Adriano Machado/Crusoé

Guedes fala em ‘boato’ sobre acordo entre Maia e esquerda para travar privatizações

30.09.20 16:56

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Só esqueceu de dizer que o acordo é entre o Maia e o chefe dele, o Bozo, a frase privatizações que o governo Bolsonaro pretendia fazer, só pode ser piada! Única privatização que esse populista (esquerdista do Bozo) pretendia fazer era dos escandalos dos filhos dele, isso ele privatizaria ou terceirizaria rapidinho.... kkkk Paulo Guedes eu votei em você seu safado mentiroso, no Bozo eu nunca acreditei!!

  2. Paulo Guedes entrou falando grosso e agora parece mesmo uma tchutchuca do congresso, LAMENTÁVEL, votamos numa agenda liberal, crescimento economico e o que assistimos perplexos hoje é um ministro acuado, falando fino e jogando o jogo da pior ala do congresso nacional, perdeu seu time de privatizações, secretário do tesouro, se prostituiu em nome do apoio a reeleição do Mandrião Obtuso. MORO que fez certo em não compactuar com o estelionato eleitoral. Sr. Guedes tenha dignidade.

    1. Leandro você notou que o processo da operação greenfield contra o Guedes desapareceu ??? Precisa pagar o favor. Como ele vai sair ??? Tudo um toma lá da cá.

  3. Guedes veio da iniciativa privada, não estava familiarizado com os meandros da politica-gem, o toma lá-dá cá, o "criar dificuldade pra vender facilidade", a vanguarda do atraso, enfim! Descobriu q político não está interessado em modernização e desenvolvimento, só em manter seu poder de ganho!

  4. Rodrigo Maia e Davi Alcolumbre são os líderes da vanguarda do atraso! São iguais ao Toffoli e ao G. Mendes. Um lixo só. Não ajudar as privatizações, ser contra as mesmas é querer o atraso do Brasil. Estatais são cabides de emprego, antros de conluios, negociatas e corrupção. Vejam a absurda compra da refinaria de Pasadena/EUA pela Petrobrás. Um negocio ridículo, Dilma, Lula e seus comparsas petistas não tiveram vergonha em participar das negociatas q deram mais de 2 bilhões de dólares de prejú!

    1. democracia plena, geral e irrestrita requer aval dos "nhonhos" e dos "batores", ou seja dos canalhas do CN que ainda pensam que vão levar vantagem no governo Bolsonaro. Aguardem deitados, pois sentados vão cansar.

    2. Tudo indica que com Bolsonaro e o Centrão também não: " se correr o bicho pega, se ficar o bicho come"; mais ou menos assim.

    3. Não se esqueça do Capitão Cloroquina e do Posto Petrobrás... Esses também prometeram muito e não entregam NADA.

Mais notícias
Assine
TOPO