Adriano Machado/Crusoé

A agenda vazia de Alexandre Ramagem

10.05.21 14:33

Há um mês, Alexandre Ramagem não registra compromissos oficiais em sua agenda pública, disponível no site da Agência Brasileira de Inteligência, a Abin. Foi no dia 9 de abril, uma sexta-feira, que o chefe do serviço secreto de Bolsonaro assinalou que teve “despachos internos” na sede da agência. Já entre 12 e 16 de abril, o diretor-geral da Abin informou apenas que sua rotina estava “sem compromissos” naqueles dias. De lá para cá, não houve mais nem um registro sequer.

Uma lei de 2013 determina que as autoridades do alto escalão do governo devem “divulgar, diariamente, por meio da rede mundial de computadores, sua agenda de compromissos públicos”.

 

Na sexta-feira, 7, Ramagem divulgou nota oficial em que confirmou a iniciativa da Abin, revelada por Crusoé, de levantar suspeitas sobre governadores e prefeitos, com o objetivo de mudar os rumos da CPI da Covid no Senado.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. DICA HORRÍVEL ESSA SITUAÇÃO, DO GOVERNO FUGIR DAS INVESTIGAÇÕES E BLINDAR OS ÓRGÃOS INVESTIGADORES!!!! É ASSINAR QUE TEM CULPA!!!!

  2. Quem não se lembra? Zambelli: Por favor, ministro, aceite o Ramage (sic), e vá em Setembro para o STF. Moro: Prezada, não estou a venda.

    1. Só um idiota acha que o chefe do "serviço secreto" se envolve diretamente em missões de campo.

    2. Basta registrar “Analises operacionais diversas”. Fim. Vão ficar perguntando que é isso a vida inteira. A resposta será: será analisado em tempo oportuno. Loop infinito.

  3. Aí tem....Normalmente quando criança fica quieta, dizemos: só pode estar fazendo arte. No caso de adulto, funcionário público, que @SF_Moro não aceitou substituir pelo Ex-Diretor Valeixo, aí tenha certeza que tem mesmo....

  4. Agora vcs. vão querer saber os horários que o PR e toda a cúpula vão fazer suas necessidades fisiológias (cagar ou mijar).

    1. Bem o Bozo está fazendo merda o tempo inteiro. Pior ainda, ele faz isso em público.

    2. Não exatamente. Querem saber apenas os horários em que trabalham e com o que trabalham. Se até os antecessores, de triste memória, publicavam a agenda, não deve ser tão difícil assim, venhamos e convenhamos.

    1. Verdadeiro modo de agir de Máfia Tupiniquim ou Milícia do RJ, isto sim .

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO