Embaixada da Venezuela/Divulgação

Mourão visita Pacaraima em meio a onda de violência na fronteira

12.02.20 12:00

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão (foto ao centro), desembarca em Boa Vista, na tarde desta quarta-feira, 12, para o cumprimento de uma agenda de dois dias em Roraima. O general deve visitar Pacaraima, cidade que se tornou a principal porta de entrada de venezuelanos no Brasil, nesta quinta, em meio a uma onda crescente de violência.

As manifestações em Pacaraima ocorrem desde sexta-feira, 7, quando uma venezuelana de 15 anos foi estuprada por um venezuelano de 24. Ele foi detido pela Polícia Militar e teve a prisão preventiva decretada pela Justiça na audiência de custódia. O crime causou a revolta da população que foi às ruas pedir segurança.

Moradores fecharam os acessos à cidade no domingo, 11, em uma tentativa de impedir a entrada de venezuelanos. Houve confronto com a Polícia Rodoviária Federal, que usou gás lacrimogêneo para dispersar a multidão.

No entanto, com o apoio de índios da Terra Indígena de São Marcos, moradores voltaram a fazer bloqueios com pneus e troncos de árvores, na segunda-feira, 11, sendo novamente repelidos pela PRF.

Desde então, permanece tenso o clima na cidade, com manifestações diárias em vários pontos. Quase todo o comércio está com as portas fechadas. Venezuelanos só conseguem atravessar a fronteira a pé.

Mourão deixou Brasília na manhã desta quarta, em um voo da Força Aérea Brasileira, acompanhado da representante de Juan Guaidó no Brasil, María Teresa Belandria Expósito (foto à esq), e do governador de Roraima, Antonio Denarium (foto à dir) — ele estava na capital do país para participar de um encontro com governadores.

O vice-presidente passará a quarta-feira em Boa Vista, onde visitará as instalações da Operação Acolhida na capital do estado e verificará a atuação do Exército Brasileiro no atendimento aos imigrantes.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

Só R$ 1,90* no primeiro mês

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

*depois, 11 x R$ 14,90

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Felipe Moura Brasil, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Uma coisa é certa, temos que deixar de ser país de refugiados, bandidos, milicianos, traficantes, e vai por aí. Vejam a quantidade de chineses que entraram no Brasil nos últimos 20 anos. Só dá pastelaria.

  2. Mourão é inteligente e qualificado, por seu conhecimento da área amazônica e da Venezuela, a resolver os problemas que afligem a região. Infelizmente, nunca fizeram nada para solucionar os graves problemas fundiários e sociais de Roraima, agravados agora pela migração forçada dos venezuelanos que fogem do governo bolivariano e das teorias e planos macabros da URSAL.

  3. mas hoje manda o Mourão até para apartar briga de casal. o general pensou que ia ficar lá no jaburu de pijama e toda hora manda ele para lá e para cá o presidente quer ver o vice longe quanto mais longe melhor eu mandaria ele para Coreia do Norte é longe e não tem nem avião para voltar

  4. Sou José Vilarim. Essa área é um vespeiro social e político. A imprensa torce pelo pior. E o general sabe disso. Vejamos qual será o resultado dessa visita...

    1. Ninguém melhor que Gal Mourão para defender nossas riquezas amazônicas e estabelecer a paz entre os povos.

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO