Marcos Oliveira/Agência Senado

Justiça autoriza condução coercitiva de Marconny Albernaz, lobista da Precisa

13.09.21 17:10

A Justiça Federal autorizou a condução coercitiva do advogado Marconny Albernaz de Faria, lobista da Precisa Medicamentos. A decisão foi tomada a partir de um pedido apresentado pelo presidente da CPI da Covid, Omar Aziz. A oitiva de Marconny está prevista para quarta-feira, 15. A juíza Pollyanna Maciel Medeirou negou, entretanto, o pedido para apreensão do passaporte do lobista.

Marconny deveria prestar depoimento à CPI no último dia 2 de setembro. Sem explicações, porém, o lobista não compareceu. As investigações contra o advogado avançaram a partir de um inquérito aberto pelo Ministério Público Federal no Pará, para investigar respiradores superfaturados. Com a quebra de sigilo do lobista, o MPF paraense identificou a relação do advogado com a Precisa Medicamentos.

Segundo indicam os autos, ele traçou uma estratégia para burlar uma licitação para a compra de testes para a detecção do novo coronavírus, tornando vencedora a empresa, que havia ficado em terceiro lugar, com a desqualificação dos dois primeiros colocados no certame.

A CPI teve acesso ao material a partir de um requerimento de compartilhamento de informações proposto por Ciro Nogueira, ex-integrante da comissão e atual ministro da Casa Civil do governo Bolsonaro.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. A carta está fazendo Agua!!!Acho que o STF descobriu alguma coisa grave , pois só hoje o Canalha(Alexandre de Moraes),já condenou uma deputada do PSL por Rachadinha, adiou a pauta do Flávio rachadinha mansão Bolsonaro!!! Será que os 10milhoes da paulista não era POVO!! Kkkkkkkk

    1. Agora o lixo dos bozistas não quer mais combater corrupção. Quem diria! Joãozinho/Nyco Penyco, por que você abandonou o seus nomes de guerra? Já estã o muito desmoralizados? O Carluxo não estava mais contente com as suas perfomances bestiais? Cuidado, vão cortar as tuas migalhas...

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO