Adriano Machado/CrusoéNa gestão de Jair Bolsonaro, organizações não governamentais escolhidas por parlamentares aliados receberam boladas milionárias. Muitas só existem no papel ou funcionam em estruturas muito precárias

Dinheiro para ONGs de fachada

Repetindo um modelo clássico de corrupção petista, o governo Bolsonaro abastece com dinheiro público organizações duvidosas ligadas a aliados e registradas até em nome de funcionária de ministério. Inclui loja de artigos para maconha
23.07.21

Como se não bastassem os recentes escândalos envolvendo a compra de vacinas, o governo Jair Bolsonaro adotou um dos modos mais prosaicos e clássicos de desvio de dinheiro público: o abastecimento de ONGs de fachada a fim de beneficiar aliados e até mesmo funcionários estrategicamente aboletados em ministérios. Nas últimas semanas, Crusoé seguiu o rastro dessas organizações não governamentais. Chegou a nove entidades sem fins lucrativos que só existem no papel ou que funcionam com estruturas muito precárias e em desconformidade com sua atividade fim, mas que receberam do governo ou tiveram empenhados mais de 17 milhões de reais – e isso, é claro, é apenas uma amostra do problema, que deve ser investigado a fundo pelos órgãos de fiscalização. O dinheiro vai parar no caixa das entidades por meio de emendas de parlamentares aliados ao governo. As emendas, por sua vez, são chanceladas pelos ministérios. Constituídas apenas de um CNPJ e um endereço, parte dessas entidades não prestam qualquer serviço e, para receber dinheiro público, apresentam prestações de contas fraudulentas que são aprovadas sem qualquer critério pelo governo. Por serem apadrinhadas por políticos bolsonaristas, essas ONGs têm o dinheiro empenhado em suas contas sem qualquer fiscalização ou controle mais rígido, expediente que ficou bastante conhecido durante as gestões petistas.

Nas sedes indicadas pelas organizações, a reportagem encontrou salas vazias e nada que demonstrasse que o serviço que elas se propuseram a fazer, à base de verba pública, tivesse sido efetivamente prestado. Algumas dessas entidades estão registradas em residências de servidores do governo e há até um caso em que a ONG funciona numa loja de artigos para consumo de maconha, em desacordo com o que ela alega fazer e contrariando o que a organização usa como pretexto para receber o dinheiro dos cofres públicos.

Uma das ONGs beneficiadas é a Associação Beneficente Ensine Mão Amiga – ironicamente, o nome já diz tudo. No mês passado, a Mão Amiga recebeu em sua conta 200 mil reais da Secretaria Nacional de Política para as Mulheres, do Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos. A presidente da ONG é Helieth Dolores Pereira Duarte. Nesse caso, uma mão amiga lavou a outra. É que Helieth era até o início do mês assessora especial da própria ministra Damares Alves e coordenadora-geral de Gestão da Secretaria Nacional de Políticas para as Mulheres. Crusoé foi até o endereço da suposta entidade e não encontrou, no local informado pelo portal da Transparência do governo, qualquer sinal de funcionamento da ONG. No telefone registrado em nome da Mão Amiga, atendeu uma pessoa que disse desconhecer a existência da organização.

Adriano Machado/CrusoéAdriano Machado/CrusoéEndereço onde deveria funcionar a suposta ONG de uma ex-funcionária de Damares Alves: a entidade recebeu 200 mil reais do governo
Helieth era uma das principais assessoras de Damares. Nos eventos dentro e fora do ministério, ela era conhecida por, não raro, ciceronear a ministra. Mas, quando foi informada sobre as apurações da reportagem de Crusoé, Damares preferiu se livrar da encrenca, sem dizer que se tratava de uma encrenca, provavelmente para não criar problemas com a servidora defenestrada – vai que ela resolve contar o que sabe. Essa, inclusive, é uma tática que o leitor acostumado com os escândalos do poder conhece bem.

No dia 5 de julho, uma portaria assinada pela ministra comunicou a exoneração da funcionária “por motivações técnicas”. Só nesta terça-feira, 20, de novo provocada pela reportagem de Crusoé, a assessoria de Damares informou que, diante “dos novos fatos, o ministério vai abrir procedimento apuratório para, se for o caso, tomar as medidas cabíveis”. O dinheiro, no entanto, uma indicação de emenda parlamentar do deputado bolsonarista Vitor Hugo, do PSL, segue na conta da ONG.

Em 2017, antes mesmo de oficializar sua candidatura a presidente, Bolsonaro chegou a dizer que “se um dia tiver poder para tal, não vai ter um centavo para ONG”. Em maio deste ano, classificou manifestantes que protestavam contra o governo de “maconheiros”. Ironicamente, o mais novo escândalo envolvendo o governo conseguiu unir, numa tacada só, o que Bolsonaro afirma abominar: ONG e maconha.

É que, dentre as organizações abastecidas com recursos de ministérios, está uma loja de artigos de fumo da erva. À loja Cultura Verde, o Ministério do Turismo pagou, por meio do Fundo Nacional do Turismo e da Fundação Cultural Palmares, 1,2 milhão de reais. “Aqui a loja é de tabaco e artigos de maconha, senhor! Vendo seda, narguile…”, disse ao ser abordado por Crusoé o funcionário, que desconhecia que o local recebia dinheiro público do governo. A ONG registrada no endereço do estabelecimento, em nome de Flávia Portela, ex-candidata a deputada distrital em Brasília, é o Centro de Estudos para o Desenvolvimento da Cidade. A entidade, que não tem sequer um site ou página para prestar contas de suas atividades, ganha dinheiro do governo para, em tese, realizar atividades voltadas à cultura negra. No prédio onde funciona a lojinha de THC, no entanto, comerciantes dizem nunca terem visto qualquer atividade com essa ou outra finalidade nem ao menos parecida. O valor de 1,2 milhão foi empenhado por meio de emendas impositivas de deputados bolsonaristas. Entre eles, Paula Belmonte, mulher do empresário Luís Felipe Belmonte, notório apoiador de Bolsonaro e ligado ao partido Aliança pelo Brasil, que ainda não vingou. O valor foi pago entre 2019 e 2021.

Sede do Centro de Desenvolvimento da Cidade, loja de artigos de maconha que já recebeu mais de 1 milhão de reais do Ministério do Turismo
Belmonte também tem aportado recursos em outra ONG queridinha dos bolsonaristas. A entidade tem como sede uma modesta academia com apenas seis equipamentos de ginástica alugados em Ceilândia Sul, cidade-satélite de Brasília. O Centro Desportivo e Social Eu Pratico já recebeu 1 milhão de reais da Secretaria Nacional de Promoção e Defesa do Direito da Pessoa Idosa, entre 2019 e 2020. E tem mais dinheiro empenhado, previsto para ser pago em 2021, como 200 mil reais carimbados pela deputada Bia Kicis, do PSL. Entre valores empenhados e pagos, a ONG terá recebido mais de 2 milhões até o fim do ano. O ministério da Mulher, ao qual a secretaria está subordinada, disse que as propostas apresentadas em favor da Eu Pratico encontram-se “em análise”. A Crusoé, a presidente da entidade, Izabel Carolina Soares, diz que a ONG é um projeto para “idosos de áreas vulneráveis”. Izabel afirma que a bolada tem sido usada no pagamento do aluguel dos equipamentos – ela confirma que são apenas seis – e do espaço, uma sala de cerca de 50 metros quadrados.

No final dos anos 90, a estimativa era de que existiam 22 mil ONGs no país, atuando nas mais diversas áreas. Atualmente, o IBGE calcula que existam pelo menos 230 mil ONGs, a maioria, em flagrante contradição com o próprio nome, vivendo exclusivamente de repasse de recursos governamentais. A expansão do número de convênios firmados pela União com ONGs foi iniciada nos anos 90 com a reforma do estado e a adoção de políticas de redução das despesas de custeio. Acompanhando uma tendência mundial, o Executivo diminuiu a oferta de serviços essenciais prestados diretamente e os delegou a entidades da sociedade civil, apoiando-as financeiramente.

A ideia inicial era que essas organizações que pudessem exercer determinadas funções de maneira mais eficiente que o estado. Mas, como sempre, os corruptos enxergaram nesse modelo mais uma oportunidade para desviar dinheiro público. Na lógica da corrupção, contratar uma ONG é bem mais elementar do que fazer uma licitação para contratar uma empresa para realizar um serviço. Durante os governos do PT, as parcerias com essas organizações se multiplicaram e passaram a privilegiar entidades criadas por sua clientela e aliados políticos. Em 2011, o então ministro do Esporte, Orlando Silva, deixou o comando da pasta sob uma enxurrada de acusações que tinham como pivô justamente organizações não governamentais abastecidas com recursos do ministério. O governo Bolsonaro, para variar, replica mais uma prática que sempre condenou.

Até dinheiro do Fundo Nacional de Saúde, o FNS, do Ministério da Saúde, tem irrigado ONGs que só existem no papel. Em 29 de dezembro, o FNS liberou 3 milhões de reais para a ONG Grupo de Resgate Ambiental, a GRA. Na sede da suposta organização, situada na periferia de Brasília, está a residência do vice-presidente da entidade, Claudio Oliveira. “Quando a gente abriu, abriu aqui. Tem um segundo endereço. Eu sou vice-presidente dela. É um projeto social, é uma ONG social. Com foco em crianças”, justificou, ao ser abordado por Crusoé.

Cláudio Oliveira (esquerda),vice-presidente da ONG Resgate Animal, vai receber 3 milhões de reais do Fundo Nacional de Saúde
Questionado sobre como iria gastar os 3 milhões de reais empenhados pelo Ministério da Saúde, Oliveira não soube dar mais informações. Limitou-se a dizer, depois da insistência da reportagem, que os recursos não iriam mais para as crianças e sim para o “combate à dengue”. Crusoé pediu, então, que o proprietário da ONG levasse a reportagem até o suposto segundo endereço da organização, onde, segundo ele, haveria alguma estrutura montada. Ele desconversou e jogou a culpa na crise do coronavírus: “Não está funcionando agora, por causa da pandemia está fechado”.

O dinheiro foi reservado à entidade por meio de uma emenda impositiva da deputada Celina Leão, do Progressistas, e integrante do Centrão. Celina é uma bolsonarista de quatro costados. Atualmente, emprega em seu gabinete uma ex-esposa de Jair Bolsonaro, Ana Cristina Valle. Procurado, o Ministério da Saúde disse que “todos os critérios legais foram atendidos” para a contratação da ONG, mas não respondeu se chegou a fazer uma inspeção no local onde, em tese, a entidade deveria estar funcionando. Celina, a mesma que emprega a ex de Bolsonaro, parece familiarizada com o modelo. Em 2021, ela destinou mais 1,2 milhão de reais para outras duas ONGs que só existem no papel. Uma delas é a Associação Luta Pela Vida, presidida por Rômulo Sulz Gonsalves Júnior, ex-procurador-Geral da Companhia Nacional de Abastecimento, empresa pública vinculada ao Ministério da Agricultura.

Agência BrasilAgência BrasilCelina Leão: a deputada bolsonarista apadrinhou uma das ONGs suspeitas
Por meio da Diretoria Executiva do Fundo Nacional de Saúde, o Ministério da Saúde também empenhou, no final do ano passado, 7,1 milhões ao Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal. Nos portais do governo e da própria Receita Federal, a ONG deixa de fornecer informações básicas, como sua razão societária. Também não tem uma sede física. Os empenhos são emendas impositivas de Flávia Arruda, atualmente ministra da Secretaria de Governo de Bolsonaro, e Roney Nemer, ex-deputado do PP, que foi alvo, junto com o governador José Roberto Arruda, marido de Flávia, da Operação Caixa de Pandora. Crusoé pediu ao governo acesso a informações detalhadas sobre a ONG, bem como a relação de bens e equipamentos que foram ou serão comprados com o dinheiro destinado pela ministra. O Ministério da Saúde se limitou a informar, por meio de nota, que o montante de 7,1 milhões ainda “não foi liberado porque o proponente não apresentou o processo licitatório”.

Aos órgãos de fiscalização, caberá investigar em que medida a prática típica da era petista no poder se espraiou pelo governo Bolsonaro. Para além dos achados da reportagem de Crusoé, há indícios fortes de que o modelo foi de fato disseminado. No ano passado, a Folha de S.Paulo divulgou que o programa Pátria Voluntária, criado por decreto por Bolsonaro em julho de 2019 e liderado pela primeira-dama Michelle Bolsonaro, repassou recursos sem edital a instituições aliadas da ministra Damares – olha ela aí de novo. Beneficiada com 240 mil reais, a Associação de Missões Transculturais Brasileiras, AMTB, foi indicada pela ministra para receber os recursos, segundo documentos do próprio Pátria Voluntária. A AMTB consta no site da Receita Federal e em sua própria página na internet com o mesmo endereço de registro da ONG Atini, fundada por Damares em 2006 e onde a ministra atuou até 2015.

Luis Macedo/Câmara dos DeputadosLuis Macedo/Câmara dos DeputadosFlávia Arruda: uma ONG escolhida pela ministra recebeu 7,1 milhões da Saúde
Em maio, Crusoé já havia revelado que, entre 1º de janeiro de 2019 e 5 de maio de 2021, uma entidade teoricamente sem fins lucrativos apontada como queridinha dos governos Lula e Dilma Rousseff recebeu 525 milhões de reais em recursos do Ministério da Saúde. Trata-se da ONG “Missão Evangélica Caiuá: a serviço do índio para Glória de Deus”, fundada e controlada pela igreja Presbiteriana do Brasil. Investigações, relatórios de movimentação financeira e testemunhos apontavam para uma ONG com estrutura inchada de funcionários indicados por políticos, que drenava recursos públicos sem critérios técnicos e, na ponta, entregava serviços de péssima qualidade. Para quem disse que jamais enviaria um centavo para ONGs, Bolsonaro virou um poço de “generosidade”. Hoje, para a surpresa de mais ninguém.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Que grande trabalho. Reportagens dessas me deixam satisfeito de ser assinante. Pagar por um serviço dessa qualidade é satisfatório. 3MI pra aluguel de espaço de 50m² e 6 máquinas ou para "combate a dengue" não é nada suspeito. Pode continuar, tá certinho, eu só vou continuar aqui pagando meus impostos bem contente.

  2. Corrupção à solta Enquanto quase 600.000 brasileiros estão morrendo em todos os cantos do país, esse governo inventa essas emendas impositivas, para desclassificados acumularem fortunas, e o povo já está fazendo fila e aglomerações na porta de açougues para ganhar ossos 🦴 e minorar a fome. Desgraçados, as crianças estão morrendo de fome!!!!

  3. Deve haver milhares de Ongs recebendo verbas do governo e não estão fazendo nada. Desconfio de duas aqui próximo de onde moro.

  4. Boa materia! . Pesquisem mais. Meio ambiente está cheio. Idem area de educação. No caso do meio ambiente estão associados também a "indústrias de multas". Até ONGs nO brasileiras beneficiam-se. Tenham coragem, investiguem,

  5. Emendas Parlamentares constituem o duto da corrupção legalizada. Vcs detectaram 9, mas são milhares. Fundo Eleitoral de 6 bi. Tem um tal de orçamento paralelo, não lembro o nome exato, com trilhões e trilhões de dinheiro, exatamente, para ESQUENTAR essas senvengonhices. É o mecanismo a todo vapor. Porisso em recomendo, nas próximas eleições vote certo vote no DR ZERO ZERO CONFIRMA

  6. A cada revelação, aumenta a certeza de que este governo tem que ser defenestrado, mas também há que se evitar o PT. A única saída para esta polarização é votarmos no candidato de terceira via melhor colocado nas pesquisas. Não importa quem seja, haverá de ser menos ruim do que o que está aí ...

  7. Do Lula e e do PT eu espero tudo e um pouco mais, mas do Bozó eu nunca imaginei isso ele simplesmente traiu tudo que falou na sua campanha e o que me deixa abismada como o gado não enxerga isso.

  8. Isto é grave! Mesmo modo de operação do PT. Não foram nem criativos para fazer o errado de forma diferente… isto é chamar o brasileiro de repuxa….

  9. Enquanto órgãos de imprensa como a Joven Passa Pano que, por sinal, foi agraciada recentemente com a concessão de um canal de TV aberta se comporta como porta voz do governo, Crusoé segue seu caminho de apurar e noticiar reportagens que mostram que a farra com o dinheiro do contribuinte vai muito bem, obrigado!!!

  10. O que me parece fantástico é como essa ONGs e a cadeia “de custódia” dos órgãos públicos são cúmplices e amigos, pois para fazer tudo isso precisa pular muitos sistemas eletrônicos. Sou conselheira de uma ONG seria, obviamente, como as inúmeras que estão dentro do universo das 237 mil, que para ter convênios com governo passava (desistimos desse caminho em 2018) por N etapas, além de ter que fazer tudo via um sistema eletrônico chamado SICONV que é o mapa do inferno!

  11. Mas o que mais espanta é constatar que toda a midia brasileira está ligada na Crusoé, pois este é o único veículo a desmascarar as falcatruas governamentais. E "pra variar", ninguém repercute lhufas. Estamos vivendo mais um calvário da roubalheira universal, e todo mundo de boca fechada. Dá-lhe Brasil, não muda nunca.

  12. a reportagem disse que a corrupção é do governo bolsonaro, só que as verbas são emendas parlamentares no é mas certo denunciar os parlamentares do que fazer um reportagem tendencioso....é simples assim

    1. Sandro, não menospreze nossa inteligência. A reportagem mostrou como tudo funciona, todos os apoiadores do Bozismo envolvidos, a ligação com o governo federal é umbilical, impossível dissociar isso. Mas sabemos q na justiça, seja quando as coisas param no STF ou no colo do Aras, tudo termina bem para os criminosos. E viva o bozolulismo corrupto!

    1. Com o Aras capacho do Bozo Guariba mandando lá? Pode denunciar para o Papa q não vai adiantar de nada, o genocida já aparelhou tudo e amarrou a corrupção de todos muito bem. Tipo o "ninguém solta a mão de ninguém", só q com Gilmar, Toffoli, Lira, Pacheco, Aras, Bozo, Nogueira e muitos Militares nessa corrente do mal.

  13. João, Lourival, Mario, Takaiuk, Ricardo, Alexandre, Mércia e muitos outros bovinos passadores de pano para bandido corrupto. O que vcs tem a dizer sobre os fatos divulgados nessa reportagem? Como defender uma quadrilha de ladrões e ao mesmo tempo se colocarem contra a corrupção? Parece q não é só a esquerda q é sinônimo de corrupção. Lula e Bozo são almas gêmeas.

    1. Esqueci do Nico Penico e do Afranio Manso! Ah, o primeiro é café com leite e o segundo é completamente bituta. Deixa pra lá...

  14. Roubalheira generalizada, pátria amada saqueada, LAVA JATO desmontada e ainda tem uma grande manada de bovinos adoradores fiéis dessa excrescência chamada Bolsonaro e sua gangue…

  15. Nova política e combate à corrupção é isso??? bolsonaro é uma farsa e um estelionato eleitoral. Fica agora nessa palhaçada de voto impresso. #forabolsonaro!

  16. Parabéns à Crusoé, querida pelos brasileiros de verdade, odiada pelos petistas e bolsonaristas, mas respeitada por todos. Mais uma vez mostrou ser essencial para o Brasil.

  17. Agora entendo a sede dele de acabar com a Lava Jato. Aliás, faz tempo que não se ouve falar em corrupto sendo investigado, julgado e preso. É porque ele acabou com a corrupção na Ilha da Fantasia. Não não não! Ele acabou com a punição e a Ilha voltou a ser o Éden dos criminosos. Viva Banânia!

  18. Onde está o Tribunal de Contas e a Procuradoria Geral da República e todos is funcionários oúblicos que não “sabem” destes problemas e tomam providências. Que o Bostonauro é um cínico, desonesto e incompetente está ficando muito claro.

  19. O maior presidente farsante da “direita”, da “família”brasileira, dos “cristãos batizados no Rio Jordão”, porém usuário contumaz de mentiras descaradas, da FAMILICIA BolsoNero expertise de 30 anos em Rachadinhas.

  20. Mais uma matéria brilhante da Crusoé. Parabéns! Infelizmente solitária neste jornalismo do me engana, pois o povo brasileiro gosta.

  21. "Se gritar pega ladrão..." Infelizmente Bolsonaro conseguiu acabar com a lavajato, que era a grande esperança para diminuir a corrupção no Brasil. Ainda tem otário que acredita no Bolsonaro e no Lula.

  22. Eu até me perco nos valores. Essa gente ganha milhões, mas são tudo laranja dos deputados é como se fosse uma rachadinha, incrível como nosso dinheiro público suado pelo povo brasileiro vai nas mãos dessa gente escrita, bandidos, assassinos, pessoas morrem de fome, não tem nada e eles aprovam milhões aqui e outros lá, mas é para o bolso deles, o interesse de ser político está aí ficar milionário, todos saem com muito dinheiro no bolso ou nunca saem dessa porcaria de câmara de deputados.

  23. Cadê os bolsonaristas p defender e justificar?"Meu governo não tem corrupção". Tudo que Bolsonaro criticou em sua campanha ele fez ou permitiu fazer.

  24. Infelizmente está se comprovando o que eu pensava há tempos, este governo das trevas está roubando ainda mais que o do PT. Até quando suportaremos isso? Terceira via urgente!

    1. Tem como compartilhar, mas só vai conseguir ler, no destino, quem for assinante.

    2. Mas tem como vc compartilhar, só não tem como colar…..

  25. Viva a imprensa livre! Fica definitivamente explicada a luta de Lula e do PT (Identidade verdadeira PEB-Partido das Empreiteiras e do Banqueiros) para voltar ao poder. Fizeram escola! Penso que o enterro de nosso Presidencialismo insepulto e a adoção do Parlamentarismo ou Semipresidencialismo, nos quais a transparência é inevitável e a prestação de contas obrigatória será um complicador para esse estado de coisas. Que Deus nos ilumine a todos e um abraço fraterno em agnósticos e ateus! Namastê!

    1. Ô Rick..que auê é esse? Fofooocaa? Ou tu és um doido de pedra ou és um tapado. Denunciar maracutaias é o dever crucial do jornalismo. Mete a tua viola no saco, rapaz e vai cantar em outra freguesia.

    2. Ricardo, o lulista desiludido q se encantou com o bolsonarismo corrupto, delinquente e genocida.

  26. Peço desculpa ao povo brasileiro pelo meu voto , votei no Bolsonaro , aí acordo , votei no PT , Ops, votei em quem afinal ??? Estou doido !!!!! Modos operandi é o mesmo , mas os beneficiários são diferentes hammm !!! Entendi??? Cambadas de vagabundos , mentirosos, traidores da patria, pior usam o nome de Deus para roubar e Matar seus genocidas gados fdps!!!!!

  27. Parabéns CRUSOÉ... Ingenuamente votei neste meliante para tirar o presidiário pois contava com o exército na retaguarda contra a corrupção. Preciso da ajuda de vocês para saber como podemos resolver isso.....tem jeito???

    1. Ô meu chapa. Tu tens razão total, porém vamos combinar. Eleitor esclarecido e alfabetizado no BR é uma "sólida" minoria. A grande maioria, deves saber, é quem elege, sucessivamente, esses pulhas juramentados. Este país é o Reino da bandalheira e do mal-feito. E sabe qdo vai mudar? Never, nunca, jamais.

    2. Tem: vote direito.Como votar direito?Informe-se e forme-se. Informar é ter ciência do que ocorre. Formar opinião, significa saber Porque ocorre.Se você só vota baseado na propaganda,você não vota por opinião própria, mas pelo sentimento de pertencimento a um grupo.A eleição passada foi um plebiscito entre um ladrão reconhecido e um que viemos a conhecer depois.Leia “Dictators Handbook” de Bruce Mesquita e Nacional Populismo de Roger Eatwell. Talvez vc vote melhor em 2022.

  28. As reportagens da Crusoe relativas a falcatruas envolvendo esses políticos enrustido de " honestos" tem uma enorme importância para a sociedade . Primeiramente deixa o político exposto e desmascarados e em segundo, alerta os eleitores para valorizar o seu voto.Com isso, a população vai abrindo os olhos atentos em seus representantes. Referente a mim, só gratidão a todos vocês.

  29. ONGs, tem se tornado uma maneira fácil de se praticar a corrupção, principalmente na lavagem de dinheiro, qual se tornou prática no Brasil. infelizmente, entra governo, e sai governo. e nada muda. Então, a necessidade de não colocar a fé no homem, mas, analisar o passado e a integridade, e cobrar muito de todos aqueles, quais forem eleitos, quer votamos ou não.

  30. excelente artigo. Em geral as ONGs no Brasil são um câncer. Isso sim merece um inquérito sério. Palanque político não mesmo!

  31. O desgoverno do pangaré sociopata é um poço de mal feitos tanto quanto foi os desgovernos dos ptralhas. A gatunagem esgota o país. Parabéns pela matéria!

  32. FAMÍLIA BOLSONARO = os EXEMPLOS EXECRÁVEIS que uma SOCIEDADE tão CORRUPTA é capaz de produzir! São DEGENERADOS MORAIS que IMPEDEM o BRASIL de AVANÇAR! Em 2022 SÉRGIO MORO “PRESIDENTE LAVA JATO PURO SANGUE!” Triunfaremos! Sir Claiton

  33. Esse governo mostra que é "o mesmo dos mesmos anteriores." Mudam os atores e as atrizes, mas a prática é a mesma: nenhum respeito ao dinheiro público. Parabéns pela reportagem Patrick!

  34. Brilhante reportagem, investigativa, factual e que comprova mais uma grande linhada corrupção dentro desse péssimo governo. Vamos continuar reagindo.

  35. A matéria demonstra mais uma vez a semelhança entre bolsonaristas e petistas, sendo que os últimos roubam muito mais. Valeria a pena uma segunda matéria comparando os valores repassados por uns e outros às ONGS.

    1. Petismo é coisa do passado mas com reflexos no presente. Se vc deixar o genocida se perpetuar no poder, espera completar 16 anos de bozismo e verás q o rombo será gigantescamente maior q o seu antecessor. Pois ele pegou a estrada muito bem pavimentada e só precisou acabar com a PRF (Lava Jato).

  36. Kkkkkkkkkk. Mais uma prova cabal da existência do bozolulismo. Até as estratégias de surrupiar dinheiro público são iguais. O Bozo está distribuindo dinheiro por que ele acha que o Brasil cresceu 9% este ano. Bozismo é tão ignorante, que nem matemática básica sabe fazer.

  37. Esta reportagem deveria estar publicada em todos os jornais. A situação totalmente irregular das ongs têm que vir a público e o julgamento desta descarada roubalheira.O governo tem q agir provando que a reportagem mente.O genhocida mente sempre,vai mentir mais uma vez q ongs sustentadas por ele "trabalham" de verdade? Prove.

    1. O desgoverno agir? A única ação que ele poderá fazer, se fazer, é encobrir a verdade, ou, como de costume, produzir versões mentirosas para iludir o gado. Desgoverno do "mais do mesmo". Só mudou o chefe da quadrilha.

  38. Reportagem como essa merece prêmio. Sinto-me premiado por ser assinante da Crusoé. Parabéns pelo jornalismo independente que praticam.

    1. Xará, penso exatamente como vc. Essa matéria tem que sair em todos os jornais eletrônicos.

  39. Mais uma grande reportagem destruidora de ilusões. É triste mas, como se diz, o valor de uma pessoa e medido pela quantidade de verdades que ela suporta. Haverão os que, para seu próprio conforto, negarão. No popular: O corno é sempre o último a admitir.

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO