Reprodução

Em suas últimas horas no cargo, Trump concede indulto a Steve Bannon

20.01.21 10:08

O presidente americano, Donald Trump, deixa o cargo nesta quarta-feira, 20, e, poucas horas antes de perder o poder, anunciou a concessão de indulto ao empresário Steve Bannon. Ex-conselheiro da Casa Branca e ídolo da extrema-direita, ele foi detido em agosto, pela acusação de desvio de recursos arrecadados para a construção de um muro na fronteira com o México, mas acabou solto depois de pagar fiança de 5 milhões de dólares.

Em novembro, Bannon foi banido do Twitter depois de sugerir em um vídeo que o médico Anthony Fauci fosse decapitado. O deputado federal Eduardo Bolsonaro, filho 03 do presidente brasileiro, é um dos maiores admiradores de Steve Bannon, e, em 2019, se declarou o líder para a América Latina do The Movement, grupo conservador criado pelo americano.

Ao todo, Trump concedeu indulto a 73 pessoas. A lista inclui rappers como Lilly Wayne e Kodak Black, investidores do mercado financeiro e ex-integrantes do Congresso americano. Elliott Broidy, ex-tesoureiro de campanha de Donald Trump, também foi beneficiado pelo perdão presidencial.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

Só R$ 1,90* no primeiro mês

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

*depois, 11 x R$ 14,90

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Felipe Moura Brasil, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. O Trump fez isso para atender o último pedido do seu pangaré Bozo. Bozo estava preocupado em saber que o mentor dos Bozokids delinquentes ficaria na cadeia por ter roubado dinheiro dos contribuintes americanos.

  2. É um verdadeiro fenômeno de retardo mental e idiotice esse crápula patetóide dudu embaichapeiro cara suja bananinha!!!! É de dar pena!!!!!.......

  3. "Enquanto existir otário no mundo, malandro não passa fome." A Igreja Universal é um negócio. Para se diferenciar da católica, ela procurou segmentar o mercado. Colocou o dia para o alcoólatra, drogado, dia do empresário bem sucedido, etc. Esses movimentos políticos são a mesma coisa. Como a esquerda já tinha ocupado vários espaços, eles buscaram novos mercados e acharam um Oceano Azul no conservadorismo. Pergunta para o Bolsonaro e seus filhos, sobre os autores conservadores. Não sabem

  4. Sorriso frouxo do meliante.. ele sabe q não vai ser tão fácil assim.. Educhapeirorolinhoprimavera vai ficar feliz por seu representado não estar mais presidiário.. Afinal ele é o representante da falcatrua de bannon no br.. ou am latina toda? té nem sei..

    1. ARMANDO, para os trumpistas não tem problema algum. Acredito que para os americanos sensatos soltar este sujeito foi uma frustação. Por que o Trump não estendeu o indulto para Bernard Lawrence "Bernie" Madoff? Um presidente que liberta criminosos da sua turma,. externa para as pessoas que o crime compensa. Para os amigos do rei, o crime não tem castigo.

  5. Faria um grande favor ao Brasil , se todos milicianos da FAMILICIA, inclusive o Capo psicopata genocida fossem levados com junto com o Trump para bem longe.

    1. Pois é. Será julgado pelas suas falcatruas durante o mandato.

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO