Agência Brasil

Denúncia por informação privilegiada

07.05.19 10:30

O Ministério Público Federal de São Paulo denunciou nesta terça-feira, 7, o empresário Wesley Batista (foto), do grupo J&F, pelo uso de informações privilegiadas no mercado financeiro.

Wesley é acusado de comandar operações de câmbio em maio de 2017 apostando na alta do dólar, quando ainda estava em sigilo o acordo de delação premiada feito por ele, o irmão Joesley e executivos do grupo. Ele teria lucrado quase 70 milhões de reais.

Alem de perícias da Comissão de Valores Mobiliários e da própria Procuradoria-Geral da República apontando a realização de operações que seriam de alto risco para quem não soubesse da delação, a denúncia inclui mensagens de texto entre Wesley e funcionários para demonstrar que o empresário ordenou as transações. Elas teriam beneficiado duas empresas do grupo J&F, a Eldorado Celulose e a Seara Alimentos.

Se for condenado, Wesley pode ter uma pena de um a cinco anos de reclusão, além de pagar uma multa que pode chegar a três vezes o valor do lucro obtido com as transações.

É a segunda denúncia contra o empresário por uso de informação privilegiada. A primeira, feita também contra Joesley, levou à prisão preventiva dos irmãos em setembro de 2017.

Eles foram acusados de terem comprado dólares no mercado futuro horas antes da divulgação da delação premiada, e de terem vendido ações da JBS, outra empresa do grupo, enquanto negociavam a colaboração, ainda em abril de 2017. Em fevereiro de 2018, tiveram a prisão substituída por medidas cautelares, por decisão do Superior Tribunal de Justiça.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Se fosse nos EUA mofariam atrás das grades. Como estamos no Brasil, nada vai acontecer, pois se lucraram 70 milhões, com metade disso bem aplicado no Judiciário, a liberdade será eterna.

  2. Ué, o PSDB sumiu novamente? Reforçou a blindagem? Serra Suiça, PROER do FHC, Rodoanel, Santo da Odebrecht!..... nem - se - ouve - mais - falar TUCANOS bandidos

  3. A organização criminosa desse governo certamente deve ganhar um oscar se fizerem um filme sobre toda essa roubalheira do dinheiro brasileiro. Muitos empresários e pessoas ligadas a essa estrutura super bem arquitetada devem ter planejado investimentos comandando os rumos e destinos de todo o dinheiro do mercado financeiro para si próprios. Imagina vc saber o futuro cambial, o futuro dos valores de ações e demais fundos? Impossível? Jamais! Eis as informações privilegiadas!

  4. Mais um assunto q nao vai dar em nada. Basta ser rico q gilmar, tofolli, levandowski e o decano garantista poem na rua. Nao precisa nem pagar multa

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO