Adriano Machado/Crusoé

Como será construído o novo protocolo da cloroquina

06.05.21 11:39

Propagandeada pelo presidente Jair Bolsonaro do início da pandemia até hoje, apesar de comprovadamente ineficaz contra o novo coronavírus, a cloroquina tem colocado o governo federal em maus lençóis na CPI da Covid. Em uma medida de contenção de danos, o Ministério da Saúde iniciou tratativas para a construção de um novo protocolo para o uso do medicamento contra a doença.

Apesar do freio de arrumação, o titular da pasta, Marcelo Queiroga, demonstrou que, antes do resultado final, não pretende contestar as posições do presidente da República publicamente. Em audiência na CPI da Covid, o médico irritou senadores ao, mesmo pressionado, se recusar a dizer se concorda ou discorda da ação de Bolsonaro para difundir o medicamento. Eu não faço juízo de valor acerca da opinião do presidente da República. Essa é uma questão técnica“, declarou.

O comando da elaboração do novo protocolo clínico está sob a responsabilidade do médico pneumologista Carlos Carvalho, professor da Universidade de São Paulo. A Conitec, comissão do Ministério da Saúde responsável por avaliar a incorporação de medicamentos ao SUS, fará uma proposta de protocolo, que ficará aberta para consulta pública. Depois da apresentação de contribuições, caberá a Queiroga dar a palavra final.

O ministro da Saúde deu os detalhes durante a audiência na CPI. De acordo com Queiroga, a Conitec mostrará “um olhar técnico sobre uma questão técnica”. “E a posição tem de ser colocada em consulta pública para receber a contribuição da comunidade científica, mas também de todos os brasileiros. E, a partir daí, vamos buscar consensos”, disse. “Não devemos aprofundar as nossas divergências. Nós devemos, sim, construir consensos, criar estradas pavimentadas para a saída dessa situação sanitária complexa“.

Inquirido, Queiroga afirmou à CPI que nunca foi pressionado pelo Planalto com relação ao protocolo de cloroquina e garantiu que jamais autorizou a distribuição do medicamento na sua gestão.

Já é assinante?
Assine a Crusoé ou nosso combo e ganhe o novo eBook de Mario sabino

Assine a Crusoé

*válido até 30/06/2021

Assine a Crusoé ou nosso combo e ganhe o novo eBook de Mario sabino

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Ele é especialista em consulta pública em tempos de pandemia! Na surdina fez uma na Sociedade Brasileira de Cardiologia e tornou as eleições da SBC de direta para eleições por um colegiado!

  2. Estamos enfrentando a pandemia a mais de um ano e duas coisas não saíram da cabeça IDIOTA e LUNÁTICA do Bolsonaro: - quando no início da pandemia a Merkel falou que cerca de 70% das pessoas iriam se contaminar; - E Trump apresentou a cloroquina como a droga da virada. Então o Bozo pegou isso, e achou inteligentes buscar a imunidade de rebanho, entupir o doente de cloroquina, rechançando por isso às vacinas. E agora vamos então discutir cloroquina. Isso é a porr* do samba de uma nota só...

  3. A sessão de hoje da CPI me deixou três certezas, o Dr. Quidroga prestaria melhores serviços ao governo como seu líder em uma das duas casas do Congresso, o DR. Quidroga seria melhor político do que médico e, o Dr. Quidroga é falso e mentiroso.

  4. A cada resposta sai um pouco de cocô do Queiroga, de medo de desapontar o Dr. Cloroquina. Todas respostas imprecisas, vacilantes. Imaginem esse cara dando um diagnóstico ou operando algum. Pode ser isto, pode ser aquilo. Corto aqui ou corto ali?

  5. Esse salafrario e mentiroso, este está escolado e está bem aí para o povo, é um deles foi indicado pelo clã dos filhos e com certeza ele está super alinhado. De qualquer forma nós já sabíamos que isso iria acontecer porque este governo é uma farsa e falácias.

  6. Claro, claro, está querendo passar a boiada de forma silenciosa. Se a proposta é técnica, por que então abrir para consulta pública, onde a maioria das pessoas não possui fundamento algum para discutir o método científico? Este ministro é um grande picareta. Sempre foi em toda a sua carreira!

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO