Billy Boss/Câmara dos Deputados

MP acusa mãe de Fábio Faria de ter sido ‘funcionária fantasma’ em prefeitura

02.10.20 14:03

O Ministério Público do Rio Grande do Norte moveu uma ação de improbidade administrativa contra Maria Nina Salustino de Faria, mãe do ministro das Comunicações, Fábio Faria, do PSD, por ter sido “funcionária fantasma” na prefeitura de Parnamirim entre os anos de 2009 e 2016. Ao longo desse período, ela recebeu 153 mil reais em salários – a promotoria cobra a devolução dos valores, mais multa de 460 mil reais.

Segundo o promotor de Justiça Sérgio Gouveia de Macedo, Nina Salustino comparecia à prefeitura somente para assinar o ponto. Diversas testemunhas disseram, em depoimento, que a mãe do ministro não aparecia para trabalhar e que sua folha de ponto não condiz com a realidade. Uma das servidoras chegou a dizer que “se visse hoje Maria Nina não sabe se reconheceria, pois o contato foi muito pouco”.

“Provavelmente, as poucas vezes que as testemunhas se encontraram com Maria Nina Salustino de Faria na Controladoria Geral do Município foram somente nos dias em que a demandada compareceu para assinar seu ponto”, afirma o promotor.

De acordo com a ação, “não restam dúvidas” de que a mãe do ministro “enriqueceu ilicitamente dos vencimentos percebidos pelo município de Parnamirim e que isto só foi possível porque contou com a proteção do controlador do município” e de fiscais de ponto da prefeitura.

“Importa pontuar que Maria Nina Salustino de Faria é de família influente na política do Estado do RN, mãe de Fábio Faria e ex-esposa do ex-governador Robinson Faria”, ressalta o promotor.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

Só R$ 1,90* no primeiro mês

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

*depois, 11 x R$ 14,90

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Felipe Moura Brasil, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Alberto (Belém-Pa). Is-so é u-ma ver-go- nha !!! Eis mais um exemplo de familismo se locupletando com recursos públicos, o que não é raro nos Estados da federação. Pobres nessas famílias não se encontra, estão todos bem de vida, às custas do erário e da cumplicidade de parte dos eleitores que os têm como políticos de estimação. Infelizmente este é o Brasil. E parafraseando João Ubaldo Ribeiro na sua obra crítico-satírica homônima : Viva o povo brasileiro.

  2. A impressão que fica é que ninguém escapa, basta ter uma oportunidade. Oh país de gente safada. Continuemos assistindo estes absurdos e pagando a conta. A esperança é que um dia este povo acorda.

  3. Bozista é tudo gente honesta e trabalhadora, né? Oh Pátria Amada, salve, salve! Como é bom ficar deitado no berço esplêndido embalado pelos milhões de miseráveis!

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO