Adriano Machado/Crusoé

MP do Rio denuncia policiais por massacre no Jacarezinho

15.10.21 11:57

O Ministério Público do Rio de Janeiro denunciou dois policiais civis por envolvimento no homicídio de Omar Pereira da Silva, durante ação na favela do Jacarezinho.

A operação realizada em 6 de maio durou nove horas e 28 pessoas foram mortas. De acordo com testemunhas, muitas das vítimas foram executadas quando já tinham se rendido, que teria sido o caso de Omar Pereira.

Um dos denunciados responderá pelos crimes de homicídio doloso e fraude processual. O outro agente é acusado pelo crime de fraude processual. O MP também pediu afastamento dos policiais das operações policiais. As informações são de O Antagonista.

É a primeira denúncia oferecida contra agentes de segurança após decisão do ministro Edson Fachin (foto) de proibir operações policiais nas favelas do Rio durante a pandemia, “sob pena de responsabilização civil e criminal”.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Até agora não entendi a relação entre operação policial e a pandemia. A operação policial efetiva afetaria em quê?

Mais notícias
Assine 50% off
TOPO