Reprodução

França, Argentina, Reino Unido e Chile reconhecem vitória de Biden

07.11.20 16:21

Diversos chefes de governo, tanto de esquerda quanto de direita, publicaram neste sábado, 7, mensagens nas redes sociais parabenizando o democrata Joe Biden pela vitória na eleição americana.

O presidente da França, Emmanuel Macron (foto), escreveu: “Os americanos escolheram o seu presidente. Parabéns a Joe Biden e Kamala Harris. Temos muito a fazer para superar os desafios atuais. Vamos trabalhar juntos”.

O presidente da Argentina, Alberto Fernández, publicou a seguinte mensagem: “Parabéns a Joe Biden, próximo presidente dos Estados Unidos, e a Kamala Harris, que será a primeira vice-presidente mulher desse país”.

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, divulgou um comunicado. “Parabéns a Joe Biden nesta eleição como presidente dos Estados Unidos e a Kamala Harris por sua conquista histórica. Os Estados Unidos são nosso mais importante aliado e eu espero trabalhar com eles em nossas prioridades compartilhadas, da mudança climática até comércio e segurança”, escreveu o primeiro-ministro.

No Chile, o presidente Sebastián Piñera falou: “Parabéns, Joe Biden, próximo presidente dos Estados Unidos, e Kamala Harris, por sua vitória nas eleições. Chile e Estados Unidos compartilham valores como a liberdade, a defesa dos direitos humanos e desafios como a paz e a proteção do meio ambiente”.

A chanceler alemã, Angela Merkel, também parabenizou Biden. “Os cidadãos americanos decidiram. Joe Biden será o 46º presidente dos Estados Unidos da América. Estou ansiosa para trabalhar com o presidente Biden no futuro”, disse ela.

Outros líderes mundiais que parabenizaram Biden foram o canadense Justin Trudeau, o português António Costa, o espanhol Pedro Sánchez, o indiano Narendra Modi e o colombiano Iván Duque.

O presidente da Organização dos Estados Americanos (OEA), o uruguaio Luis Almagro, também se manifestou: “Parabéns a
Joe Biden e Kamala Harris. Esperamos continuar a trabalhar em estreita colaboração com os Estados Unidos nas áreas de democracia, direitos humanos, desenvolvimento e segurança no Hemisfério”.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

Só R$ 1,90* no primeiro mês

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

*depois, 11 x R$ 14,90

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Felipe Moura Brasil, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Uma vez que Bolsonaro é a cópia mal elaborada de Trump, deve prestar muita atenção na situação; o fato é que pôde ver o poder da imprensa quando um presidente fascista a agride constantemente!

  2. Chora presidente 🤡🤡🤡🤡🤡, pode chorar muito!!! O pato donald do cabelo laranja já foi, o proximo será vc em terra tupiniquim!

    1. Palhaço..você viu a Albertinha chorona? Kkkkkkkkkkkkkk. Ela quer recorrer à justiça porque perdeu, kkkkkkkkkkkk. Os Bozistas estão traumatizados. Não conseguem dormir, comer, beber, etc. Acho que eles se entupirão de cloroquina para ver se a depressão passa!

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO