Adriano Machado/Crusoé

Governo encomendou 50 milhões de doses da Covaxin um dia após aprovação de emenda de Barros

23.06.21 09:01

Um dia após o Congresso aprovar uma Medida Provisória modificada por uma emenda do líder do governo na Câmara, Ricardo Barros (foto), para agilizar o processo de aprovação da vacina Covaxin pela Anvisa, o Ministério da Saúde acionou a Precisa Medicamentos, intermediária da vacina indiana no Brasil, para encomendar mais um lote de 50 milhões de doses.

A informação consta de um documento entregue pelo Ministério da Saúde à CPI da Covid. Segundo a pasta, a secretaria-executiva do órgão, então comandada pelo coronel Élcio Franco, braço-direito de Eduardo Pazuello, disparou ofício no dia 6 de março à Precisa Medicamentos com o tema “Aquisição de 50 milhões de doses de vacina contra a COVID-19 adicionalmente aos Contratos celebrados entre a União e a empresa Bharat Biotech, representada pela empresa Precisa Comercialização de Medicamentos”. No dia 5 de março, o Congresso havia aprovado a medida provisória com as modificações sugeridas por Ricardo Barros.

À época, o governo já tinha assinado contrato com a Precisa para o fornecimento de 20 milhões de doses da vacina indiana, ao custo de 1,6 bilhão de reais. O contrato está na mira da CPI e do Ministério Público Federal, que encontrou indícios de crime na compra. Trata-se da vacina mais cara adquirida pelo Ministério da Saúde, ao custo de 15 dólares por dose. Telegramas encaminhados pelo Itamaraty à CPI da Covid atestam que a Bharat Biotech tabelou entre 15 a 20 dólares o preço das doses vendidas a governos e empresas de fora da Índia. Para governos estaduais na Índia, o valor cobrado é de oito dólares.

Como mostrou Crusoé, a Precisa Medicamentos contava com a “nova redação da Medida Provisória” para agilizar o processo de aprovação da Covaxin junto à Anvisa. A tal “nova redação” era, na verdade, a emenda de Ricardo Barros à MP, acatada pelo relator do texto para inserir a autoridade sanitária da Índia em um rol de agências internacionais que, assim que aprovassem vacinas em seus países, obrigariam a Anvisa a dar parecer sobre imunizantes já validados no exterior.

“O presidente da Precisa Medicamentos comentou que, com a divulgação de dados de eficácia pela Bharat Biotech e a iminência da aprovação da autorização para uso emergencial sem restrições da vacina na Índia, autorização semelhante poderia ser obtida em breve no Brasil. Segundo ele, isso seria possível em razão da nova redação da Medida Provisória 1.026/21, relatou o embaixador do Brasil na Índia, André Correia do Lago, após se encontrar com Francisco Maximiano, sócio da Precisa Medicamentos, em 5 de março.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Esperar o quê de um governo que sancionou medidas de afrouxamento das da leis de combate à corrupção? Tudo calculado para a total impunidade...

  2. ricardo barros é aquela figura abjeta que consegue falar e assobiar ao mesmo tempo. quem acredita numa figura assim ??

  3. Começaram a aparecer as falcatruas que demonstrarão claramente o que é o governo bolsonaro e quem realmente é esse indivíduo.

  4. Barros o sujo sempre aparece em todos os governos. Quem se alia ao Centrão só tem um objetivo e bem sabemos qual é. Bolsonóquio na cadeia.

  5. É realmente estarrecedora a boçalidade de alguns comentaristas nesta revista. Se o governo tenta agilizar e comprar vacinas , esbravejam contra, inclusive sugerindo corrupção ( nesta compra foi pelo valor mais baixo da fabricante) se esquecendo que não são mais os petralhas que governam, e se não compra, acusam de genocida o Presidente. Quanta imbecilidade.

    1. Fernando, é triste ler um comentário igual o seu. Mostra q a inversão de valores é enorme e a moral e a ética são coisas que não existem. Qual a diferença do Bozismo para o Lulismo? Já que os seguidores fanáticos dessas duas turmas se recusam a admitir que seus senhores são maquiavélicos e corruptos.

    2. A CORRUPÇÃO ESTÁ ESCANCARADA NA CARA. O PIOR CEGO É AQUELE QUE NÃO QUER VER. O GENOCIDA AINDA VAI RECEBER A PECHA DE CORRUPTO E CANA. EM TEMPO ESSA É A MELHOR REVISTA QUE TENHO LIDO, EQUIPE COMPETENTE, IMPARCIAL, PROFUNDA, MODERNA, ETC...ETC...ETC...ETC ESTOU NA SEGUNDA RENOVAÇÃO DA ASSINATURA E JÁ ESTOU ESPERANDO A TERCEIRA !!!

  6. É só “puxar uma pena” que aparecerá um galinheiro inteiro. Tem mais corruptos , neste governo, do que uma ala da Papuda. Todos da propalada “direita facista”

    1. João, já deu para entender que você é contra o petismo/lulismo pq o governo deles foi enormemente corrupto e lesa pátria. Então explica o motivo de continuar defendendo o atual governo que está, descaradamente, fazendo a mesma coisa? Qual a lógica dessa sua postura? Realmente não consigo entender a lógica de seu posicionamento.

    2. Quando a “Lide China” bo seu dono encomendou vacinas Chinesas você não percebeu o “por baixo do pano”,….

  7. Alguém quer uma evidência mais clara de corrupção neste governo? Adivinhem quanto rolou por debaixo do pano? Bozismo é corrupto e genocida!

    1. Marcos, ocorre que ainda não nos desvencilhamos dos governos lulopetistas, pois o bolsonaro tem mostrado claramente que segue com a mesma forma corrupta de governar.

    2. Precisamos da volta de sua santidade o lula para acabar com a corrupção

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO