Adriano Machado/Crusoé

Marco Aurélio arquiva pedido de inquérito sobre cheques para Michelle

13.05.21 19:26

O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal, arquivou notícia-crime que pedia uma investigação sobre os depósitos realizados por Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro, na conta da primeira-dama Michelle Bolsonaro.

O arquivamento segue parecer da Procuradoria-Geral da República. Augusto Aras havia afirmado ao Supremo não ter visto indícios mínimos de infração penal por parte do presidente Jair Bolsonaro.

“É notório que as supostas relações espúrias entre o senador Flávio Bolsonaro e Fabrício Queiroz, seu ex-assessor na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, foram objeto de oferecimento de denúncia, na primeira instância, em desfavor de ambos e de outras pessoas supostamente envolvidas nos crimes correlatos. Inexiste notícia, porém, de que tenham surgido, durante a investigação que precedeu a ação penal em curso, indícios do cometimento de infrações penais pelo Presidente da República”, afirmou.

Marco Aurélio Mello, então, despachou: “Considerada a manifestação do Ministério Público, mediante ato do Órgão de cúpula, arquivem“.

Os cheques de Fabrício Queiroz para Michelle foram revelados por Crusoé em agosto de 2020. Quatro meses depois, Bolsonaro admitiu ter recebido os valores de Queiroz. “Como falei desde o começo, aqueles cheques do Queiroz, ao longo de 10 anos, foram para mim, não foram para ela (Michelle). R$ 89 mil por 10 anos, dá em torno de R$ 750 por mês, isso é propina? Pelo amor de Deus!”.

Já é assinante?
Assine a Crusoé ou nosso combo e ganhe o novo eBook de Mario sabino

Assine a Crusoé

*válido até 30/06/2021

Assine a Crusoé ou nosso combo e ganhe o novo eBook de Mario sabino

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Na semana das denúncias sobre o amigo do amigo de meu pai, o STF se abraça novamente ao Bolsonaro. Vamos continuar pagando caro por esse jogo de morde e assopra das otoridades.

  2. Análise perfeita de Carlos F. S. Lima (Crusoé de 14.05.2021). STF possibilitou a reeleição do Lula. O PR ajudou-o, eliminando Moro e Lava-Jato. O povo, por ignorância e/ou comodidade não se revolta. Conclusão: ou as FFAA resgatem CF e democracia, ou o Brasil vira uma Venezuela.

  3. A gente tem a impressão geral de que o BRASIL é um kamicase cometendo um harakiri..... não é possível um país cometendo tanta barbárie, institucional e generalizada, contra si mesmo..... coisas tenebrosamente imorais fazem esses sujeitinhos..... a gente custa a acreditar no que vê diariamente!!!!!!

  4. O despacho do ministro Marco Aurélio remetendo ao arquivo o tal processo, deveria ser publicado na íntegra, em manchetes, pela imprensa melhor pensante, pois representa o irônico entendimento pelo ministro das razões do “prestativo” Aras, na linha do puxassaquismo explícito...

  5. Foi so coincidência que o Minto estava no nordeste Hoje com o ex presidente Fernando Collor (que confiscou/travou nosso dinheiro quando presidente), sera que o primo empixado ligou pro primo togado e pediu mais um favorzinho? ta na hora de abrir o jogo e mostrar que no Brasil tem 2 constituições, a do povo que so se for.e e dos poderosos amiguinhos ricos que formaram essa casta social que vive num outro Brasil e que ninguém vai nunca preso graças ao STF, STJ, PGR e politicos enrolados com a lei.

    1. Ao que tudo indica, ela é viúva de marido vivo...

    2. Concordo com o Sérgio, também votei no Bolsonero, coisa que jamais acontecerá. Melhor seria ter votado no Hadad, creio que ele, pelo menos tendo mais cultura teria melhor conduta no combate à pandemia, sem contar com as outras barbaridades cometidas pelo atual presidente.

    3. Já viste a pesquisa data folha apresentada ontem ? Eu votei nesse doente de m. Bolsobosta e hoje, arrependido, voto até no Fernandinho beiramar, mas jamais voto nesse psicopata. Que venha o Lula que cai ser nele que vamos votar. É claro que eu preferiria o Fernandinho, mas como este o STF não libera para ser candidato, vou mesmo é de LULA. Acorda moço, acorda.

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO