Adriano Machado/CrusoéMarcos Rogério escolta Pazuello em dia de depoimento à CPI: esforço pró-governo é compensado com verbas

A tropa do cheque

Um levantamento exclusivo feito por Crusoé mostra que o governo já liberou mais de meio bilhão de reais em verbas para os senadores que defendem Jair Bolsonaro na CPI da Covid. Os repasses foram acelerados desde a instalação da comissão parlamentar de inquérito
18.06.21

O presidente Jair Bolsonaro vem comprando o apoio e a fidelidade dos senadores que atuam em sua defesa na CPI da Covid. Um levantamento exclusivo feito por Crusoé revela que nada menos que 660 milhões de reais em recursos do caixa federal já foram liberados para obras e projetos indicados por sete parlamentares que ocupam vagas na comissão, como titulares ou suplentes. Um sexto do total tem origem em emendas individuais e de bancada e foi pago a partir da última semana de abril, quando a CPI iniciou oficialmente os trabalhos. O restante da dinheirama vem saindo do chamado orçamento paralelo, aquele que o governo tem usado para comprar apoio político no Congresso.

Somando o que foi distribuído já durante os trabalhos da CPI com os recursos com os quais esses mesmos parlamentares já haviam sido aquinhoados entre dezembro e janeiro, quando o Planalto abriu o cofre para garantir a eleição de Arthur Lira e Rodrigo Pacheco para as presidências da Câmara e do Senado, precisamente 550 milhões de reais do orçamento paralelo foram destinados aos governistas que integram a chamada tropa de choque governista. Com um detalhe: para esses senadores que defendem Bolsonaro, os pagamentos vêm sendo acelerados. O dinheiro tem saído, em maior medida, dos ministérios do Turismo, da Agricultura, da Infraestrutura e do Desenvolvimento Regional.

A lógica é a mesma que imperou na própria concepção do orçamento paralelo. Quando o Planalto se viu na necessidade de construir uma base de apoio no Congresso, para facilitar a aprovação de seus projetos e blindar o próprio presidente da República das ameaças de impeachment, ele abriu o cofre. Na CPI, à medida que aumenta a pressão contra o governo, acossado pelas fartas evidências de que não agiu para conter a pandemia no país, mais alta vai ficando a fatura.

Para não despertar tanta atenção, uma parte das liberações tem ocorrido por meio das emendas de bancada – aquelas cuja destinação é definida pelo conjunto de parlamentares de um mesmo estado. Como elas não são atreladas a um senador específico, fica mais difícil ligá-las aos governistas da CPI — difícil, mas não impossível. Ao se debruçar sobre os pagamentos, Crusoé descobriu que o governo, estrategicamente, tem selecionado para liberação as emendas de bancada que contemplam demandas dos senadores aliados na comissão parlamentar de inquérito e que surgiram por indicação deles próprios para atender seus redutos eleitorais.

Isac Nóbrega/PRIsac Nóbrega/PRCiro Nogueira com Bolsonaro: 135 milhões de motivos para ser fiel
Dois exemplos envolvem os municípios de Ji-Paraná, em Rondônia, e Petrolina, em Pernambuco. O primeiro é o berço político do senador Marcos Rogério, o cabeça da tropa de choque governista na CPI. O segundo é um conhecido feudo da família de Fernando Bezerra Coelho, líder do governo no Senado e também integrante da comissão. As emendas para os dois municípios não estavam nem sequer entre as prioridades estabelecidas pelas bancadas dos dois estados, mas por determinação do Palácio do Planalto passaram à frente da fila nos meses de maio e junho, quando a CPI já estava em curso.

Fernando Bezerra é um dos líderes de repasses, a julgar pelo valor global de liberações, entre emendas de bancada e recursos do orçamento paralelo. Ao todo, ele aparece como o responsável por indicar o destino de 153,8 milhões de reais. Bem próximo a ele aparece o loquaz Marcos Rogério, aquele que, de todos os aliados, talvez seja o que tem assumido de maneira mais escancarada a defesa de Jair Bolsonaro e do governo na CPI, muitas vezes com argumentos furados e questionáveis. No levantamento feito por Crusoé, o senador de Rondônia foi agraciado com a liberação de 127 milhões de reais em verbas.

Desse valor, 22,9 milhões foram liberados no último dia 2 de junho para a construção de uma passarela sobre uma rodovia federal que corta Ji-Paraná. A manobra do Planalto para beneficiar o aliado fica clara. Ao definir para onde deveriam seguir os recursos das emendas de bancada, os parlamentares federais de Rondônia apresentaram, no orçamento deste ano, um total de 20 propostas. A única que foi atendida até o momento foi justamente a que interessa a Marcos Rogério.

Ji-Paraná,cidade natal do senador, tornou-se um polo de investimentos federais. Com 130 mil habitantes, já foi contemplada com um total de 33 milhões de reais. A cifra supera até a da capital do estado, Porto Velho, que tem uma população quase cinco vezes maior e para onde foram destinados, até o momento, 14 milhões. Enquanto dá a cara à tapa na CPI como advogado do governo, localmente Marcos Rogério se vangloria dos recursos que tem conseguido destinar para a sua região.

Para além de Ji-Paraná, ele também tem conseguido que o governo Bolsonaro destine recursos para municípios comandados por prefeitos aliados dele. A cada liberação de verba, o senador comemora por meio das redes sociais e em um grupo de WhatsApp no qual dispara mensagens sobre os feitos de seu mandato. No último dia 14 de junho, por exemplo, ele bateu bumbo para a liberação de 600 mil reais para o calçamento de ruas no município de Colorado do Oeste. “Xô, poeira”, festejou.

Bem em linha com a estratégia do Planalto, Marcos Rogério tem usado a CPI para atacar adversários de Jair Bolsonaro e repetir as bandeiras assumidas pelo presidente durante a pandemia, como a crítica às medidas de distanciamento social. A defesa ferrenha que o senador faz do governo costuma colocá-lo, com frequência, no meio de confusões barulhentas com outros integrantes da comissão. No último dia 9, por exemplo, ele chamou o senador baiano Otto Alencar de “covarde”. “Covarde é quem apoia o governo”, retrucou Alencar.

Em nota enviada a Crusoé, Marcos Rogério negou que haja relação entre as liberações de verba e sua postura pró-governo na CPI. “Não cabe dizer que há relação com a comissão parlamentar de inquérito”, escreveu. O senador disse desconhecer a emenda de 22,9 milhões de reais para sua cidade, apesar de a equipe técnica do Ministério da Infraestrutura, órgão de origem do recurso, informar que é ele o “padrinho” da liberação.

Jefferson Rudy/Agência SenadoJefferson Rudy/Agência SenadoHeinze na CPI: o senador gaúcho é um dos integrantes da tropa de choque que têm sido agraciados generosamente com recursos do orçamento federal
O caso de Fernando Bezerra, outro titular da CPI, é também ilustrativo. Há duas semanas, o governo passou à frente na lista de emendas de bancada de Pernambuco uma que prevê a destinação de 12,3 milhões de reais para Petrolina, município cujo prefeito é o filho dele, Miguel Coelho. Foi a maior cifra liberada para a bancada do estado até o momento. Antes, o senador já tinha sido contemplado com o pagamento de uma emenda individual de 6,5 milhões. Os dois valores têm como destino uma mesma obra, a duplicação de um trecho de oito quilômetros da BR-428, que corta o município. Assim como acontece com quase todos os recursos destinados pelo senador a Petrolina, a empresa responsável pela execução do trabalho, a Castilho Engenharia e Empreendimentos, aparece enrolada em auditorias da Controladoria-Geral da União – o órgão encontrou irregularidades em um contrato de 136 milhões fechado pela empreiteira com o DNIT. Fernando Bezerra tem conseguido ainda acelerar a liberação de recursos com os quais foi contemplado no orçamento paralelo. A maior parte já caiu no caixa da Codevasf, a Companhia de Desenvolvimento do Vale do São Francisco. O escritório da Codevasf na região é comandado por um ex-assessor do senador.

A engenharia da liberação de recursos para os aliados do governo na CPI é especial. Crusoé apurou que os repasses não precisam nem do aval da Secretaria de Governo, como costuma acontecer normalmente. A orientação do próprio Jair Bolsonaro é para que os ministérios encarregados de liberar as verbas priorizem as demandas dos aliados do governo que integram a comissão. Com frequência, os ministros das pastas aparecem ao lado dos senadores em eventos nos quais são anunciados os projetos e as obras a serem executados com as verbas oriundas da parceria estratégica.

Entre os outros senadores da CPI aquinhoados com fatias polpudas do orçamento (confira a lista mais abaixo), estão o piauiense Ciro Nogueira e o gaúcho Luiz Carlos Heinze, ambos do Progressistas, e o catarinense Jorginho Mello, do PL.

Um dos mais destacados chefes do Centrão, Ciro já foi contemplado com 135 milhões de reais. Tratado no Planalto como o filho 05 de Bolsonaro, em razão da simpatia que o presidente nutre por ele, o senador anuncia semanalmente a destinação de verbas para municípios comandados por prefeitos que são seus aliados. Na CPI, ele tem cumprido à risca o papel de defensor do governo – já até leu uma pergunta elaborada pelo ministro Fábio Faria, das Comunicações, para ser feita ao ex-ministro Luiz Henrique Mandetta.

Marcelo Camargo/Agência BrasilMarcelo Camargo/Agência BrasilO onipresente Fernando Bezerra Coelho: na ponta, dinheiro vai para empresas enroladas
Na última terça-feira, 15, o senador exibiu as duas faces da tarefa à qual vem se dedicando na CPI. Logo após anunciar uma reunião com o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, para liberar recursos para Teresina, a capital de seu estado, ele repetiu o discurso de Bolsonaro de que é preciso investigar a atuação de governadores no combate à pandemia.

Luis Carlos Heinze, que na CPI tem se notabilizado como defensor da cloroquina, já foi beneficiado com 165,9 milhões de reais para distribuir a seus redutos eleitorais. Parte desse valor, 27,9 milhões, foi por meio de emendas de bancada do Rio Grande do Sul que priorizaram suas bases eleitorais. Novo Hamburgo e Santa Maria, onde o senador teve mais de 108 mil votos, foram os municípios que mais receberam dinheiro. Heinze tem feito propaganda das obras nas redes sociais. A maioria delas envolve a revitalização de rodovias.

Jorginho Mello, por sua vez, foi agraciado com liberações que, até agora, somam 35 milhões. Os anúncios para o eleitorado têm sido feitos em paralelo às aparições barulhentas do senador na CPI – nesta quarta, 16, ele se exaltou e bateu boca com Wilson Witzel, governador cassado do Rio de Janeiro e inimigo de Bolsonaro.

É possível ter uma ideia do tratamento especial dispensado pelo governo aos integrantes de sua tropa de choque na CPI da Covid, ao comparar as cifras que eles têm conseguido liberar com os valores destinados a outros aliados de primeira hora do Planalto. Os valores destinados aos integrantes da comissão ficam muito acima da média. A deputada Bia Kicis, do PSL do Distrito Federal, por exemplo, conseguiu destravar no mesmo período 229 mil reais em emendas, além de 7,8 milhões do orçamento paralelo. Outra conhecida aliada do governo, a deputada Carla Zambelli, do PSL paulista, foi agraciada com pouco mais de 1,5 milhão no total. Entre os senadores governistas que não integram a CPI, a diferença também é vistosa. Telmário Mota, do PROS de Roraima, por exemplo, teve direito a destinar 20 milhões. Procurado por Crusoé, o Palácio do Planalto não se manifestou.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. canalhas ,corruptos escória política vendilhões medíocres! o eleitor vai dar a resposta nas urnas aos chiqueiros ooliticos

  2. Qual a novidade? SEMPRE foi assim: FHC, Lula, Dilma, Temer... TODOS OS GOVERNOS, para governar, “constroem” suas bases parlamentares “comprando” apoio mediante liberação de verbas. Enfim, nada de novo sob o sol, MAS a imprensa sempre “aposta” no “rame rame” sensacionalista para “vender jornais” e “fazer balbúrdia”, EMBORA nunca, jamais, nem em sonhos, promova uma discussão SÉRIA sobre nosso sistema político.

  3. Esse é o custo de ser ter uma CPI circo! Chamem os governadores e prefeitos para se explicarem. Não podem, STF não deixa. Pobre País ...assaltado todos os dias.

    1. Incrível!! Vc conseguiu elucidar tudo. A culpa de tudo é dos governadores e prefeitos. O jumento-mor não tem culpa de nada, nem seus 4 milicianos, nem seus bonecos de circo colocados nos ministérios

    2. Você já cobrou o seu deputado estadual para brigar por uma CPI estadual? esse é o caminho correto para investigar governadores. O que o MINTO está querendo é criar cortina de fumaça e atrasar a investigação sobre o desgoverno dele no combate da pandemia.

  4. Até quando vamos aguentar esse "presidencialismo de coalisão". É nossa herança patrimonialista. Se seguir assim, Brasil nunca vai ir a lugar algum...

  5. Jorginho Melo confirma o mau caráter que é, trocou muitas vidas catarinenses por verba de gabinete em troca de votos para próxima eleição. Que fiquemos atentos para estirpar este câncer da política catarinense.

  6. Só comentários idiotas ! Gente sem noção! Bolso.22 QUERO, QUERO vê.los rasgando o tuim em 22 . Se matando de raiva! Não esqueça o Bolsonaro o melhor presidente q o Brasil já teve! Olha q nem votei nele 1o.turno! Aceita q dói menos!

    1. Ardo e seus comentários sem conteúdo. Por que os comentários são idiotas? E, dado que a revista está mostrando uma reportagem em que mostra corrupção no governo, como você ainda sustenta que ele é o melhor presidente que o Brasil já teve? Tente elaborar um pouco mais se conseguir.

  7. Mas fora a Crusoé, ninguém mais investiga isso? Pois, toda semana temos provas e mais provas que esse genocida pode ter o seu impeachment! Essas falcatruas tem mto peso e tenho a impressão que se fosse em outros governos já teríamos mais barulho! #forabolsonaro

  8. Temos que parabenizar o Centrão. Em 28/03 último foi dado um ultimato pelo Rodrigo Pacheco & Lira ao governo e nesse dia o total de mortes eram 313 mil. Passados menos de 3 meses ultrapassamos os 500 mil. Parabéns + parabéns + "n" vezes parabéns !!!!!! Infelizmente é disso que essa gente vive, se aproveitando da desgraça da nação !!!!!

    1. Qual o n° "x" para o ultimato ser colocado em prática? Ou o ultimato era um mero casuísmo com o povo brasileiro? Todos genocidas?

    2. Fica a pergunta para os Srs Rodrigo Pacheco, Arthur Lira, e demais trupie do chamado centrão: Qual o n° total de mortes deveremos ter para cessar o genocidio, haja visto que já aumentou em um curto espaço de tempo 60% do que havia em 28/03 quando do ultimato cujo total era de um período dos últimos 12 meses? Qual o n°? Somos n°s e não vidas!

    3. Os interesses escuzos são mais importantes que o direito a "vida" da população!!!!!

  9. Pessoal quem tem condições vai embora, está esperando o que. Quem não tem sinto muito , tem que torcer por sorte é horrível.

  10. Todo governo contempla seus aliados. Esse não seria diferente. pelo menos, esse usa recursos do orçamento federal para isso. Já os governos do PT faziam a mesma coisa só que dinheiro de corrupção das empreiteiras. Por fim, de todo modo acabam beneficiando a população com importantes obras públicas.

    1. Sério q li um comentário estupido desses? Olha o nível dos bozomerdas, defendendo a corrupção e toma-la-da-ca descarado do atual governo e, ao mesmo tempo, reclamando da corrupção do governo anterior. A gadolandia ta nivel hard viu!

  11. 500 mil seres humanos com suas histórias e sonhos interrompidos. Uma nação enlutada e de joelhos . Já já alcançaremos a triste marca de 631 mil mortes. Seria como dizimar todo estado de Roraima. - E agora Pazuelo, Marcos Rogério, Henze?

    1. Isto q é triste! E, acreditamos! agora, temos q ver q existe os dois lados: - o governo que cede e dá o dinheiro para os q pedem p poder governar e - os que pedem dinheiro para *Fazer algo pelo Brasil? não... para si próprio*.

  12. Só mudou o governo: esquerda para direita, mas o "modus operandi "é o mesmo da velha política: comprar políticos, corruptos ou não!

    1. trocamos 6 por meia dúzia.....O sistema continua a sangrar o dinheiro do POVO....Família acima de tudo.

    1. Mérdia, tenho certeza q vc nao leu. Robô bovino não é pago para ler e sim para defender o rei do gado.

    2. Ah vá! Jura q não leu e já tá desqualificando? Típico, paralepipedi dicraque 😆

  13. Típica matéria de esquerda enrustida. Selecionando as notícias conforme conveniência ideológica e partidária. Ele liberou verbas para todos os políticos inclusive oposição, não iria liberar para sua base? Se o sistema político tem situação e oposição, é óbvio que o processo é esse é ocorre desde a eternidade passada.

    1. Bovino ANTAniel, desde quando o Bozo é direita? O cara é na verdade "centro", centro do umbigo dele e de seus familiares. Como a gadolandia é patetica, arrota ódio dos mortadelas petistas na defesa cega do Lula mas faz o mesmo para com o Bozo corrupto e genocida. Gente mediocre viu!

    2. Mas é o seu mito que tá fazendo igual a esquerda (PT) fazia. Emendas discricionárias foram liberadas só pros aliados. E pra compras super faturadas.

  14. Mensalão, mensalinho...a cooptação só muda de nome. E os que fazem as leis que permitiriam a mudança desse sistema, por óbvio, não as mudam. Temos que estar eternamente vigilantes e mesmo assim...afff...

    1. Concordo.....Agora é a vez do BOLSOLÃO.....A roubalheira só mudou de lado....esquerda/direita....

  15. Pois é, mas o povo vota neles, trazem obras para a cidade… Mesmo que caia algum pelo caminho nas contas de empresas fantasmas ou de amiguinhos. O povo brasileiro merece o sistema podre que tem.

  16. Faltou mencionar que está prática ocorre desde Collor, até Lula/Dilma. Sem mudar as regras a Crusoé estará noticiando a mesma situação daqui a oito, doze, dezesseis anos.

    1. Aposentados da Caixa Econômica, pagam mensalmente descontado em folha, o rombo da FUNCEF em governos anteriores, é lamentável,e muito triste!A corrupção continua, descaradamente...Fomos enganados!

    2. Acredito q vc tenha votado no MINTO levantando as bandeiras de combate a corrupção e sem toma-la-da-ca. Usar agora os erros dos governos anteriores para defender o erro do governo atual é um completo absurdo e querer nivelar a regra do certo e correto no mais baixo nível.

  17. Triste constatação de que nesta terra arrasada não existe nenhuma perspectiva de mudança, mercê desses políticos e governantes sórdidos, postos em seus cargos por um sistema eleitoral putrefato e eleitores que, na sua maioria, nem sabem o que está acontecendo.

  18. Está tudo errado neste país governado pela corrupção e impunidade. Educação, saúde e segurança ficam com o penico na mão enquanto governistas se locupletam com dinheiro desviado e a oposição se cala esperando a sua vez de encher as burras com dinheiro. Tudo errado!

  19. A conta é alta para o pangaré sociopata se manter em seu desgoverno apoiando-se no centrão=podridão, o que há de pior no congresso espúrio.

    1. Tudo igual amigo, trocou o governo mas o ato corrupto e de má fé continua igual. Apontar o dedo na ferida dos governos lulistas para defender o governo atual fazendo a mesma coisa nada mais é do que defender o governo passada e desejar e achar certo q o governo atual faça o mesmo.

  20. Nós estamos pagando esta conta. O estado de São Paulo, que praticamente sustenta o país recebe algo? Um jogo sujo, um bando de velhacos fazendo farra com dinheiro fos nossos impostos.

  21. Nao vejo nada de ilegal na açao do governo federal em liberar verbas para obras por esse Brasil afora. É perfeitamente normal que sejam dadas prioritariamente aos parlamentares que apoiam o Presidente. Ou voces querem que liberem dinheiro para os parlamentares do PT ou pra Renan ou pra Aziz?

    1. Pode não ser ilegal, mas bastante imoral... especialmente vindo do cara que se elegeu contra a corrupção.

    2. Houve super faturamento, então é ilegal sim.

    3. A prioridade deveria ser Saúde e Educação. Em que país vcs vivem? Pq no Brasil as faculdades estão prestes a fechar as portas por nao ter verba para o básico de manutenção e folha salarial, os hospitais estão completamente abandonados e caindo aos pedaços enquanto verbas bilionárias são enviadas para norte e nordeste para pavimentar ruas, reformar pontes e etc, q sabemos quase nada será feito e o dinheiro irá evaporar como sempre ocorreu desde a redemocratização. Essa é a "nova política"?

    4. Concordo contigo Carlos! Até parece que o governo deveria dar prioridade a projetos e bases do PT ou PSDB que o atacam e querem inviabilizar seu governo e fazem uma CPI exdrúxula comandado por corruptos !

    5. Então vc acha normal q troque o governo mas q continue tudo exatamente igual...rs.

    1. Antonio, com seu comentário fica difícil dialogar. Saia da bolha filho, já são quase 500mil mortos nas costas do governo atual.

    2. bobagens não, conversas sérias e centradas. Opine sem ideologia e " pese" : narrativas X fatos

  22. De fato passou da hora de expurgar essa bandidagem toda que assola o Brasil, a política, o governo, o parlamento, com raras excepções, e especialmente o chefe que iludiu 57 milhões de almas esperançosas em 2018! ACORDA BRASIL 🇧🇷

  23. Parabéns mais uma vez a CRUSOE. Vendo lendo assistindo tudo isso e mais outras cositamas. Está na hora seja como for unimos força para tirar este Cidadão da presidencia

  24. Tudo circula em torno da grana, ainda amais se tratar-se de milhões. Não tem político honesto. Se eles precisarem roubar para reelegerem-se eles fazem. Além do que roubam para eles mesmos.

    1. E o pior é que os votos e mandatos se definem não por ideias ou posições sobre o futuro do país ! Todo mundo e os eleitores se vendem por $ ! Por que culpar uns ou outros ! Os eleitores são mesmo prostitutos e se vendem por pouco!

  25. O mal sempre vencendo. O bem é fraco, sem força, pobre, sem estímulo. Por que o mal tem que vencer?. Temos que parar de votar no mal.

  26. Emendas são liberadas para todos os senadores. Vocês só citaram os que são aliados do governo. Esqueceram de fazer o levantamento dos demais senadores que também recebem recurso do governo. Outro detalhe, o título da matéria está errado, pois deveria dizer que a verba não é para o senador e sim para o estado do senador.

  27. Infelizmente esse é o nosso Brasil. Sai governo, entra governo e a política continua a sua “involução. Nossa política é um balcão de negócios sujos, pagando, aprova-se qualquer projeto e defende-se qualquer ideal, não importa se o povo continua sem escola, sem hospital, sem vacina e sem dignidade. Passamos da corrupção dos 7 dígitos para 10 dígitos, vamos alcançar essa semana a marca dos 500.000 mortos em uma pandemia e tudo parece normal. É vergonhoso.

    1. Pela escrita percebi que se trata de pessoa que é a favor de assassinatos, começando pelo da Língua Portuguesa. Acho estranho esse tipo de pessoa assinar a Revista, é comum que apenas repasse fake news via ‘zap’, duvidava até que pudesse ler, pq escrever sei que não consegue. Outro fator determinante da condição de tolo adorador de genocida, mas pessoa do bem que admira o ‘nosso capitão’, é essa preferência pelo orifício anal........ Caia na real, Ardo, seu capitão é FRAUDE PURA!!!!

  28. Nessa ação do governo vejo politicagem pura, o que é injusto mas não é crime, certo? Na praia onde temos casa em SC, finalmente a estrada horrível recebeu asfalto. Adeus poeira!

    1. Enquanto isso, educação e saúde pedem socorro desesperadamente...

  29. os EXEMPLOS EXCECRÁVEIS que uma SOCIEDADE tão CORRUPTA é capaz de produzir! São DEGENERADOS MORAIS que IMPEDEM o BRASIL de AVANÇAR! Em 2022 SÉRGIO MORO “PRESIDENTE LAVA JATO PURO SANGUE!” Triunfaremos! Sir Claiton

  30. Estes senadores que apoiam o Bolsonaro, são COVARDES com os brasileiros. Defender o indefensável, é flertar com o diabo. Defender o indefensável, ocasionando mortes, é ser o próprio diabo.

    1. Senti falta do Girão nessa lista de traidores da Pátria.

  31. As "gangs" notórias faturam se esbaldando. O clã dominador de Petrolina e adjacencias nao esconde com funciona esquema - via CODEVASF, corre risco de ser extinta pela condição de ser ponte para as falcatruas.

    1. Depois dessa reportagem A Turma do Cheque, entendi com clareza uma coisa: No Brasil qualquer presidente que usar a chave do cofre, como Lula usou e Bolsonaro está usando, domina o congresso e portanto consegue o que quizer. Moral da história Toma lá dá cá é infalível.

  32. Quanto é que o Lulinha, presidiário, e a Dilma, armazenadora de vento, distribuiram só para eles? Não precisa computar o que foi liberado para os paises irmãos, e outros nem tanto.

    1. Jucimar, apontar a corrupção e mau caratismo dos governos anteriores para defender e justificar o governo atual é de uma ignorância e estupidez cavalar, só digna de quadrúpedes bovinos bozistas.

    2. E desde quando quadrilheiro tem ideologia ? Terrível a insistência que desculpa e justifica crimes com outros crimes . Todos igualmente condenáveis e imperdoáveis . Quem tem bandido de estimação é conivente .

    3. Todos assaltantes de dinheiro público, ou seja, criminosos não são de Direita nem do Centro e nem de Esquerda! CANALHAS simples assim!

  33. Esses senadores não passam de uns vereadores, pedem dinheiro pra uma ponte, uma passarela, etc, daqui a pouco estão dando nomes de ruas. É uma vergonha um senado como esse, ao invés de preocuparem com coisas maiores para melhorar o país, é dececionante.

  34. A revista do PSDB tem credibilidade igual a da folha de SP. ZERO. Todos os repasses são previstos em lei. E o mamata connection?

    1. kkkk Só falta aos quadrúpedes bovinos bozistas usarem camisa vermelha e fazerem o sinal do lula livre. Incrível o estelionato eleitoral do atual governo e mais incrível ainda os bozistas q se sujeitam aos mesmos discursos hipócritas e sem lógica da esquerda para defender seus donos e senhores.

    2. Sim, Anna. Os dados foram passados pela própria SECOM... mas parece que vc não está interessada em ler o que te contraria, né? E quanto ao Marcelo aí em cima... bom, deixa pra lá... está claro que vocês não leem as coisas. Cansei de ouvir este tipo de "argumento" sitos pelos petistas com relacao ao FHC. Para fugir do debate e se esconderem da realidade sempre jogam "E o Lula? E o FHC?". Como se isso apagasse o que o Bolsonaro faz.. Aliás devo estar conversando com robôs, ou seja, falando sozinho

    3. Melhor mesmo era na época PeTista, onde roubavam descaradamente e a "imprensa" não dizia nada. Claro o "butim" estava garantido. Agora só falta a C r u s o é dizer que o L u l a é inocente.

    4. Adriano, você tem provas disso? Você realmente acha que não há pessoas sérias apoiando o governo?

    5. Claro... e quem diz isso é o Alexandre Garcia, Siqueira Jr., Lacombe e Allan dos Santos. Todos com credibilidade em alta (assim como suas contas bancárias)

  35. COLLOR, FHC, LULA, Dilma e TEMER ETIDIS O QUE FOREM PR, tem que fazer isso.INFELIZMENTE. A mudança só se dará com a reforma política, com menos partidos e com a instituição do parlamentarismo e do voto distrital. Vamos mudar quando se estabelecer planos orçamentários estratégicos de fato e de longo prazo. Vamos mudar com a inversão do fluxo da arrecadação deixando ser uma distribuição centralizada.Mas isso Lula é Bolsonaro não querem fazer.

    1. Clarice, defina esquerda e direita no Brasil? Pq aqui a ideologia só serve para politicos vomitarem ideais que não colocam em prática nunca. Idelogia no brasil é a alfafa e a ração para alimentar manadas de seres dementados desesperados por um salvador da pátria que nunca vem. Troca-se o sinal, mas a corrupção e o modo de governar continua igual. Não existe ideologia política no Brasil.

    2. Pois é Waldemar ! Estás certo mas não são só Lula e Bolsonaro que querem ! É todo mecanismo da democracia , parlamento e os eleitores ao votar por migalhas se prostituindo ! Difícil ver luz no final do túnel! Mas prefiro a direita que a esquerda!

    3. Se a questão fosse puramente organizacional e legislativa , esta solução de reforma política seria quase como passe de mágica para a redenção ! A essência de tudo vai mais fundo. É ética e moral . Quando vemos tantos .. até por aqui ... desconsiderarem os desmandos do governo atual, apontando outros que vieram antes como justificativa para acatar fatos como o da matéria , esperar o que ? Que honestidade é esta? Onde está a decência ? O pudor ? O exemplo ? Está percepção é arrasadora .

    4. Infelizmente. O Mecanismo funcionou para os dois populistas.

  36. Bolsonaro compra seus corruptos de estimação com o nosso dinheiro. Dessas verbas destinadas aos redutos dos protegidos, uma boa parte vai parar nos bolsos de deputados, senadores e apadrinhados. É corrupção na horizontal e na vertical. E o nojento genocida e seu gado manso ainda têm a cara de [email protected] de dizer que não há corrupção. Fora Bolsonaro!

    1. Verdade os políticos de todas as esferas só podiam se reeleitos uma vez, assim haveria renovação constante. Grande parte já estão no congresso mais de vinte anos e a corrupção continua forte. Coitado do povo!

    1. É para contar com a "vachina do Dória" também? Aquela que a sua sogra (a mãe do Bolsonaro) tomou? Ah... e não esquece de subtrair 70 milhões de doses da conta final (aquelas que o seu mito não quis comprar)

    2. Depois q morreram 500 mil pessoas. Queria q tivesse morrido um filho seu.

  37. Tudo de ruim é noticiado por este veículo. O que fazem de bom não tem importância. Ser governado pelo Lula é que é bom. Hipocrisia pura.

    1. Bolsonaro e a classe política, está preocupado com o povo, assim como está o "deputado João Plenário".

    2. Sim, Rodelinha, só mostra coisa ruim, nefasta, mesmo, porque é só o que o 🐕 tinhoso tem para mostrar. Acorda gado.

    3. Porque que todas as vezes que alguém crítica o genocida estes cúmplices dele querem fazer comparações com o Lula e não o compara com alguém do bem. Sim entendi não tem como comparar.

    4. Hipocrisia, gado cego, é apoiar esse governo corrupto, idêntico ao do PT que vcs dizem detestar. Populismo rasteiro e nefasto.

  38. A legislação obriga o governo federal a repassar verbas a estados via emendas parlamentares. Todos, repito, todos os senadores recebem verbas federais para seus estados. Somar as verbas recebidas pelos senadores pró governo como se fosse um suborno para compra de consciências é pura canalhice.

    1. Quem seria esse novo personagem/ Lucinha? Até fantasma aparece por aî..

  39. Tudo como dantes do quartel de Abrantes. Com Bolsonaro, Lula, Dilma ou Temer, nada muda. Surge uma ameaça, toma lá um cala-a-boca. Tadinho do nosso dinheiro. Pior é que não há luz no fim do túnel. É uma podridão só.

    1. Roberto esqueceste o FHC ! Tudo igual! O mecanismo é igual só que agora eles querem derrubar o Bolsonaro para voltar a esquerda ao poder e poder voltar o projeto do foro de São Paulo

    1. Não tem dinheiro para nada, inflação nas alturas , roubalheira solta, familicia unida , falta Queiroz de Ministro, nós brasileiros a deriva , só que estes vagabundos vão pagar muito caro , eles torcendo para enfrentar o lula , mas sabem que não vai ser assim !!!!

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO