Presidência da República

Bolsonaro fala em legalizar garimpos no fim da transmissão ao vivo na internet

06.06.19 19:58

O presidente Jair Bolsonaro encerrou a transmissão ao vivo nas redes sociais desta quinta-feira, 6, dizendo que na próxima vai tratar da legalização do garimpo. A observação foi dirigida ao ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, que participou da live ao lado dos ministros da Economia, Paulo Guedes, e da Agricultura, Tereza Cristina (foto), em Buenos Aires, onde o presidente foi hoje na primeira visita oficial à Argentina.

Bolsonaro falou sobre a legalização de garimpos no Centro-Oeste e no Norte, mas sem dar detalhes. Ele também adiantou que deve tratar da aceleração dos processos de autorização para funcionamento das usinas hidrelétricas de pequeno porte na próxima transmissão ao vivo pelas redes sociais.

O presidente fez diversas críticas ao excesso de poder do estado para multar e penalizar os cidadãos. Ele defendeu as mudanças no Código de Trânsito previstas no projeto que entregou esta semana ao Congresso Nacional e o fim dos radares móveis.

Bolsonaro voltou a defender a exploração turística de áreas com o meio ambiente preservado no país, como na Baía de Angra dos Reis. Ele aproveitou para criticar o excesso de decretos baixados para proteger essas áreas, que na prática não cumprem sua finalidade e impedem investimentos no turismo.

“Alguém sabe o que a baía de Angra dos Reis fatura por ano com turismo?”, perguntou o presidente, depois de dizer que Cancún, no México, fatura 1 bilhão de dólares por mês com a atividade. “Fatura é multa, eu tenho uma lá, inclusive no mesmo dia e na mesma hora que eu tinha metido o dedo no painel de presença (na Câmara dos Deputados) em Brasília. Mas tudo bem, ficou três anos lá e ficou arquivada”, lembrou, em referência ao processo que foi arquivado no Ibama.

Guedes disse que a aproximação de Bolsonaro e do presidente da Argentina, Mauricio Macri, vai “botar o Mercosul para rodar”. O ministro da Economia  declarou que o mercado comum já foi um obstáculo econômico para os dois países.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Radares, CNH, pescar em área de proteção ambiental, nomear Vélez, pagar pau pro Olavo, moeda única com Argentina, passaporte diplomático pra pastor evangélico... No geral, muito pior o PT, mas esse senhor... sem noção!

    1. Não esquecer do puxassaquismo intenso e o mimetismo com o Trumpetudo.

    2. Reforma de Previdência, o corruPTo Lulla fez? Facilitar a abertura de start-up fez? Facilitar a entrada de turistas estrangeiros fez? Sem falar no Pacote anticrime do Moro.

  2. O homem gosta mesmo das vantagens de estimular os agrotóxicos e o mercúrio no meio ambiente. Deve mudar o nome "naro" para "cheio".

  3. As ONGs são contra. Porque o garimpo é explorado por pobres. Mas não falam nada sobre os desastres ambientais que a Vale provoca em Minas Gerais e vai provocat na Amazônia.

    1. Claro que não. Vice já esteve em algum garimpo? Eu já. No garimpo quem ganha o dinheiro é o bacana vivendo nas grandes cidades. Os pobres são explorados. Há varias formas de fazer garimpos legais usando técnicas modernas. Cabe ao governo fazer o negócio de forma correta. Por fim, aos ambientalistas sempre criticaram a Vale, bem antes do acidente. Os outros não. Compactuaram com a bandalheira.

  4. Ficamos tão feridos com as más intenções escondidas nos projetos dos governos anteriores... Medimos o Governo atual com rancor e desconfiança. Creio que Bolsonaro deseja fazer algo de bom para o país. O Brasil tem várias Angra's e garimpos para geração de empregos e renda. Exploração racional sem destruir o meio ambiente.

    1. Não. O único governo anterior que flexibilizou a legislação ambiental para aliviar a barra de criminosos foi o da Dilma com Belo Monte. Depois da Dilma, o governo atual está ganhando de longe. Atacou as unidades de conservação, diminuiu fiscalização, avisou os criminosos que a fiscalização vão ocorrer, persegue fiscais, muda novamente as regras do código florestal, etc, etc. a lista de malfeitos é enorme. Ontem mesmo os suecos deixaram de comprar produtos brasileiros.

  5. Não é a primeira vez que ele fala de explorar o turismo de Angra, que insiste . Sem querer fazer acusações , mas a mim está parecendo que há interesses pessoais por trás disso. O Brasil é grande e há muitos lugares que poderiam ser desenvolvidos e a população beneficiada através da exploração do turismo, mas só vejo ele insistir em Angra. É preciso um estudo sério com gente capaz para determinar onde aplicar a verba para desenvolver o turismo para beneficiar lugares que mais precisam .

    1. Sofhia. Muito boas as tuas considerações. Com relação à baia de Angra, é o padrão de Bolsonaro, fazer declarações sem conhecimento da situação. De si, Angra pode e deve ser explorada, mas com base em normas bem estabelecidas. E a questão dos garimpos, parece-me pura demagogia e irresponsabilidade. Temos um histórico de exploração de garimpos, com conflitos mal resolvidos. Enquanto Guedes, Moro e outros ministros batalham por um programa sério, JB atira foguetinhos. É o bobo da corte.

    2. A razão é simples. Ele tem investimentos em Angra. Entenderam agora?

    3. Sophia, a única relação é que ele tratou dos dois assuntos na "live". Bolsonaro não fala exatamente em investir em Angra, mas em permitir que invistam em boa parte de Angra, que é área de proteção ambiental e não pode receber investimentos turísticos.

    4. Pode ser que minha visão esteja distorcida e não esteja entendendo bem as intenções dele, mas qual a relação entre desenvolver potencial turístico e legalizar garimpos?

  6. O Brasil é muito bonito, mas ninguém pode ver. Tudo é protegido, sem ninguém pra fiscalizar. Aí vem o picareta, toma conta e ninguém se preocupa em reaver o que é público.

  7. Quanta bobagem nos comentários, me impressiona o nível de racionalidade e isenção dos assinantes, sinceramente pensei ao assinar que encontraria um debate entre nós com um nível mais elevado de bom senso, sem rompantes, com idéias que possam frutificar... alguns comentam em todas as matérias, é uma enciclopédia, outros criticam a pessoa do PR JB, arrependidos de ter dado seu voto, tolice, 5 MESES para consertar o que foi feito em 30 anos, são homens e não deuses do olímpo.

    1. Dois bozistas retardados abaixo. Não surpreende. Para eles só existe dois grupos no mundo: os retardados bozistas e os retardados petistas. O resto do mundo civilizado que pensa por si próprio não existe. Como são incapazes de pensar e argumentar, apenas bostejam nas redes sociais. Vocês são uma vergonha!

    2. Boa, Cleber! Tem uns (um tal de Jose-sem acento no "E" e um tal de Josuah, e outros poucos) q são inteligetões, e só se manifestam quando veem a foto ou o nome de Bolsonaro. São apaixonados por Bolsonaro. Têm raiva por que Bolsonaro não os indicou como Ministro da Inteligência e Conhecedores da Porra Toda.

    3. O que acho mais estranho, e é o que parece, esses comentários praticamente em todos os artigos, são plantados, com interesse de modificar o pensamento do assinante, tipo questão ideológica, uma guerra de ideias. Tem alguém pagando! Qual interesse?

  8. Bozo está apenas cumprindo promessa de campanha. Ele prometeu beneficiar criminosos ambientais, concedendo-lhes benefícios, subsídios e perdoando as penas. Em troca recebeu dinheiro direto e indireto de campanha. Não venham me dizer que vocês não sabiam...

    1. Verdade Sophia. Ele está promovendo uma desorganização geral no Brasil. Plantando o caos.

    2. Não só criminosos ambientais, José, mas também os criminosos do trânsito, o que é um paradoxo, para um governo cuja proposta era combater o crime. Alguém precisa avisar o Bolsonaro que ela não é o Trump e o Brasil está ainda muito longe de se igualar aos Estados Unidos ou aos países europeus em termos de educação da população!

    3. Tonica, Tonica, você está mais escatológica do que nunca. Lídia, espero que eles investiguem.

    4. Rapaz, manda esses absurdos pra Globo, pro Kennedy Alencar, Reinaldo Azeredo ou outros jornalistas que defendem o absurdo, que eles fazem dobradinha com voce.

    5. José vai cheirar chulé lá cum teus cumpanhero. Vai comer mortadela em Curitiba

    6. Ja dei o caminho das pedras. Basta juntar os pontos e pronto. Quem tem tempo e recursos para fazer o que é preciso? A correlação é óbvia em cinco meses d mandato.

    7. Esse dá tiro pra todo lado parece os petralhas acusa sem provas levanta falso testemunho vive criando fatos que ninguém denunciou nem a imprensa marrom muito menos a grande mídia que tá fazendo marcação cerrada nunca vi nada igual acho que sabem até a hora que JB vai no banheiro

    8. Olha não conheço essa verdade mas se apresentar as provas ou publicar para a própria revista tenho certeza que faria um grande trabalho para a verdade.

    9. Basta listar as doações (apoio direto) e os apoios recebidos (apoio indireto) durante a campanha e as medidas baixadas durante o governo (código florestal, redução de fiscalização, destruição da governança ambiental, perdão de multas, etc). Junte tudo isso e você terá uma combinação explosiva. Só não ver quem não quer. Deixo para os jornalistas fazerem este trabalho de investigação. ISO é função deles, pois eles possuem mais recursos para fazer isso.

    10. Assim como se cobra dos jornalistas aqui...Cadê as provas José? Exponha

    1. Andrew está criando uma falsa dicotomia. Todos os empregos da agricultura brasileira dependem das chuvas da Amazônia. Experimente desmatar lá para ver para onde estes emoregos irão. Desmate a Cantareira e descubra para onde a economia de Sampa irá. Meio ambiente gera emprego se o governo souber fazer as coisas. Governo retrógrado nunca conseguirá pensar em nada inovador.

    2. Andrew é possível perfeitamente as duas coisas. Manter o turismo e o meio ambiente. O Brasil é nosso e nós somos o povo. Boas leis de uso da área e de turismo promovem o cuidado.

  9. Estou a um passo do arrependimento de haver votado 17 em outubro. Mas, saibam, nunca será 13, 12, 45, ou 15. Bolsonaro sai da frequência, como seus filhos, compra brigas por burrice. Foge pelo vão do dedo. Não está pronto para o cargo. Mas, quem estaria? Estou decepcionado. Pobre Brasil.

  10. As unidades de conservação de proteção integral da Argentina, do Chile, da Costa Rica, da Colombia, EUA, são excelentes exemplos de como pode-se explorar o turismo sem regredir a categoria. Contudo, o que diferencia tais países está longe de ser APENAS a existência destas UCs. Turismo se faz com boas estradas, aeroportos, saneamento básico, usinas de triagem de resíduos, excelentes serviços e mão-de-obra, hospedagem, alimentação, SEGURANÇA. Não bastam paisagens, sol, sorriso e aperto de mão!

    1. Soraya— pessoas inteligentes estão sempre atualizadas sobre o que acontece no mundo, certo? Se a atual gestão não conhece ou não quer ouvir o consenso que existe sobre uma questão vital para o futuro do país, então há alguma coisa faltando. O que seria?

    2. Não concordo José. Há pessoas inteligentíssimas neste governo. Toda a equipe econômica. Sérgio Moro é diamante do maior quilate. Mourão é inteligentíssimo. O próprio Bolsonaro tem a inteligência lógica-dedutiva aguçada. Prova que é ex-aluno AMAN. Infelizmente o tratamento científico dado às questões ambientais e sua relação com a saúde humana e agricultura é fato recente na história do mundo. Me parece faltar nesta gestão ouvir o consenso ciência, política, economia para construir propostas.

    3. Falou tudo Soraya. O Bozo e os bozistas são uma afronta séria a inteligência deste país. Estes caras não sabem como o mundo civilizado funciona. Também pudera, são um bando de ogros populistas. .

  11. Senhor presidente estou muito arrependida de ter sido sua eleitora. Torço para que nosso país seja forte e vençamos nossas batalhas, no entanto, não torço mais para você ! Torço para que você desapareça do cenário político e leve seus filhos com você. É muita decepção.

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO