Adriano Machado/Crusoé

Opção para ajudar Lula em SP, Alckmin teve votação pífia no estado em 2018

05.12.21 16:38

Lulistas e alckmistas conversam há algumas semanas sobre a possibilidade de uma aliança entre Geraldo Alckmin (foto) e o ex-presidente Lula na eleição ao Palácio do Planalto em 2022.

O principal argumento usado pelos defensores da chapa Lulalckmin, com Alckmin evidentemente de vice, é o de que o ex-governador de São Paulo,  de saída do PSDB, ajudaria o presidenciável do PT a crescer eleitoralmente no estado mais populoso do país, onde o antipetismo ainda é forte.

Um dos interessados na articulação, o PSB, provável destino de Alckmin, diz ter em mãos uma pesquisa mostrando que Lula sobe 4 pontos com a entrada do ainda tucano na chapa, o que poderia, segundo os socialistas, até “garantir uma vitória do líder petista no primeiro turno”.

Os números da última eleição, contudo, indicam que o peso de Alckmin no cenário nacional pode estar superdimensionado. Dono do pior desempenho eleitoral do PSDB na corrida presidencial, em 2018, com apenas 4,7%, o ex-governador teve uma votação pífia até no estado que comandou por 13 anos.

Naquela disputa pelo Planalto, Alckmin foi apenas o quarto colocado em São Paulo, com 9,5% dos votos. Ficou atrás não somente do presidente Jair Bolsonaro, que teve 53% dos votos, como também perdeu para o petista Fernando Haddad, 16,4%, e para Ciro Gomes, 11,3%.

Efetivamente, 2,2 milhões de paulistas votaram em Alckmin para presidente em 2018, o que representa 1,7% do número total de eleitores do país hoje. Por mais que o tucano apareça em primeiro nas pesquisas sobre a disputa pelo governo de São Paulo, não é crível imaginar que seus eleitores, majoritariamente conservadores e que chegaram a trocá-lo por Bolsonaro há três anos justamente para derrotar o PT, topem votar em Lula porque Alckmin aceitou ser vice.

O PT quer, de fato, usar o posto de vice na chapa de Lula como um aceno ao centro, pensando num eventual segundo turno contra Jair Bolsonaro. Embora a popularidade do presidente tenha despencado em São Paulo desde o início do governo, o centro está repleto de candidatos que podem herdar os votos de 2018 de bolsonaristas e alckmistas, como o ex-juiz Sergio Moro e o próprio governador paulista João Doria.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Vamos imaginar o contrário. Suponhamos que Dória chamasse Haddad para vice. Faria algum sentido? Quem mais tem a perder é o Alckmin. Pode surgir uma crise durante a campanha e o Lula ter que trocar de vice. O ex-governador deveria se acostumar com a ideia de disputar a vaga de Deputado Federal e se preparar para a sucessão da Prefeitura em 2024.

  2. que fim de carreira Alckmin está escolhendo ! Mais uma prova de sua imença mediocridade pessoal e de que os tucanos sempre foram introdutores e auxiliares da esquerdalha

  3. Dr.Alckmin! Não rasgue sua biografia! Não faça o Mário Covas seu padrinho revirar no túmulo! Não erre ,se eventualmente erraram consigo! Siga rumo ao palácio dos Bandeirantes! Melhor ser o eterno xuxu do que mais uma raposa no galinheiro! Dr Alckmin não nos desaponte! O PT só o cogita para abrir caminho pro Haddad!Ou já se esqueceu que o Lula repetia a "herança maldita"...o Dr é parte dela para eles!!!! Não faça isso

  4. Esta negociação do Alckmin com o ex-presidiário Lula, facilitará para o Doria fazer o seu sucessor em São Paulo. Assim como Aécio, que era um micróbio na corrupção petistas, Alckmin deixa evidenciado, que o acordo com o Lula, de não trazer à tona os negócios do Lulinha com os vestidos da Lu Alckmin, era por não ser um antagonista de fato ao PT. Doria errou com o BolsoDoria, mas saiu a tempo de se queimar. Porém, deixou claro, que é um verdadeiro opositor à corrupção petista. Moro 🇧🇷

  5. Geraldo Alkmin vai sujar sua biografia com essa aliança. Hoje, se sair candidato a governador ganha sem precisar de muito esforço, mas, se se aliar a lula verá até que ponto o PeTê destruiu as esperanças de uma vida melhor do povo.

    1. engano Alckmin apenas revelará ao país o pilantra oportunista que sempre foi.

  6. A política como a vida é mutante. Estou convicto, mesmo que Alckmin seja vice do Lula, o seu eleitorado não vai migrar majoritariamente para o petista. Indago: Será que o PT quer Alckmin como vice do Lula para abrir caminho para Fernando Haddad ser governador em São Paulo?

  7. Srs ; o Bozo agora distribuindo 400,00 p todo mundo ; e microcredito da Caixa !! Infelizmente vai levar a reeleição !! Sem esperanças …

  8. é risível e, muito bom que eles se unam....os malandros de mais uma teatro das tesouras. poderia levar o aécio pó junto para o nosso deleite.(estão com a bunda na janela e não sabem). MINHA GENTE VARONIL , MORO VAI GANHAR NO PRIMEIRO TURNO.

    1. Você acha mesmo que o PT “traiu a ética quando se aliou ao centrão”? PT nunca teve ética, sempre só quis e levou vantagem. Partido líder da maior roubalheira que já aconteceu no País Xô Lula, seu lugar é na cadeia. Querem saber quem é Lula? Leiam o depoimento do Hélio Bicudo sobre a biografia do ladrão de nove dedos. Os adoradores desse corrupto vão amar…

    2. Seria o fundo do poço para Alckmin se juntar a esta turma.. O PT traiu a ética que tanto alardeava quando se aliou ao centrão de Bolsonaro......

Mais notícias
Assine 50% off
TOPO