MRE

Ernesto Araújo culpa ‘mudança legislativa’ por retrocesso no combate à corrupção

02.03.21 20:55

O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo (foto), atribuiu nesta terça-feira, 2, a “alguma mudança legislativa” os retrocessos brasileiros no combate à corrupção apontados por dois relatórios da Transparência Internacional entregues em outubro do ano passado à OCDE, o clube dos países mais ricos do mundo, que o Brasil deseja integrar.

“Realmente o compromisso com o combate à corrupção é um dos requisitos para a entrada na OCDE. Nós temos compromisso total com o combate à corrupção. Enfim, estamos sempre atentos a essas (manifestações). Às vezes alguma mudança legislativa é percebida como contrária (ao combate à corrupção), afirmou o chanceler durante uma entrevista coletiva. “Tenho certeza que isso sempre é analisado como país, do ponto de vista da OCDE, mas é importante reiterar que, do ponto de vista do Executivo, temos um compromisso total e permanente com o combate à corrupção. Acho que a entrada na OCDE nos permitiria consolidar normas de combate à corrupção que são extremamente decisivas para essa transformação de modelo no Brasil, além da dimensão puramente econômica”, acrescentou.

Não é o que diz a Transparência Internacional. Segundo a entidade, “os dados apontam para um desmonte do arcabouço institucional para a luta anticorrupção em curso, sobre o qual o presidente da República é um dos responsáveis”. Em documentos entregues à OCDE, a ONG denunciou “o aparelhamento e a perda de autonomia dos principais órgãos de combate à corrupção”, como a Polícia Federal, o Coaf e a Procuradoria-Geral da República.

Na mesma resposta sobre retrocessos no combate à corrupção, Ernesto Araújo emendou que “o Brasil pode contribuir muito na área de energia, porque a OCDE é um repositório de boas práticas”, sem explicar a relação de políticas energéticas com as diretrizes anticorrupção da organização.

Os retrocessos institucionais já vinham chamando a atenção de organismos internacionais desde o primeiro ano do governo Bolsonaro. Em 2019, uma delegação da OCDE fez uma visita a Brasília para demonstrar sua preocupação com a liminar do ministro Dias Toffoli para impedir, a pedido de Flávio Bolsonaro, o compartilhamento de dados do Coaf com outros órgãos de investigação sem autorização judicial. A decisão chegou a paralisar diversas de investigações pelo país, mas foi derrubada no final daquele ano.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

Só R$ 1,90* no primeiro mês

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

*depois, 11 x R$ 14,90

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Felipe Moura Brasil, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. "IInstituições Democráticas" Enquanto esta verdade for usada para esconder uma outra verdade: Uma ditadura da toga, do legislativo e do executivo.... O Brasil estará na desgraça, em todos os sentidos.

  2. Impressiona ver a seriedade que esse ministro usa pra falar essas coisas. Será que ele realmente acha que o mundo todo é feito de idiotas?

  3. Tds nos, q votamos em JB por falta de qq alternativa, hj sabemos q ele e família não são competentes nem confiáveis inclusive ética e moralmente. Seus ministros são capachos, especialmente pazuelo, Ernesto e infelizmente o Guedes. Esperava muito mais dele. Virou chuchava de JB. Triste de ver.

  4. "Ernesto, meu rapaz..." VC deveria ter mostrado PROVAS além de palavras; q fosse mostrado os "jabutis" q os deputados tentaram inserir em projetos de leis. Mostre as reportagem sobre o Jacob Barata, preso pela PF, solto pelo STF. Mostre os projetos de combate à corrupção engavetados por Maia. Mas, peloamordeDeus, NÃO mostre o q o Executivo fez c/ a LAVA Jato. Vai "entrar água". Os caras mostraram os podres do PR; VC deveria ter exibido os podres dos caras..quem sabe vcs não morrem todos VCS?

  5. O retrocesso é responsabilidade deste Presidente q sancionou as Leis q dificultam o combate à corrução e principalmente do povo q elege estes deputados e senadores q depois de eleitos, só trabalham também em benefício próprio!!!!!

    1. Minitro kassio, com aquela postura de morsego, e risadinha de Judas, diz tudo ?. Não engana niguem não.

  6. É muito difícil responder se esse ministro é mal intencionada ou tem um problema de falta de percepção da realidade. Provavelmente os 2. Para estar junto com bolsonaro, não tinha como ser diferente! #forabolsonaro

  7. Continuam apostando que somos trouxas. Parecem acreditar na mesma coisa em relação à OCDE. Mestres em corrupção muito bem assessorados pelos corruptos do STF. Males de Brasil.

  8. a meu ver sempre elegemos alguém mais corrupto que o anterior a ocupar o mesmo cargo.atualmente o cara além de corrupto é desqualificado para o cargo

    1. É muito dura a missão dos brasileiros ao escolher um PRESIDENTE.

    2. Maria, descordo de você quanto ao volume de corrupção, não gosto do Bolsonaro, só votei nele por q o Pt afundando o Brasil na corrupção. Sérgio Moro para presidente em 2022. 🇧🇷🇧🇷🤙🤙🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧

  9. Nesse país pessoas honestas sofre perseguições dos poderes da república , e os desonestos são protegidos pelos mesmos poderes. Uma inversão de valor extremamente cruel a democracia.

  10. Se chanceler eficaz é o bom mentiroso, Ernesto Araújo ganha Nobel fácil - o melhor ministro de Relações Exteriores de toda a História.

  11. Ernesto Araújo é uma vergonha. Como a Crusoé publica alguma coisa que saí de um ser tão mal inspirado! Os órgãos responsáveis pelo combate à corrupção estão com seus agentes amordaçados. O MPF sendo desmoralizado por seu PGR. À PF aparelhada pelo Presidente. O COAF destruído. Acabou, Brasil.

    1. Esqueceu da Segunda Turma do STF, onde todo combate à corrupção encontra sua cova.

  12. Fica difícil convencer a Transparência Internacional que não houve retrocesso no combate à corrupção, justamente no dia em que é revelado que o filho do Presidente, especialista em rachadinhas, comprou uma mansão de R$ 6 milhôes.

  13. Arnesto inventando histórias. É claro que o governo bozista esta aproveitando a pandemia para passar a boiada e desmontar toda as regras contra corrupção que estavam em vigor. Os criminosos agradecem!

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO