira como é a estratégia na Coréia do Sul, Hong Kong, Singapura, Israel, e ultimamente Alemanha e Suécia.

  39. Como se não bastasse a oposição ao governo ser covarde, oportunista e não estar nem um pouco preocupada com os destinos do país e do povo brasileiro, Bolsonaro dá ouvidos ao mais desequilibrado e mimado dos seus filhos, dando farta munição aos seus adversários,ou melhor, inimigos. Tem seus ministros e conselheiros maduros e experientes para ouvir.

    1. Pois é, Mauricinho...Esses são os grandes líderes. Sabem escolher e cobrar. Os psololulopetistas, nos quais você se inclui, morrem de ódio por JB escolher bem e liderar com a mão de estadista !! O lenhador tosco, grosso, malcriado sabe lidar com a carniça que encontrou. Foram 60 milhões de votos em 2018. Serão 70 milhões em 2022 !!

  40. boa tarde. a hora é de calma e sondar o melhor modo de driblar a crise. A oposição tá distilando veneno e soltando pontos de incêndios entre os apoiadores e equipe do presidente. calma ,pensar muito antes de fazer ou falar é o ideal.

  41. A pandemia comparada com a falta de ética e qualificação desse pseudo jornalista é vitamina c.O senhor, tenha um pouco de descedescendência e pare de fazer cizânia.

  42. O presidente já atuou assim na Reforma da Previdência, opiniões contrárias Abandonou totalmente propostas da Justiça. Creio que os ministros Guedes e Moro falaram pro ministro Mandetta “ele é assim mesmo, releve. Faz oposição ao próprio Governo”.

  43. O presidente isolado no Planalto com os filhões e olavetes de plantão, iludido com a proteção da claque cega e ensandecida. O maldito PT jogando alto pra ocupar espaço e voltar a saquear o país. O CN sempre pronto a mostrar que é pior do que a gente pensava. O PSDB, sob a "liderança" oportunista do gov. de SP, tocando fogo no circo - 2022! A pandemia pronta pra devorar o povo. O ministro e sua equipe lutando bravamente pra fazer o melhor. O povo é só um detalhe. Ainda não percebeu, ministro?

    1. Tal e qual uma besta, só escreve droga, o baseado que andas fumando não esta lhe fazendo bém!!!

  44. O jardineiro- chefe é o Presidente da República, que tem o mandato popular, como bem disse o ministro Mandeta. Bolsonaro tem que se preocupar, sim, com a saúde e a economia. Cada um cuida da sua parte do jardim, mase ele tem que dar conta do jardim todo.

    1. Seu nome é uma mistura de BOBO/com Osvaldo, a pinga que tu anda bebendo não está boa hein

  45. Mandetta começou na vida politica em 2004 e em 2010, na Camara Federal, DEM partido altamente fisiologista, Presidente Lula, depois Dilma e Teme, MP somente aprovava se tivesse a articulação politica ( aquela da mala preta) gostaria que escancarassem a CAPIVARA dele, para vermos se é esse SANTO, que muitos o dizem!!!!!

  46. Considerando o fracasso estrondoso das ideologias de DIREITA e ESQUERDA na condução dos destinos do país, convido os leitores que pensam a lerem sobre a social-democracia europeia. É só dar um google.

    1. Humberto, FHC entregou um país melhor do que recebeu, seu governo teve um ótimo desempenho em várias áreas como saúde, educação, economia, relações exteriores etc. Sem falar na organização de uma economia caótica, deixada por Sarney. Como disse, meu comentário é para pessoas que pensam e lêem. Obviamente, não é o seu caso.

    2. Ouça o FHC e vc já tem conhecimento da tal social democracia europeia. Não perco mais meu tempo com esse tipo de gente que só sabe sangrar os cofres públicos!

  47. Gente vamos ler e reler para entender direito. O povo parece que só lê a manchete e já tira as conclusões. Eita povo preguiçoso.

  48. Tudo bem... Acho que tem dois aspectos a não serem esquecidos: quem defende a vida, deve também defender o embrião e o feto e os governadores devem arcar com ajuda à renda cessante.

  49. O que está faltando é humildade ao Bolsonaro para deixar o Ministro agir. Se ele sempre se orgulhou da equipe ministerial montada, de que adianta ao surgir uma crise ele ir contra o próprio time? Tá parecendo presidente de time de futebol que interfere na escalação do técnico.

    1. Concordo , toda vez q um ministro se destaca ele tem chilique. Guedes , Moro e agora o Mandetta.

  50. A picuinha de adolescente mimado é tão evidente, que a EBC cortou a transmissão pela TV da coletiva no momento que ficou apenas Ministro da Saúde e equipe. Tive que correr para o Youtube para assistir mais um show do Mandetta. Enquanto isso a EBC passava programação infantil. Lamentável...

  51. O bom líder sabe que não domina todos os assuntos e que no momento de executar tarefas específicas deve escalar um craque para atingir metas. O Bolsonaro precisa entender isso e para de fazer burradas intrigando com o time Classa A que montou e parar de dar ouvidos ao 02neurôniosdefeituosos e outros de baixa qualificação. O país em primeiro lugar.

    1. Para algums roubar 01 real ou 01 milhão é a mesma coisa. Questão de oportunidade.

    2. Desde que você ache " rachid" e empregar funcionária da Câmara Federal como doméstia algo legal, beleza ..... Para alguns rouber um um real

    3. O Presidente foi um aluno regular na Academia, um oficial indisciplinado expulso em comum acordo das forças armadas, iniciou uma vida política incentivando a indisciplina de suboficiaipor melhores salários ( soldos ? ). Obteve sucesso financeiro sendo político por mais de 20 anos, no que foi seguido pelos 3 filhos e uma das ex mulheres. Você realmente acrettaita que ele é verdadeiramente contra o sistema ? Ele é um vencedor dentro do sistema !

    4. Verdade, a imprensa não achou meio de chamá-lo de corrupto, isso é de se destacar.

    5. Quem cursou a Academia Militar de Agulhas Negras tem mais neurônios do que a maioria das pessoas, não é para qualquer um... Quem chegou à presidência sem ajuda da imprensa e contra o "establishment" político é porque teve mais esperteza que os adversários... JB pode ser chamado de tosco, grosseiro, destemperado, etc., mas de desonesto, corrupto, burro e ingênuo, nunca - isso é falta de argumento dos seus adversários.

  52. O nosso presidente decide assim: há um problema , ele liga para o 02(the wacko) o 02 liga para o Rasputim catarrento terraplanista, que por sua vez diz que diz NÃO HÁ NADA e que, quem diz que tem problema e analfabeto funcional. OHH DEUXXX NOS LIVRE DESSE MALAMEN

  53. "Esta é a "queda de braço" de Bolsonaro com o Ministro da Saúde que a imprensa quer atribuir apenas a jogo político. Bolsonaro não é médico, mas há diversos outros médicos que apoiam o uso extensivo e precoce para os casos que necessitem internação e não apenas nos casos graves e esta opinião tem chegado a ele diariamente." As evidências são mais do que suficientes para indicar o tratamento não apenas para os pacientes graves, mas para pelo menos os sintomáticos que tenham indicação de internaçã

    1. Na coletiva da tarde o Mamdetta determinou exatamente isso.

  54. Mandetta já deu! Já está sendo usado de palanque como último suspiro do DEM. Quanto à questão do Desemprego e da segunda onda, não cairá no colo dele. Melhor baixar a bola! Pra mim Mandetta já deu! Obrigada ministro, mas já está na hora de deixar a pasta!

    1. Mandeta esta fazendo palanque pra no futuro ser candidato a governador no MT, de de bobo ele não tem nada.

    2. Mandetta está conduzindo a crise com maestria. Bolso é inseguro e quer sempre o protagonismo de tudo .... esse filme já passou com o Moro

    3. Se candidata a ministra, Vê. Coronaro gosta de dar cargo para baba-ovos.

    4. Deixar a pasta logo agora que o coronavírus vai atingir seu pico de contaminação? Pelo amor de Deus! Mais de 5 mil mortes - diariamente - em todo mundo! Diariamente!

  55. Mandeta é subordinado do presidente portanto deve baixar a bola , não devemos esquecer que ele é do mesmo partido do Maia Alcalombre , Caiado , isso é um milho de cobras é melhorzinho dessa turma bate na mãe por causa de mistura.

  56. MANDETA ERROU: No início da epidemia Mandeta afirmou que o Brasil não iria testar assintomáticos porque isto seria um disperdício. Mandeta é um ortopedista pediatra e não um epidemiologista. Mandeta estava errado. Quando percebeu o erro era tarde porque os americanos tinham decidido testar todo mundo e isolar os positivos assintomáticos. Compraram todos os testes e os reagentes do mundo. Foi uma questão de poucos dias ou horas. Esta decisão errada não terá conserto.

    1. Não errou não. Pior é o pr estimular que todos saiam às ruas. Mandetta apesar de ortopedista, tem muita competência e uma assessoria fantástica no MS

    2. É o gabinete do ódio. Eles são um pé no saco, pensam que enganam.

    3. Isso está me cheirando "gabinete do ódio" do planalto.. sai fora " caboco."

  57. com certeza falta humildade para o ex deputado e agora Ministro Mandetta. Dizer que vão ouvir apenas a ciência e os boçais aprovarem relinchando. é não ter conhecimento que a ciência nem sempre esteve certa ao longo da história e deve se lembrar que a unanimidade é burra, agora usar cloroquina que não tem estudos científicos comprovados mas está salvando vidas...daí pode daí irão ministrar...esse ministro está querendo sim fazer um par no futuro para presidente ou vice presidente de alguem.

  58. Completando meu comentário: ... quando a crise econômica de instalar e a Crusoé tiver que reduzir o seu efetivo, pois a maioria dos atuais assinantes não irá renovar, já sabes quem encabeçará a fila. Ficarão somente os jornalistas.

  59. Qual panelaço? O dos alienados que montaram sistemas de som amplificado com gravações de batidas de panelas? Se jornalista e não fofoqueiro que tira conclusões distorcidas da realidade. Está agindo igual a globo que só mostra “panelaço” desfavorável ao Presidente e não mostra o “conta-panelaço” e, obviamente, as manifestações nas ruas contra a emissora. Sinceramente, quando a crise econômica se instalar e a Crusoé perder nós assinantes que não iremos renovar, já sabe quem encabeçará a fila de d

    1. "Gabinete do odio".. a todo vapor..vcs não enganam mais ninguém meu chapa.. tudo orquestradinho

  60. O Igor deixou claro, ao longo do artigo, de que lado ele está. Espero que a fome, que também mata, e mata muita gente, e de forma tão cruel quanto a síndrome respiratória, e sempre vem acompanhada de saques e violência de toda ordem, não chegue antes da cura das doenças provocadas pelo novo coronavírus. Contudo, se ela chegar antes (Deus queira que não), vamos ver de que lado ele vai ficar. O Bolsonaro eu sei de que lado está e, devo confessar, que não consigo condená-lo pela sua opção.

  61. O Presidente Bossanaro decretou Estado de Emergência em 4/2/2020, ato enviado Legislativo, que mais uma vez desconsiderou. Seria o Carnaval um ato mais importante ?

    1. PD - Não tenho nada a ver com a turma do roubo do Luladrão. Enfrentei! Bom esclarecer aqui, para os robozinhos não colocar logo a mesma resposta estupida de sempre.

    2. Assino em baixo! Só percebo merda saindo dessa boca, quando a abre! Será o acumulo alimentar de cachorros quentes e leite condensado? Ou a bolsa fecal mal colocada?

  62. O que deve ficar claro é que o PR Bolsonaro quer o melhor para o país, em todos os sentidos, observa-se na atuação do mandatário a preocupação com o misto saúde e economia, com certeza respeita os especialistas em cada área, mas tem suas convicções... Pra frente Brasil!

    1. Como pode ter convicções contrárias à ciência, à experiência evidente de outros países? Bolsonero é mesmo um tonto.

    2. Cássio, concordo totalmente com você. Mas as pessoas não sabem combinar as duas ideias:saúde e economia. Assumem posições antagônicas, quando não é nada disso. É um equilíbrio, do qual se aproxima mais a VERDADE. EQUILÍBRIO, EQUILÍBRIO.

    3. Esses textos estão fedendo carluxo.. e sua quadrilha..não dá mais pra ludibriar ninguém.. oh meu chapa..

    1. E haja "disperdício".. tb né? Mta ignorança mermo..espia lá em riba..

    2. Com diploma de jornalista na parede e analfabeto funcional. Assim o Brasil não pode ir para frente. Haja “ingonorança”

  63. Toda essa situação é complexa, não existe uma fórmula ideal a ser seguida, então vamos ajustando de acordo com as nossas necessidades, ficaria preocupado se o presidente não estivesse nem ai com a situação, ao menos esta tentando fazer alguma coisa, pensando em amenizar um possível caos futuro, as divergências de opiniões são normais para q cheguem a um consenso... O que me espanta é a malhação que fazem sobre presidente, ficar apontando o dedo deve ser cômodo...

    1. vai dar uma saidinha por aí, veja se consegue ser infectado e morra. Menos um energúmeno no mundo.

    1. Depois da vergonhosa figura dos numeros 1 e 3, queimados pela incompetência, estupidez e sujeira acumulada ao longo dos mandados... ai vem esse Carlixo, instalado no Planalto sem legitimidade, para promover mais confusão num momento tão dramático para o pais e o mundo! Cai fora! E leve seu bpai junto!:

    2. Me expliquem só uma coisa: Carlos Bolsonaro não é vereador no Rio? Por que a Câmara de Vereadores não suspende o mandato dele já que recebe dos cofres públicos pra isso? O povo que votou nele tem que cobrar isso, poxa.Obrigue-o a ficar longe de Brasília.Será bom pra o Brasil!

  64. Eu concordo com o Osmar Terra e com o Presidente Bolsonaro. Nada de confinamento horizontal. Tenho 69 anos e não tenho medo desse vírus, mas procuro me cuidar. Quem se acha que está correndo risco fica em casa e os outros querem e precisam trabalhar. Uma absurdo esse confinamento que fere a nossa liberdade e não resolve nada, no máximo retarda um pouco as contaminações, que seguramente acontecerão. É inevitável.

    1. Então vai, sai as ruas, frequente os cultos e depois avise se tudo estará bem com vc. ..... Mas antes bote um olho naquilo que esta acontecendo pelo mundo. Ajuda!

    1. Menos, né Ismael.Essa comparação é infeliz.Os filhos do Lula só o ajudaram a roubar.Bem diferente.

    2. Concordo.Va embora bater seu ponto na Camara dos Vereadores do Rio .Deixa de mandar em seu pai. Você foi eleito e ganha dos cofres públicos pra atuar no seu reduto, seu babaca!

    3. Fora Carluxo. Tão nojento quanto à "alma mais inocente do mundo".

  65. com Coronavírus - H1N1- Ebola etc.... Sem Empregos ... Sem Vida ... portanto não haverá nada a reclamar...não haverá Vida. Com quarentena prolongada: doenças mentais; desespero; falta de abastecimento...etccccccc, não esta na Hora de termos um ponto de Equilíbrio - se o porteiro; policial; enfermeiro; segurança - trabalham os pobres estão fadados a desgraça ... é isso que vocês querem

  66. Acho que Mandetta é competente mas tem uma “agenda oculta” como todos os políticos (principalmente os do DEM). Osmar Terra seria a figura ideal, pela competência aliada a experiência...

    1. Gabinete do ódio, sob o comando do carluxete (afinal carloxete, qual teu estado civil mesmo?)quaquaqua..

    2. Os mar - Isso nao e'um nome, e'um erro de concordancia verbal. O ficha suja passou 15 meses no governo e nao apresentou nada de novo ou importante. E' mais conhecido pela sua demissao do q pelas suas acoes no governo. Nao tem a menor condicao de substituir o Mandeta. Nem a classe medica o apoia. Mas triste e vergonhoso e' ver q elegemos um presidente despreparado e sem equilibrio algum pro cargo. Mourao ja', urgentemente.

    3. Osmar Terra só quer o lugar do Mandetta. É só está aparecendo porque fala o que o Bolsonaro quer ouvir. Competência ele não tem, acabou de ser demitido do ministério da cidadania por contratar empresa suspeita de desvio de 50 milhões, mesmo depois de alertado. A única qualidade para o presidente é ser seu puxa saco. Só isso. Se é tão bom porque foi demitido?

  67. cuidar da Saúde - É muito importante. Porém, sem Emprego nas Industrias e Comercio - não haverá necessidade de Médicos...viraremos todos guerreiros da FOME. tem que haver equilíbrio. E menos discurso Inflamado provocando PANICO a nossa população sofrida. Governadores do CARNADORIA/20 distribuam: mascaras/Álcool Gel e material de higiene para todos - começando pela Periferia...vcs, tem dinheiro para o carnaval, agora faça sua obrigação.

  68. Sou um admirador ferrenho do Pr. Jair Bolsonaro, mas ele deve deixar o Dr Ministro Mandeta cuidar dessa crise, se fizer lutarei ainda masi por ele, que pode entender de paraquedismo, mas não entende de medicina. Meu amigo e o melhor Presidente do Brasil de todos os Tempos, Jair Massias Bolsonaro, tenha mais humildade. Aqui lhe escreve que já pescou para poder comer; quem já plantou para poder comer; quem já vendeu laranjas nas coroas do rio poti para comer

  69. Igor A esposa do ministro disse hoje para um grupo de amigas do WhatsApp de Campo Grande que pelo andar da carruagem ela não demora a voltar pra casa

  70. Presidente Bolsonaro só tem um grande opositor hoje. O Sr. Jair Messias Bolsonaro. Por favor Sr. Presidente, resolva isto.

    1. concordo maior adversário.e ele próprio e o filho Carluxo .votei nele mas não sei votaria novamente

  71. A matéria contém inverdades gritantes, tais como dizer que Carlos tem um gabinete no Planalto e que Bolsonaro está mais preocupado com sua reeleição, quando ele está efetivamente preocupado com a perda de tudo o que conquistaram ano passado, como a reforma da previdência, por exemplo. O articulista tem a mente poluída pela velha política e não percebe o patriotismo de Bolsonaro, qualidade que ele mesmo não tem e por isto não enxerga no outro. Só lança sementes da discórdia dentro do Planalto.

    1. Inverdades são os posts do Presidente da Republica que precisaram ser removidos pelo Twitter. Gabriel é mais um daqueles que assina a revista só pra ocupar o espaço na tentativa de desmoraliza-la

  72. Votei no Bolsonaro e sempre fui um apoiador, entretanto me decepcionei com o tom da sua fala na entrevista a Jovem Pan. Se eu fosse o Mandetta entregaria a carta de demissão e deixaria ele contratar quem ele quisesse. Acho até que os governadores fizeram errado ao fechar TUDO. Mas tem que saber falar. Imagina um chefe falar publicamente desse jeito de um funcionário.

    1. Só se arrependeu pq não gostou do tom da fala da entrevista de ontem, quer dizer que vc concorda com todo o resto? Meu Deus!!!

  73. Já deveríamos ter adotado uma postura mais inteligente que o isolamento total, que só funciona se for adotado ANTES do vírus se espalhar. Tivesse sido feito na China, em dezembro, isolando totalmente o causador do problema é o mundo não estaria passando por isso. Agora a regra ideal seria testar e liberar os já imunes para trabalhar. Só isso vai salvar a economia. Mas a politicagem vai nos afundar. Em tempo: em 19/1 o mundo já sabia da epidemia. O carnavalesco Doria não...

    1. Xiii, mais um a serviço do gabinete do ódio. Artur chama atenção que desde 19/1 O mundo já sabia a Pandemia mas Doria (só o Doria) não fez nada. É muito cinismo.

  74. Concluindo meu comentário logo abaixo: Meu compromisso c o voto dado foi finalizado no momento em que a QUADRILHA saiu do poder. Ainda prefiro um louco a um Ladrão !!!

    1. Aqueles milhões de votos já não existem. A grande maioria que nele votou está arrependida.

  75. Assinamos a Crusoé ante à ilusão de que seria um jornalismo sério, isento e inteligente. A cada dia, vejo qu me enganei. Neste artigo, manipula-se maldosamente a verdade dos fatos, omitindo-se o principal: Médicos, até pelo Juramento de Hipócrates, têm, toda a sua formação, voltada ao indivíduo único seu paciente. Assim, veem árvore, não a floresta. Presidentes, executivos que são, são obrigados a ver a 'floresta'; ou seja, todas as dimensões e implicações da questão.

    1. Mauro faz parte da claque do gabinete do ódio que passa o dia distorcendo tudo que a imprensa publica.

    2. Ele deveria é morar na floresta, lar natural dos animais.

  76. Bolsonaro, reconhecido temperamental e mal aconselhado pelos filhos, vai ser sempre uma ameaça á normalidade, podendo no curso de seu mandato, sofrer grande perda na sua popularidade e restrições no seu relacionamento com os outros poderes. Votei em Bolsonaro e só votaria nele novamente, se o ambiente politico fosse o mesmo da eleição passada, para derrotar o PT.

    1. Não só o PT, mas todos os partidos corruptos que existe,: DEM, PSDB, e outros. Para derrotar Bolsonaro tem que ser outro que não aceite os toma lá da cá de trocas por cargos.

    2. Prezado Jose, , peço gentilmente usar como minha as sus escritas por concordar totalmente com você com destaque para o final.

  77. Muito bom o artigo, já que o ideal, todos trabalhando juntos e concatenados, não temos então que as ciências e seus técnicos não sejam amordaçados.

    1. Mania de perseguição é com vocês mesmo Bolsonaristas.

  78. De onde Bolsonaro tira o dinheiro para pagar a robozada e os militontos dessa seção de comentários? Será que é dos meus impostos?

    1. Sempre a mesma conversa de robôs, quem roubou foi o PT, aqui tem patriotas que não querem o fim do Brasil !

  79. 🇧🇷 Não existem sistemasb em que todos recebem e ninguém contribue, os governadores, os comunistas ☭, a mídia em geral todos sabem disso mais apostam no caos para continuar a roubalheira de bilhões. 🇧🇷 Aqui no Rio vai atrasar pagamento dos funcionários estaduais. 🇧🇷 Parabéns verme Witzel.

    1. Genocídio , lave a boca pra falar tamanho impropério Espere e verá o tanto que o presidente está certo ! Vais chorar ainda !

    2. Romulo assim como todo gabinete do ódio vê comunistas por todos os lados. Usar a bandeira não faz de ninguém patriota, em especial quem incentiva o genocídio.

  80. Preciso iniciar parabenizando MANDETTA pela diplomacia usada para lidar com uma pessoa tão despreparada p o cargo. Pior é q teve meu voto ! REI MORTO REI POSTO !. O Brasil terá q lidar c essa pessoa desequilibrada q infelizmente tem poder e o divide com seus filhos com um notório gen de loucura .OREMOS !

  81. CRUSOE AFUNDOU. Antagonistas perderam toda credibilidade, estão idênticos ao UOL e Veja, papagaiando a histeria sem ouvir outras opiniões. A mídia alternativa está dando uma surra em vocês.

    1. Marcos, Imprensa se baseia em fatos. O que vc chama de mídia alternativa é um bando de irresponsáveis que divulgam mentiras.

    2. Revista Oeste, Conexão Política, Gazeta do Povo. Mais?

  82. Ótimo artigo. Deixa claro a óbvia posição de Bolsonaro, que fica fazendo política em detrimento da saúde da população. É muito claro que sua briga é por espaço de poder com os governadores do Rio e São Paulo, com motivações eleitoreiras. Uma lástima.

  83. não tem substituto a altura, ninguém é insubstituível meu caro, Osmar Terra é um exemplo de substituto, dória anda trocando elogios com Lula....maia e amigo de dória... mandetta de reúne com dória mais maia mais embaixador da China...mais e mandetta estão afinados...a turma do toma lá da cá QR voltar e vai usar o Corona... mandetta só trabalha com critérios técnicos..kkkkkk...um político de longa data .....

    1. Osmar Terra é um politiqueiro rastaquera e bajulador do PR. Se assumir vai ser um pau mandado. Não tem respaldo da comunidade médica.

    2. Até aonde sei a ideia do Sr. Osmar Terra é deixar a epidemia " seguir sua evolução natural "o que significa não fazer nada, só os mais fortes sobrevivem e imunes. É o que o Bolsonaro pensa também. Vai dar uma grande confusão se ele entrar.

    3. Essa Chris aí tá mais por fora do que "umbigo de vedette".. deve ser umadaquelas que não raspam o sovaco, segundo o Vereza.. perde um tempo danado no seu "pseudo" proselitismo.. kkk

    4. Luís, pq tanto medo do Doria? Até 2022 muita água vai rolar. Terra é um ganancioso que sacrificará a vida de milhares de brasileiros pela pasta.

  84. Problema que não está tendo equilíbrio. Pararam o país. Irão causar mais mortes do que o Coronavírus, mas tais mortes não serão da classe média, só dos pobres mesmo. Suécia aplica o equilíbrio em está vencendo o vírus. Seria melhor termos o Osmar Terra que já enfrentou pandemias antes. Vários países estão aplicando medidas diferentes do isolamento horizontal com sucesso.

    1. Aí Chris, bateu. Eu sou gaúcho de perto de Santa Rosa. O cara é politiqueiro de baixo escalão. Até aos Bolsonaristas com os quais não simpatizo aconselho: não ponham este cara no MS. É um tiro no pé.

    2. Osmar Terra é um gaúcho incompetente e mentiríeis. Vc não sabe de nada, já morei no RS.

  85. Se Mandetta continuar trabalhando como está, Bolsonaro pode falar o que quiser, desde que não mude os critérios técnicos e científicos

  86. JB e seu ministério têm trabalhado muito bem, apesar das diferenças de opinião. E mais, Bolsonaro apenas faz e diz o que tem que ser feito e dito. Ele não é o radical que tentam pintar. Quem está fazendo politicagem rasteira são os governadores, Dória e Witzel à frente.

    1. 👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻 👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻

    2. Estão contratando coveiros. Mãos às covas.

  87. Cruzoe através desse artigo dizer que o PR não tinha o mínimo de sensibilidade e zelo com a saúde da população é o cúmulo do absurdo, mostra claramente a posição de Cruzoe totalmente alinhada com rede globo e filha. Uma lástima, Cruzoe isto sim mostra não ter o mínimo de sensibilidade e zelo com o Brasil e sim com seus próprios interesses. Cruzoe já era.

  88. Matéria de capa, resumo da semana das conversas do Ministro da vez (ironia) com o Presidente? Sério!? Nada mais relevante não!? Parece até que o Felipe Moura ex-Brasil virou chefe de redação... é isso?

    1. Gostaria de ler matéria d’O Antagonista sobre a Resolução SSP Nº 226 de 20/03/2020 já publicada no Diário Oficial de São Paulo. Mas será que o Felipe Moura ex-Brasil permitiria?

  89. Parei a leitura pelo meio. Depois de ler tantos achismos e versões sobre atos, palavras e pronunciamentos assistidos diretamente de suas origens, ou seja de quem os pronuncia, percebi ser perda de tempo ler algo que está mais para opinião do que para notícia.

  90. Devemos ao Mandeta toda a consideração e respeito pelo árduo, equilibrado e dedicado trabalho em defesa da vida dos brasileiros. É um médico raiz,um verdadeiro discípulo de Hipócrates.

  91. Falta humildade ao Mandetta? O presidente precisa entender que aceitar e respeitar opinião de subordinado é sabedoria! Sem dúvidas, o melhor é o meio-termo, como na maioria das vezes. Que vença o bom senso.

  92. Qual é a contribuição do poder público? Principalmente o judiciário. Nesses tempos de prazos suspensos- os processos conclusos para julgamento- serão julgados ? Ou julgamento não pode ser remoto?

    1. Kkk eu queria muito ver esse que chamam de Carluxo (apelido chiclete de onça..pegou gheral) fazer suas viagens rio x bsb x rio em avião de carreira..iam linchar o cara.. kkkk

  93. Continuando.... Vai restar um País para ser governado.. deixe que a maior parte da mídia, os srs governadores( alguns) e a oposição de sempre que batem nele diariamente faça este trabalho. E, lembre-se não é só o Sr que está trabalhando. O Sr Presidente tb está. Talvez até mais .

    1. Ô "das petralhas" tu já depilou teu sovaco algum dia? A propósito tu poderias ler mais e estudar um pouco as regras de gramática.. óó.. é CÍNICA viu e não sínica.. rsrs.. analfabeta funcional

    2. Bernardete, todo mundo está errado, só o seu “mito” está certo? Até o FMI está apoiando as recomendações da OMS. Todos os povos serão atingidos. Não seja sinica culpando governadores e prefeitos pq eles estão tentando salvar a vidas dos cidadãos. Sem saúde não há economia que resista.

  94. Quando Bolsonaro não ouve as merdas que os filhos falam faz tudo bem. O presidente é para o país e não para a família, ele tem que aprender a separar as coisas.

    1. Chis,meu comentário se dividiu em 3 partes e a do meio se perdeu por aí. Resumindo: Bolsonaro não é meu mito. Acho que não é hora de bater em alguém que fala pelos cotovelos e pararmos para ver o que ele está fazendo. Entre as muitas decisões de ajuda aos mais necessitados ele tb atua Na área da saúde disponibilizando ao Mandeta tudo o que ele precisa para o combate ao vírus. Não nos esqueçamos que ele é o presidente é que tem que ver o País como um todo. Saia destas mídias mentirosas e se inf

    2. 01, 02 e 03 - câncer do JB. Não vai se reeleger por conta disso

  95. Sou 100% Bolsonaro, e acho que o Presidente nesse grave momento, tem que assegurar ao Ministro Mandetta todas as condições para continuar o excelente trabalho que vem fazendo, dentro das possibilidades do nosso Brasil. Faz muito bem ouvir os mais experientes de sua equipe que estão ao seu lado, não deixe a impulsividade do seu filho atrapalhar a condução do governo.

    1. Concordo inteiramente com tudo o que foi falado nesse POST

  96. Não é verdade.O enfrentamento de qualquer crise exige antes de tudo a centralização das ações.O equilíbrio entre o risco de desabastecimento e infecção tem quer ser racionalizado.Senão perderemos os dois.Diante do oportunismo político e da competência da equipe do governo Bolsonaro é mais prudente ficar com o governo. Assistam novamente o pronunciamento do Bolsonaro e tirem as suas conclusões.Estamos criando "falsas memórias" diante de mensagens "preparadas" e "subliminares".BRASIL ACIMA DE TUD

    1. Pô cara.. cAcarecoluxo é um desses comentaristas "ortodoxos" ,que tentam passar por anônimos, todos apocrifos, com textos mal feitos e chapa branca produzidos lá no 3º andar do planalto..

    2. Nada disto. O cara é psicopata e medíocre. Sem falar nos seus filhinhos.

  97. Quem ainda apoia esse “genocida” sofre de grave patologia cognitiva ou moral. Estão além de qualquer salvação. Nos resta apenas saber quantos realmente são.

  98. Eu, particularmente,deixei de olhar para ele com a visão inicial. Acho que ele se ele emponderou em um protagonismo que não é só dele. O que parece que ninguém se lembra é de que se ele está fazendo o que está fazendo é graças ao Presidente. Ele fala demais ? Fala. Ele toma atitudes intempestivas? Toma. Mas está disponibilizando ao ministério da saúde o que eles precisam para o combate ao vírus. O Mimistro Mandetta diz, com propriedade, que trabalha com a medicina e os conhecimentos científicos

  99. Há pelo menos 3 tipos de líderes: o que exerce influência sem deixar a cadeira, o que usa a cabeça para basear suas decisões e, finalmente, o que confunde a cabeça com o fígado. O primeiro vem sendo menos criticado desde a revolução das comunicações; muitos problemas se resolvem, mitigam ou encaminham via computador. O segundo é o líder que se respeita: examina os fatos, além dos custos e benefícios de programas e projetos. Quem usa o fígado acaba debilitado, com muita diarreia e desidratação.

  100. Este artigo parece escrito com interpretação pessoal de fatos e sem atenção à entrevista concedida ontem à noite, pelo Presidente à Jovem Pan.

    1. De acordo Maria! Assisti toda a entrevista e não ouvi o Presidente dizer que poderia “apear” algum Ministro do cargo. Esse Gadelha é parcial.

  101. Que a graça e a força do Nosso Senhor Jesus Cristo ilumine a cabeça do senhor Bolsonaro para entregar de boa o seu cargo ao Mourão. Se demorar muito, o Mourão vai perder a sua enorme paciência, vai montar no seu cavalo branco, pegar sua espada que foi do marechal Deodoro da Fonseca e irá partir com toda a força para tirar o senhor Bolsonaro e o seu filho Carluxo do gabinete presidencial. É isto que não queremos, pois o filho vai tentar contra atacar com sua cabeçona e o Mourão não vai perdoar.

  102. No meu entendimento hoje seria o dia "D" isolamento severo, e não em março, como feziram todos os Governadores, agora já asfixiados vão estão desesperados, mas não poderão como estão fazendo flexibilizar. Com as medidas econômicas pronta é hora do Presidente anunciar que o isolamento tem que ser mantido.

  103. Excelente o artigo. Diz tudo. Conta a verdade. Com equilíbrio e moderação. Bolsonaro fala o que quer e faz política. Mandetta trabalha e toma as medidas na área da saúde e toca o barco. O governo atua em função das diretrizes do Ministério responsável.

    1. Puts, que merda!! NO Moro eu aposto, mas Mandetta? Já viram a ficha dele? Mais suja que pau de galinheiro!!! Mas o brasileiro é assim, age pela emoção. Infelizmente!

    2. Puts. Que merda... Com o Moro eu até concordo, mas Mandetta???? Já viram a história dele? Mais sujo que pau de galinheiro... O brasileiro é sempre assim, age com a emoção... infelizmente!

    3. Prefiro o Moro como presidente e o Mandetta como vice...

  104. Certa vez pescava com grande amigo e meu filho em alto mar no processo de curricagem que é jogar o anzol com isca artificial e arrastá-la com o barco em movimento beirando beirando a encosta dos morros para aproveitar as rebentações do mar, trajetória de melhor pescaria. Isso requer muita atenção e cuidado. Huve um momento que descuitamos e fomos surprendidos por onda que quebrou do lado do barco quese o levando a pique. O equilibrio foi fundamendal para evitar o pior. Vale para o governo!

    1. E aí "quase/xará" tu se cagou de medo né? Por isso tá usando essa baita aventura como mal exemplo pro bozxo né?

  105. Se 1/3 do que Deputados, Senadores, Governadores, Prefeitos, Vereadores, Juizes, Desembargadores, e mais um tanto de fdp que rouba esse pais desavergonhadamente, voltassem para quem paga esses vermes, teriamos dinheiro pra passar 3 anos sem trabalhar. Infelizmente a sub-raça nada faz. E ainda sai de casa pra votar.

  106. O NEGÓCIO É ATIRAR PEDRAS. Aquele que tiver a real solução para esse problema que atire a 1ª pedra. No prefeito que fechou a cidade, no Presidente que pede a volta ao trabalho, no médico que pede o isolamento social para evitar o colapso da saúde, no economista que pede a reabertura para evitar o colapso financeiro, capaz de causar mais mortes que o próprio vírus. Quando o problema não tem solução, elege-se um culpado, um inimigo, um vilão. Chega de ódio!!! Talvez seja essa a solução!!!

    1. SENSACIONAL. Numa situação onde o resultado é iminente, o bom líder calcula a decisão que vai gerar menos perda...os cálculos já estão ai...já sabemos que é um vírus que vai agir mais no inverno, usar todos os recursos nesse momento, quando chegar o momento que o inimigo vai estar mais fortes, estaremos totalmente vulneráveis...

  107. Todos devaneios do presidente tem , sempre, os dedos de um dos 3 mimados . Isso vem desde que assumiu governo onde seus filhos agem como se tivessem assumido o poder junto com o pai

  108. Vai fazer um bem danado ao presidente se ele parar de seguir a cabeça doente do Tonho da Lua e parar de implicar com quem tem competência e vontade de trabalhar.

    1. Não entendo como o Tonho fez para se tornar presidente. Que carma hein Brasil!

  109. Só o tempo dirá quem estava certo nesse bom combate. Estamos vivendo uma situação polêmica e apartidária. É hora de somar forças e buscarmos - juntos - o consenso entre as diferentes opiniões.

    1. É obvio que quem está certo é o ministro da saúde. Bolsonaro perdeu total apoio popular e ficou com a máquina governamental no vermelho por causa do covid. Como ele ainda sonha com uma eternização no poder, resolveu apostar no tudo ou nada para não perder o trono. Mas é uma aposta muito arriscada e com resultado quase previsível, vai cair feio.

  110. No primeiro ano de governo poucos brasileiros saberiam dizer o nome do ministro da Saúde. 2020 trouxe a pandemia de COVID 19. Que Bolsonaro tenha sensibilidade e deixe Mandeta realizar bem seu trabalho.

  111. O Mandetta precisaria conversar com os secretários de saúde de todos os estados para conhecer as especificidades locais e adotar as medidas de acordo com cada situação. Num primeiro momento, isolamento total para todo mundo e depois relaxamento pontual, por municípios, conforme o resultado de cada um. O Brasil é gigante e a sensação é de que está havendo um descontrole generalizado, muito ruído, muita politicagem, e o presidente dando sinais contraditóris que não ajudam.

    1. É isso que pensava o Mandetta fazer, mas se esqueceu que quem vende os EPIS são unicamente a China, agora não consegue comprar e não sabe mais o que fazer!!! Simplesmente isso. Agora suplica para cada um fazer sua máscara em casa! Esse Mandetta também é um sem noção. Está deixando as coisas caminharem até que alguém tome uma decisão, se a decisão for errada, não foi sua culpa!

    2. Perfeito Avelar. O GOVERNO CENTRAL pode ter esse acompanh q garantirá a implementação, e já passou da hora, de critérios específicos e justificados p a distensão, evitando-se ações judiciais.O Kalil PBH ontem interferiu indevid na Pref. de Sta Luzia/MG, gde BH, onde existe controle e locomoção. Errou.A IMPRENSA tem q mudar, são ideológicos e nada contribuem.E tem ainda polit populistas q distribuem cestas básicas em frente às UPA's, c filas e foda-se, contamine. A IMPRENSA esconde informações!!

    1. Ei Mandela te explica o que aconteceu no teu Estado que estais sendo processado por corrupção vai rolar bilhões sob a tua mão

    2. Não. Mudou a quantidade de besteira que o Presidente fala. O papel da revista é informar. Doa a quem doer.

    3. Nas entrelinhas conseguem manter a população brasileira dependente de 1 grande líder. Tentaram tirar da "cartola" o vagabundo Doria, mas ele é jornalista!!!Mais fácil ressuscitarmos Quintino Bocaiuva e refundarmos a República.

  112. Todos amadores, de Bolsonaro a Mandetta. A hr q a coisa ficar feia, veremos a incompetência e inépcia desses senhores dissecadas à nossa frente. Mas aí será tarde demais...

    1. Respeito a sua posição. Mas seria muito bom se o senhor desse suas sugestões!

    2. Não seremos 10% do desastre Italiano. Só q aqui é BRASIL, onde a esquerda ñ quer a gente batendo uma bolinha!

  113. O tema abordado é muito importante para o momento atual. Uma pena ter sido necessário “filtrar” as informações entre as “fofocas” do Planalto e o que realmente importa. O momento é para união e soluções!

  114. Bom dia; gostaria que se voltasse a colocar o tempo de leitura de cada texto; na pressa do dia a dia facilita muito; decide-se o que se lê de imediato, e, calmamente, o resto; obrigado.

    1. EXEMPLO: Esta edição da Semana, super tendenciosa, c muitas maldades nas entrelinhas! Gadelha contraria a IMPRENSA qdo diz q Bolsonaro está politizando e apenas quer ser o protagonista!!!Só aí, numa análise superficial do texto, gasto uns 30 minutos! A Dilma sim, rapidamente leria apenas o título da matéria, concluindo q escreveram errado o nome do Pelé: É Édson, não Edição. 1 minuto apenas concluiria q não perdemos de 7 X 0.

    2. isso! tempo de leitura para o assinante definir prioridades.

    1. Reportagem do Gadelha + 1 X c opção ideológica por algum outro governante q lhe seja + simpático. Redação Crusoé desistiu. Cadê Felipe Moura Brasil? Semanas seguidas c edição da Semana fraca deste jeito? Gadelha tem emprego certo na globolixo, agora q os salários lá reduziram-se à metade. A entrevista do PRESIDENTE c o Augusto Nunes, leia-se "Pingos nos is" da JP SENSACIONAL. Importante é buscar a verdade, dentro desta q é a maior perseguição a 1 palhaço HONESTO.

  115. É! Mas ser equilibrista em uma situação dessa já é muito complicado. E fica praticamente impossível quando por ciúmes ou vaidades ou inveja o principal responsável fica sacudindo a corda. Nem o exemplo de mil mortes em dia não vai colocar bom senso. Cadê os testes para aumentar a segurança? Mentalidade primária nesse momento é muito complicado.

    1. Ôô xicória.. ainda não passou o efeito da marijuana nao?

    2. Discordo de vc, Angela! Aqui, o tom é dado pelo autor do texto. Mudou, pelo menos neste. Deixou o tom de fofoca e picuinhas de lado. Fiquei até surpreso, apesar de tarde. Já cancelei minha assinatura que vai até junho. Daqui para lá, quem sabe!

    3. Olha, que bom! Só comentários arrazoados, bom ver lucidez entre os leitores. Parece que os admiradores do cavaleiro do apocalipse acordam tarde.

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO