Senado Federal

MDB decide lançar candidatura de Simone Tebet à presidência do Senado

12.01.21 16:26

O MDB no Senado decidiu lançar Simone Tebet (foto) à eleição para a presidência da casa. A parlamentar disputava a preferência da bancada com o líder do partido no Salão Azul, Eduardo Braga, que, ao fim, decidiu abrir mão da candidatura. O anúncio ocorrerá na tarde desta terça-feira, 12.

Na corrida pelo comando do Senado, a emedebista vai concorrer com Rodrigo Pacheco, do DEM, a aposta do Planalto e do atual presidente do Senado, Davi Alcolumbre, impedido de concorrer à reeleição por decisão do Supremo Tribunal Federal.

Com a escolha de Tebet, o MDB espera atrair, de forma imediata, o PSDB, o Podemos e o Cidadania para uma aliança. Caso a expectativa se concretize, a senadora contaria na largada, em tese, com 34 votos, a soma das bancadas das legendas no Senado.

Se houver a adesão dos três partidos, o MDB avalia que conseguiria alcançar, ainda, legendas com menores representações na casa, como PSL (2), Rede (2) e PSB (1). Nenhuma dessas siglas anunciou uma posição oficial.

Na outra ponta, Pacheco, que largou na frente, conta com o apoio oficial do DEM, PSD, PL, PT, PSC, Republicanos e Pros — os partidos reúnem 32 senadores. Além disso, o demista aguarda a declaração de apoio do Progressistas, de Ciro Nogueira, que renderia à sua candidatura mais sete votos, levando o total a 39.

O posicionamento do PDT, cuja bancada conta com três senadores, ainda é uma incógnita.

Com o voto secreto na eleição, Tebet e Pacheco ainda buscam o apoio de dissidentes.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

Só R$ 1,90* no primeiro mês

Edição nova toda Sexta-Feira. Leia com Exclusividade!

Assine a Crusoé

*depois, 11 x R$ 14,90

Deixar para mais tarde

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Nem governista, nem oposicionista. Seu partido é o Brasil. Filha e herdeira de Rames Tebet é a preferida do BRASIL DECENTE. Boa sorte e feliz jornada, senadora!

  2. Parabéns, Senadora!! Que seus pares tenham a sensibilidade de perceber o quanto será benéfico para o Brasil alguém com o equilíbrio e probidade de Vossa Excelência na presidência do Congresso.

  3. Torço para você, senadora. Parece-me confiável. Espero não me decepcionar, como aconteceu com Alcolumbre, para quem torci, contra Renan. Esse Rodrigo Pacheco e os partidos que o apoiam não são confiáveis. Entre eles ha muitos corruptos, que querem continuar corrompendo.

  4. A senadora Simone tem muito bom nível e tudo leva a crer muito caráter e boas intenções. O tal Pacheco apoiado pelo Bolsomiliciano , PT e Alcolumbre é pra lá de suspeito !

  5. Simone Tebet, só não pode depois desistir para apoiar e fortalecer algum dos outros concorrentes, pois a pior coisa que existe na política é optarmos pelo menos pior. Isso já deu! claramente não funciona.

Mais notícias
Assine
TOPO