Adriano Machado/Crusoé

‘São uns meninos e estão milionários’, diz Eliana Calmon sobre advogados filhos de ministros

09.09.20 10:26

Ex-corregedora nacional de Justiça e ex-ministra do Superior Tribunal de Justiça, Eliana Calmon é uma das maiores críticas da atuação de filhos de ministros de cortes superiores como advogados. Nesta quarta-feira, 9, Eduardo Martins, filho do presidente do STJ, Humberto Martins, foi alvo de uma operação da Lava Jato do Rio de Janeiro. O Ministério Público Federal denunciou Eduardo e mais 25 pessoas por suposto envolvimento em um esquema de tráfico de influência e exploração de prestígio, que inclui ainda acusações de corrupção, peculato, organização criminosa e estelionato.

Eduardo Martins tem 35 anos e é dono de uma grande banca com atuação em Brasília, especialmente em tribunais superiores, como o presidido por seu pai. Segundo o MPF, ele recebeu 42,9 milhões da Fecomércio durante a gestão de Orlando Diniz. O valor, segundo o MPF, pode ser ainda maior e alcançar a quantia de 83 milhões de reais, se considerados repasses para outros escritórios que teriam sido indicados pelo filho do presidente do STJ. A investigação sobre o esquema na Fecomercio cita ainda Tiago Cedraz, filho do ministro do Tribunal de Contas da União Aroldo Cedraz. Por intermédio do ex-governador Sergio Cabral, Orlando Diniz teria contratado Tiago por 16 milhões de reais.

“São uns meninos e estão todos milionários”, comenta Eliana Calmon, sobre filhos de ministros de cortes superiores que atuam nos tribunais. “Esse é um problema antigo, mas que nos últimos tempos se agravou muito. E não são só filhos, são mulheres dos ministros”, acrescenta.

Quando estava no cargo de corregedora Nacional de Justiça, entre 2010 e 2012, Eliana Calmon se dedicou a lutar contra um outro problema grave à época: a multiplicação de filhos de juízes e ministros que trabalhavam como comissionados em gabinetes de tribunais. “Fechamos essa porta, mas infelizmente deixamos uma grande janela aberta. Veio a lei proibindo o nepotismo e aí se agravou o escândalo que é a advocacia administrativa”, critica Calmon. “Eu combati muito isso, até adquiri algumas malquerenças. Os colegas ficavam furiosos”, relembra.

Calmon reconhece que esse é um problema de difícil solução, já que é inviável proibir a atuação profissional dos filhos de ministros. “Antigamente, muitos ministros tinham filhos que eram advogados de renome, mas essa história de tráfico de influência e de lobby não existia. Hoje, vemos uns garotos com escritórios enormes de advocacia e que já começam a carreira atuando em tribunais superiores. Como é possível?”, questiona Eliana Calmon.

Para a ex-ministra, a Ordem dos Advogados do Brasil deveria ter uma postura mais firme com relação ao problema. “Os maiores prejudicados são justamente os bons advogados, que sofrem com a concorrência desleal. Enquanto os bons lutam com o direito, outros vêm com lobby”, diz Calmon. “Para muitos ministros, essas tentativas de influência não têm nenhum efeito, porque eles só agem de acordo com o direito. Mas há ministros que são mais sensíveis a isso, porque não querem desagradar aos colegas”, conta.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Infelizmente essa entrevista ficará esquecida nas redações e nunca será publicada nas grandes emissoras de TV. Políticos que lerem verão com naturalidade a publicação. Se estivéssemos em um país sério filhos e parentes de magistrados jamais poderiam advogar no mesmo estado em que o pai atua, entretanto isso deveria ser lei pois somente assim antes de escolherem a profissão já saberiam das regras.

  2. Essa Dra. Eliana Calmon é porreta. Quando a pessoa é boa, é perseguida pelos colegas de toga, porque querem que tudo continue como sempre esteve.

  3. Pode descer a marreta, desde que não chegue a alguns filhos como os do Ex e os do atual. Esses meninos devem dar muito orgulho aos seus pais, são muito competentes.

  4. Credibilidade da OAB? Como ela resolveu o problema da falta de qualidade do ensino superior no Brasil? Como ela se posiciona diante das propostas de reforma trabalhista? Como ela se posiciona nas questões políticas brasileiras? O povo consegue ver com muita clareza. Falta vontade politica para colocar um ponto final nesses absurdos.

  5. OAB age como um sindicato. E pelo número de advogados envolvidos em e/ou suspeitos de falcatruas, é um sindicato do... ahhh, os milicianos já patentearam o nome... A inércia dos advogados corretos frente ao corporativismo insuportável dessa nefasta OAB joga o nome de todos na fossa.

  6. Dra Eliana Calmon compunha a Segunda Turma do STJ, onde oficiei. Posso confirmar todo o seu empenho para extirpar do Judiciario essa camarilha. Mulher coragem.

    1. Concordo. Nova Constituição. Feita por quem? vai ser preciso ter sorte e virtude. Como vamos achá-las no Brasil? Impossível. Agulha num palheiro. Nunca chegará a civilidade. Tristes Trópicos e tempos tristes .

  7. É uma bola de neve do Mal. Como frear isso ? Pobre Brasil. Acho que os greens estão assistindo de camarote. Não caíram na REAL

  8. Só Sérgio Moro na presidência, Eliana Calmon no ministério da justiça e Deltan Dallangnol na PGR em 2022, para endireitar este país.

    1. És um fulerage! O quê você quer mesmo, é o ladrão de nove dedos. O Brasil que se dane! És também, muito vingativo: se a Venezuela, Argentina se fuderam, é isso que você quer para Brasil. Só pode tá fumando maconha estragada....

  9. Kkk. Essa denúncia não vai dar em Nada . As cortes superiores irão inocentar todos . Para esses seres superiores, a lei não vale .

    1. Gilmar Mendes já deve estar com cócegas na mão, há hábeas corpus a vista. Apesar da estafante jornada de horas extras que ele e Lewadovisk devem estar fazendo, para livrar corruptos da condenação, com um oportuno "empate".

  10. Mais um exemplo do como a elite perversa suga a população brasileira. Basta olhar a família do Bozo. Todo mundo mamando no dinheiro público. Não há jeito mais para este país!

  11. Não dá pra impedir que filhos de ministros sejam advogados, mas contra a desonestidade e contra a corrupção deveriam existir a lei, as instituições e as pessoas de bem.

  12. Dra. Eliana, exemplo raro de brasileira, íntegra, inteligente e sensata. Vi em uns comentários o desejo de uns de tê-la como representante, na política ou ainda no judiciário. Isto seria para mim motivo para deixar de só justificar meu voto.

  13. O pior é que ficam milionários com o dinheiro roubado do País pela corrupção desenfreada. Esse dinheiro da corrupção alimenta a justiça brasileira na rede do crime organizado. Qual a penalidade para que destrói o País? Impunidade.

  14. Perceberam que um advogado e um juiz usam o DIREITO como arma de corrupção e predação, o que não é nada difícil: ***** PF e RF ***** NA COLA!!!! Com denúncia pública e uns 20 na cadeia, o problema logo, logo se resolve.

  15. Continuando ; existe uma inteligência de bastidor , responsável por esta estratégia A quem interessa um país em ruínas mas, com recursos naturais abundantes ???

  16. A Dra faz a diferença entre os iguais do QI, quem indica, infelizmente, essa herança maldita veio de Portugal o Brasil dividido em castas de família, a Dra colocou o dedo na ferida de minorias que usam e abusam das benesses do estado dito democrático.

    1. Veio de Portugal há 520 anos! Até qdo vão usar dessa desculpa esfarrapada? O único culpado é o POVO BRASILEIRO que, mesmo em tempos antes do covid, não tira a bunda do sofá para ir pra rua protestar, não pressiona os parlamentares, não bota a boca no trombone. Fica só c/ essa besteira de bater panela, achando que vão ouvir em Brasília. Sou do tempo que "quem não aprende ouvindo, aprende sentindo". Haja ovos pra jogar nessa turma!

  17. Gilmar Mendes e Toffoli logo entrarão em ação para proteção desses " meninos" bem criados. meu sentimento em relação a esses seres humanos e a este país é simplesmente de um niilismo patológico irreversível.

  18. É impressionante a convivência da OAB e do judiciário em geral com este quadro que existe há anos e todo mundo desse meio conhece. A OAB já lançou uma nota condenando a ação. VERGONHOSO!!!

  19. Dra Eliana, eu gostaria de ve-la na vida pública com um cargo eletivo. Sei q será difícil pq a Sra. é uma pessoa séria demais. Mesmo assim fica meu sonho registrado... (Quem sabe algum dia no STF)?

    1. Dra Eliana repito o pedido de Lival Assisi a sra no Seminario do INAC e a sra é admirável . Uma mulher inteligente , integra e corajosa Confesso lhe que estou preocupada com a apatia do povo brasileiro O que a sra falou a respeito doMP ... aconteceu no dia seguinte .Sergio Moro , Deltan e outros jovens honrados nada farão se não tiverem o apoio popular . É nítida toda a engrenagem para instalacao de um regime autoritário O Risco Brasil aumentando , os empresários paralisados

  20. se investigassem com seriedade a vida desses juízes e advogados descobririam que a Justiça de divide em duas partes....A Justiça dos pobres e a Justiça dos ricos...

  21. Eliana Calmon tem a credibilidade de quem, lá no passado (época Sarney), de dentro do judiciário, começou a desmitificar a instituição quanto à sua lisura, numa época em que todos ainda acreditavam que ali haveria algum senso de justiça. Foi intensamente bombardeada. E como quase nada foi feito desde então, vemos hoje a instituição corroída pela podridão, desde a sua cúpula. Hoje Executivo, Legislativo, Judiciário e FA formam um todo corrupto, com a sociedade assistindo passivamente a tudo.

    1. Mário resumiu tudo com uma palavra: PASSIVAMENTE. Este povo miserável não reage a nada. Apanha o tempo todo quieto. Sua preocupação maior é novela e futebol. Lí alguns comentários que a pandemia está prejudicando as manifestações de rua. Não acredito, as praias estão lotadas. Acorda Brasil!!! 🇧🇷🇧🇷🇧🇷

  22. Felizmente ainda temos pessoas com valores e visão. Devemos valorizá-las por meio do voto já em novembro. E, em 2022, Moro!

    1. Infelizmente o sonho de consumo da maioria que vota não é uma sociedade mais justa, é algum tipo de bolsa-vagabundagem, algum barranco para se encostar e levar a vida na flauta fazendo o mínimo. Se a parte (ainda) saudável da população não forçar uma mudança, nada acontecerá. Não há santos salvadores ( Quem sabe faz a hora não espera acontecer.... e o "Quem" é a população, santos milagreiros são de barro....)

  23. Parabéns Ministra Eliana Calmom, uma da raras vozes que tem a coragem de expor as chagas abertas e fétidas da JUSTIÇA BRASILEIRA, hoje eivada por vários ministros , procuradores , juízes corruptos , lenientes ou coniventes, lambe botas de “poderosos “. Um governo cujo único, exclusivo, público e notório objetivo é acabar com a Lava Jato para proteger sua Familícia envolvida em corrupção. Tempos difíceis!!!

  24. Dra. Eliana deveria unir forças com Moro, Joaquim Barbosa, Modesto Carvalhosa, Carlos Fernando Lima e tantos outros para pensar o Brasil e a justiça para a próxima década. Eliana Calmon, essa sim, orgulho da Bahia!

    1. Vamos unir forças! Não precisamos ser 100% iguais. Basta estarmos irmanados em princípios básicos. Unidos, seremos um!

    2. Joan, concordo contigo, se tiro da lista o Barbosa, que na hora do mensalão correu do pareo.

    3. concordo plenamente, deveriamos lutar para que isso aconteça

  25. Meninos e o k7. São bandidos que usam seus pais e parentes que não ensinaram seus filhos a serem éticos e honestos. E não são só filhos. Vejam as esposas e maridos desses “ministros “ para ver se não tem rolo. Judiciário é o pior do Brasil.

    1. realmente Barbosa enquadra nessa categoria de personag

  26. Corretíssima senhora MINISTRA com letra maiúscula, já que nem todos seus colegas merecem tais letras. Os filhos e esposas ou maridos certamente podem advogar nos Tribunais dos seus parentes, entretanto, COM HONESTIDADE, sem preferências por parte de todos os ministros (o que penso ser um sonho). Mas, os casos do filho do presidente do STJ e do filho do ministro do TCU, foram denunciados como DESONESTIDADE, CRIMES, e com isso, seu seus pais os apoiam, têm alma desonesta e criminosa também.

    1. Gente ainda não perceberam. O Brasil é comandado pela máfia

    2. Como gostaria de ter umas dez Eliana Calmon atuando no combate a imoralidade.......

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO