Adriano Machado/Crusoé

Flávio não vai participar de acareação com Paulo Marinho em 21 de setembro

19.08.20 18:43

O senador Flávio Bolsonaro (foto), do Republicanos, não participará da acareação com o empresário Paulo Marinho marcada pelo Ministério Público Federal para 21 de setembro. O procedimento estava previsto no âmbito da apuração sobre o suposto vazamento de informações sigilosas sobre a Furna da Onça, deflagrada em 2018.

O empresário, que à época da campanha era aliado da família Bolsonaro, afirma que Flávio foi avisado com antecedência, por um delegado da Polícia Federal, sobre a operação que revelou as movimentações suspeitas nas contas de Fabrício Queiroz. O filho 01 de Jair Bolsonaro nega.

O MPF optou pela acareação para colocar Flávio e Marinho frente a frente, a fim de confrontar as versões prestadas em depoimento pelos dois. Advogados do parlamentar, Luciana Pires e Rodrigo Rocca afirmaram que ele não terá disponibilidade em 21 de setembro.

Agora, o senador deve verificar sua agenda e, somente então, responder a intimação. Como, neste caso, Flávio não figura como investigado, ele não tem a obrigação de participar da acareação — a princípio, o procedimento mira apenas servidores públicos que podem ter vazado as informações.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Flávio Bolsonaro deveria ter interesse em esclarecer tudo o mais rápido possível. Mas foge da verdade sempre - o que nos permite ampliar as suspeitas. Depois de usufruir de um Foro Privilegiado retroativo, agora ele desacata a Justiça, criando o "DESAFORO PRIVILEGIADO".

  2. Esses são os nossos representantes!!!! Onde vamos parar com essa cambada de bandidos que tomaram conta do Brasil há 20 anos. São todos bandidos!!!

    1. Estratégia de "empurrar para frente", ganhar tempo para o Papai trocar um ministro do ATD que trabalhe para desconstruir a acusação livrando-o de Bangu.

  3. Canalhice exponencial. A devastadora corrupção em nosso país só equivale em profundidade e extensão às Fossas das Marianas. É uma realidade patológica esmagadoramente violenta, predatória... escandalosa e exacerbadamente humilhante. Não há caracteres suficientes em nosso idioma para manifestar a perplexidade dos decentes com uma tal inominável tragédia.

    1. Esses repugnantes estão insuflando o ódio. Terão a devida e proporcional retribuição. A gente olha a cara desse infeliz, 'todas' as caras desses broncossóides, as múltiplas caras do taras, as caras dos corvos, as de outros marginais da vida pública e privada conexa e tem vontade de aplaudir Lombroso.

    1. E ainda assim, não conseguimos nos livrar dessa massa gigantesca de corruptos. Que sina!

    1. Apesar de tudo isso ainda somos obrigados a ouvir o mantra de que esse governo não tem ainda nenhum caso de corrupção.

  4. Roberto, espeto que seja somente ignorância e não má fé em confundir as pessoas!!! O MP pode investigar, portanto pode prover acareação!! Mutação Constitucional?? Seja correto!! Não defenda o indefensável!! Moro 22!!!

  5. Ministério Público realizando acareação!!! Estamos caminhando, em todas as esferas, em caminhos estreitos no absurdo das mutações institucionais...

    1. Qual o problema do Ministério Público , no exercício regular de investigação já examinado e decidido pelo STF , diligenciar no sentido de produzir provas, via acareação ?

    1. VERGONHA , VERGONHOSO , isso é senador ? Isso é gente? Certo isso ñ é país

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO