Foto Alan Santos-PR

Sem agenda em Nova York, ministros apenas escoltam Bolsonaro

22.09.21 08:02

A passagem por Nova York poderia ser uma oportunidade para ministros brasileiros realizarem reuniões de negócios, buscarem parcerias ou venderem a imagem do país. A comitiva de Jair Bolsonaro, entretanto, não fez nada além de escoltar o presidente em seus poucos compromissos. À exceção do ministro das Relações Exteriores, Carlos França, e do chefe da pasta da Saúde, Marcelo Queiroga, os integrantes do primeiro escalão não registraram na agenda qualquer atividade que escapasse do cronograma de Bolsonaro durante a passagem por Nova York.

Queiroga, que nesta terça-feira teve diagnóstico positivo para Covid ainda em Nova York, participou de um café da manhã com investidores na manhã de segunda-feira, realizado no consulado brasileiro, além de uma reunião oficial com a primeira-dama Michelle Bolsonaro. Não há, entretanto, nenhum encontro com representantes de laboratórios ou com especialistas que atuam no combate à pandemia. O quarteirão das Nações Unidas fica a apenas 300 metros da sede da Pfizer. Queiroga poderia buscar in loco dados sobre a segurança das vacinas – na semana passada, ele colocou em dúvida a necessidade de vacinação de adolescentes e tirou o grupo do Plano Nacional de Imunização.

Integrantes da comitiva presidencial, os ministros do Turismo, Gilson Machado, do Gabinete de Segurança Institucional, Augusto Heleno, e o secretário especial de Assuntos Estratégicos, Flávio Rocha, também não registraram informações em suas agendas oficiais nesta semana. Já os ministros da Segurança Pública, Anderson Torres, e do Meio Ambiente, Joaquim Leite, atualizaram as agendas com a informação de que não tiveram nenhum compromisso oficial.

O ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Luiz Eduardo Ramos, lançou na agenda oficial os mesmos eventos do presidente Jair Bolsonaro, como os encontros com o presidente da Polônia, Andrzej Duda, com o secretário-geral da Organização das Nações Unidas, António Guterres, e com o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson. O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, que também está na comitiva, não teve agenda segunda e terça-feiras, segundo divulgou o banco.

Reprodução

Assim como Queiroga, o ministro das Relações Exteriores, Carlos França, teve compromissos próprios relacionados à sua atividade em Nova York. Além de acompanhar Bolsonaro, o chanceler também se encontrou com Pedro Brolo Vila, ministro das Relações Exteriores da Guatemala, e com Antony Blinken, secretário de Estado dos Estados Unidos.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Vergonhoso! O incopetente foi lá para rebaixar o nosso país ainda mais...fugiu da entrevista é ainda levou esse bando de puxa-sacos para passear com o nosso dinheiro....

  2. Gentalha do pior nível. Um bando de aloprados surrealistas, passeando in NY. A cena dos energúmenos comendo pizza na calçada é digna de uma tese de doutorado.

  3. O governo do sociopata é um playground para os filhos mimados e aloprados. Agora evoluiu p/ um grande parque de diversão para os incompetentes e aloprados que o cercam. Moro 🇧🇷

  4. """Cráro, cráro""", adequadíssimo ele se envolver por uma 'entourage' de capachos!!! Com tapetes persas é que não haveria de ser!!!! 🤭🤭🤭🤭😁😁😁😁

  5. Bolsonaro foi falar mentiras e envergonhar o Brasil, já o resto foi fazer turismo com dinheiro 💸 do povo.

  6. É o tiozão do churrasco e sua turminha negacionista. Ninguém fala inglês, não sabem discutir nada, desconhecem os problemas e suas soluções. Tipo de gentalha que só serve para bater um futebol na praia, comer churrasco e fazer piadas ignorantes

  7. Inoperantes aqui, por que seria diferente lá? Fim de feira. Falta o que para destituirem ( em obediência à lei ), esse senhor que detesta trabalhar?

  8. """Cráro, cráro""", adequadíssimo ele se envolver por uma 'entourage' de capachos!!! Com tapetes persas é que não haveria de ser!!!! 🤭🤭🤭🤭😁😁😁😁

  9. Brasileiro se acha a última bolacha do pacote. Amigos o que tínhamos de bom era o futebol. Caiam na real. Vamos arrumar essa zona primeiro, para depois sermos tratados como gente. Já foi dito: O Brasil não é um País sério.

    1. Não é e nunca foi. Uma população que elegeu a Dilmanta duas vezes e depois escolheu o Bozogenocida tem claramente um problema psicológico sério: talvez uma combinação de transtorno bipolar crônico com sadomasoquismo de alto grau.

  10. Bacana é que não aparece UMA cabecinha sequer de gado bozonarista por aqui para ao menos TENTAR defender o indefensável diante de uma postura assumidamente vagabunda como essa da comitiva bananeira !!!

    1. Silvio, daqui a pouco o muar Nyco Penyco e seus personagens aparecerão por aqui para zurrar. Aguarde!

  11. Foram passear na Big Apple com o dinheiro dos incautos que votaram neste governo pervertido. Mostram que não possuem planos e sequer estão interessados no destino do país. Creio que já jogaram a toalha e agora estão apenas se aproveitando do final da festa. Comportamento típico de gente que trabalha contra o país.

  12. O discurso do Dilmo??O Brasil é um dos melhores países para investimentos, é muito cara de pau, transparência no governo, só documentos de 100 anos de sigilo, convocando lunaticos e Amestrados para invadir o STF, Lobista principal do governo é o filho 04 e Prova disto que estes capachos Ministros e este Miliciano Jumento,tiveram convite “ZERO” para apresentar o Brasil a investidores,por isto, tempo para pizza e jantar com capacho embaixador!! Mundo dos Gados Milicianos está se tornado Restrito.

Mais notícias
Assine 50% off
TOPO