Reprodução/nstagram

Aliados pedem Daniel Silveira no PL, mas Bolsonaro adota cautela

28.11.21 16:03

Parlamentares bolsonaristas querem que o PL, futuro partido de Jair Bolsonaro, abra as portas para a filiação de Daniel Silveira, atualmente no PSL. O pedido foi feito a dirigentes do PL por deputados como Carlos Jordy, já convidado a se filiar à legenda e considerado integrante da ala ideológica do governo no Legislativo. Caberá a Bolsonaro, contudo, dar a palavra final. E ele ainda avalia a situação.

Silveira chegou a passar cinco meses preso após atacar, em vídeo, ministros do Supremo Tribunal Federal. Um convite para abrigar o parlamentar no PL, portanto, poderia ser malvisto pelo STF justamente em um momento no qual Bolsonaro, alvo quatro inquéritos na corte, busca distensionar a relação com o Judiciário.

Atual partido de Silveira, o PSL anunciou em fevereiro que expulsará o parlamentar, mas ainda não oficializou o ato. Roberto Jefferson abriu as portas do PTB para o parlamentar antes da prisão de ambos, mas a ficha de filiação não chegou a ser assinada.

“Tenho certeza de que Daniel Silveira trará muitos votos para o PL no Rio de Janeiro. Ele se tornou um símbolo do bolsonarismo e da luta pela liberdade”, diz Carlos Jordy. “Não vejo óbice à filiação do Daniel. Ele já reconheceu os excessos cometidos e com certeza amadureceu muito durante esse processo. Se depender do meu voto, será bem-vindo. Todavia, o partido é quem dá a palavra final”, afirmou Marco Feliciano, que já está no PL.

O convite a Silveira, contudo, não é unanimidade na sigla. Um influente parlamentar do PL, que fala em caráter reservado por temer represália, afirma ser contra o seu ingresso na legenda.

Com a filiação de Bolsonaro, o partido espera ampliar a bancada de 43 para 68 deputados. Parte desses parlamentares poderiam vir do PSL ou DEM, logo que a fusão dos dois partidos para criar o União Brasil for oficializada.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Acho que faz sentido ele entrar para o PL junto com os Bolsonaros. Faz também sentido Moro, Dellagnol, Janot e Santos Cruz entrarem para o Podemos do Álvaro Dias. Assim os partidos tem um perfil e caráter mais claro. Claro que voto em Moro!

    1. no caso Daniel Silveira se hoje é vítima de abusos e estupros às leis lembro que cometeu no mínimo crime de injúria e deveria ter sido processado pela Comissão de Ética da Câmara jamais ser um preso político de forma imoral ilegal e estúpida . partidos? não há nenhum partido político no Brasil mas bandos isto sendo generoso que deveriam ser extintos a bem da decência e dignidade nacional.

  2. não temos partidos mas bandos ou quadrilhas no país .. a CF de 1988 deixou o país ingovernável presa fácil da pior politicalha de nossa história . Assembléia Nacional Constituinte já com prévia extinção disto que chamam partidos políticos a assaltar o povo.

  3. Ah, mas que problema ""importante"", ""significativo"" e ""complexo"".... nenhum BRASILEIRO dormirá hoje de taaaaaaannnnta preocupação!.....

  4. ótima ideia. Daniel Silveira deve ser aceito pelos Bolsonaristas que demonstrou defender as ideias do Presidente. Que medo é esse de contrariar outros?

Mais notícias
Assine 50% off
TOPO