Reprodução

Posse de Biden terá artistas e público restrito

20.01.21 07:40

A posse do democrata Joe Biden e da vice Kamala Harris acontecerá por volta das 14 horas desta quarta-feira, 20. Os dois devem fazer um breve juramento ao lado do prédio do Capitólio, que foi invadido por apoiadores do presidente Donald Trump no dia 6 de janeiro — Biden já avisou que não usará máscara de proteção contra a Covid-19 nessa hora. Em seguida, o presidente já empossado fará o seu discurso inaugural para cerca de 200 pessoas sentadas, todas respeitando o distanciamento social.

Donald Trump não estará presente. Ele deve deixar Washington rumo a seu resort em Mar-a-Lago, na Flórida, pela manhã. Quem deve comparecer à cerimônia, representando o governo dos EUA, é o vice-presidente, Mike Pence. Além dele, os ex-presidentes George W. Bush, Barack Obama e Bill Clinton também prometem marcar presença.

Para evitar protestos de apoiadores radicais de Trump, 25 mil integrantes da Guarda Nacional estarão nas ruas de Washington. O contingente é cinco vezes maior do que o número de soldados atualmente no Iraque e no Afeganistão.

Para evitar aglomerações, foram cancelados o desfile até a Casa Branca e os bailes que normalmente ocorrem em Washington. A festa será concentrada em um programa de 90 minutos chamado “Celebrando a América”. O evento poderá ser acompanhado pela internet e por diversos canais de televisão. A exceção será a Fox News, mais próxima de Trump.

O apresentador será o ator Tom Hanks. Lady Gaga (na foto, com Biden), que apoiou efusivamente o democrata durante a campanha, será a responsável por entoar o hino americano. Entre os artistas que se revezarão no palco estão Justin Timberlake, Jon Bon Jovi, Jannifer Lopez, Demi Lovato, Bruce Springsteen, Foo Fighters, John Legend, Garth Brooks e Ant Clemons.

A profusão de famosos contrasta com a cerimônia de posse de Donald Trump. Em 2017, Elton John, Celine Dion, a banda Kiss e Garth Brooks se recusaram a participar. O republicano contou apenas com uma apresentação de um coral mórmon, de um grupo de dançarinas, as Rockettes, e de um cantor country.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

Só R$ 1,90* no primeiro mês

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

*depois, 11 x R$ 14,90

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Felipe Moura Brasil, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Até que enfim América vira pagina. Depois de 4 anos de gestão imunda que a isolou di mundo e da civilização. Quando vamos sair dessa lama por aqui? Já está chegando até a boca....

  2. Biden pode não ter sido a melhor escolha devido à idade avançada mas com certeza será melhor do que Trump: tem dignidade, serenidade, humanidade e conhece os meandros da política americana como poucos.

  3. E assim trocamos a morte por tiro pela morte nas facadas. O processo de degradação da dos EUA vai continuar, só que agora mais rápido. Só espero que a Europa também vá junto, eles fecharam os olhos para o perigo antigamente, agora devem perder por isso

    1. Esse Márcio deve ser mais um Membro do Gado do Bolsonaro. Depois criticam os petistas. Petista =Bolsinarista= uma praga que veio para desagregar, roubar, criar o caos. Seres das profundezas dos esgotos

    2. Bozotrumpistas estão desesperados. O golpe deles fracassou e agora muitos irão passar o resto da vida na cadeia. Infelizmente, o Trump atendeu o pedido do Bozo e concedeu perdão ao mais bandidode e racista de todos os Bozotrumpistas: o mentor delinquente dos bozokids!

  4. Começa hoje o governo que colocará o Bozo e os Bozistas no seu devido lugar: no lixo da história! O Brasil está tão ruim, mas tão ruim, que teve que se contentar em ficar no fim da fila da vacina produzida pela Índia. Bozistas, vocês conseguiram. Transtornaram o Brasil em um cão vagabundo da diplomacia internacional.

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO