Ricardo Stuckert/PR

Lula recebe governadores de províncias argentinas críticos a Milei

12.06.24 16:36

Em sua última agenda antes de embarcar para a Europa, Lula se encontrou com governadores de províncias (equivalentes a estados) da Argentina, durante um fórum de investimentos de países árabes no Copacabana Palace, no Rio de Janeiro. De origem peronista e críticos ao atual presidente Javier Milei, os governadores de Neuquén, Rolando Figueroa (direita na foto), e de Río Negro, Alberto Weretilneck (esquerda) tiveram um tempo na agenda do petista.

É o primeiro encontro de Lula com autoridades argentinas neste ano, já que o petista e o libertário não conversaram nem presencialmente nem por telefone desde a posse de Milei, há seis meses.

Lula não indicou o que conversou com os dois governadores, que já indicaram oposição pública ao seu presidente. Em fevereiro desse ano, os dois assinaram uma carta onde cobravam maior respeito da Casa Rosada às decisões tomadas pelos estados. Ambos pediram que o governo federal “se abstenha de outorgar qualquer tipo de concessão, prorrogação ou autorização relacionada com a exploração de usinas hidroelétricas sem obter previamente o consentimento das províncias.”

As duas províncias, localizadas na Patagônia argentina, são locais de geração hidrelétrica e Neuquén domina as maiores reservas de gás e petróleo do país.

É mais um pequeno ato de intervenção de Lula nas políticas internas de Buenos Aires — algo que o governo de Milei também faz.

Lula, vale lembrar, apoiou abertamente Sergio Massa na eleição vencida por Milei, enquanto o então candidato prometeu não fazer negócios com Lula. Milei já recebeu nomes da direita bolsonarista brasileira, tal como o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PL-SP). Este esteve não há muito tempo no país, revelando involuntariamente que foragidos pelos atos de vandalismo no 8 de janeiro estavam escolhendo o país vizinho para se refugiar das autoridades brasileiras.

Nem Milei nem Lula dão sinais de que travarão algum tipo de diálogo em breve.

Leia mais em Crusoé: Mais um ministro de Milei no bico do corvo

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Por que Lula está sempre do lado errado? sua mente morreu e esqueceram de deletar ... e ainda falam dois anos e meio, 'guentem manés.

  2. Duas grandes bestas! Esquecem que são presidentes de países amigos e com muitas ligações comercias e que fazem parte do Mercosul! Ficam com picuinhas pessoais. Lamentável!

Mais notícias
Assine agora
TOPO