Marcos Oliveira/Agência Senado

Governo ignorou 81 contatos da Pfizer, diz vice-presidente da CPI da Covid

09.06.21 16:31

Após analisar documentos entregues à CPI da Covid, o vice-presidente da comissão parlamentar de inquérito, senador Randolfe Rodrigues, da Rede, informou que órgãos do governo federal ignoraram 81 tentativas de contato do laboratório Pfizer. A farmacêutica americana buscou o Planalto pela primeira vez em 17 de março de 2020, no início da pandemia, e se colocou à disposição do governo brasileiro para ajudar no combate ao coronavírus.

Randolfe detalhou na CPI todas as datas dos envios de correspondência da Pfizer. Do total dos contatos, 53 foram e-mails enviados pela gigante americana. O senador apresentou os dados durante o depoimento do coronel da reserva Élcio Franco, ex-secretário-executivo do Ministério da Saúde, durante a gestão de Eduardo Pazuello.

O militar afirmou não ter respondido e-mails da Pfizer com ofertas de vacina por conta de um vírus no sistema de tecnologia do Ministério da Saúde, que atrapalhou a análise da proposta. Randolfe Rodrigues ironizou a informação. “Este governo deve ter uma incompatibilidade séria com computador”, disse o parlamentar.

Já é assinante?
Assine a Crusoé ou nosso combo e ganhe o novo eBook de Mario sabino

Assine a Crusoé

*válido até 30/06/2021

Assine a Crusoé ou nosso combo e ganhe o novo eBook de Mario sabino

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Condeno as atitudes do Bolsonaro e seus filhos ridículos. Mas senador é um oportunista, sem mérito, caráter duvidoso. Uma vergonha esse oportunista se a aliar a ladrões como o tal Renan. Tenha compostura, senador. Se vc perder eleição não tem competência pra ganhar a vida honestamente?

  2. existe antídoto contra o veneno das najaraveis( naja+jararaca+cascavéis) bolsonaristas: a VERDADE. Deixem o Randolfo em paz. Ele é um grande senador!

  3. Esse Senador Saltitante é metiroso e criador de noticias falsas. Já foi explicado, com documentação autentica e oficial, que no primeiro contato da Pfixer com o Ministério da Saude no inicio do ano foi oferecido A ELE UM ESTUADO DE UM ESTUADO EM ANDAMENTO DE SUPOSTA VACINA PARA CURAR A COIRONA VIRUS TÃO SOMENTE, E QUE, PORTANTO NADA HAVIA PRONTO PARA COLOCAR A DISPOSIÇÃO DO PÚBLICO ALVO. Não havia, portanto, nada pronto. Como comprar uma "DROGA" ainda em fase de estudos?

  4. Se não houvesse o "monopólio estatal" da vacinação do Corona, cada um comprava a sua vacina da Pfiser na farmácia mais próxima, e fim. De quebra ainda não precisaria esperar meses e ainda correr o risco de receber uma Coronavac. E os anencéfalos aida gritam "Viva o SUS".

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO