Marcos Corrêa/PR

Íntegra do vídeo será fatal para Ernesto e Weintraub, dizem bolsonaristas

18.05.20 07:01

Aliados de Jair Bolsonaro preveem que a divulgação na íntegra do vídeo da reunião ministerial de 22 de abril (foto) será fatal para dois ministros: Abraham Weintraub, da Educação, e o chanceler Ernesto Araújo.

“Se publicarem esse vídeo na íntegra, Weintraub vai preso por ordem do Supremo (Tribunal Federal) e Ernesto cai”, resume um aliado de Bolsonaro que frequenta diariamente o Palácio do Planalto.

No vídeo, como Crusoé já noticiou, Weintraub teria defendido a prisão de ministros do STF, enquanto Ernesto tece duras críticas à China, o que, na avaliação de bolsonaristas, torna sua permanência no cargo muito difícil.

Já para Bolsonaro, a avaliação de aliados é de que o vídeo teria impacto político positivo, a despeito da suposta prova de interferência na Polícia Federal. “Bolsonaro fala tudo que o povo dele quer ouvir”, diz outro aliado.

A divulgação na íntegra ou não do vídeo dependerá do ministro Celso de Mello, do STF. O decano da corte, porém, só pretende tomar uma decisão após assistir à gravação nesta segunda-feira, 18.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

Só R$ 1,90* no primeiro mês

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

*depois, 11 x R$ 14,90

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Felipe Moura Brasil, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas
Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO