Marinho: para ter dinheiro para saúde, educação e segurança, a reforma precisa passar

Negociação sem limite

Rogério Marinho, o homem da reforma da Previdência, diz que o governo está disposto a ceder para aprová-la. Mas que confia que o Congresso fará a sua parte
08.03.19
Mais notícias
Assine
TOPO