FelipeMoura Brasil

O conselheiro Toffoli no establishment de Bolsonaro

03.01.20

Dias Toffoli fechou 2019 com duas confissões que, na prática, confirmam a subserviência da família Bolsonaro ao presidente do Supremo Tribunal Federal.

A primeira foi sobre a escolha do momento oportuno para mandar soltar – com seu voto de desempate, claro – o padrinho Lula e o ex-chefe José Dirceu, além de outros milhares de criminosos condenados em segunda instância.

Para Toffoli, “o tempo de pautar o julgamento foi importante”. “No início do ano, em que havia aqueles embates mais fortes, momento de acomodação, novo Congresso, novo Palácio do Planalto, nova Esplanada dos Ministérios, se julgasse aquilo naquele momento, por abril, talvez tivesse um tipo de reação diferente”, disse o presidente do STF ao Estadão, sem mencionar que uma das razões específicas de ter adiado a rediscussão do tema havia sido o desgaste do STF com a decisão, tomada em 14 de março, de que crimes eleitorais como o caixa 2, cometidos em conexão com outros crimes como corrupção e lavagem de dinheiro, devem ser enviados à Justiça Eleitoral – aquela que absolveu a chapa Dilma-Temer por excesso de provas.

“Com o passar do ano, as questões vão se acomodando, ficou um momento mais adequado. Tanto que aqui na frente não havia manifestações. Eram cinco pessoas de um lado e cinco pessoas do outro. Não houve nenhum tipo de reunião que fosse de algum modo expressivo. Foi zero. A escolha do momento foi correta. É uma sintonia muito fina”, concluiu Toffoli, vangloriando-se, na prática, do seu próprio oportunismo.

Como apontei em uma porção de artigos publicados desde a decisão do ministro, tomada em julho, no recesso judiciário, de suspender todas as investigações do país baseadas em dados da Receita e do Coaf, incluindo a de Flávio Bolsonaro: a direita flaviana não apenas se calou por pavor de melindrar o companheiro Toffoli, mas também blindou o presidente do STF contra a CPI da Lava Toga, boicotou manifestações a favor da prisão em segunda instância marcadas para antes do término do julgamento e, depois de abertas as portas da cadeia, ajudou, em parte, a convocar ato exclusivamente pelo impeachment de Gilmar Mendes, embora manifestantes alheios ao berrante tenham ousado nas ruas, felizmente, cobrar o impeachment de Toffoli também.

Pautar a prisão em segunda instância antes do julgamento sobre o compartilhamento de dados do Coaf com o Ministério Público garantiu ao presidente do STF o “momento mais adequado” de silêncio da família Bolsonaro e dos movimentos mais bolsonaristas, independentemente de ter havido ou não um “acordão” verbalizado entre as partes.

Publicamente, o “acordo” com Toffoli que o governo Bolsonaro verbalizou foi o “acordo de percepção, de engajamento em temas maiores”, descrito pelo ministro Jorge Oliveira a Crusoé em setembro como “um propósito” comum entre eles de “salvar o país da crise econômica”. Considerando o entendimento declarado pelo presidente do STF de que a “Lava Jato destruiu empresas”, nota-se que seu remédio para a economia passa pela contenção da Lava Jato, não só com a soltura de condenados em segunda instância, mas também, entre outras medidas, com a invenção da regra de que réus não colaboradores têm de apresentar alegações finais somente depois de réus colaboradores.

A segunda confissão de Toffoli, sobre seu aval a Jair Bolsonaro para sancionar a criação do “juiz de garantias” – jabuti inserido no pacote originalmente anticrime de Sergio Moro –, escancara que o presidente da República prefere o conselheiro Toffoli ao ministro Moro (cuja potencial indicação ao Supremo também passou a enfrentar ressalvas de Jair: “Você tem que indicar alguém com chances de ser aprovado” pelo Senado).

A segunda confissão indica ainda a função de intermediário de Jorge Oliveira, nomeado à Secretaria-Geral da Presidência justamente porque é camarada do presidente do STF, ex-assessor de Eduardo Bolsonaro, doador de campanha de Flávio e filho do falecido capitão Jorge Francisco, que atuou por 20 anos como assessor de Jair na Câmara e repassou, entre 2004 e 2016, 81 mil reais para campanhas do então deputado e seus filhos, segundo o TSE (o que lhe rende, no atual PSL, o apelido de “Queiroz do Jair”).

“Fiz chegar que era factível e era possível implementá-la. Não me lembro se foi direto (com Jair Bolsonaro) ou através do Jorge (Oliveira)”, disse Toffoli, com intimidade.

Além de nota oficial do Ministério da Justiça e Segurança Pública, Moro publicou três tuítes mostrando-se desde “sempre” contra a criação do “juiz de garantias”, sancionado por Jair Bolsonaro, e chamando de “mistério” o modo como será feito, nas comarcas com apenas um juiz (40% do total), um “rodízio de magistrados” para resolver a necessidade de outro juiz. “Tenho dúvidas se alguém sabe a resposta”, comentou o ministro. Em parecer ao presidente da República, como foi revelado em seguida, a sua pasta ainda havia alertado que a sanção “dificultaria ou, até mesmo, inviabilizaria a elucidação de casos complexos” como os de corrupção e lavagem de dinheiro.

Este Jair Bolsonaro – que cogita indicar ao STF Jorge Oliveira ou outro amigo de Toffoli no governo, o advogado-geral da União, André Mendonça, que organizou até livro em homenagem ao presidente do Supremo e legitimou seu inquérito ilegal – vem trocando o discurso anti-establishment que o elegeu pelas atitudes pró-establishment no poder, contando inclusive com dois membros do Centrão como líderes governistas no Congresso: os emedebistas Fernando Bezerra Coelho, acusado pela Polícia Federal de ter recebido milhões de reais de propina quando era ministro do governo Dilma, e Eduardo Gomes, que chegou ao partido a convite de Renan Calheiros. Isto sem falar no ex-advogado de campanha do PT Admar Gonzaga, que agora dá as cartas no partido bolsonarista em formação, Aliança pelo Brasil.

Com auxílio de seus filhos, blogueiros de crachá, militantes de gabinete, jornalistas de emissoras favorecidas pela Secom e influenciadores dispostos a ignorar todas as imoralidades e conivências dessa turma em nome de qualquer melhora econômica, como faziam os petistas quando o alto preço das commodities turbinava a economia, Jair Bolsonaro tenta “preparar a opinião pública” – expressão que ele próprio usou ao indicar que sancionaria também o fundão eleitoral de 2 bilhões de reais – antes e depois de cada escolha comprometedora que faz. O problema é que as narrativas preparadas ficam cada vez mais distantes da realidade, como já notou um monte de seus eleitores no Twitter, que agora emplacam hashtags como #BolsonaroTraidor e #Moro2022.

É nisso que dá virar “Toffoli Futebol Clube”.

* Felipe Moura Brasil é diretor de Jornalismo da Jovem Pan.
Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Aprecio sobremaneira tua independência e coragem para denunciar de público os espúrios conchavos de Bolsonaro com o sonso e caviloso Toffoli, para acobertar as canalhices perpetrados pelos filhos do Presidente, queimando COAF, inventando manobra indecente do tal JUIZ DE GARANTIAS... Ressalto a tua preciosa, mas triste, frase, denunciando que Bolsonaro prefere, como conselheiro, o pusilânime e imoral Toffoli, ao sereno, sábio e ético Sérgio Moro... Meu respeito pelo que dizes e escreves aumenta,

  2. Está muito bem colocado ,eu ainda sou eleitor de Bolsonaro , mas essa aliança com o que tem de pior no STF começa a colocar em dúvida o futuro do meu apoio , e se ele deixar de indicar um Moro ou um Bretas para o STF pra colocar alguém alinhado com Toffoli , pra mim será o fim da esperança de um país livre da corrupção e da escória da política, espero que ele comece a reavaliar suas escolhas , pois mesmo com todos os acertos até agora que são muitos , essa escolha do STF é que vai selar futuro.

  3. Bolsonaro foi a escolha possível . Está envaidecido com o poder . Sair do partido que o elegeu por disputado internas de poder e fundar outro é a prova disso . Acordo com Toffoli e com Botafogo para sancionar as piores medidas para o país . Bolsonaro não surpreende. Ele é péssimo como presidente , como foi deputado . Paulo Guedes é o responsável pela discreta melhora na economia . Bolsonaro e filhos esquecem que à presidência vai acabar um dia . Pelo quê Bolsonaro será lembrado ?

  4. Eu até acho que tudo que vc escreveu seja verdadeiro, não posso julgar tudo isso, por que não estou em Brasilia e não sou jornalista para pesquisar esses assuntos. O que nós Brasileiros temos que ficar atento, se Bolsonaro está entrando nessa podridão é ir novamente as ruas com milhões de pessoas pedindo Moro para presidente # fora Bolsonaro # candidatos do PT-PP-DEM-PSDB-MDB E TODA A ESQUERDA.

  5. Meus DEus.. Constantinopla é uma metralhadora que não permite que as plateias ouçam o que as outras cidades, mais velhas e experientes, dizem..sempre a mesma historia, que ninguém mais aguenta e não importa com quem cidade.. o desrespeito é sempre o mesmo existem outras cidades conservadoras respeitam as demais se essa cidade não respeita as demais, poderia pelo menos respeitar as plateias, que não querem desertar mas não aguentam mais

    1. para nos despedir, faremos como fazia Verona, colaremos uma música do saudoso J.Gilberto "eis aqui esse sambinha feito de um nota só" adeus pancontinente.. vamos desbravar outras terras, onde as pessoas já tenha idade para saber que a vida é uma passagem muito rápida e que sem humildade morremos na praia por toda eternidade

    2. Ficaremos meio órfãos, porque gostamos da diversidade de pontos de vista tradicionalmente presente no pancontinente. mas como não há nenhum amigo, parente, colega, enfim, que possa orientar constantinopla.. vamos desertar e asseguro que não somos poucos na plateia que cansaram pena para todos, sobretudo para essa cidade que poderia aprender com os erros e amadurecer, se conseguisse fazer o mínimo de autocrítica adeus pan continente

    3. Depois de hoje vamos desertar.. depois que conseguiram reconquistar Villa Velha ele vai conseguir espantar como conseguiu com Verona.. Continuaremos com a Crusoé onde há um grupo mais maduro de cidades a frente do debate, pois gostamos de debate.. não de estilingada

  6. Fica para sempre a pergunta sem resposta: Como teria sido a Presidencia Bolsonaro, se a paternidade tivesse ficado somente no âmbito familiar? E para os fluminenses, a vistas, mais um enlace político-familiar-bolsonariano, enquanto a mãe do 01, 02, 03, informa que de "paraquedas", cairá na disputa para deputada estadual do RJ. Estivemos prestes ao vigoroso: "eu sou brasileiro, com muito orgulho..." JB, terá sempre sido importantíssimo para tirar o PT. Isto reconhecemos e louvamos.

    1. Gostamos de ouvir constantinopla mas gostaríamos que constantinopla ouvisse com de fato o que outras cidades, mais antigas, têm a dizer

    2. e pior.. constantinopla está em toda parte.. interrompendo tudo e todos.. é um teste de paciência a cada nova situação... vamos acabar desertando.

  7. Escandaloso o "toma lá dá cá" entre Toffoli e Bolsonaro, sendo que esse último engavetou o tal do combate á corrupção , uma de suas propostas à época de campanha e até atraiçoou a maioria que votou nele . Uma vergonha.

  8. Se Bolsonaro não indicar Moro será com certeza a maior traição já vista. Meu apoio a esse governo é 50% por causa do Moro e 50% por causa de Paulo Guedes. Será uma grande decepção.

  9. Não faz sentido algum essa sua publicação, sendo que na publicação seguinte fala em nova fase da lava jato na Europa. Deixando de assinar Crusoé em 3, 2, ...

  10. O presidente esta perdendo apoio dia a dia.Não tem a menor chance de reeleição,assim como o presidiário.Talvez seja bom para o país a médio prazo.Quem sabe o povo brasileiro consiga ter um candidato mais alinhado com suas idéias.O meu voto não tem mais

  11. Esta sucessão de medidas pró-corrupção, capitaneadas por Dias Toffoli e obedientemente seguidas por Bolsonaro, enterram definitivamente a bandeira anti-corrupção. Paralelamente, a mídia tradicional passa a divulgar uma pesquisa "surreal" comparando as popularidades de Lula e Moro. Está se aproximando o momento em que Moro será forçado a abandonar a pasta da justiça. Triste a sina do Povo Brasileiro.

  12. Escancarado esse conchavo entre JB e Toffoli. Toffoli levando um monte de vantagens e JB salvando o filho e sua quadrilha das repetidas apropriacoes indebitas. Espero q chegue a hora de ambos pagarem essa conta vergonhosa. JB e familia nuca mais tera meu voto. Moro e Guedes pra presidencia pra salvar o brasil. Tou cançado de ter vergonha de ser brasileiro.

  13. Parabens Felipe. Esse assunto ja deveria ter sido pautado ha muito tempo. A cada dia fica mais claro q a familia bolsonaro fez um acordao com Toffoli e os demais senhores das trevas no STF. # ForaBolsonaro e familia. #Moro2022.

    1. Excelente análise.com este comportamento proestablischment Bolsonaro joga no lixão da política imunda seu capital político.Que pena!

  14. Importante artigo...Bolsonaro se acha muito esperto...mas suas mutretas estao claras...nao titubearemos em mudar nosso voto por um mais fiel à direita....confiavel...

  15. Bolsonaro votei em você e infelizmente agora contínuo anti petista e anti partidos aliados como PCdoB, PTB, PSOL PSB e agora anti bolsonarista.

  16. De pleno acordo com o jornalista Felipe. Confiar no Toffoli, é confiar no PT. O presidente devia distanciar-se desse garoto do Lula.

  17. Foi a negativa da SECOM que te deixou assim, tudo é Bolsonaro, eleitores de Bolsonaro, fale por você e pra você, seu comportamento vai te destruir.

    1. Estou com você Ana... Felipe quer medir a temperatura do Crusoé. Só isso.

  18. parabéns Felipe pela clareza de raciocínio. contra fatos não há argumentos. seu artigo merece nota 10. votei no Bolsonaro, mas não estou gostando de algumas decisões dele que por cinal são gravíssimas.

  19. Maravilhoso artigo que bem expressa o atual Governo.Votei em Jair Bolsonaro embalada na esperança de mudanças alardeadas em sua campanha e, como eu, creio, a maioria de seus eleitores;tudo sonho desfeito em pouquíssimos meses.A palavra do Presidente não pode ser levada a sério,pois a cada momento se modifica pelo que melhor sirva aos seus próprios interesses; governa pela e para a família e não para o País;afasta amigos e abraça os inimigos. É um barco desgovernado que nos afunda no desespero.

  20. Quanto mais explicito fica quem é esse presidente do STF, mais agradecido fico àqueles que o reprovaram para o exercício da Magistratura em São Paulo.

  21. O problema desse jornalista é falar mau de Bolsonaro. Ele faz questão de ignorar as tramóias do supremo presidido pelo petralha Toffoli e pelos corruptos do Congresso liderados por Maia e Alcolumbre.

    1. Não se fala mal de Bolsonaro. Mas os 3 que vc citou e o Bolsonaro tramam contra a lava jato . O pai protege o filho e aí se acocora de calça arriada

  22. Perde tempo quem pede a Bolsonaro alguma ação contra os desmandos do STF e do Legislativo Federal. Como se pode ver isso nunca acontecerá. Infelizmente.

  23. Penso que às vezes nos esquecemos que o Presidente da República manda muito pouco. Hoje temos o Bolsonaro e se amanhã tivermos o Moro, de nada adiantará com esse câncer chamado Congresso Nacional e com esse STF corrupto.

    1. Se nao tivesse filho salafrario q ele insiste em salvar fazendo acordoes com Toffoli, limitando cada vez mais a lava jato e as acoes do Moro, nao passaria por esse problema. #MORO2022

  24. Se a econômia melhorar ( que já está acontecendo) desenvolver a saúde ,segurança trasportes e educação... Não tem pra ninguém, Bolsonaro será reeleito para tristeza de alguns vira casacas !!!

  25. E o lema “Brasil acima de tudo”? Superado pelo filho? Só uma coisa nos cala, a outra opção seria Haddad, piedade!!! #Moro2022

  26. Na realidade o Presidente não tem saída. Seu filho Flávio(que fez besteiras) pode ser preso a qualquer momento pelo STF ou cassado pelo Senado, ou seja, se ficar o bicho come, se correr o bicho pega e come....

  27. Bolsonaro, por conveniência do filho, rendeu-se a esse toffoli despreparado. Essa promiscuidade entre os dois é nojenta. Se quiser reeleger - se pagará caro por essa indecente associação. Que Moro saia candidato para varrer essa corja.

  28. Parabéns Felipe. Imprensa de qualidade tem de ser independente e dizer a verdade, doa a quem doer. A exemplo da grande maioria dos brasileiros, votei contra o PT e a bandidagem correligionária. Continuarei votando contra bandidos e traidores.

  29. Bolsonaro vende o país e fica de 4 para o STF para salvar o rabicó de seu filho Flávio, corrupto! Não tenho dúvidas que Bolsonaro vai voltar à velha política e se igualar a Lula. Se ele não indicar Moro para o STF, NUNCA MAIS VOTO NESTE MERRDHA

    1. Esta reportagem é uma vergonha, cheia de segundas intenções.

  30. Infelizmente temos jornalistas e seguidores que só se preocupam com pequenos detalhes que carecem de comprovação e se esquecem das grandes realizações. Por favor, sejam mais equilibrados né Felipe.

  31. Perfeito. Como apoiador do Bolsonaro antes e depois das eleições, hoje o considero um falastrão descompromissado com o seu programa de campanha e dedicado unicamente a salvar uma possível punição a seu filho Flávio. É de fato um traidor dos ideais de seus eleitores.

    1. Esse toffoli é um “Zé ruela”, sua justiça é igual ao seu caracter, ou seja “zero”. Qq homem q se vende, não merece o salário, pois não o levará a lugar algum. É só perder o Poder e cai na obscuridade a História recente nos mostra isso.

  32. As explicações vão ficando mais irreais. O desespero do povo vai aumentando... Não quero sentir esse desespero. E não acho que Moro vai enfiar a mão nessa cumbuca.

  33. Um governo do baixíssimo clero. Não votei no torneiro mecânico, mas vou carregar pelo resto da vida o fardo de ter votado nesse capital de meia pataca.

  34. Tudo isso é lamentavel porque na verdade são todos sujos. Para um juiz é mais podre ainda a questão de fazer acordos. Isso aqui não tem jeito. Estou à espera de um lider psicopata para consertar esse manicomio.

  35. Ao fim e ao cabo, Bolsonaro será o Lula da Direita. Não quis o toma-lá-dá-cá com o Congresso mas o faz com o STF de Toffoli e Gilmar. Se Bolsonaro tivesse alguma inteligência faria todo o lob para colocar o Moro no Supremo, pois se Moro se afastar do governo e tentar a presidência em 2022 Bolsonaro não irá nem ao segundo turno.

  36. Infelizmente, quem poderia nos salvar, tinha uma baita teto de vidro. Mas não mata a esperança de abrir caminho para alguém que não o tenha.

  37. Felipe atirou em um, com o intuito de acertar o outro. Jornalista que pratica o corporativismo não merece muita credibilidade. A Crusoé tem muita coisa boa, mas como nem tudo é perfeito.....

  38. Estou cansado dessas notícias. A população não reage, o congresso não nos ouve.Não há nada a fazer a não ser se arrepender profundamente de não possuir fundos próprios para se mudar deste país.O que lamento todos os dias é a minha incompetência pessoal por ter trabalhado mais de trinta e cinco anos e hoje não dispor de recursos financeiros para ir embora daqui e esquecer que um dia fui brasileiro.

  39. Pode ser que haja um acordão, mas não há um indício concreto ou pelo menos um conceito de até onde isso iria. Meu termômetro para o governo bolsonaro é a presença do General Heleno, ele é um dos homens mais inteligentes do Brasil e com a probidade questionável. Se ele sair eu mudo meu voto, não me importa o posicionamento nem de Moro, nem de Mourão.

    1. O general esteve próximo demais no STF e agora sumiu... Sabe motivo???

  40. Bolsonaro com certeza traiu grande parte de seu eleitorado. Para proteger o filho ele faz qualquer negócio. O amigo do amigo do pai do Marcelo sempre foi oportunista, continua agindo com coerência oportunista.

  41. Perfeito seu texto Felipe, acompanho seu programa diário, mas por outro lado , tivemos um primeiro ano muito bom do presidente.Reconhecemos neste país a dificuldade para governar,mas o povo está muito atento , nas promessas de campanha e não aceitará de forma alguma mudança rota!!!! Então presidente junte se aos bons , estamos vigilantes , ainda fiéis mas de forma alguma apoiando retrocesso!!!! Sérgio Moro STF ou quem sabe Presidente!!!!!!!!!!

  42. Antes eu achava que Bolsonaro era apenas um político limitado, mas depois de ter que engolir os "acontecimentos" muito bem descritos nesse artigo eu passei a vê-lo como um típico político do Centrão, nanico, limitado, desprovido de amor pelo Brasil e corrupto.

  43. Realmente, o Jair passou a perna no Moro. Ele está em dobradinha com o Toffoli para torpedear o combate ao crime, inclusive para livrar o trânsfuga de seu filho da cadeia. O Sr Bolsonaro, em que fui obrigado a votar no segundo turno, mostrou-se um traidor, um sem caráter. Não pode ser reeleito.

    1. Bolsonaro. Suas atitudes comprometem 2022. Não está sendo honesto decepção total não nos engana fala demais e faz de menos

  44. Lendo os comentários precisos de Felipe Moura Brasil, sinto vergonha e profundo arrependimento de ter Votado em Jair Messias Bolsonaro! Em 2022 espero ter a verdadeira opção de escolher um presidente competente, honesto e fortemente comprometido com o melhor para o Brasil 🇧🇷 O único nome que cresce e aparece é o de SÉRGIO FERNANDO MORO, presidente do Brasil 🇧🇷!!!

  45. Achei o artigo um pouco enviesado. Um “Q” de tendenciosidade desnecessária. Concordo com erro em não vetar o juiz de garantias. Concordo que as crias do PR atrapalham, mas daí a querer criar um cenário de conluio com Toffoli é um pouco demais. Não gosto, e isso é uma questão de opinião, desse tipo de indução que vejo/leio.

    1. Concordo ! Está muito tendencioso! Mudou de repente o Felipe! Por que?????????? Hummmmmm! Não está me cheirando bem!

    2. Sejamos sinceros. Bom desempenho na economia não faz de Bolsonaro o “Senhor da verdade”. Se está vacilando isso tem que ser dito, vamos parar de polarizar. Se não tiver crítica não haverá debate. Direita nutella não aceita crítica assim como esquerda de raiz. Acordemos!!!! Tudo que radicais querem, direita e esquerda, é a polarização. Sejamos críticos de nós mesmos. Erro é erro, acerto é acerto.

    3. A dificuldade para a população, que está no meio dessa dita polarização bem manipulada, é separar o joio do trigo. A eleição de Bolsonaro foi, antes de tudo, um CHEGA DE PT. Os anti petistas Nutella, ditos recém de direita, passionais, vêem no bolsonarismo a tábua de salvação, onde os erros são compensados pelo desempenho da economia. Não são. A dobradinha com Toffoli, não tolerar críticas de seus pares passar a mão em mal feitos dos filhos não o torna acima do bem e do mal.

  46. O futuro do Brasil está garantido, pois, se o Bolsonaro (em quem votei) e seus filhos pisarem na bola, temos na retaguarda o Mourão e as Forças Armadas junto com Guedes, Moro e o tocador de obras da Infra-estrutura, para garantirem o futuro do país e afastamento da bandidagem de colarinho branco.

    1. Concordo com vc! Temos que continuar unidos! Erros ocorrerão , ninguém sabe o que ocorre por trás e o congresso está louco para tirar o presidente. Estão se preparando para nova eleição antes de 2022 e atirando para todos os lados . Imaginem o Luciano husky com o vice do PCDB !

    2. Sinval. Uma observação: "... se pisarem na bola..." Já pisaram feio e aplicaram muitas caneladas em quem votou em Bolsonaro acreditando que ele realmente ia combater a corrupção. Bolsonaro e famiglia se passaram para o lado dos bandidos com o ACORDÃO. Esta famiglia já é "favas contadas".

    3. 👏🏼👏🏼👏🏼👏🏼👏🏼👏🏼🇧🇷🇧🇷🇧🇷 Assino embaixo e concordo plenamente!!!

  47. Muito bom o artigo , desmascara de vez o posicionamento do Presidente . O que o jornalista informa é tudo verdade . Um discurso bem diferente da campanha eleitoral . Nós ,brasileiros estamos mais espertos , estamos acompanhando com lentes de aumento,todo o caminhar e ações desse governo . Nos enganar está cada vez mais difícil . Presidente seja mais coerente ,assim não rola....

    1. o discursinho do Felipe xilique é choro por não ter tido chamado para o governo, um cara que divulga o endereço e foto de outro jornalista que fugiu com a a família para não serem mortos é coisa de jornalista cana lha

  48. Lamentável o comportamento covarde, invejoso de Bolsonaro. Perderá o respeito dos eleitores em pouco tempo. Seu filho é um cínico. Subornos na Câmara, não imaginava, é crime humilhante. Bolsonaro perdeu meu voto.

  49. O posicionamento de Bolsonaro é bem conflitante com seu discurso. Aparentemente está cedendo ou negociando com os que o precionam. Como eleitor fico na situação de ou acreditar que está precisando dar passos atrás para seguir adiante, ou está realmente refém de chantagens que ameaçam a credibilidade por fatos cujas descobertas incriminariam sua família e/ou a ele próprio.

    1. Afinal, é “precionam” referente a prêços ou quer se referir ao verbo “pressionar”.? decida aí meu chapa.

  50. Se Flávio Bolsonaro fosse homem honrado, ele teria enfrentado as acusações sem pedir auxílio do pai. Se Jair Bolsonaro fosse fiel às suas promessas, ele agiria em benefício do Brasil e não da própria família. Em grande parte, ele que provocou o caos jurídico que se instalou, prejudicando seriamente a segurança e a economia do país.

  51. Que absurdo colocar o presidente Bolsonaro como aliado do Tofolli. Esta é a mídia marrom que quer de qualquer maneira, desestabilizar o governo que aliás, está indo muito bem. É uma pena que, jornalistas como o Moura Brasil, insistam nestes discursos de ódio e em não reconhecerem o sucesso do governo Bolsonaro.

    1. o PR mudou e se esquiva das questoes da anti corrupçao, esta como o Temer refem do Congresso e do Stf , coaf , 2 instancia , juiz de garantias , aquela asneira de depor por ultimo, nao ouve o Moro , e os procuradores que tanto fizeram p pais , quis mudar o diretor da Pf , entao o Felipe ta certo

    2. O Felipe não "mudou de lado". Quem mudou é o Presidente que concorda com praticamente tudo o q pensa e faz Toffoli: fim da prisao 2. instancia, ordem das declaraçoes finais nos processos, e parada de todos processos envolvendo COAF de Julho a Novembro. Quem concordaria com essas atitudes do Toffoli?

    3. Muita gente comum, que sabe pensar e tem bom-senso, mudou... e muitos continuam mudando!!!

    4. Muita gente comum, que sabe pensar e tem bom-sendo, também mudou... e continua mudando!

    5. Engraçado como ele mudou de lado (o Felipe), o que estaria ganhando com isso?????

  52. O presidente do STF não precisa explicar suas decisões, suas confissões: seu passado de militante petista e sua "imensa competência" na área jurídica falam por si. Estupefatos ficamos todos nós com o alinhamento do presidente Bolsonaro com o que o Toffoli representa.

  53. Estou vendo que a maioria aqui defende Moro para 2022. Eu, sinceramente, prefiro o Mourão que, com certeza, manteria o Moro com todos os poderes necessários a uma atuação a mais eficiente possível contra os mais diversos tipos de crime. Mourão tem demonstrado ser muito inteligente, ponderado, conhecedor da maioria dos nossos problemas e, pelo menos aparentemente, incorruptível.

    1. O Moro é o moirão que pode segurar o governo, desde não se desapeguem dele.

    2. Concordo! Mourão é muito inteligente e mais capacitado!

  54. Perfeito, Felipe! Triste assistir como o lulopetismo conseguiu dobrar Bolsonaro rapidamente! Dá para aceitar que Bolsonaro não tenha vetado o juiz de garantias, jabuti colocado por Freixo e votado unanimemente pelo PT e seus iguais, com aval de Toffoli?! Qual é a do PR?! O que ainda nos dá alento são jornalistas como você que nos dão voz e colocam estas questões. Vamos conseguir acabar com o PT, apesar do Jair!

  55. Moro tem sido resiliente, Bolsonaro toma certas decisões que não se acha explicações plausíveis.com muita paciência moro tem tentado não expor seu descontentamento deixando Bolsonaro fazer sua política.Das três vagas no supremo,uma é do Moro,de preferência a primeira (este ano),Barroso e o paísprecisa do ministro no STF para alinhar se a ele no esforço de moralização da casa.me pergunto até onde Moro se permitirá em ser usado como mascote do governo.

  56. Felizmente para o Brasil o plano da imprensa(Antagonistas) de impichar o presidente nao deu certo. Bolsonaro nao caiu na armadilha.

  57. Tofolli não passa para Juiz, mas no ardil o cara é gênio. Embolsou o governo Bolsonaro e manda no Brasil. Faz o que quer e só deixa o Bolsonaro fazer o que ele quer. Votamos no Bolsonaro e elegemos o Tofolli, o presidente de fato.

  58. Torço sinceramente para que o presidente tenha o mandato interrompido o quanto antes. O vice, General Hamilton Mourão, tem bom caráter e melhor preparo para conduzir o país.

  59. No primeiro ano ele já se apresentou. Agora é a vez do NOVO que foi preterido por essa avalanche anti PT. Leiam o estatuto do NOVO nunca vi nada igual neste País nasce correto para se manter íntegro. Se trair o programa perde a legenda.

  60. Pois eh! O IMPERADOR dos DIAS atuais não tem jeito mesmo. Continua achando que os idiotas somos nós. Uma hora a casa cai, para felicidade dos brasileiros de bem, de BERÇO, honestos, honrados e trabalhadores.

  61. Votei no 1° turno no Novo e no 2º turno no Paulo Guedes. Espero que ele não me decepcione. Quanto ao chefe dele, não dá pra esperar muita coisa...

  62. Só especulações com fundamento em. opinião contrária ao governo. "Fatos são palavras ditas pelo mundo" Clarice Lispector

  63. Sugiro que a colunista Ana Paula Henkel, cuja posição sectária em relação à Bolsonaro a levam a louva-lo como como se fosse um estadista e santo, posição esta conflitante com a idéia de um jornalismo que, de esquerda ou de direita, deve colocar a verdade acima da idelogia!

    1. Essa moça é o maior exemplo de cegueira ideológica ou desonestidade intelectual que já vi. Nem na Folha vi coisa mais escandalosa.

  64. O governo Bolsonaro funciona graças à três ou quatro ministros, principalmente Moro, Guedes e Maria Cristina. Se dependesse simplesmente do Presidente, de seus vetos assombrosos contra o povo, estaríamos 'cozidos'. Não posso usar a palavra que pensei, em respeito aos leitores.

    1. Felipe simplesmente está vendo a máscara cair ..........

    2. Ah!!!! que beleza é a politica!!!! Você me ajuda hoje e amanhã eu te ajudo!!! O país?? O povo????Ora, caros amigos, só servem para pagar impostos e nos servir!!!! Que comam brioches!!!!! Só precisamos inventar justificativas para as decisões que tomamos!! Eles são gado que vão para o matadouro e nem percebem!!!!!!

    3. o bolsonaro, tão machão, virou quenga, lambe, chupa, engole e fica de quatro para o totófoli...

    4. Rápido mesmo, mas foi na mesma velocidade em que o presidente parou de cumprir as promessas de campanha sobre o combate à corrupção e começou a minar a Lavajato.

    5. Cadê os argumentos, William, para refutar a lista enorme de fatos contra os Bolsonaros? O Presidente está , ou não, se cercando de petistas?? Elabore aí lara nós , por favor.

  65. Parabéns pelo texto excelente!!! Bolsonaro se uniu a Toffoli o que existi de pior um despreparado, militante petista, sua passagem pela presidência do STF está sendo desastrosa. C A N A L H A atua p proteger os corruptos amigos e livrar a própria pele da Lava Jato. Óbvio q deseja no STF pessoas da sua turma q continuarão a trabalhar contra o país, Bolsonaro desapontou os seus eleitores visando proteger o seu filho corrupto. Moro é decência e competência motivo de tanto medo dessa canalhada.

    1. Concordo, Andrea. Bolsonaro 38 em 2022 para vereador em Barra do Turvo SP.

    1. Deve ser difícil governar um país , do dia pra noite resolver todas as questões penso que é impossível, vai demorar, estamos no caminho, textos como este, reflexivos, ajudam a melhorar nosso Brsail

  66. Sou filiado ao Partido Novo, mas continuarei apoiando Bolsonaro, enquanto essas lambanças não entortarem total seu governo. Muito já foi feito nesse 1 ano, não só na economia: ministérios em sua maioria com pessoal qualificado sem indicações politiqueiras, redução d homicídios, contenção da esquerdite, seguimento da Lava-Jato mesmo com percalços, retomada do orgulho nacional... Quem não quer ver isso está municiando a oposição histérica

    1. Prefiro contribuir com RS 29,90 por mês como filiado do NOVO do que entra no Aliança de graça. O Brasil precisa de políticos preparados. Convido todos a agirem leiam o estatuto do partido NOVO

    2. Bolsonaro, mesmo se nada fizesse, terá sido melhor que qualquer outro adversário

    1. contra fatos nao há argumentos que possam esconder a verdade.

  67. Boa tarde! Incrível a sensibilidade jornalística do FELIPE MOURA BRASIL , exatamente o que penso das atitudes do presidente Bolsonaro . Impressionante sua visão refinada . PARABÉNS grande jornalista de percepção da verdade.

  68. Sou pé frio político. Não votava a 30 anos.Nas últimas eleições recai.Votei diz campanha é briguei com amigos por esse governo que não passa de um PT piorado.Bolsonaro é Lula e todos os.demais se merecem .Pobre Pátria Amada Brasil, paraíso dos.malfeitores.

  69. Excelente, Felipe! Como sempre, genial e certeiro. Não sei se o Bolsonaro é um ignorante completo, que está se deixando levar pelos maus conselheiros ou ele sempre foi assim e nós todos caímos como patos no conto do "mito" e do João 8:32.

    1. Infelizmente é isso, ou Bolsonaro é um boçal completo, ou mais um espertalhão do Planalto Central. Azar o nosso!

  70. O pior é que muito eleitores de Bolsonaro , começam a enxergar por esse prisma, infelizmente ele está começando a agir como todos que o antecederam , se escolher mais um supremo por critérios familiares e amizades , nosso país estará mesmo fadado ao fracasso , pois ele havia resgatado um fio de esperança de mudança que ainda não morreu , mas está na UTI.

  71. Excelente análise! Não sei se seria possível governar totalmente contrário ao establishment, mas nem por isso é aceitável acordos com a banda podre. O apelo ao apoio do povo talvez seria a saída, mesmo que mais conturbada. Torcer para não seja mais um jogo de perpetuação do poder e que o próximo governa termine por acabar de vez com esses acordos.

    1. Exatamente !! Muitos que comentam aqui já estão conscientes da verdade jogada em nossa cara, mas spre julgam que devemos tolerar por ser o menos pior...Me questiono! Creio que NENHUM dos demais candidatos teriam solapado tanto a Lava Jato e seus operadores, nem a petralhada teve tanto peito, e NÓS(povo) não o teríamos permitido. Infelizmente com o gado, tudo está passando, sendo engendrado e posto em prática docemente, ao convencimento do badalo de sino da madrinha da tropa. :/

  72. Argumentos irrefutáveis da existência do acordão, cujas sujeiras institucionais estão jogando para sob o tapete o presidente (em letra minúscula) e suas promessas de campanha. Parabéns pelo artigo. Grande é a decepção e sentimento de abandono das pessoas de bem que o elegeram e, pior, faz o jogo da esquerda facilitando sua reorganização. Triste, muito triste!

  73. Tá certo Felipe. Entretanto para acabar com essa malandragem Moro tem que reagir de forma a corrigir os absurdos de Bolsonaro ou cair fora e partir para a politica onde será um provável vencedor. Bolsonaro sabe que se Moro sair ele será outro Lula da vida com um diferencial não é ladrão, pelo menos isso .

  74. Grato Felipe pelo excelente artigo Seu compromisso é mesmo por os pontos nos is Resta saber como saímos desse passo atrás Any way terá que ser pelos fatos

  75. Parabéns Felipe! Tem toda razão. Nosso presidente está se tornando o novo Lula. Se tornou aliado dos mesmos.... dessa maneira, o destino também será o mesmo de Lula e Gangue do PT.

  76. Desde os primeiros meses do ano passado eu já havia detectado e alertado na Crusoé esta mudança de rumo nos objetivos do Bolsonaro - avisei que havia indícios muito claro da gravidade do novo comportamento do PR já com algumas cotoveladas no Moro. Agora o PR tenta usar o Moro como bengala para sua re-candidatura em 2022. Quando perceber que o Moro não aceitará, vai retirá-lo do Ministério da Justiça. Portanto, desde já é MORO-2022. E vamos limpar o Brasil desta corja de Bolsonaros e Toffoli.

  77. O nosso presidente dá e deu sinais de fraqueza por ter que proteger os filhos de condutas suspeitas. Fez acordo com o mais pobre conhecedor de lei que há no STF além de ser um fraudador com suas decisões estapafúrdicas. Dias Toffoli é uma vergonha!

  78. Parabéns Felipe. Houve um grande retrocesso no ano que passou, muito devido a omissão/escolhas feitas pelo presidente do país. É mais do que claro que há divergências entre Moro e Bolsonaro em temas muito importantes para o país e que Moro releva.

  79. Lamentável! Pobre Brasil! Nunca será uma nação decente que trata com dignidade e respeito os cidadãos que tiveram a infelicidade de nascer em um país cruel, desigual, que deixa moradores situação de rua Jogados pelas ruas de das grandes cidades! Como sobreviver?

  80. Análise lúcida e coerente com os fatos! O não veto ao juiz de garantias, garantia de impunidade, foi uma traição a quem votou em Bolsonaro, talvez a maior até agora. PT, Freixo e a bandidagem comemorou, portanto foi uma traição inequívoca.

  81. Felipe, excelente artigo. Fica a dica para a revista publicar um infográfico com as inúmeras medidas ou tentativas do governo contra a Lava Jato em 2019, justificadas pela direita flaviana como xadrez 4D. Por exemplo, a tentativa de trocar o superintendente da PF no Rio de Janeiro; tentativa de trocar o Maurício Valeixo, diretor da PF desde o início da Lava Jato; comentários do clã contra o procurador Deltan Dallagnol, sempre elogiado pelo Moro; a escolha do Aras para PGR; e por aí vai...

  82. Diferentemente de um filme, não dá mais pra voltar a fita. Só filmando de novo! Grande Felipe Moura Brasil! Sua lucidez vem jogando luz sobre o escárnio.

  83. Com essas atitudes Bolsonaro se distancia cada vez mais de uma parcela de apoiadores importantes. Esse grupo apoia incondicionalmente o combate a corrupção e a mudança na forma de fazer política, inclusive com menos ideologia e mais gestão. Desse jeito o resultado é que vai dando chance para o ressurgimento das cinzas da esquerda. Fica o alerta. Se brincar, o jeito vai ser MORO PRESIDENTE EM 2022.

  84. Esse PR se tivesse coragem e pudesse demitia ministro da economia e o da justiça e segurança pública e nomeava indicados pelo centrão e o STF para garantir a blindagem do seu clã. Igual ao que fez o lulopetismo.

    1. Concordo e elogiei em retuit, mas serei bloquea da por muitos; estão totalmente cegos em sua militancia. O Felipe, juntamente com a Joice, são as figuras mais odiadas por lá. Como o país poderá avançar com este apoio insano a um PR corrompido?

    2. Me remeteu à série "Largados e Pelados" .O rei já está pelado, logo estará largado !

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO