Foto: Alan Santos/PR

A saia-justa de Aras no processo contra Arthur Lira e Ciro Nogueira

16.05.21 08:01

O procurador-geral da República, Augusto Aras, está diante de uma encruzilhada. Nos próximos dias, ele terá de decidir se recorre ou não da decisão de arquivamento de uma denúncia que a própria PGR apresentou. Os alvos são o presidente da Câmara, Arthur Lira, o senador Ciro Nogueira e os deputados Eduardo da Fonte e Aguinaldo Ribeiro, todos do Progressistas, acusados pela Lava Jato de desvios de recursos da Petrobras.

O acórdão da decisão que arquivou a denúncia foi publicado na semana passada. Na quinta-feira, 13, Aras foi oficialmente comunicado e, agora, terá de tomar uma posição. A situação é uma saia-justa para o procurador-geral porque, com o enfraquecimento político de Jair Bolsonaro, sobretudo em razão da CPI da Covid, Arthur Lira e Ciro Nogueira se transformaram nos mais importantes sustentáculos do governo.

Na última semana, o presidente da República viajou com Lira a Maceió (foto), reduto político do presidente da Câmara, e desfiou elogios ao aliado, que é adversário do relator da CPI, Renan Calheiros, no estado. Ciro Nogueira não estava presente, mas é hoje um dos principais defensores do Palácio do Planalto na CPI.

Se sustentar a denúncia e desagradar ao Planalto, Aras pode colocar em risco seus planos de assumir a vaga de Marco Aurélio Mello no STF, que será aberta em julho. Concordar com o arquivamento de uma acusação que a própria PGR apresentou também soará estranho.

Em junho de 2019, a Segunda Turma do STF chegou a aceitar a denúncia contra Arthur Lira, Ciro Nogueira, Dudu da Fonte e Aguinaldo Ribeiro, mas eles recorreram.  Em março de 2020, após a nomeação do ministro Kassio Marques por Bolsonaro, o jogo virou em favor dos parlamentares, principais chefes do Progressistas.

Já é assinante?
Assine a Crusoé ou nosso combo e ganhe o novo eBook de Mario sabino

Assine a Crusoé

*válido até 30/06/2021

Assine a Crusoé ou nosso combo e ganhe o novo eBook de Mario sabino

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Com todo respeito, pessoalmente tenho a impressão que o PGR Aras não será nomeado ao STF, pois não é “terrivelmente evangélico” e, como parece que outra vaga não se abrirá até o fim do mandato do PR e como ele não será reeleito....!!

  2. O PGR, como advogado geral de Bolsonaro, certamente não recorrerá. Talvez deixe o prazo de recurso transcorrer in albis.

  3. CLARO QUE ELE VAI FAVORECER CIRO E LIRA !!! ARAS SONHA COM STF !!!! MAS ZAMBELLI E MALAFAIA QUER ANDRÉ, QUE DE EVANGÉLICO NÃO TEM NADA, TEM SIM É DE CAPACHO !!!!!!

  4. É óbvio que aras vai concordar com o arquivamento. mesmo assim não conseguirá a vaga no STF, pois não é o preferido de Gilmar Mendes. simples assim

  5. Aras deve concordar com o arquivamento sem remorso algum. Soar estranho não é um problema para ele. Ainda mais depois que Lindôra inventou a desdenúncia.

    1. Foi colocado no cargo pelo chefe da qua drilha para agir assim

  6. Crusoe não mostrou demonstração de apoio ao governo. Diga-se de passagem rede globo, uol, estadão , cnn, nao falaram nada sobre o evento.. Aliás falou Bolsonaro estava sem máscara em evento agropecuária ..

  7. Parece que crusoé nao tem visto as grandes manifestacoes pro Bolsonaro para informar maldosamente que o presidente tá enfraquecido politicamente. Será que tomou conhecimento da manifestaçao de ontem em Brasilia? Será que esta revista tá lembrada que é povo quem elege o presidente? crusoé quer tapar o sol com a peneira.

    1. O o antagonista+ fez ampla reportagem praticamente ao vivo. Hoje o assunto já é outro. Presta atenção para não ficar "por fora" novamente.

    2. Carlos, essa manifestação em Brasília não quer dizer nada. Brasília não é o Brasil. Quem está mandando é o centrão. Acorda rapaz!

    1. Boa Milton!! Seguramente o Augusto Aras vai na onda do "reenquadramento e revaloração" do mestre Toffoli ... Hahaha

  8. Que vergonha, que deboche está a JUSTIÇA no Brasil . Como chegamos a esse ponto de promiscuidade entre os Poderes (podres) protoganizados por políticos e sobretudo por Magistrados, que não honram suas calças, muito menos suas togas, seus juramentos foram deixados no lamaçal da mentira, da falta absoluta de ética em nome da corrupção descarada em benefício aos seus próprios bolsos e vantagens individualistas. Vergonha ! Corrompem e se auto enriquecem em detrimento da dor dos brasileiros. Malta.

  9. Se Aras assumir a vaga no STF , depois desmontar a lava jato e todas as frentes de combate a corrupção , se juntando aos ministros que hoje trabalham para soltar os bandidos e punir quem investiga , e o presidente continuar com a base de eleitores e o exercito de formadores de opinião que bombardeiam as mídias sociais só mostrando a parte boa do governo , cegando a nação para o que realmente acontece , então perderemos o pouco que resta do Brasil que o brasileiro sonha ser mesmo de todos.

  10. Quem manda no Araras é o Bozo genocida, corrupto e delinquente. Cadê os bovinos defensores de corrupto e bandido para virem justificar essa política do Bozo de usar os órgãos governamentais para proteger corrupto e controlar esses mesmos órgãos mediante indicação política (STF)? O Bozo não foi eleito para combater tudo isso? O Bozo não disse que faria indicações ilibadas para o STF e PGR? Então o que são essas excrescência de Kassio e Aras como indicações? Não mudou nada dos governos anteriores.

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO